Posts Tagged ‘religiões’

Como Universidades São Indícios do Porque Grandes Predadores Humanos Cavam O Próprio Tumulo na Agonia de uma Civilização

terça-feira, agosto 29th, 2017

xxxx

“Another left wing tool. Unfortunately academia at all levels is pretty much dominated by them.”

Tradução: ” Este é outro esquerdista. Infelizmente a academia (escolar, universitária) em todos os seus níveis esta claramente dominada por eles”. Comenta um leitor numa noticia sobre um professor de Sociologia da Universidade da Florida que foi demitido por ter postado um twitter dizendo aos desalojados residentes pela enchente do Harvey que a tragedia é um castigo cármico por terem votado na direita republicana,… ou seja, se aproveitando de um momento de dor da população para pregar sua ideologia.

Se o comentário esta’ correto, o que aconteceu para que a academia se tornasse esquerdista? Na metáfora da Matrix/DNA perguntaríamos: ” Porque humanos com instinto de médios predadores (professores universitários, na maioria, tiveram berço de classe media), começam a se moverem no sentido de boicotarem ou até atacarem os grandes predadores, tentando puxar para seu movimento a grande massa de presas?”

Ora, no caso humano, com a psique humana, significa que a aristocracia bilionária falhou no seu método de condicionamento mental dos capatazes.

Humanos cuja psique é predominantemente dominada pela herança animal do instinto de grande predador ( leões, tubarões, etc.) desenvolveram estrategias mentalizadas para manter o domínio de seus territórios, condicionar mentalmente os médios predadores (lobos, raposas, etc), a teme-los, conterem suas gulas em relacao `as presas e trabalharem como policias/capatazes, enquanto as presas ovelhas,gado,etc.) são mantidas como escravos voluntários a trabalharem o máximo na transformação de grama em suculenta carne ( ou melhor,… em produtos para seu consumo orgíaco). Visando a sonhada exorcização destes três instintos da psique humana para o pleno florescimento da auto-consciência, nos da Matrix/DNA cosmovisão, acompanhamos os detalhes nas noticias buscando oportunidade de denunciar a presença destes instintos ao esclarecer a realidade natural deste mundo e de nossa condição humana de existência aqui e agora.

A falha foi deixarem enfraquecer a técnica da religião, cujo tipo é a do judaísmo-cristão, no condicionamento mental de capatazes e presas devido, em sua arrogância própria de todos os que se sentem eternamente estabelecidos e seguros, deixarem vazar de seus palácios informações sobre sua visão do mundo, a qual convenceu principalmente os capatazes, incitando-os a serem os poderosos grandes predadores, pois a isso leva esta visão do mundo.  Assim a Teoria do Gênesis foi substituída pelas teorias do Big Bang e da abiogenesis, Adão e Eva foram substituídos por macacos, e o mundo humano se torna regido pelo acaso que permite a felicidade apenas aos melhores adaptados a um mundo primitivo sob evolução, ou seja, aos mais espertos. Como a quantidade agora de lobos e cães é muito maior (10% da população mundial ?) que a de leões ( 1% da população mundial), eles tem chance de destronarem e ate’ eliminarem os leões.

E’ o tal negocio: o capitalismo selvagem subsiste apenas enquanto a maioria da população não conhecer os orgasmos gozados pelos grandes pelo capitalistas, pois no dia que todos forem capitalistas por ideologia, ninguém mais se sujeitara’ ao trabalho real produtivo, todos exigirão sob pena de morte a serem negociantes, e ai’ a civilização desmorona.

Assim, de guerras em guerras, de batalhas em batalhas, onde as três classes sempre perdem, a humanidade passa por uma dolorosa cirurgia promovida pelas leis naturais, sob cuja evolução, rumo ao ao estabelecimento da auto-consciência universal, depende de que ocorra o exorcismo destes instintos animalescos dominando o cérebro que é o leito placentário onde germina este feto de consciência. Nos, da Matrix/DNA, assistimos a esta tragedia com tristeza, pois sabemos que na Natureza também existe a opção, submissa `a escolha pelo livre-arbítrio, dos humanos se aplicarem o mecanismo natural da auto-cura, exorcizando-se por si mesmos. Continuamos a denunciar as praticas indevidas dos três instintos, das três classes sociais, e continuamos a divulgar a correção das equivocadas interpretações da realidade natural feita pelas religiões e visões de mundo que vem do passado primitivo, as quais são motivadores do desejo de mudar auto-exorcizando-se. Como a base de todos os movimentos humanos ainda e’ a economia, continuamos a pregar: ” Não seja direitista, nem esquerdista, nem centrista, não alimente um sistema social que esta todo errado e nos levaria `a nossa extinção. Não queira ser empregado nem patrão, mas procure sócios no trabalho para produção e consumo. Disponha-se `a colaboração e não `a competição. Somos genes meio-conscientes construindo o embrião de uma consciência universal, e genes que competem, conflitam, apenas produzem bebes aleijados. O baby que seremos amanha, todos num só ser sublime”.

 

 

Todas as Religioes ( 10 ) e a Causa dos Predadores de Humanos em Cria-las

sábado, abril 29th, 2017

xxxx

Obtido no Youtube, comentarios, em:

https://www.youtube.com/watch?v=xyhZcEY5PCQ&lc=z13av3ijhnu1v53m123yv34j3ryhwfbsn.1493353777594414

Mick Healy Mick Healy2 days ago (edited)

Christianity, the New Testament.
Islam, The Quran.
Hinduism, has many holy books, but most popular is Shreemad Bhagavad Gita, Upanishads and Veda.
Buddhism, Tripitakas.
Sikhism, Guru Granth Sahib.
Judaism, has two religious books. One is Torah and the second is Talmud.
Baha’ism, has the Kitáb-i-Aqdas.
Confucianism, four texts as containing the central ideas of Confucian thought: two chapters from the Book of Rites, namely, the Great Learning, the Doctrine of the Mean; the Analects, and Mencius.
Jainism, has The Agamas.
Shintoism, has the Kojiki.
( E tem ainda as crenças esotéricas como a teosofia, ocultismo, cabalismo, etc.)
soooo whats your point, you, believer? … Until you realise you have been duped into being a mind slave you can never learn the truth or accept the truth, and why would anyone want to enslave your mind and make you act and think a certain way? Ask the rulers, they love religion, it makes there sheep useful for toil and war… The rulers of men long ago discovered that to chain a man by his mind with fear of death is far better than chains and whips, to promise them eternal rewards when they die for obeying and being a submissive slave while alive is far better than an equal share in earthly riches the rulers enjoy.. look around you, read history…escape

Video do campo Magnetico: Torus, Animais do Zodiaco,etc. Interessante.

quinta-feira, abril 13th, 2017

xxxx

Santos Bonacci me chamou atencao na Internet por uma frase: “todos os simbolos e nomes de todas as religioes se resume a uma unica fonte.” Aqui na Matrix/DNA tenho dito isto, desde que nativos do Amazonas em estado mental alterado pelas suas bebidas alucinogenas descreveram quadros visionarios iguais muito semelhantes as figuras de chacras e outras das religioes orientais fundadas a milhares de anos e na Asia. Tambem a descoberta de que o modelo de galaxia original que propaga seus fotons-sementes de vida biologica pode ser perfeitamente descrito com os simbolos e nomes usados em Genesis na Biblia, que esse modelo tem o formato de um par lateral de nucleotideos – a unidade de informacao do DNA –  e que novamente, coincide com a figura dos chacras, eu nao poderia ter outra conclusao senao a de que, o criador da vida aqui, que foi este Sistema astronomico nesse modelo, esta’ registrado na memoria do DNA, portanto no centro dos neuronios, e estados alterados da mente pode ver flashes desse modelo, gerando dai a fabula do Paraiso em Genesis, a aura dos orientais, o simbolo do I Ching, etc. Alguem ou alguns tiveram estas visoes, mas como nada sabiam de galaxias e DNA, e como a visao revela uma historia em movimento, interpretaram os flashes de maneira fantasiosa, criando deuses, misticas, a partir de coisas reais, palpaveis, porem de aparencia fantasmagorica e supernatural.

Entao precisei pesquisar o autor da frase e descobri que ele tem um website com uma teoria ou diferente visao de mundo. Ele a meu ver deturpa seus estudos centrados na cultura da antiguidade e se apega muito a elocubracoes com nomes e letras, o que desvirtua seu trabalho. Porem ele mostrou um video com algo que nunca ninguem fez: usando magnetos e a supercelula, mostra as formas reais do campo e linhas magneticas, manchas do polo sul e norte, bem semelhantes a figura de Torus, e por isso registro o video aqui para retornar. Um aspect interessante que preciso pesquisar e’ sua crenca que as diferentes figuras formadas pelos campos magneticos sao figuras dos 12 animais simbolos do Zodiaco…

A teoria do Santos chama-se The Universal Truth, no link,

http://universaltruthschool.com/syncretism/about-syncretism/

E o video:

https://www.youtube.com/watch?v=PMxTDla90TE

Porque as Religiões Tentam Impedir a Busca do Conhecimento

domingo, outubro 23rd, 2016

xxx

( Esta nova tese foi inspirada pelo video no Youtube, em:

https://www.youtube.com/watch?v=uQ7GvwUsJ7w

O infantil e terrorista livro sagrado do Islamismo diz: “Mate o infiel em você”. Isto é a mesma coisa que dizer: ” Mate a busca pela verdade. Mate a parte de você que questiona e quer o conhecimento”. Alias, o sagrado infantil e terrorista livro dos judeus também nega o paraíso e joga no inferno aquele que quer o conhecimento, que se atreve a comer o fruto da arvore do conhecimento. E então é exatamente isto que toda pessoa religiosa faz. Eles matam aquela parte deles mesmos que quer respostas. Mas a fonte desta crença veio de primitivos humanos de milhares de anos atras que disseram estes absurdos – que expressam ódio, violência e homicídio – e alguns outros primitivos o escreveram.

Porem, é preciso buscar a fonte da fonte, ou seja, a causa anterior a qualquer evento ou fenômeno. E de onde então veio  o estado mental, psicológico, dos primitivos que disseram isto? Bem, eles vieram de animais irracionais. E a característica obvia do animal irracional é ser super pratico na manutenção da sua sobrevivência e para tanto, é preciso ser eficiente no imediatismo do aqui e agora. Não existe para eles motivo algum para fazer uma pausa no curso normal dessa sobrevivência para buscar conhecimento  sobre o que não esta’ presente e não é visto atuando aqui e agora sobre suas vidas. Assim localizamos uma causa do primitivo humano ter sido a causa desta crença religiosa.

Mas existem mais causas que convergiram juntas sobre aquele primitivo humano que disse isso. Se o que ele disse foi escrito e respeitado, é porque ele tinha algum poder social maior que os ouvintes. Se ele tinha esse poder, ocupava a posição de predador, enquanto os ouvintes eram as presas. Sentados em volta do fogo e na caverna, ele tinha a primazia da palavra e falava mais alto, provavelmente por ser o mais forte fisicamente e ser violento, temido. E quando ele falava, inconsciente e intuitivamente, ele almejava apascentar as ovelhas dentro de seu território. Ele era o porta-voz de um tipo de sistema social humano, que imita o tipo de sistema divisor de poderes na selva. Assim começou esta cultura de 15.000 anos que hoje se sofisticou e desenvolveu aquele sistema para os tipos de sistemas sociais posteriores, como o comunismo, capitalismo, fascismo, feudalismo e até a falsa democracia. O paradoxal aqui é que o super-pratico na experiencia da existência e relações com o mundo real, foi quem criou as religiões misticas, metafisicas.

Porque? Como o leão da colina e sua estrategia natural sem emprego de inteligencia para manter seu rebanho apascentado em seu território, se transformou no humano com tendencia a predador aplicando a inteligencia que é necessária para criar um sistema de controle mental sobre seres mentalizados e manter estes apascentados em seu território?!

Não posso evitar aqui um desvio da historia natural humana para recorrer a historia natural universal. Pois suspeito que por traz desta transformação para a estrategia inteligente houve a influencia de algo maior, mais sutil, incluído na genética animal e humana, que e’ a historia natural universal. E não posso evitar aqui cair na minha visão de mundo que é uma teoria. Recorrer aos modelos e formulas desta visão, pois pressinto nos modelos ( teóricos, sempre é necessário lembrar isto), a causa anterior e primeira que norteou o cérebro do predador humano a agir assim.

Pois estes modelos teóricos sugerem que a historia da biologia na Terra (é errado dizer “a historia da vida”) tem um proposito: o de reproduzir geneticamente o nosso criador. E o nosso criador foi esta galaxia, ou mais exatamente, o DNA desta galaxia, que é o building block dos sistemas astronômicos. E acontece que esta galaxia – como devem ser todas as demais – cometeu o grande pecado de se tornar um sistema fechado em si mesmo. Cortando relações com o resto do mundo. Ora, para tal entidade, não existe motivo algum para buscar o conhecimento, nem de si mesma ( pois que ela é um fim em si mesma), nem sobre nada do mundo externo. Alias, buscar o conhecimento é característica fundamental dos sistemas abertos, ou seja, o inimigo eterno e mortal do sistema fechado. Para o nosso criador, matar o sistema aberto é questão de sua sobrevivência. Como o inimigo busca e cresce pelo conhecimento que adquire, é preciso mata-lo. E esta característica do criador paira acima do processo de sua reprodução, ou seja, norteia toda a historia biológica na Terra. Dai vem a fonte inconsciente dessa transformação do irracional para o inteligente no individuo predador. E, desde que a presa também  é uma criação do sistema fechado, tambem tem a tendencia a ser sistema fechado, fica fácil entender porque ela é dócil e se atira voluntariamente a este tipo de crença religiosa. A presa tambem já foi geneticamente modelada pelo Cosmos para não querer buscar o conhecimento.

Então, hoje buscamos o conhecimento mais uma vez – a busca de entender, de conhecer – porque a maioria dos humanos não quer o conhecimento. O fato das religiões combaterem o que questiona e busca o conhecimento é apenas o efeito. A causa deste efeito chama-se “tendencia a sistemas fechados”. Elimine-se essa tendencia, e o efeito maligno religioso desaparecera’. E encontramos o conhecimento, porem, tem ele alguma validade, ou é um conhecimento inútil?

Bem, nos últimos dias, tenho raciocinado que precisamos exorcizar da psicologia humana esta herança dos instintos animais. Compreender o processo desta herança e o que consiste estes instintos e’ o primeiro passo para realizar aquele objetivo. Este conhecimento adquirido hoje devera’ ser somado aos outros que vamos obtendo para se chegar a uma estrategia eficiente de como realizar este exorcismo.

xxxx

Ensaio para o post no Youtube:

Dawkins faz um bom e mal trabalho ao mesmo tempo. Ele nunca vai conseguir exorcizar da psicologia humana a religião, porque não sabe a estrategia eficiente. E não sabe porque o seu conhecimento sobre as causas mais profundas da religião não surgiram no limitado período de 4 bilhões de anos e no limitado espaço terrestre que ele estuda. Sem conhecer por completo o inimigo, não se obtém a melhor estrategia para combate-lo.

Tambem a religião judaica diz para matar em nos aquela parte que não crê, portanto questiona e busca o conhecimento: ela negou o paraíso e jogou no inferno quem comeu do fruto da busca do conhecimento. Esta ideia não se limita ao islamismo, ela é mais geral e profunda na Humanidade. Essa necessidade de matar o que busca o conhecimento e que é rebelde ao sistema que se quer implantar, não surgiu na especie humana e nem mesmo nos seres biológicos da Terra. Ela vem de uma propriedade cósmica dos sistemas naturais com tendencia a serem sistemas fechados em si mesmos, em contraposição ao seu oposto, que são os sistemas abertos. E’ preciso conhecer e entender o verdadeiro criador dos sistemas biológicos na Terra ( aka “vida”), para se obter a melhor estrategia para exorcizar da psicologia humana o mal destas religiões. Este criador foi esta galaxia, a qual é um sistema fechado e a qual gerou os sistemas biológicos num mero processo natural de reproduzir-se a si mesma. Porem. tal como acontece com os religiosos, a interpretação deste céu pela qual o Sr. Dawkins foi doutrinado na escola, tambem é falsa. E’ preciso antes subir aos céus, Mr. Dawkins, conhecer sua realidade, para se combater as falsas ideias irreligiosas sobre este céu. Os modelos astronômicos da Matrix/DNA Theory sugere este conhecimento. O qual exorciza não apenas as religiões dos deístas, mas tambem exorciza a mistica ateísta que acredita ser o acaso um criador de evolução e complexidade.

xxxx

Dawkins is doing a good and bad work at the same time. He will never be able to exorcise religion from the human psychology because they do not know the efficient strategy. And I do not know why their knowledge about the deeper causes of religion did not appear in the limited period of 4 billion years and limited land space he studies. Without knowing completely the enemy, you do not get the best strategy to combat it. Also the Jewish religion says to kill us in the part that does not believe, so questions and seeks knowledge: she denied heaven and threw in hell who ate the fruit of the knowledge search. This idea is not limited to Islam, it is more general and deep in humanity. This need to kill the seeker of knowledge and that is rebellious to the system that want to deploy, did not appear in the human species and even in biological beings on Earth. It comes from a cosmic property of natural systems with tendency to be closed systems in themselves, as opposed to its opposite, which are open systems. It is necessary to know and understand the true creator of biological systems on Earth (aka “life”) to get the best strategy to exorcise the evil of human psychology of these religions. This creator was this galaxy, which is a closed system and which generated biological systems in a mere natural process of reproducing herself. However. as with the religious interpretation of the sky in which Mr. Dawkins was indoctrinated at school, it is also false. It is first necessary to ascend to heaven, Mr. Dawkins, know their reality, to fight false irreligious ideas on this sky. Astronomical models of the Matrix / DNA Theory suggests that knowledge. Which exorcises not only the religions of deists, but also exorcise the atheistic mystic who believes he is the chance a creator of evolution and complexity.
Google Translate for Business:Translator ToolkitWebsite TranslatorGlobal Market Finder

Singularity: O Império Galactico Inserindo Sua Religião Final na Terra: Artificial Intelligence

terça-feira, dezembro 9th, 2014

Este artigo tem muitas informações e os nomes dos novos profetas para iniciar estudar o tema:

xxxxx

Enthusiasts and Skeptics Debate Artificial Intelligence

http://www.vanityfair.com/culture/2014/11/artificial-intelligence-singularity-theory

E o meu comentario postado no artigo ( saiu com errado username?):

( My comments-post in VanityFair):

austriak7 – Dec, 09,2014 

Kurt, I can’t understand how works yours brain, modelled by the reductionist method. This whole terrestrial biosphere ( included humans) was produced by a machine, described by Newtonian Mechanics – this solar system. And further by the most perfect machine, the perpetuum motor, which is the building block of this galactic system, as you can see at the Matrix/DNA Theory model. So, the immediate goal of Nature here at Earth’s surface is reproducing itself, doing a machine and not human beings. When human parents want to reproduce, are their final goal getting genes or a human baby? That’s it: we, humans, are merely the genes being used by making the Nature’s offspring, which are “machines”. The pathway through chaos and biological systems are temporary techniques for getting the final ordered and mechanic architecture. Asking what will create these humans but forgetting what has created humans, in the cosmological context, is bad reductionism.

But, the galactic machine is a deviation of Universe’s goal. Our creators, the galaxies, are a discarded species like were the dinosaurs, because they became closed systems. You can see at Matrix/DNA models for light waves emitted at the Big Bang, that human DNA is a mutation going back to the right universal way, then, humans are accessible to ex-machine consciousness, machines are not. For sure we will build here the Admirable New World of Huxley under the rules of the Big Queen, as did bees and aunts, our machines will have artificial identity, but, our knowledge about who is who, which are our ancestors deepest in the Cosmos, will be enough for us keeping our mind free and escaping for our great cosmic adventure.

Nos USA, Mais um Desafio dos Cientificistas-Materialistas Contra Religiosos

quarta-feira, dezembro 3rd, 2014

Não haverá as mudanças no Brasil para melhor enquanto não se fazer tremer e dilapidar a atual visão da vida e do mundo dos brasileiros, pois esta é a causa fundamental dos diferentes comportamentos. Portanto este novo livro lançado nos USA pelo mais conhecido propagador televisivo de Ciências à juventude americana – Bill Nye – e esta entrevista com link abaixo, mais os comentários vindos da cosmovisão da Matrix/DNA, deve ser material indigesto num final de semana mas obrigatório a quem não suporta mais o que está aí e deseja mudanças reais.

Bill Nye: ‘Science is true, whether or not you believe it

http://www.theglobeandmail.com/news/toronto/bill-nye-science-is-true-whether-or-not-you-believe-it/article21834040/

Bill Nye hopes to change the world with his book, Undeniable: Evolution and the Science of Creation. (Dylan Lovan/Associated Press)

1 – You would think that the number would be declining. But the problem is that it’s going up. In the United States, there’s been a tremendous resurgence of conservatism, and along with that is fundamentalism or evangelical proselytizing. Whatever you want to call it, it’s serious business

2- What I don’t want is to have a generation of science students brought up without an understanding of science or critical thinking or how we know what we know about the universe and our place in it.

3- It’s just hard to believe that all of that goes away when you die. And even if you believe it, as I do, it’s very troubling. It’s horrible. But nevertheless, it seems to be the way of the world.

4- The inevitably of death, that’s the reason why people are resistant to the science of evolution?

That’s the best idea I have come up with, yes.

( Nye’s reasoning – the idea that people reject evolution because of a fear of death – is much too narrow. He seems to be saying that the need to believe in an afterlife fuels the need to believe in God, which leads to a rejection of science) .

A String Theory está sugerindo que existem ao menos 11 diferentes mas interligadas dimensões ou “estados da matéria”. E nós não conhecemos nem somos capazes de detectar a metade delas. Então em puro racional estado da mente não existe conhecimento cientifico de fato sobre a realidade total destas 11 dimensões. A maioria das possibilidades imaginadas são ainda possiveis, até que cada uma vá sendo derrubada ou aprimorada por mais informações reais obtidas. Enquanto a mente estiver nesta situação, não é racional acreditar em teoria alguma sobre o todo, em nada que parece evidente do mundo visivel, pois não se sabe o que existe de maior, o que vem antes e o que virá depois sobre esta evidencia. Assim é com a morte do ser humano. parece evidente que a existência de um humano começa a acabar no momento da morte e depois continua na fragmentação do cadaver. Mas não conhecemos as outras dimensões que subjazem ou se superpõem à existencia do corpo humano. A neurologia nem sequer sabe ainda como os neuronios estão relacionados com os pensamentos, como aqueles produzem estes.  Uma cobra troca de pele mas continua a eexistir, uma boroleta muda repentinamente de larva a adulto mas continua a existir, então porque o todo dimensional das 11 dimensões tambem não pode mudar de “pele” nas suas dimensões a nós visiveis mas continuar a existir na sua totalidade dimensional? As evidencia estão aí dizendo que sim, isto é possivel. As ciencias não tem fatos e poder para desbancar esta possibilidade. Portanto qualquer afirmação de qualquer teoria a respeito é crença, não “razão”. Este é o problema que impede a qualquer elemento puramente racional ser “materialista”: pretender ter certeza do que é e como funciona o todo material se não pode ver, conhecer, nem a metade desse todo. O mesmo se aplica a qualquer outra religião, a qualquer outro estado da mente, menos ao agnosticismo que é o estado de quem não tem crença alguma e se mantem com  a mente aberta, buscando o todo.

5 – I wanted to change the world

Esta é uma nobre missão se o mundo que se tem em mente será melhor que o mundo que aí está. E não acredito que esta melhora venha penas se trocando uma doutrina de crenças metafisicas por outra doutrina de crenças metafisicas que mais apreciamos em particular. Suspeito que esta melhoria tambem não viria transformando os atuais humanos em pura e estritamente cientificistas, pois até as Ciências são dirigidas por uma tendencia, uma ideologia, a qual escolhe e determina em qual dimensão material a Ciência evolui, portanto descartando a possibilidade de conhecimento de outras dimensões intocadas. Não é possível ao humano praticar Ciências sem uma ideologia e debaixo de um corpo de crenças temporárias, as quais se denominam “teorias”. para evitar este irresponsável problema, os fatos devem serem separados de suas humanas interpretações e sempre avisando os estudantes o que ainda é teoria, a ser devidamente testada.

Comentarios:


shaunnarine1 24 hours ago

 

Nye’s reasoning – the idea that people reject evolution because of a fear of death – is much too narrow. He seems to be saying that the need to believe in an afterlife fuels the need to believe in God, which leads to a rejection of science. However, it is only a small subset of Christians who don’t accept evolution. The Catholics do; the Hindus do; as far as I know, the Muslims do. So do most other world religions, such as the Ba’hai. So, it’s clear that a belief in the afterlife does not require, at all, a rejection of evolution. Most people in the world adhere to a concept of God that easily accommodates evolution and science in general. I realize that Nye is not necessarily rejecting this point, but I think that his argument must be made much clearer, since it can be read as a needless attack on religion.

Evolution is clearly true. The fact that some people still won’t accept its reality is unfortunate. On the other hand, however, it is important to realize that there are many areas of human endeavor and spirituality where science has nothing to say. It is critical for the science-minded to recognize the limitations of science and the real limits of human knowledge and capacity.

Matrix/DNA Theory: There is another possibility explaining why people does not want to accept evolution. It is the natural inherited structure of the brain. The brain – as a biological system – is product of evolution coming from prior non-biological natural systems and those systems has as supreme goal the accommodation at thermodynamic equilibrium. This is an ecstatic eternal state that can not accept any changes. And evolution means changes. So, unconsciously, the humans that are established in comfortable life will fight any threat to its actual state, which means, fighting the self-recognition of the natural evolutionary process. This theory explains how gods are modelled by humans to fit the conservation of a privileged social status of thermodynamic equilibrium. The inherited structure from ancestors animals brains still is the dominant of human behaviors, like all social systems that we have invented are based on the rules of the salvage jungle, shared into big predators ( high class), medium predators ( class media) and preys ( the passive workers).

xxxx

Nathan W 12 hours ago

I think sometimes Bill Nye will take a simplistic position so that other people can feel smart for a change, and also takes positions which are slightly facetious, but in a well meaning way which will lead people through a process of discovery. 

I believe he would be very happy to think of thousands of people saying to themselves “he may be good at science, but he’s sure not very good at religion. I already have two better explanations …” and then starting a discussion, thinking through some interesting things, and all the while getting to know that they are smarter than the science guy :)

xxxx

MrJeeves 22 hours ago

Science is a method. Evolution is a theory. The two are NOT equal. I can’t stand it when people “unintelligentl­y” (or maybe on purpose?) equate the two. 

As if one cannot believe in science unless they also believe in evolution. That’s preposterous!

Macro-evolution fails an important test of the scientific method – it cannot be observed. Does there “appear” to be fossil evidence for it? Sure. But that doesn’t make something a fact. Gravity is a fact. You can test and observe it right now. How can I test something that takes millions of years? I can’t. I must believe based on evidence (which, ironically, is called… faith!) 

I love it when people criticize religious people for believing in a God they can’t see, then turn around and ignorantly believe in the evolution which they can’t see. 

And let me get this straight – Bill Nye has a problem with those “irrational religious people” because they might cause an economic problem!? Are you kidding me? Atheistic/anti-­religious U.S.S.R ring a bell? I was totally unaware that atheism and evolution are the answer to all of life’s economic woes! 

Hard to take this guy/article seriously.

xxxx

Nathan W 1 hour ago

CO2 is a greenhouse gas. This means that we can measure that infrared trapping of heat is higher in the presence of C02 than when it is absent. 

In theory, if some C02 is a greenhouse gas, then more C02 is more potent than less C02, and so doubling the level of C02 will result in a warmer atmosphere, even if other climatic factors outweigh this effect and lead to cooling. 

There is ZERO debate among anyone who actually has knowledge of these things on whether C02 or methane are greenhouse gases. There is more debate on whether the scale is sufficient to have caused observed warming or cause major warming in the future, and the debate is generally about “how much warming?”, not “will there be warming?”. 

Primarily, I would argue that you communicate ignorance bordering on unquestioning quasi-brainwash­ed opinion, and my genuine apologies if you simply have not had the opportunity or time to internalize the requisite background in science to comment intelligently on the matter. I suggest picking up a first year book on organic chemistry and something a little more advanced in physics so you can understand how infrared radiation and greenhouse effects work.

xxx

Nathan W 12 hours ago

Your first statement is true, and the rarity with which you see it is proof that middle school science teachers ‘round the country aren’t doing half good enough of a job of leading children through processes of discovery which enable them to understand what science is. Science is credible because it is a process designed to enable people to call BS any time there is the least possibility of a hole or any inconsistency in an argument. Kind of like transparent government, good science leads to superior outcomes in technological and social advance.


John_Canada
 11 hours ago

“Macro-evolutio­n fails an important test of the scientific method – it cannot be observed.” First of all, there is no “macro” or “micro” evolution. Just evolution.

Secondly, evolution can be very easily observed. Take something like a bacteria, let it grow in the presence of low-level penicillin, and it will become resistant to penicillin. Take an RNA virus like HIV, let it replicate for a few days in cell culture, and you will have many mutations appearing in response to the particular environmental pressures encountered by the viruses in those cells. (I literally did that this week, I do know what I’m talking about). That, my friend, is evolution.

  xxxx


Pifco
 3 hours ago

Furthermore MrJeeves, what do you think David Suzuki was doing with all those generations of fruit flies in his UBC lab, before he became a star? Observing genetic mutation/evolut­ion in an organism more complex than a bacterium, chosen for its high generational turnover rate.

xxx

Nathan W 1 hour ago

Indeed, a scientist without understanding and knowledge of the determinants of evolution at the molecular level would basically be guaranteed to fail to get anywhere in efforts to develop any sort of vaccine.

Nosso Criador: Como Ele é, O que Ele Pensa,Como se Relaciona dom Humanos…pela Matrix/DNA

sexta-feira, novembro 28th, 2014

xxxx

Wikipedia: This embryo is about five weeks old (or from the 7th week of pregnancy).

Grande parte da Humanidade acredita num criador de tudo e resume esse criador a um nome: Deus. Outra parte mais recente que está crescendo pela educação escolar dominada pelo cientificismo e suas grandes teorias,  acredita numa Causa criadora deste Universo, que seria um minusculo átomo contendo a massa e energia de todas as galaxias, e vai mais longe agora, crendo que a causa criadora desta causa, ou seja, o real criador de tudo, é resumido num nome: o Nada. ( O livro de um dos maiores expoentes desta mentalidade e que é um best-seller entre esta parte da Humanidade chama-se ” O Tudo desde o Nada”, ou em Inglês, “Something from Nothing”.

Eu particularmente não via sentido racional nestas duas visões do mundo e por isso arregacei as mangas e retornei à região onde ainda existem testemunhas das origens da Vida – a selva virgem amazônica – e elas deveriam me sugerir uma idéia mais acertada do que é nosso “criador”. Assim descobri que existe uma terceira visão do mundo, a qual faz mais sentido racional ao menos para mim e a qual denominei de “Teoria da Matrix/DNA”. Esta teoria começa e termina neste aglomerado material de galaxias que denominamos “Universo”, sem tocar mais que 3 ou 4 de suas supostas 11 dimensões, ou 11 niveis diferentes de organização desta matéria, portanto é estritamente materialista/naturalista. Mas desde que esta teoria alcançou todo o espaço e o tempo desta parte do mundo material, ela mostra um grande quadro geral que, irresistivelmente nos conduz a imaginar, a projetar esse quadro para alem do espaço e tempo deste universo e obter um quadro ainda maior, do que será que existia antes e alem deste Universo. Tal quadro imaginado será portanto puramente metafisico, uma hipótese aguardando mais informações reais para ser testada, e tentamos na medida do possível esquece-la por enquanto para não prejudicar nossa necessária busca para melhorar nossas condições praticas de vida aqui e agora.

Mas toda vez que tentei falar com pessoas dos dois outros grupos de crenças, elas me pressionam inicialmente, como condição prévia para sequer pensar ou ouvir minha visão do mundo, para eu responder o que eu acredito seja a causa primeira ou criadora deste mundo. Ou seja, me obrigam a ir onde evito ir, à metafisica resultante desta visão do mundo. Então vou tentar explicar muito resumidamente aqui o que foi que obtive como quadro maior imaginário.

Como é a forma, a substancia fisica, o tipo de pensamento, o tipo de relacionamento conosco, deste “Deus” para a maioria ou deste “átomo ex-machine” vindo do “Nada” para a minoria restante? Pela Cosmovisão da Matrix/DNA?

Para uma resposta muito resumida, é preciso que  você tente fazer uma regressão mental ao seus primeiros 3 meses de vida intra-uterina, quando tinhas ainda a forma de um peixinho, ou quase um girino. E imaginar que nesta forma de girino você já se fazia perguntas metafisicas como essa que estás me perguntando. O girino saberia que existe porque foi “criado” por uma espécie biológica, distinta, E saberia que ainda está sendo formado, ou seja, ainda está sob o processo da evolução, que está indo a mudar de formas até alcançar a forma da espécie misteriosa que o criou. Qual a imagem metafisica máxima que o girino poderia montar em sua mente desse seu criador? De uma coisa podemos ter certeza: jamais seria algo próximo da imagem do ser humano, a espécie que o criou. Seria inevitável a ele ficar girando em torno de si mesmo, baseando-se na sua forma de girino para imaginar a forma futura de seu criador. Talvez no máximo ele poderia chegar a imaginar a forma de uma lagartixa, um crocodilo, ou até mesmo, do dinossauro. O cérebro, o tipo de pensamento, e os comportamentos de tal dinossauro seriam parecidos com os do girino. Lição a extrair daqui: por mais que tentemos imaginar o nosso “criador”, a “coisa” que existia antes do Big Bang ou deste Universo, nunca teremos potencialidade cerebral para alcançar algo perto do que ele é na realidade.

Portanto, as três crenças, incluindo o quadro metafisico sugerido pela visão do mundo da Matrix/DNA, estão “totalmente e necessariamente racionalmente”… erradas.  As crenças no criador-lagartixa, no criador-crocodilo, no criador-dinossauro, produzidas pelo estado ainda embrionário da nossa “auto-consciência”, estão muito distantes do real criador do girino, ou seja, da espécie humana.

Porque somos expostos a estas condições de vida absurdas, sujeitas a ser-mos devorados por predadores, torturados até a morte por microscópicos vírus, a sermos repentinamente deformados e mortos por acidentes e tragédias naturais? Porque o nosso “criador” nada faz para evitar isto, se sabemos que qualquer pai e mãe humanos, ou até mesmo cangurus e leoas, fariam o possível para evitar qualquer mal a seus embriões? Ora, a resposta racional imediata seria: não existe criador como são os humanos, e se ele existiu antes e alem do Universo, ele pode não existir mais, ou, ainda, estar lá fora do Universo, ignorando nossa existência aqui.  Mas a cosmovisão da Matrix/DNA tem uma nova resposta: todos os sistemas naturais – e a auto-consciência humana é uma nova forma de sistema natural – passam por duas fases evolutivas. A primeira é a fase dos ovos botados fora quando a prole é abandonada à própria sorte, porem, a fórmula da Matrix mostra que este abandono é apenas “aparente apesar de real”, porque na verdade, todo embrião de sistema natural existe dentro de um sistema natural hierarquicamente superior ou maior, o qual determina que o destino destes ovos seja produzir e libertar o embrião interno, que na verdade, os ovos nunca saíram de um “controle geral”. A segunda fase é quando o sistema anterior se desenvolve e aí revela que ele mantem os ovos dentro até o nascimento do embrião. O sistema natural “corpo humano” está sujeito a todas as tragédias, mas o embrião sistema natural que se desenvolve dentro da cabeça-ovo de cada humano não pode ser destruído por nada e é mantido como ovos dentro de um sistema maior. Ou isto está claro e é um imperativo da Natureza, ou a fórmula da Matrix/DNA nunca existiu de fato, pois ela afirma com certeza que tem de ser assim.

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Observe que nesta fórmula universal de todos os sistemas naturais, os “ovos” são botados fora do vórtice F1, mas seguem o circuito evolucionário sistêmico nunca saindo ou sendo destruído apesar de sendo continuamente transformado, portanto sendo mantido dentro do sistema. Se o sistema for fechado, o “ovo” é reciclado; se o sistema é aberto, o “ovo” se desfaz (em F7) para o sistema, para entrar em outro externo sistema.

Enfim, são muitos detalhes  e todos os levantados no titulo deste artigo são respondidos nesta linha lógica de pensamento pela Matrix/DNA, porem, infelizmente não temos espaço e tempo disponíveis aqui para abordar estes detalhes.       

Como se Auto-Corrigir de um Vicio Que se Torna uma Armadilha

quinta-feira, novembro 6th, 2014

Numa recente artigo aqui chamei a atenção de um ateu materialista e cientista que está criticando as pessoas que cometem o erro de projetar o mundo humano sobre os mistérios do mundo para elaborar suas explicações destes mistérios, o qual ele denomina de “self-centerers”, ou “egocentristas” e diz que isso é o principio forte do antropomorfismo. Eu apontei para os modelos da cosmovisão da Matrix/DNA que sugerem que tudo no mundo humano é produto evolutivo do que quer que esteja no lugar destes mistérios para alerta-lo que um pouco de antropomorfismo é saudável racionalmente, mas ele precisa olhar-se para dentro e tambem se corrigir, pois evidentemente ele está pecando por apelar ao principio forte do anti-antropomorfismo.

Claro… na realidade nem creio que um cientista inglês vá ler o comentário cujo “inglês” contem erros de concordância, o que demonstra um elevado grau de analfabetismo… para ele. Segundo, explico antes que tal visão de mundo foi elaborada por métodos simples no meio da selva amazônica, e isso faz qualquer cientista inglês já jogar o comentário no lixo pensando que não tem tempo para perder com semi-macacos. Mas se ele fosse um pouco mais mente aberta e compreendesse que estes destalhes acima são negativos sob o ponto de vista dele, e não de terceiros, e continuasse a ler, aí iria ficar furioso comigo. passaria a me odiar. Pela primeiras vez na vida ele ouviu um nome – forte principio de anti-antropomorfismo – o que já é suficiente para causar irritação em alguem que ataca agressivamente o forte principio do antropomorfismo. Alem disso, o pirralho semi-macaco analfabeto ainda vem dizer que detectou na sua visão de mundo que sua mente está contaminada pelo tal anti-antropomorfismo.  A ponto de ele não notar que sua “turma” dividiu a História da Evolução Universal em dois blocos separados entre si, sendo um bloco o da Evolução Cosmológica, e o outro da Evolução Biológica, e por isso não perceberam que devem procurar o elo perdido entre as duas histórias, mas chegando ao ponto de – perdidas as raízes das origens dos seres vivos na Evolução Cosmológica – preferirem que um acaso magico inventou a vida humana na Terra e assim se tornam tão anti-antropomórficos que se cegam para qualquer dado no Cosmos que esteja ligado a um dado na existência humana.  Isto acontece sempre com quem ainda não aprendeu com Einstein que tudo é relativo, e cada observador terá uma visão do mundo baseada no ponto do espaço/tempo que ele esteja ocupando diferente de todas as outras visões de mundo de outros observadores situados em outros pontos.

Hoje me deparo com outro artigo de cunho cientifico misturado com religião que me faz prescrever o mesmo diagnóstico para o autor. Mas é incrivel, muito curioso, como a coisa funciona, tão sutilmente, tão mascarada, que a vitima nunca percebe por si própria que ‘sua mente está contaminada pela armadilha do relativismo. E esse é um mal notavel porque ele sempre termina por destruir todo o patrimonio que as pessoas conseguem acumular quando ele se instala coletivamente no poder e derruba civilizações.

Ele engana tambem qualquer leitor atento. Para mostrar como funciona, vamos dispender um pouco do nosso tempo e aprender essa importante faceta das nossas vidas, lendo um texto do autor. Observe que ele começa citando fatos reais, demonstrando grande sabedoria inclusive cientifica, e não sai fora da realidade durante todo o texto, portanto ele se acha puramente racional, e essa disciplina racional embasa sua conclusão final como sendo o pináculo da sabedoria. mas suas palavras, num pequeno detalhe o traem, fazendo com que o leitor releia a descrição do mundo real e perceba como ele tentou enganar, porque ele está doentiamente enganado. Vamos ao seu texto:

http://www.spiritscienceandmetaphysics.com/5-ways-to-raise-your-vibration/ 

3) Practice Gratitude

You are not starving to death somewhere.   You have clean water to drink.  You have a roof to sleep under.  But on top of the endless list of things you could be grateful for, here is something to think about.  You are on a massive rock whirling around a ball of fire at a speed of 108,000 kph. The sun itself is whizzing along the outskirts of the galactic arm at a rate of 792,000 km/h,  and our Milky Way galaxy itself is moving at almost 1 million kph.  Nobody knows what caused the universe, why it is here, why/how subjectivity or consciousness exists, or how life formed out of dead inert matter in the first place.  I personally believe there is an Intelligence behind it all, but whatever your beliefs may be, here is the most amazing fact of all:

13.6 billion years of star formation and destruction, of chemical evolution, of biological evolution, of countless miraculous events that led to the formation of plants, moons, and ultimately to conscious beings took place so that YOU could experience this moment.  Right now.  The universe went through all of this so it could experience itself through your perspective.  YOU are a f**king miracle.  Life is so amazing.  Look outside.  Here the birds.  Feel the wind.   You are on a planet in outer space, and nobody knows how or why anything exists at all.  Take a look at your friends, your loved ones, and just sit with the internal realization that everything around you is literally a miracle.  We so often forget how lucky we are to experience anything at all.  Taking a moment to remember the preciousness of life is something that always brings your energetic state to a completely new level. ( See more at: http://www.spiritscienceandmetaphysics.com/5-ways-to-raise-your-vibration/#sthash.Cji3hnrF.dpuf)

Well…, o autor descreveu o mundo real? Ele pede para você sair e ver o mundo lá fora e aponta o que ele ve quando sai e vê do mundo. Mas…

Me lembro de uma noite na infância ainda  quando sentado num banco da praça comecei a olhar o mundo ao redor e anotar o que via. Eu estava naquele banco de madrugada porque não conseguia dormir -pelo frio, pelo mêdo, etc. – já que era órfão e não tinha uma casa para dormir. Minha conclusão é que eu sou grande erro, um grande desperdício e a Vida é horrível. Tanto que poucos dias depois foi quando me preparei pela primeira vez para o meu suicídio. Ao invés de ver os pássaros do autor, me lembrei dos cães dos burgueses a passearem horas antes no parque e latirem furiosamente para minha figura grotesca no banco, parece que captando o sentimento de asco de seus donos. o autor manda sentir o vento e sim, aquele vento frio horrível que me entrava até os ossos. O autor manda olhar aos amigos e pessoas ao redor e olhei… os outros miseráveis e alguns criminosos e pederastas que me obrigavam a ficar acordado na vigília mesmo estando morto de sono.

Bem, não vou desbancar cada argumento do autor mostrando que para cada cena boa que ele vê, na realidade existe uma cena má. Não vou dizer que ele está mentindo para si mesmo, pois eu mesmo, quando mais tarde estive em boa situação financeira e num local de certo luxo, tambem saí lá fora e por um bom tempo só ví coisas boas, até quase me esquecí das coisas ruins que sabia existirem  se eu fosse um pouco mais longe dali. Com isso eu aprendi a ver o mundo e pensar nos mistérios da existência me ausentando do mundo onde me encontro no momento da reflexão para ver do alto, todas as situações, tanto a metade das coisas boas, quanto a outra metade das coisas más.

O perigo da visão míope

O Universo tem sido metade mal desde o seu primeiro momento. Quando eram só as partículas, ora elas se juntavam, ora se canibalizavam. As galaxias se canibalizam. O mundo já era metade demoníaco antes de Adão e Eva cometerem o pecado no paraíso. O autor descreveu o mundo do ponto de vista de um observador que está do lado de cá e calou a boca do outro observador que está do lado de lá… Assim não vale!

ilusoes de otica

Só porque abraçar é bom, aceita-se que a morena está de vestido vermelho?

Mas a minha grande pergunta é: ” Porque esse autor está míope? Porque é cego de um olho? Porque falseia tudo buscando coletar dados para apresentar um quadro falso e afirmar que é verdadeiro? O mundo tem um passado em que tudo aconteceu para produzir a vida como ela é. É realmente incrível que o planeta Terra esteja movendo-se ou sendo movida na mesma exata direção que se moveu ontem e durante bilhões de anos, se sabemos que o planeta ou seja lá o que for que o move, tem todo o espaço aberto e livre para escolher uma diferente direção agora. E basta desviar-se apenas no ultimo numero de um numero de 20 dígitos para torrar ou congelar todo mundo aqui. Mas isto significa que o mundo foi planejado por algo ou alguem que gosta da vida aqui? Não, a vida aqui tambem esta sendo monstruosamente torturada, o que significa que foi feito tudo errado.

A pessoa que conserva o controle sobre suas faculdades mentais, que continua a ter a razão pura e reta tal como deve ser a razão produzida por tal natureza aqui, vê o mundo lá fora na sua totalidade, e assim vê as duas reais faces do mundo. Não vê o mundo numa balança em que o prato das coisas boas está cheio e o prato das coisas más está vazio, o que passaria a ideia de que o mundo é produto do bem. Não, na verdade os dois pratos estão iguais, o mundo está equilibrado pelo bem e pelo mal. Em cima desta incontestável verdade, em cima desta realidade que nenhum argumento pode distorcer, a pessoa com a razão pura pensa o mundo. Vê estes dois fluxos contrários, estas duas longas cadeias de causas e efeitos que vem desde as origens do mundo, vê duas alternativas, e baseado na realidade deste mundo assim dividido ele reflete, medita, e busca explicações. os dois opostos estão presentes na mente do pensador, de maneira que ele não consegue pender para nenhum lado, ele terá que decifrar o que causou a origem do mundo assim dividido.

Mas tem pessoas como autor, que está apenas vendo o prato das coisas boas, não enxerga o outro prato. De onde vem essa miopia? Assim fica facil resolver o maior problema de todos os tempos, basta pender para um lado, ver só uma metade, e de pronto se descobre como é o causador da origem do mundo. Se entortar a cabeça de maneira a ver só o prato das coisas boas, o mundo foi feito com inteligencia por um ser bondoso; se entortar para o outro lado, o mundo aconteceu por acaso ou foi feito por algo muito estupido, um ser maligno.

ilusoes de otica

“… E antes das origens da Vida, a mulher só existia na cabeça do Criador…”

Mas o autor comete um pequeno deslize na sua narrativa, pelo qual se desmascara. Revela o causador do seu desvio mental. Ele diz que ” Eu pessoalmente acredito que há uma inteligencia por trás disso tudo…”. Ora, então antes de começar a escrever o texto, ele estava possuído por uma ideologia fabricada por um dos pratos para revelar apenas as coisas contidas naquele prato, e assim ele selecionou arbitrariamente as cenas do mundo a mostrar e que ele quer que voce veja. O outro prato, a outra metade do mundo foi varrida para debaixo do tapete.

ilusoes de otica

Um anjo ou o demônio?

Mas assim tem acontecido nos dois mil anos das ciências humanas tambem. O Universo como “corpo” tem suas partes duras, suas partes moles, e suas partes tão imperceptíveis que as definimos como abstratas. Como é o caso dos pensamentos, da mente, da consciência, do eletro-magnetismo, da força gravitacional, etc. e etc. Assim como o corpo humano tem sua parte dura de esqueleto ósseo, sua parte mole de órgãos e fluidos, e sua parte de consciência. Uma das maiores surpresas na minha vida foi quando olhei a figura do mundo que minhas experiencias de vida nos dois pratos me conduziram a desenhar, e notei que há muito tempo atras, quando a arquitetura natural que era a mais evoluída do Universo, ainda não possuía a terceira camada abstrata dos pensamentos, ela possuia sua segunda camada na forma assim abstrata. Ou seja, o que hoje é a segunda camada de carnes e fluidos moles e suaves do corpo humano, naquela época era a ultima camada ainda numa forma abstrata. Pois essa camada mole, biológica, existia apenas como conceitos revestindo uma espécie de maquina feita de material duro, apesar de ser uma maquina perfeita. Uma das lições daí extraídas é que cada camada emerge primeiro como conceito abstrato, apenas depois se solidifica materialmente. Pois o esqueleto duro de átomos e galaxias do Universo foi antes, em tempos próximos às origens do Universo, meras névoas  informes de partículas quase abstratas. Outra lição importante foi entender porque as nossas ciências nunca perceberam essa camada suave do corpo do Universo que reveste seu esqueleto de galaxias. Sendo produto da parte dura, a vida seleciona os dados duros e ignora os dados suaves e moles de todos os fenômenos naturais. O observador tem estado ocupando apenas um ponto no tempo e espaço, o ponto mais duro, não se pode culpa-lo de ter crenças baseadas no que ele foi produzido para ver.

A vida humana tem existido e sobrevivido apenas na parte dura do Universo, os humanos só tem visto um dos três pratos, e esta parte dirigiu nossas ciências a se limitar a apontar, a descobrir, os fenômenos que fazem parte dessa parte dura. Por isso a Física e matemática dominam as Ciências hoje nas interpretações dos fenômenos naturais e as próximas descobertas da ciência, previamente selecionadas por uma tendencia. E por isso os cientistas e todos os estudantes educados nestas escolas modernas estão correndo o grande risco de serem contaminados pelo materialismo absoluto.

Devagar com o andor, minha gente, e por favor, fiquem mais atento a todos os sinais do mundo… Este autor, coitado, se ele conseguisse convencer todo mundo que ele está certo, que o mundo é como ele diz, que existe uma inteligencia por trás de tudo, ele vai destruir todo seu patrimônio e suas próximas gerações, como aconteceu com todos os viciados que já conseguiram fazer isso e arrastaram o povo todo a construir todas as civilizações que o mundo real fez questão de derrubar… Pois elas saíram fora da sintonia natural, do rumo em que o mundo caminha e muda, elas estavam fora da realidade. E eu seria louco, irresponsável, se tambem tentasse convencer os incautos que a minha visão de mundo é mais rica e certeira porque tenho visto os dois pratos. Aprendi lá na selva que existem no minimo três pratos… e sou ainda míope para um deles. Apenas os dois pratos me dão a certeza de que a crença do autor não tem fundamento na realidade.

 

A Unica Origem de Todos os Mitos e Religiões: Teoria de Campbell e Teoria da Matrix/DNA

sexta-feira, outubro 31st, 2014

xxxx

Este artigo foi inspirado em outro, aqui:

O Poder do Mito – Joseph Campbell

http://evoluasuaconsciencia.blogspot.com/2014/10/o-poder-do-mito-joseph-campbell.html

Para quem não sabe, a visão de mundo da Matrix/DNA Theory foi resultado de métodos e lógica puramente materialista, ou melhor, naturalista. Mas uma das maiores surpresas da minha vida foi quando, analisando os modelos e formas resultantes, descobri que se fosse descrever o modelo astronomico por exemplo, numa linguagem naturalista, eu apenas usaria palavras e metáforas diferentes dos autores de Gênesis, na Bíblia, ou do autor do I Ching, mas falando do mesmo quadro, do mesmo estado do mundo a 4 bilhões de anos atras! Assim um cético racionalista estremeceu em suas bases, mas por pouco tempo, pois uma experiencia inusitada na selva me levou a descobrir a explicação racional para tantas semelhanças. Ela está resumida no post abaixo que postei naquele artigo.

O artigo fala dos livros de Joseph Campbell, famoso mitólogo norte-americano do qual só tenho lido textos esparsos e menções publicas, alertando-me que devo lê-lo assim que tiver tempo.

xxx

Comentários postados no artigo:

Louis Charles Morelli, em  October, 31, 2014.

Os diversos mitos descendem de um único mito comum ancestral, assim como as diferentes espécies tiveram um comum ancestral. E o mito primordial nasceu no estado de infância da mente humana, quando ainda frêsca e com poucas das impróprias informações produzidas por esta nefasta milenar cultura tinha a capacidade de fazer vir à tona das sinapses suas vidas passadas tão longínquas como quando nossos antepassados eram meros sistemas galácticos. Concluí isso quando acompanhei as revelações de um xamã e curandeiro na Amazônia, após tomar suas beberagens tipo Santo Daime entrava em transe, e eu ao lado de seu leito anotando, desenhando tudo o que dizia. No final meu desenho era uma síntese dos símbolos do I Ching, com todos os símbolos de Adão e Eva no Paraíso, ao mesmo tempo que era a aura com chackras e kundalines. Porque? Nativos do Amazonas vivendo em um separado continente e 4 mil anos depois, tem as mesmas visões dos fundadores das religiões, quando estão com o cérebro alterado?! Mas é a mesma cosmogonia relatada na Doutrina Secreta por Helena Blavastky obtida entre hebreus ocultistas e o esoterismo que surgiu a partir de um visionário, chamado Schimeon Ben Jochai.

O mais surpreendente foi quando percebí que a aura nada mais é que uma grotesca descrição de quem…? sim, do DNA! Os chacras são as bases no meio das duas hastes, as serpentes de kundaline. Podes ver na fórmula Matrix/DNA em meu website, o template para todos os sistemas naturais, de átomos a galaxias ao cérebro humano, como estão ali visíveis os sete símbolos do mito do paraíso ( Adão e Eva ainda nas formas dos ancestrais astronômicos do que hoje são os cromossomas X e Y, a serpente, a arvore, o proibido sistema fechado em si mesmo na forma de maçã, o estado de existência do sistema como um verdadeiro paraíso egocêntrico e por fim a Queda, quando a galaxia se fragmenta e seus bits caem na superfície de um planeta para saírem se arrastando como seres vivos. Tudo registrado em nosso DNA, 13,7 bilhões de anos de História Universal! Aí está porque todos os mitos tem como fundamento um padrão único, pois ele surge em mentes frescas ou alteradas na forma de flashes, imagens, cenas, de eventos na evolução cosmológica, e como os nativos nada sabiam de FNA, galaxias, etc., cada qual interpretou os flashes à sua diferente maneira e com isso esta diversidade de mitos na base das religiões. Enfim, o que hoje é auto-consciência, ela dormia na nebulosa de átomos, sonhou como galaxia, começou a despertar como plantas e animais, acordou no Homem e outras vidas no Universo afora, e aqui em nossas-cabeças-ovo ela ainda é um embrião que nem sequer ainda abriu seus próprios olhos ( a terceira visão) para ver a substancia e forma de seu próprio corpo. Infelizmente não tive tempo para ler algo tão interessante como o tema de Campbell, qual foram os padrões que ele encontrou, mas sei que sua teoria será diferente da minha porque ele não foi no coração da selva ouvir in loco o que nos tem a revelar o espirito ainda selvagem testemunha das origens da vida. A suspeita final é de que neste Universo está ocorrendo um processo de reprodução genética do ser que existia/existe antes do Big Bang, que nós humanos dotados do embrião da auto-consciência somos os genes construindo o Filho daquele, e a ultima forma deste embrião aqui só pode significar que o ser alem-universo é auto-consciente.Mas posso estar todo errado, pois ainda estou testando tudo isso..

Louis Charles Morelli, em  November,02, 2014.

Abelhas, formigas e pagãos construíram o mesmo modelo de sistema social. Rainhas para os insetos, deusas para humanos primitivos. Porque? Esta é a tendencia genética de todos os seres vivos. Porque a fêmea no centro do sistema ainda permanecia na memória dos pagãos e foi enterrada pela cultura e religiões.Seres vivos são sistemas naturais feitos não pela Terra apenas, mas o sistema astronomico no qual estamos dentro, e nele, a fêmea estava no núcleo ( uma bela luminosa quasar contendo um buraco negro… que na verdade é branco). Este nosso passado como deuses do espaço onde a consciência ainda dormia e sonhava com eternidade foi rememorizado pelos povos primitivos em mitos como o do Paraíso. A fêmea tem tendencia a sistema fechado enquanto o macho a tem para sistema aberto, e quando a fêmea se assentou no trono sideral ela comeu a maçã proibida, ou seja, instalou o sistema fechado que fecha às portas à evolução. Por isso as sociedades das abelhas e formigas que imitam fielmente aquele paraíso de Eva nunca evoluíram. A arvore é a imagem da galaxia tendo como eixo central quasar/buraco negro na forma do tronco, os braços espirais na forma dos galhos, os planetas na forma das folhas e as estrelas na forma dos frutos maduros pendurados nos galhos. Outro simbolo do mito é a serpente, justamente a imagem da Matrix daquele paraíso, uma cobra engolindo a própria cauda, pois o sistema se auto-reciclava como podes ver na fórmula Matrix/DNA.. O pulsar emitindo cometas veio justo na forma do cromossoma Y. enquanto o núcleo feminino veio na formula do X, por isso Adão e Eva representando o aspecto sexual homem/mulher. Depois veio a Queda, quando alem das galaxias veio a força da entropia que degenera e envelhece os sistemas, fragmentando-os em seus bits-informação que mais tarde seriam os genes, e caíram nas superfícies de planetas para reiniciarem como sistema aberto à evolução, sem a capacidade da auto-reciclagem, obrigados a procurar seu alimento. Tudo bate, somos a imagem e semelhança do building block dos sistemas astronômicos porem, onde a consciência finalmente desperta e começa a levantar-se, ainda no estado embrionário. A cultura milenar animalesca imitando ainda as regras das selvas e as religiões foram maus necessários para corrigir o erro do nosso ancestral ( ou nosso na nossa forma ancestral) cometido no céu, pois se somos aqui como sistemas biológicos uma reprodução dos sistemas astronômicos, apenas a consciência poderá inverter a tendencia para sistema aberto e continuidade da evolução.O destino do nosso corpo físico é inevitável, estamos indo na direção do Admirável Mundo Novo de Huxley, governado não pelo Big Brother de Orwell mas a uma ditadura idêntica pela Big Mother ou Big Queen. Mas este novo sistema que desperta aqui, auto-consciência deverá manter-se livre e ela nos alavancará para a aventura no Cosmos… se entender-mos tudo a tempo.

Cérebro e MRI de Estados Místicos, Religiosos, Produzidos por Campos Magnéticos

sexta-feira, outubro 10th, 2014

xxxxx

Religious experience is a natural product of the brain. (?)

http://www.christianitydisproved.com/brain.html

Aberto para pesquisa dos detalhes. Ver o video: ( Religious experience can be replicated using magnetic fields.)

The Sensed Presence with Dr. Persinger

https://www.youtube.com/watch?v=mDfhTsCm-l8

xxxx

Minha primeira impressão desta nova informação:

A memória humana tem sua História, que vem desde suas origens, sua ancestralidades, até chegar ao ponto em que está hoje. Acontece que essa história da memória obedece o mesmo processo de qualquer corpo evoluindo sob o ciclo vital.  Então essa memória um dia esteve no cérebro de répteis, outro dia antes ainda foi um mero sistema nervoso difuso numa bactéria, ou seja, a memória teve suas formas transformadas em novas formas assim como um corpo humano se transforma pela ação do ciclo vital. Acontece ainda que este ciclo vital vem originalmente das simples ondas de luz natural. Estas ondas são relacionadas com eletromagnetismo. Então quando aplicamos fortes forças eletromagnéticas no cérebro, estamos mexendo com toda essa história e diferentes niveis, dimensões, da Natureza. cada etapa da história da memória é relacionada com cada etapa de um espectro eletromagnético de uma onda de luz, ou seja, cada fase da evolução da memoria teve sua especifica frequencia vibracional. Ora, quando aplicamos uma força eletromagnética sobre o cérebro, estamos invadindo-o com uma especifica frequencia energética, muitas vezes sem saber-mos qual frequencia está chegando ao cérebro. E cada tipo de frequencia ativa um especifico campo da memória relacionado a uma especifica era anterior de sua evolução. Com isso, a memória envia ao cérebro, ou à “mente”, flashes registrados naquela época. Não sei ainda porque neste caso especifico desta experiencia do Dr. Persinger, os pacientes revelam estados religiosos, fato que vou investigar.