Posts Tagged ‘Rosetta’

Proteinas Artificiais, Projetos Rosetta e Foldit para montar proteinas

sexta-feira, dezembro 29th, 2017

xxxx

The New York Times

Scientists Are Designing Artisanal Proteins for Your Body

https://www.nytimes.com/2017/12/26/science/protein-design-david-baker.html

In Dr. Baker’s office are models of complex proteins. The human body makes roughly 20,000, each suited to a different task. Evan McGlinn for The New York Times

 

Folding ( tricotando) fios de proteinas:

Matrix/DNA: “Proteinas sao as ferramentas materiais organizadas biologicamente que executam a funcao do circuito sistemico total do sistema universal natural. No seu estado de sistemas astronomicos, este circuito era apenas um fluxo espiralado, um fio por onde passam toda enrgia/informacao do sistema. Com a diversidade propiciada pelo ambiente terrestre o unico fio e’ multiplicado e pode ser tricotado, emaranhado de diferentes maneiras, como a artesa tricota o fio do novelo e cria diferentes “pontos” ou desenhos. E assim como a artesa produz o tecido que sera modelado num tipo de roupa,  a natureza terrestre tricotou o fio que veio do ceu em diferentes tipos de tecidos que constituem os organismos.”

 

” Our bodies make roughly 20,000 different kinds of proteins, from the collagen in our skin to the hemoglobin in our blood. Some take the shape of molecular sheets. Others are sculpted into fibers, boxes, tunnels, even scissors.”

Matrix/DNA: Tesouras? Formas de caixas? Mas na formula o lugar correspondente a proteinas sao setas, representando apenas o avanco do corp[o no tempo, entao todas as proteinas deveriam ter uma so forma… Nao. Acontece que as proteinas nao representam apenas os espacos das setas e sim os espacos dentro das partes. Assim como cada nova parte muda a funcao das informacoes no circuito, tem que mudar a forma para executar estas funcoes. Podemos ver que todas estas formas citadas acima sao visiveis no circuito. Por exemplo, a forma de tesoura se refere a quando o circuito se bifurca.

A protein’s particular shape enables it to do a particular job, whether ferrying oxygen through the body or helping to digest food.

Matrix/DNA: O que eu disse acima: a funcao especifica da proteina modela sua forma. Apenas o autor nao sabe da formula e colocou as palavras na sequencia oposta.

Selecting from twenty or so different types, the cell builds a chain of amino acids. That chain may stretch dozens, hundreds or even thousands of units long. Once the cell finishes, the chain folds on itself, typically in just a few hundredths of a second. Proteins fold because each amino acid has an electric charge. Parts of the protein chain are attracted to one another while other parts are repelled. Some bonds between the amino acids will yield easily under these forces; rigid bonds will resist.

Matrix/DNA: ” Como sempre, a ciencia comeca abordando um fenomeno e descreve como ele atua, nao o porque ele atua como atua. Cargas eletricas dos aminoacidos os fazem ser atraidos a alguns outros e repelir outros. Isto significa que os 20 aminoaacidos possuem 20 diferentes tipos de carga eletrica? O que determina qual sera o tipo de uma carga eletrica?

A formula da Matrix/DNA explica isso claramente. Se alinharmos todos os 20 aminacidos obedecendo a sequencia do ciclo vital, cada aminoacido vai ter um Vizinho apenas a esquerda e outro a direita. Assim como a forma humana de adolescente tem como vizinha a esquerda a forma de crianca, e a direita, a forma de adulto. Se remontar-mos o ciclo vital da pessoa, automaticamente a forma adolescente apenas vai atrair a forma crianca e a sua esquerda. Isto significa inclusive que cada aminoacido tem carga eletrica bipolar, ou seja, uma girando no sentido horario e a outra no anti. E isto e’ mais uma previsao da Matrix, que se for comprovada, dara mais credito `a teoria.

Mas ainda temos um problema aqui. Serao mesmo “cargas eletricas”? Estamos tratando de energia, como em eletricidade, racionadas a eletrons? A Matrix esta sugerindo que a nivel de inst4rucoes dos genes e DNA atuam biofotons, os quais vieram da evolucao cosmologica, e que formam redes, networks. A cienci ainda nao tem instrumentos capazes de detector estas networks muito sutis, na forma de sinapses. Outra previsao da Matrix. Agora,… aminoacidos ja sao estruturas mais materializadas, mais pesadas, e pode ser  que neste nivel a luz inicial tenha se projetado na forma de energia. Tambem pode ser que dentro dos eletricos estejam os fotons, dirigindo-os.

The combination of all these atomic forces makes each protein a staggering molecular puzzle. When Dr. Baker attended graduate school at the University of California, Berkeley, no one knew how to look at a chain of amino acids and predict the shape into which it would fold. Protein scientists referred to the enigma simply as “the folding problem.”

Matrix/DNA: Com razao, sem o conhecimento da nossa formula nao se entende o que esta acontecendo.

New proteins do not just pop into existence; they all evolve from ancestral proteins. Whenever scientists figured out the shape of a particular protein, they were able to make informed guesses about the shapes of related ones.

Matrix/DNA: Como surgem novas proteinas? Por evolucao? A  formula veio para a Terra no seu estado mais perfeito possivel. Isto significa que as proteinas iniciais deveriam ser as mais evoluidas. Porem na Terra houve uma drastica muitacao, porque o ambiente na superficie da Terra e’ muito diferente do ambiente sideral onde o ancestral celeste foi formado. Agora, com a introducao da agua, do estado liquido, e da quimica organica, os movimentos internos do sistema nao seriam mais apenas mecanicos, e sim, tambem biologicos. O fluxo de informacoes no circuito ancestral teve que fazer as proteinas acompanharem esta mutacao. Porem os sistemas biologicos nao poderiam inventor do nada novas informacoes que nao existissem, ao menos em estado apenas potencial, no ancestral. Entao as novas proteinas que vao surgindo se devem a fuzzy logics, quando o fio do circuito e’ esticado mais fazendo a necessecidade de produzir mais trechos intermediarios, ou seja, novas proteinas com velhas informacoes.

Novas proteinas com velhas informacoes. E isto vai diretamente implicar com o objetivo dos cientistas, que querem criar novas proteinas nao existentes na natureza. Qual sera o resultado disso? Primeiro, acho que estas proteinas artificiais nao podem ser ingeridas pelos organismos, pois isto desorganizaria seus sistemas naturais. Mas, vou pensar nas consequencias depois.

Scientists also relied on the fact that many proteins are made of similar parts. One common feature is a spiral stretch of amino acids called an alpha helix. Researchers learned how to recognize the series of amino acids that fold into these spirals.

Matrix/DNA: Deve ser uma das mais importantes proteinas, porque a forma espiral no sistema ocorre em duas ocasioes ao menos: 1) A funcao 1; 2) A forma do sistema ancestral total. Dois detalhes muito importantes na formula.

In the late 1990s, the team at the University of Washington turned to software for individual studies of complex proteins. The lab decided to create a common language for all this code, so that researchers could access the collective knowledge about proteins. In 1998, they launched a platform called Rosetta, which scientists use to build virtual chains of amino acids and then compute the most likely form they will fold into.

Matrix/DNA: Software? O software natural que elucida os estudos de proteinas ja existe, e’ a formula em forma de diagrama. A dinamica sequencial de tal software tem que ser a mesma do ciclo vital. Nao sabem disso entao criaram um outro software chamado Rosetta. Preciso ve-lo. Pesquisa: Rosetta@home is a distributed computing project for protein structure prediction on the Berkeley Open Infrastructure for Network Computing (BOINC) platform, run by the Baker laboratory at the University of Washington.

In 2005, Dr. Baker launched a program called Rosetta@home, which recruited volunteers to donate processing time on their home computers and, eventually, Android phones. Over the past 12 years, 1,266,542 people have joined the Rosetta@home community.

Matrix/DNA: Tenho salvado neste computador o jogo/software para esta colaboracao de montage de proteinas. Chama-se FOLDIT e obtido atraves do site Rosetta

“There are subtleties going on in naturally occurring proteins that we still don’t understand,” Dr. Baker said. “But we’ve mostly solved the folding problem.”

Matrix/DNA: E sem o conhecimento das causas nas origens das proteinas, sem o conhecimento da formula para sistemas, nunca vao elucidar por complete o fenomeno. O principal ponto a elucidar agora e…

Vamos imaginar um circuito esferico de um sistema qualquer. Agora vamos quebrar este circuito em 20.000 pedacos. e vamos espalha-los aleatoriamente. Em seguida vamos tentar reconstruir o circuito conectando os pedacos. Dentre os 20.000 pedacos como vamos saber qual vai em qual posicao do circuito? Parece quase impossivel, a nao ser com massivo poder de computacao. O nosso problema e’ ainda maior porque a Ciencia nao esta procurando reconstruir circuitos, mas sim conhecer cada proteina, qual sua funcao, forma, qual o gene que a produz, como e’ sua constituicao, etc.Se houver uma maneira de identificar as 20.000 e isolar cada uma, depois conecta-los num so circuito functional, saberiamos qual a funcao de cada proteina, no circuito. Esta funcao sera a mesma que ela executa no sistema-organismo. Bem,… daqui para a frente eu so posso desenvolver isso se converser com um tecnico em seu laboratorio.

These advances gave Dr. Baker’s team the confidence to take on an even bigger challenge: They began to design proteins from scratch for particular jobs. The researchers would start with a task they wanted a protein to do, and then figure out the string of amino acids that would fold the right way to get the job done.

Matrix/DNA: Ooops… Estava esquecendo algo. Separando um circuito sistemico em 20.000 pedacos obtemos as proteinas. Porem,… e os aminoacidos? O que sao aminoacidos, em relacao `a formula? GRANDE! NUNCA ME FIZ ESTA PERGUNTA!

Aminoacidos sao a segunda manifestacao da materia da vida, sendo a primeira, o atomo de carbono, porque ele e’ a copia atomica mais fiel da formula. O carbono tera o poder de atrair e ser atraido para os fotons-genes que estejam nos eletrons de outros atomos leves. Assim o carbono se fixa no centro e em volta vao agregando outros atomos. Em cada uma das seis pontas do carbono devera se afixar um diferente atomo contendo um dos seis fotons-funcoes do circuito. Assim, a formula central, comeca a e projetar como uma nova onda, uma nova e maior formula, que lhe e’ agregada. Enquanto nao se completa a segunda camada da formula, vao sendo feitos pedacos, com um ou ate cinco fotons. Estes serao os aminoacidos.

Entao, para entender o sentido da existencia dos aminoacidos devemos pensar no seguinte quadro:

O circuito total e’ fatiado em 20.000 pedacos, que biologicamente sao as proteinas. As proteinas sao compostas de aminoacidos, algumas com 10, outras com 1000 aminoacidos. Entao aminoacidos sao trechos do circuito fragmentados em porcoes ainda menores.

” Essentially, he said, “we’re designing molecules that can do simple logic calculations.” Indeed, he hopes eventually to make molecular machines. Our cells generate fuel with one such engine, a gigantic protein called ATP synthase, which acts like a kind of molecular waterwheel. As positively charged protons ‎pour ‎through a ring of amino acids, it spins a hundred times a second. ATP synthase harnesses that energy to build a fuel molecule called ATP.

Matrix/DNA: Ele se refere ao motor molecular que reacionei sua origem ao motor astronomico. Ele chama o motor de ” waterwheel”, ou roda d’agua. Explica que o motor funciona quando protons carregados com carga positiva passam atraves do motor que e’ feito de uma cadeia de aminoacidos e produzem uma rotacao veloz de centenas vezes por segundo. Isto gera a energia que e’ inserida numa molecula, a ATP.

 

 

Os Espermatozoides do Espaço, Que Previ a 30 Anos Atras na Selva Amazônica, Foram Encontrados!

sábado, agosto 1st, 2015

xxxxx

http://triblive.com/usworld/world/8841751-74/comet-philae-molecules#axzz3hYYEzLFL

http://i2.cdn.turner.com/cnnnext/dam/assets/150124162009-rosetta-comet-activity-jan-15-2015-exlarge-169.jpg

Fantástica noticia divulgada pela sonda que os europeus aterrizaram em cima de um cometa e analisou quimicamente o material encontrando as sementes da Vida simplesmente repetiram minhas palavras escritas e registradas com direitos autorais no Brasil e nos Estados Unidos: ” Cometas executam a Função sistêmica universal numero 5, a qual esta relacionada com a auto-reprodução dos sistemas naturais, e eles transportam as informações do cromossoma Y, a parte masculina dos  sistemas, através das linhas magnéticas espirais das galaxias, para leva-las onde houver boa seara para estas sementes germinarem. E assim, nossa ancestral e criadora galaxia inicia sua reprodução a nível microscópico…”

O funcionário da Biblioteca do Congresso Americano me telefonou fazendo algumas perguntas antes de ceder o numero de direitos autorais, tais como: “Você considera sua obra uma obra cientifica?” E eu respondi:

– ” No way! De maneira alguma! Por isso no campo das categorias eu escrevi “ficção cientifica”. Eu queria evitar que, se alguém lesse o manuscrito, tivesse a reação normal e logica de rir na minha cara. Como eu próprio teria reagido antes de ir para a selva.

Mas para que a minha previsão se confirme 100% só falta agora confirmar que os compostos orgânicos encontrados na superfície do cometa existem em maior profusão e num estado evolucionário mais simples no interior do cometa, enquanto a teoria dos astrônomos esta supondo que o cometa, em suas andanças pelo espaço colheu materiais que entraram em reação químico-orgânica ao serem bombardeados por alguma radiação ultra-violeta. Em todo caso, os meus modelos astronômicos teóricos tambem sugeriam que o florescimento destes compostos na superfície seria possível.

E na foto abaixo esta o engenhoso monstrinho feito pelos europeus que me deu uma das maiores satisfações da minha vida ao saber ainda enquanto estou vivo que o que o espirito da Natureza na sua forma selvagem da Amazônia sussurrava aos ouvidos de um moribundo agonizante era a pura verdade!

 

http://blogs.esa.int/rosetta/files/2014/09/Philae_on_the_comet_Front_view.jpg

Mesmo sob as tremedeiras tipicas da febre elevada pela malaria e já conformado que apenas um milagre me tiraria vivo da selva, ainda me ajoelhava a beira de um pântano com um microscópio procurando um micro-organismo cuja forma se encaixasse na formula extraída da anatomia comparada entre os sistemas vivos e os não-vivos. Mas a luz infernal daquele sol tórrido dos trópicos me cozinhava os miolos, tanto que de repente não consegui de pensar o logico:” Não existe vida completa sem a luz do Sol. Porque?! O planeta sozinho não consegue criar a vida? Então a vida é produto de um sistema, e não de uma mera parte, como a Terra é mera parte do sistema solar? O sol forneceu o calor, o fogo, para cozinhar a sopa primordial, ms quem forneceu a receita da sopa? O sistema?!… Ao qual o Sol e a Terra pertencem?”

Mas algo dentro de mim dizia para abandonar aquela ideia. Esse algo era a ideologia que eu havia absorvido lendo os livros dos químicos positivistas, os quais, estavam como eu espalhados no planeta, a beira de pântanos, mergulhando no fundo dos oceanos, procurando a mesma coisa que eu procurava: Luca – the Last Universal Common Ancestor! A teoria da abiogênese fizera a cabeça de todo mundo no meio acadêmico, e ela afirma que o cepo original primitivo que deflagrara a vida na Terra tem que ser microscópico, e seu rastro ou marca ainda pode ser encontrado na sopa certa. Era uma competição, uma corrida dos diabos. Nos já devíamos ter aprendido a lição com três ou quatro gigantes em cujos ombros nos apoiávamos. Darwin encontrou sua fantastica ideia da evolução apos o sacrifício de tambem se ajoelhar em solo tórrido para observar lagartixas e bicos de pássaros. Mendell teria sido coroado apos sua morte porque passou anos ajoelhado cruzando ervilhas lisas com rugosas. Copérnico para revolucionar o mundo teve tambem que se ajoelhar no solo medindo sombras de uma marquise que se moviam porque eram movidas pelo Sol. Entre nos todos, os gigantes, os quimicos positivistas ou materialistas, e eu, havia apenas uma pequena diferença: os químicos tinham PHD de cientistas, enquanto eu e os gigantes eramos todos apenas filósofos naturalistas. Junto com o PHD vinha uma doutrina, uma certeza absoluta, de que a Via na Terra surgira por sua própria conta e risco, nada tinha a ver com o passado da evolução cosmológica. E eu quase me deixara pegar por essa ideologia, por isso ali ajoelhando na beira do pântano resistia a pensar no que ia contra essa visão do mundo acadêmica. Luca tinha que ser microscópico, pensar que ele era astronomico seria uma aberração, uma heresia cientifica.

Mas o Sol continuou a mandar sua luz carregando energia quente a penetrar pelos ossos do meu cranio e cutucar a minha mente. Com isso ele conseguiu desconfigurar as conexões neuroniais promovidas pelos livros acadêmicos, uma lavagem cerebral. E por isso delirando já quase caindo de vez uma mente limpa entendeu seu estado de infância e levantou os olhos humildes para ver o rei e continuar prostrado perante ele. O contacto se deu a nível de Natureza pura quando o Sol teve a oportunidade de produzir nessa mente um pensamento como se fosse sua voz:

– ” O que estas procurando ajoelhado ai? Suas origens? Seu criador? Mas porque procuras um ser microscópico na matéria insensível e estupida de um planetinha perdido na imensidão cósmica? Por acaso não podes imaginar a grandiosidade do criador quando observas a grandiosidade da engenharia que é a sua vida? Procuras quem forneceu o fogo e a receita da sua sopa? Mas porque procuras no chão se estou aqui em cima? Levante seus olhos, homem! Levante-se do chão e ponha-se de pé, no seu estado de grandeza que mereces por seres o filho da grandiosidade! Levante seus olhos e olhe para mim! Eu sou a sua resposta!”

Coisas alucinante das mentes em delírio dos torturados e miseráveis. Mas Henry Ford certa vez já mais ou menos o disse: ” O sucesso vem de 95% de transpiração e 5% de inspiração. Quando a Natureza quer, ela pega um homem, testa-o de todas formas possíveis, expõe-no a todas as provas torturantes, como no ritual dos nativos fazem ao jovem que pleiteia ser guerreiro. Se o homem resiste e teima em continuar na busca de seu objetivo, então a Natureza prazeirosamente se submete e passa-lhe seus segredos, seus métodos, mecanismos e processos, os quais conferem poder `a Humanidade ao se tornarem novas tecnologias…”

O trabalho de observar e esmiuçar os elementos que compõem a biosfera amazônica, tentar identificar as conexões destes elementos com outros elementos na longa cadeia de causas e efeitos, identificando e isolando assim os micro sistemas que formam, e depois juntar todos os micros num macro, para então resumir e desenhar este macro numa planta de papel que caiba sobre uma pedra ou no chão da barraca, tudo isto porque o objetivo é ver neste quadro inteiro um fiozinho perdido que teria produzido o microscópico Luca, era uma missão impossível, como dissera rindo a diretora de relações da universidade a um rapazinho sujo que se atrevera a adentrar seu escritório pedindo ajuda para seu projeto, em 1980. E eu não a condeno, de fato eu estava já saindo fora do normal devido passar dias e noites como rato na sua biblioteca universitária, lendo aqueles livros pesados porque como esfarrapado eu não podia sentar no banco escolar e aprender com a voz do professor que ensinava a matéria daqueles livros. Digo isso para explicar que a certeira profecia não veio de graça por uma voz divina, ela foi cavada com unhas sangrando. Ela se exprimiu no resultado desta missão, uma simples formula, simples mas que contem nas suas entrelinhas toda a complexidade da vida e do Cosmos. E` a formula da Matrix/DNA onde se vê o espermatozoide do espaço desempenhando sua função criadora:

Circuíto Sistêmico ou "Software" extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Circuíto Sistêmico ou “Software” extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Cuja formula expressa o circuito de energia/informação que quando se materializa produz todos os sistemas naturais, como por exemplo, nos dois sistemas reproduzidos na figura a seguir:

Human and Earth Life Cycle by MatrixDNA

Human and Earth Life Cycle by MatrixDNA

E para explicar ajudando a entender este assunto:

A formula acima se obteve ao comparar anatomicamente e funcionalidade os sistemas naturais vivos como as células animal e vegetal, as plantas, os vírus, as bactérias,  insetos e animais, a biosfera como ecossistema, aos sistemas ditos “não-vivos” como átomos, estelares e galácticos. A formula descreve a trajetória de um só corpo rolando sob o processo do ciclo vital, o qual faz o corpo mudar de formas, cujas formas se tornam as peças de um sistema final funcional. Este sistema se torna o template, a fôrma, pela qual a Natureza organiza a massa e energia neste Universo em sistemas. Todos os sistemas naturais cabem em cima dessa formula, apesar das varias deformações causadas por precariedades dos ambientes e dos ingredientes disponíveis. Esta formula pode estar dispersa no tempo e no espaço na forma de seus fragmentos, cada qual consistindo em um bit-informação do sistema do qual vieram. Assim um sistema astronomico irradia-se em fragmentos ao chegar na Função 6 que representa as estrelas como o Sol, sendo este fragmentos na forma de partículas fótons que adentram as partículas dos átomos terrestres assumindo sua maquinaria como um vírus assume a maquinaria de uma célula, e conduzem os átomos a novas configurações, sempre buscando recompor o sistema de onde vieram. Esta era a receita que estava oculta na sopa primordial. Porque Luca era macroscópico,  ele era um sistema galáctico inteiro que se projetou por nanotecnologia na superfície da Terra e se levantou do solo na forma de célula vital, a qual é uma copia do céu como se pode ver através da formula.

Na formula, a Função 3 representa um planeta como a Terra. A Função 4 representa este planeta mais velho, já não mais suportando a vida em sua superficie, com sua superficie pontilhada de gigantescas crateras vulcanicas com erupções gigantescas cujas lavas ou magma vencem a fraca gravidade do astro e caem no espaço interestelar. Neste momento, este magma tornado um cometa se localiza como Função 5, mas como tal ele carrega em seu bojo as informações da metade esquerda do sistema, ou da formula, e se encontrar um astro cuja matéria tenha todas as informações do sistema, ele criada as moléculas orgânicas ” left-handed” ou seja, com spin a esquerda, as quais sao selecionadas pela natureza para iniciar os sistemas biológicos, quer dizer, a Vida biológica. Porque a Vida universal já vinha do espaço a 13,7 bilhões de anos, e quiça, antes mesmo disso.

30 anos depois desta formula – uma missão impossível segundo a voz que emana das universidades – a nave Rosetta produzida pela secular e incansável ciência carregada a duras penas por essa mesma universidade, desembarca no solo de um cometa o robot Phyllae o qual encontra e confirma o que o trabalho de um filosofo naturalista tinha calculado e esperava ansiosamente sua confirmação. Assim a Humanidade tem realizado proezas incríveis que nos enchem de orgulho e alimentam nossas esperanças de que continuaremos a progredir no futuro, mas essa mesma Humanidade tem uns vícios incorrigíveis. Como o das universidades nunca apoiarem os lobos solitários da Ciência travestidos de filósofos naturalistas que batem as suas portas pedindo ajuda e a negam. Ainda bem que nos ultimos tempos melhorou um pouco pois a universidade medieval queria fazer churrasquinho de individuos como Darwin, Copérnico, Mendell. Estes aprenderam e não querendo virar churrasquinhos ou serem gozados eternamente avisam de antemão: ” Não, esta obra não é cientifica, é mera ficção…”

Asteróides-Pipas Transportaram a Água Para o Planeta Terra?! Porque não Trouxeram Vinho e Cachaça Tambem?

quinta-feira, dezembro 11th, 2014

É cada uma! Um considerado sério jornal como o The Wall Street Journal publicou este artigo e a minha opinião de que as escolas e universidades estão deixando os alunos totalmente aloprados formando estes cientistas aloprados não poderia me evitar postar a minha opinião seguinte no jornal:

Veja link:

Rosetta Data Support View That Asteroids Brought Water to Earth

http://www.wsj.com/articles/rosetta-mission-data-support-view-asteroids-brought-water-to-earth-1418238237

Direct measurements of the water contained on comet 67P/Churyumov-Gerasimenko by the Rosetta spacecraft support the view that it was asteroids that brought most of the water to the early Earth. The findings undermine a view that  favored comets as the source of Earth’s water. Gautam Naik reports.

xxxx
Louis Morelli
Louis Morelli – Dec, 11, 2014

Schools are teaching a wrong model for astronomic systems formation and this is serious because the believe in any world view is the foundations for a moral code, some humans behaviors and prejudices the mind’s evolution. A “theoretical” model is being told to be scientifically proved, as you can see inn the shollars texts.

This model suggests that Earth and any other planet next to the Sun could not have this big quantity of water, so, what are they waiting for telling the thru and searching another more accurate model?

Like Matrix/DNA Theory is suggesting a different model that predicts this water and every day is reinforced by space new data. We are doing a disservice to our children selling theories as if they were already proved by data. All prior civilizations broke down due were built upon wrong interpretations of this natural world and we are repeating the bad course, our future generations and maybe we that are alive today will pay the hard price.

xxxx

The theoretical current model for astronomic systems formations is wrong but the academic staff does not want to recognize it. Then, non-rational hypothesis like this one are necessary for fitting into the model. We are watching everyday new real data and the experts words: “this was not predicted by the model, or “this is exception because does not fit the known formation process”, etc.

Comets are not formed by the Kuiper Belt and are not made up of ice, dust and rocky material, only. Comets originates from giant volcanoes of giant gaseous old planets and their nucleus are composed by volcanic magma. Planets are not formed by isolated and separated dust at peripheral nebular regions, but by the same central vortex that formed the star, so, planets were covered by ice at their formation and the stars heat evaporated or transformed into water this surface ice… as predicted by a more rational astronomic model called “Matrix/DNA Theory”. Both are theoretical models very different, but also the academic staff does not want to recognize any others model.