Posts Tagged ‘serpente’

O que era a serpente em Genesis? Veja a surpreendente explicacao da Matrix/DNA neste debate

quarta-feira, maio 29th, 2019

xxxxx

One of the more interesting details of the Genesis story is the Serpent.

Now the serpent was more crafty than any of the wild animals the Lord

God had made. He said to the woman, “Did God really say, ‘You must

not eat from any tree in the garden’?”

Was the Serpent a snake? What was it?

Louis_Morelli – commented at 5/28/19

You never could mind what is/was the real biblical serpent! It is the shape adquired by a natural system when it chooses to be a closed system, the extreme expression of selfishness. A new world view called “The Universal Formula Matrix/DNA of All Natural Systems” discovered that such system is based on a energy/flow of information that seems like a serpent swelling its own tail. It happens that billion years ago, before biological systems origins at Earth, the seven kinds of astronomic bodies aligned themselves as a closed system. It is the ancestors of biological systems, so… us. This system was performing a simplistic mechanist shape of sexual reproduction and it was hermaphrodite (they have the calculated astronomical model at their website). There was chromosome X (later called EVE in Bible account) and Y (Adam?). Eve was the queen, at the nucleus, as a quasar, above Adam ( a pulsar) and she choose to be a closed system. Their body was a perfect paradise, but, closed doors to its own evolution. Then came entropy, the fall, the body was spreading in space as photons bits-information, and those that falls at Earth tries to rebuild the old system, but with mutation gets biological fashion. So, here we are today. This event and our ancestors are registered into our DNA ( the junk DNA) and altered state of mind can see flashes of this ancestor and event in the paradise, then, you have the mythology inserted at the bible. The fact is that this whole theory is scientific falsifiable, so, they are testing it.

But … Patrick, any of our thoughts are talking snakes. External stimulus arrives at hippocampus where they are processed becoming a ball of electrochemical molecules witch is expelled clockwise into the left hemisphere, then it goes upon leaving synapses all the way towards the cortex, from which it falls towards the hippocampus again. If it was an important thought, it is registered at memory, if not, as the Orobolos serpent, it swells itself disappearing. The brain associates the images of moving synaptic thoughts as the images of moving snakes and since thoughts operates with language, the brain understand they are talking snakes. So, the snake was not outside Eve, it was inside her, and the voice was the Eve whishes, wanting to be a selfish closed system, which is a big sin in relation to natural laws. You need know that the past events with our ancestors ( atoms systems, galactic systems, bacterial systems, monkey systems, etc.) are registered as memory at our DNA and so, at our neurons. Alternate mental states can see flashes of these things, but, the missing knowledge about DNA, brains, astronomical systems, transforms the flashes into magical mythos. From here came the inspiration for mythologies like the bibble account.

xxxxx

xxxx

Why do you need something like papers, books, as intermediary between your mind and Nature, like creationists need a book as intermediary between their mind and the real world? I am not scientist neither religious, only a man living at Amazon Jungle studying real Nature with my own rational methods. Although I know lots of scientific papers and a little bit of all scientific fields, as I know all sacred books of all religions and mythology, I keep the wild Nature as my master, like the tools that Nature offers to see things like brain-watching-brain from inside-out.

Then I have seen that both – humans science and religions – are missing lots of things, so I built a third world view, very different than anything you have seen. Since I am very skeptical due being only naturally rational, I know that my world view is a working in progress, which are being tested against real facts, included all scientific papers that I can read. So, these insights are not mine, it is pure Nature suggesting them, and you are free to choose between humans creations, like human science, religion and my pagan wild creation. Instead scientific papers I have a website, if you like to know something different:

http://theuniversalmatrix.com
If you have some curiosity and want to know something about the content, I will ne here for answering. But… man… all man are like you, so, do not look for humans interpreters of Nature telling to you how Nature works. Cheers…

The story of a talking snake is an etymological tale… explaining why:

  1. humans hate snakes
  2. why snakes dont have legs
  3. why men must work
  4. why women suffer pain of child birth

Its not real.

But… who is talking this etymological tale? Humans. More exactly, humans brains. It happens that brains are composed by neurons which has as central pivot the DNA, which has two strands that moves like serpents. So, who in fact are telling these tales? Two serpents behind the voice. If you do not study the issue from here you will not understand the stories and mythologies referring to serpents.

The key factor is that DNA is the biological shape of a universal system that is coming evolving since the Big Bang. This system is based on a formula ( you can see it at my website), which is the template of the fundamental unit of information in DNA. But… this universal formula has the free will to be a opened or a closed system, and from here derivates all things that are “good”, or “bad”. Universal Nature has laws, like entropy, that does not approve closed systems, because they are selfish and closed doors to evolution. When the two strands choose to be a closed system, the two streams are connected, becoming a closed sphere. Our ancestors and ultimately creators – the astronomical systems – choose to be closed system. Then, the Fall, the biological systems in need of food, etc., under pain, etc. All this past times are registered at the center of our neurons, our memory, and sometimes people see flashes of it, from where cames these tales… Ok, like me, you must not believe in this theory, I am testing it yet, but, I have lots of facts, evidences and calculations suggesting this theory has something real in it. At least, it is scientifically falsifiable.

xxxxxXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PESQUISA:

Interessante post a meu favor:

One of the things modern audiences also don’t realize is how important snake symbolism was to ancient cultures … with the prominent exception of Zoroastrianism. In that “new style” religion of Persia, it was considered a good deed to kill snakes!.. In Egypt, even as domesticated cats became common place, the ancient reverence for snakes is maintained – – as we can see by the presence of the Cobra on the Pharaoh’s headwear!

E na mitologia grega:

Asclepius hold his rod/staff with a serpent coiled around it.

Asclepius hold his rod/staff with a serpent coiled around it.

 

xxxxx

Boa leitura:

Serpent (symbolism) – Wikipedia

https://en.wikipedia.org/wiki/Serpent_(symbolism)#Ancient_Near_East

xxxxx

Neste artigo tem vasta informacao de como a serpente fazia parte fundamental da mitologia dos nativos americanos mesmo antes de Cristo.

Serpent of the North: The Overlook Mountain/Draco Correlation

( pedaco do artigo:

NATIVE STONE CONSTRUCTIONS

https://grahamhancock.com/kreisbergg5/

According to Edward Lenik, “Serpentine images carved into non-portable rock surfaces and on portable artifacts were invested with ideological and cultural significance by American Indian people in the Northeast. in his book Picture Rock- American Indian Rock Art in the Northeast Woodlands, Lenik further states “Snakes or serpents are ancient symbols and appear in rock art sites across North America. They are considered to be creatures of great power and craftiness. Among Algonquian speaking peoples, they may have represented evil and darkness or the energy of life or regeneration, or served as vehicles of transition for the soul of the deceased to the spirit world.” Could the Overlook Mountain Petroform function as a guardian of the pathway souls follow to the heavens? Lenik also associates the Algonquin mythical Thunderbird as a guardian of humans against the Great Serpent of the underworld. If the Thunderbird is seen as the symbol of the protection of life, could the Serpent represent protection of the pathway of the dead?

Accounts of Native American stone constructions associated with definite astronomical attributes are not unique. Research in Manitou – The Sacred Landscape of New England’s Native Civilization, by James Mavor and Byron Dix, went a long way toward proving the Native culture of the northeast America built

“The Serpent in the Stars” – ainda no link acima vasto material como diversas culturas primitivas ligavam duas serpentes a uma estrela central, numa alusao ao buraco negro luminoso do cortex onde terminam as duas kundalines.

xxxx

E para convencer religiosos da concordância entre textos bíblicos com a serpente como símbolo da Matrix/DNA, ver esre rexto no mesmo link acima:

Diz o texto que no inicio a serpente era boa. Sim, era o genoma de Deus. Depois ela se tornou ma, amaldiçoada por Deus. Sim, porque no genoma de Deus estava uma brecha, um saida para o livre arbítrio interromper o processo da reproducao, que consistia na escolha de ser sistema fechado, que foi o que fez o ancestral astronomico. 

(On the Creation of the World, 6.2; quoted in Genesis, Creation, and Early Man, by Fr. Seraphim Rose, 253-4):

‘Do not regard the present serpent; do not regard how we flee it and feel repulsion towards it. It was not such in the beginning. The serpent was the friend of man and the closest of those who served him. And who made it an enemy? The sentence of God: “Cursed are you above all the cattle, and above all the wild animals… I will put enmity between you and the woman” [Gen. 3:14-15]. It was this enmity that destroyed the friendship. I mean not a rational friendship, but one of which an irrational creature is capable. Similar to the way that now the dog manifests friendship, not by word but by natural movements, just so did the serpent serve man. As a creature who enjoyed great closeness to man, the serpent seemed to the devil to be a convenient tool for deception… Thus the devil spoke through the serpent, deceiving Adam.’

I think this adds some interesting nuance to the discussion. I’d be interested to see how you might interpret this in light of your fascinating argument above. Thank you for the contribution!

 

Serpente que Enganou Adão Capturada Aqui e Desmascarada!

segunda-feira, março 19th, 2012
Serpente Luca Desmascarada

Serpente Luca Desmascarada

xxx

Pode estar tudo errado, mas a fórmula da Matrix/DNA tem sido fantástica explicando de maneira inédita e surpreendente todos os fenômenos e eventos naturais conhecidos até agora. Porem, há ainda um mistério que me tem roubado boas horas do meu intelecto inquiridor. Uma das maiores surpresas que tive na vida aconteceu no dia que estava estudando os modêlos e mapas da Matrix/DNa e uma sensação incomoda começou a me fustigar. Minha mente começou a sentir um pêso, uma frustração, uma sensação de fracasso, à medida que um quadro ia se formando perante meus olhos. Alguem havia me antecipado, alguem havia descoberto antes o que eu acreditava ter sido o primeiro a descobrir. Mas como?! Eu fiz o que ninguem têve coragem de fazer: no melhor tempo da idade, arrumar a mochila, largar todo o conforto da civilização, um atraente status social, e entrar sózinho no inferno da selva amazônica sob um lema: “Ou a natureza bruta e virgem me revela a razão dessa minha existência absurda ou a morte! Daqui não saio vivo sem uma explicação!” Charles Darwin havia feito algo parecido e ensinou-nos o método, mas êle só ficou quatro anos e tendo as costas amparadas por um navio ancorado na praia. Eu não conhecí ninguem na civilização que tivesse antes sacrificado 20 anos, 80 horas por semanas a fio, estudando auto-didaticamente pesados volumes de tôdas as disciplinas cientificas, tôdas as correntes de pensamento, na busca desesperada de resolver uma crise existencial. Então como alguem chegou primeiro?! E quem foi, onde estão as provas? De onde vem êsse quadro que me parece nebuloso à minha mente?

Por fim, ví o quadro completo. Era uma daquelas imagens religiosas de Adão e Eva no Paraíso conversando com uma serpente enroscada numa árvore. Que?!!! Eu fui o maior materialista extremado envolvido na busca do conhecimento da Natureza. Até os quimicos positivistas que se ajoelhavam ao meu lado na beira de pantanos removendo a lama em busca do ultimo ancestral comum se deixaram desviar do racionalismo puro. Afirmavam com veêmencia que LUCA teria sido produzido pela quimica e apenas por ela, enquanto temperavam suas preferencias pela quimica com idéias teóricas evolucionistas, tais como a de que a evolução é cega, não tem metas, propósitos. Eu ouvia e dizia: “Não sei. Só acredito no que meus olhos vêm.” Eu não tinha teoria, pré-disposição, tendencia a nada. Era um robot cego dirigido a uma busca, vasculhando tudo, só isso. E para um cético dêsse extremo a pior coisa que existe é um quadro religioso. Olhei com ódio para o modêlo da fórmula da Matrix. Porque ela estava me agredindo através de meu inimigo? Porque estava se mascarando no fundo de um quadro religioso, de uma lenda, uma fabula inconsequente? Era mesmo “a cena no paraíso”? Resolví olhar melhor.

Sim, não havia mais duvidas. Na simples fórmula em forma de um diagrama de software da Matrix estavam todos os elementos pintados no quadro religioso; a serpente, os elementos masculino e feminino, a maçã, a árvore, a Eva como amiga e interlocutora da serpente, mas não só os elementos, tambem o processo, a dinamica, a história, pois ali estava a expulsão, a queda, a chegada num planeta, o arrastar-se na superficie do planeta, a fome e sacrificio para a busca da energia…

A mais moderna tecnologia amparada no mais moderno conhecimento cientifico chegou ao ponto de desenhar o projeto da máquina perfeita, um motor perpétio, um sistema com as mais complexas leis termo-dinâmicas, mas que teria de ser feito no ar rarefeito do pico de uma montanha e quando lá chegaram se depararam com teólogos sentados e braços cruzados que pareciam estarem ali a milênios!

Não pode! Isso é covardia, traição a uma razão humana natural construída por milhares de anos de trabalho duro… enquanto outros vagabundos conseguem tudo de graça! Mas como chegaram à Matrix sem nada saberem de genética, astronomia, teoria geral da relatividade, mecânica quantica, o teorema da simetria CPT…?!

Não me venha com essa asneira de que um fantasma disse a êles. Até pode ser que os deuses eram astronautas mas não acredito que teriam perdido tempo contando como é o cosmos a mentes tão primitivas que nenhuma utilidade teriam naquilo e não tivessem, por exemplo, ensinado a fórmula para eliminar os virus das pestes. Mas o fato é inquestionavel: êles, de alguma maneira, tiveram uma noção exata da existência no céu de uma mecânica super-complexa e ainda tiveram o talento para substituir cada peça invisivel do céu por um simbolo conhecido pelo humano primitivo e ainda mais: fazer estes simbolos se moverem da mesma maneira que a maquina se move no céu! Descrever um motor trabalhando com um poema, uma fábula, uma lenda!

Claro que não podia aceitar isso, algo estava tudo errado. Talvez a imagem da Matrix seja a imagem de algo que não existe mas surge na cabeça de mentes torturadas no deserto dos ignorantes absolutos como uma miragem ilusória de lago de águas frêscas. Ou mentes torturadas no inferno da selva bruta. Mas como mentes tão diferenciadas pela cultura em tamanha distancia do espaço e do tempo, vindas por caminhos totalmente opostos entre si, podem produzir um mesmo quadro?!

Foi a minha concentração nêste aspecto inegável de mentes produzindo um quadro mental que me conduziu à solução que hoje mantenho para o mistério. Mentes são produtos naturais da evolução do cérebro, os quais são constituidos por neuronios, em cujos nucleos está o DNA. Numa ponta o DNA, na outra, o quadro. Entre os dois uma simples corrente de causas e efeitos naturais. Poderia ser o quadro um produto do acaso, de um acidente? Impossivel. Nunca dois acidentes tão distantes e com envolvidos tão diferentes poderia causar exatamente os mesmos estragos.

O DNA foi a causa primeira, o quadro, o efeito final. Mas acontece que a causa produtora do DNA foi justamente… o quadro. Se os meus calculos estavam corretos, a fórmula da Matrix existe, ela é o quadro, e ela na forma daquele quadro foi a produtora do DNA. Então o quadro está registrado no código do DNA. O DNA tem em si encriptado todos os nossos ancestrais. Se o quadro emerge como flashes abruptos e confusos pintados com sinapses e captados pela mente… é mera auto-projeção do DNA na mente devido a algum tipo especifico de estimulo. Torturas. No deserto ou na selva infernal. Eis o estimulo. Está explicado quem falou para os teólogos da existência da máquina perfeita no céu. Nada de fantasmas. Nada de deuses nem de astronautas extra-terrestres. O autor é tão natural, tão material como nós e está lá escondidinho dentro do nosso cérebro. E para mim, basta!

Hoje sorrí ao ver uma caricatura no Facebook. Não resistí à tentação e escreví um comentário embaixo:

Louis Charles Morelli – “Isto é mais profundo do que pensas, de acôrdo com a filosofia naturalista. Sabes de onde veio o nosso “selfish gene” descoberto pelo Dawkins? Veja a figura do “building block” das galaxias. É um sistema quase moto-perpétuo, e a imagem final é a de uma serpente sugando a ponta da própria cauda, que simboliza sistemas auto-reciclaveis. Êste building block que se assentou no Cosmos foi atacado pela entropia e caiu em planetas como a Terra na forma de um par de nucleotideos, o building block do DNA, e daí chegou ao Homem. A galaxia celeste quando na forma que se parece uma serpente se tornou um sistema fechado em si mesmo, expressão do extremo egoísmo. E êste egoísmo veio com nossos genes em nossa carga genética. Mas apenas agora estamos descobrindo o modêlo astronomico, descobrindo as razões naturais de nossa existência absurda, estamos desmascarando a serpente e agora vamos exorciza-la de nós. Sem deuses, religiões, mas com o método cientifico, vamos voluntariamente erradicar os nossos mutuos conflitos que são causas de nossa debilidade como Humanidade. Mas isso é apenas nossa teoria ainda, a da Matrix/DNA, porem, apesar de ser apenas uma teoria, ela já produz coisas úteis e prazeirosas, tais como estas “dôces esperanças”…

A Bôca e os Dentes da Serpente são Cópias Exatas de Buracos Negros!

sexta-feira, dezembro 10th, 2010

A Matriz/DNA tem provado que tudo o que existe aqui na Terra é mera evolução do que já existia no céu à bilhões de anos. Veja por exemplo os dentes da serpente:

 Agora olhe para o céu e localize onde está a figura que tem esta mesma forma e que tenha a mesma função da bôca, ou seja, engolir, mastigar… Bem você não pode vê-lo porque êle está muito distante e é invisível. É o astro fantasma na forma de vórtice constituído apenas de linhas espirais magnéticas que engole tudo e mastiga-o, triturando: o Buraco Negro! Calma, vou entrar no Buraco Negro e explicar de onde vieram os dentes, a língua, se você olhar na figura abaixo: 

 
 

A Matriz Universal como Sistema Astronômico e como Célula Vital

Esta figura mostra um astro apenas, quando eles existiam livres de sistemas estelares, se transformando durante seu ciclo vital, assim como seu corpo tambem se transforma, pois já fôstes uma bolota na fórmula de mórula, depois um peixe na forma de feto, e depois virou um babie que nada parece com seu corpão de hoje. Certo? Você está vendo aí onde está a serpente com a bocarra aberta engolindo a ponta da própria cauda? Não se preocupe, a Matriz/DNA Universal foi descoberta a muito pouco tempo e ainda tens tempo para aprender a observa-la, decifrar seus mistérios e entender tudo o que está na Terra. A boca aberta da serpente está ali na Função 1 onde está o vórtice e como isso tudo é um sistema fechado em si mesmo com um circuito que flue no sentido horário a ponta da cauda que é a F7 está entrando e sendo triturada dentro da boca. Poderíamos representar essa aparência externa da figura assim…

 Serpente Oroborus!

Serpente Oroborus e a Matriz/DNA

 

O vórtice se forma com uma linha de força magnética em espiral e em cada região esta linha tem intensidade de fôrça diferente que gira e lança os pedaços de detritos uns contra os outros fragmentando-os, portanto bastou `a Natureza aqui na Terra materializar e cortar essa linha em pedaços de pequenos traços e assim se sair com os dentes mastigando… A lingua, o céu da boca,etc., foram compostos na mesma imagem da matéria movente interna, enquanto o circulo da base maior se tornaram lábios e… a boca do céu se torna boca dos seres vivosna Terra. Tudo isso vou descobrindo à noite aqui na minha casa da Selva Amazônica…

 

 
 

A Casa na Selva Onde Nasceu a Matriz/DNA

 …enquanto fico analizando as fotos e dados que colho como um espião secreto trepado nas árvores da selva durante o dia para desenvolver minha teoria da macro-evolução, imitando o método de investigação de Darwin…

 

Louis Darwin Morelli na selva descobrindo a Macro-Evolução

 … e enquanto minha namorada, a orangotango Marylin Monroe…

   

Marilyn

 

 … a doce e eterna Marylin, paixão da minha vida, fica no fogão fazendo nossa janta que quase sempre é um suculento e original cachorro-quente…

  

 …e sempre depois que faço minha oração para agradecer pelo alimento do dia, na qual sempre o Timóteo faz questão de me acompanhar…

  

 

 …pois uso estes dados e fotos como evidências na árdua tarefa de tentar provar minhas teorias…

 

 … e depois quando vou na cidade com estas provas e luto contra os poderosos cientistas ateus e criacionistas que sempre estão escudados por instituições com muito poder e dinheiro…

Poderosas Companhias contra Eu e Minhas Mensagens

 …e dizem que tanto eu como minhas teorias onde os Buracos Negros são recicladores do lixo galáctico e  que estou tentando ensinar esta celeste ecologia como exemplo para os jovens,  somos lixo..

Homem de Lixo Ensinando Reciclar o Lixo

  … e assim me envolvo numa luta desigual como a do pequeno Davi contra o gigante Golias…

A Luta entre a Teoria da Matriz/DNA e a Teoria Nebular

   …Mas acho que isso não durar muito, logo bato as botas comido por uma jibóia ou um leão, pois sou um filósofo e tal como todo bom filósofo sou muito desligado, e na selva estou sempre me esquecendo dos cuidados básicos contra os perigos…veja onde deixei o rifle…

O Cumulo do Distraído

 Wót a moda fócking ar iu duing?!

…ainda mais que meus ajudantes não estão vigiando direito e nunca me avisam quando os bichos tão chegando. Mas acho que descobrí porque: eles não ouvem os ruídos porque a minha namorada Marilyn, com suas brincadeiras, tampou os ouvidos do Timóteo…

 …usando meus pedaços de cabelo quando ela os corta, e os ouvidos da Graziela…

  

…com as cascas de laranjas quando ensinei ela a fazer suco. Quando estou na selva e começa a chover, desço da árvore e tento ensinar a macro-evolução para os nativos daqui…

 

…que são muito bagunceiros e sujam tudo mesmo quando os levo para o trabalho no meu escritório na cidade…

 

…onde faço a divulgação da cosmovisão que fiz inspirado pela selva mostrando meus modelos, como o do Código Cósmico Humano…

 

O Código Cósmico Humano pela Matriz/DNA

 … ou como os meus modelos da Face de LUCA…

 

 
 

O Ultimo Ancestral Não-Vivo e Inanimado

…ou ainda o diagrama da Matriz/DNA mostrando como foi a origem dos cromossomas e o que eles contem e o que significam…

Origem-astronomica-dos-cromossomas-sexuais

 …pois estou muito preocupado, já que os modelos estão dizendo que nosso ancestral celeste, LUCA, cometeu o êrro bêsta de querer cortar relações com o resto do mundo levado por seu egoísmo do qual herdamos o gene egoísta e tornou-se um sistema fechado em si mesmo, convencido pela sua parte “X” feminista e comendo aquela danada maçã, a qual se a agarro a estrangulo assim…

Vingando-me da Maçã que Envenenou Adão

… cometendo o pecado antes das nossas origens e agora, com o egoísmo individualista e o automatismo voltando a crescer significa que a Humanidade está querendo repetir o mesmo êrro de novo. O meu Buraco Negro é diferente do Buraco Negro dos cientistas mas só na aparência pois os fundamentos são os mesmos de Einstein…

 

 

…originados pelo encurvamento do espaço, etc. É preciso ver que o diaframa/software da Matriz/DNA, é a fórmula que a Natureza sempre aplicou para organizar a matéria em sistemas naturais, desde átomos, galáxias, arvores e ela está em todo nosso corpo, até nas formas do cérebro…

  

 

…e devido ter acontecido aquêle evento marcante no céu quando ela estava na forma de LUCA, era hermafrodita que tinha um Adão e uma Eva em si, achou que podia construir seu próprio Paraíso na forma de uma máquina auto-suficiente, que tinha a forma da Serpente, mas como era uma galaxia cheia de galhos tambem parecia uma Árvore, e como era redonda parecia uma Maçã, porem se esqueceu que existe a lei degeneradora da entropia que traz a morte levando-o LUCA à Queda do Paraíso, para cair na Terras como filho da necessidade e ter que trabalhar para conseguir o alimento que no Paraiso, através do seu rabo, vinha à sua boca de graça. O evento foi tão marcante que ficou registrado com força de expressão na carga genética dos seres vivos até quando surgiram os primeiros homems que tinham pesadelos com aquelas cenas do paraiso que lhes vinham à memória, e com isso fundaram as relifiões construindo réplicas da Matriz por todo lado, como as pedras de Stonehenge dos celtas a milhares de anos…

Stonehenge: Réplica da Matriz Universal

  

…compare isso aí com a cara de LUCA, veja até como a externa Heel Stone simboliza a Função 5…ou então fizeram-na mais simples em simbolos como o I Ching…

I Ching: Símbolo da Matriz Universal

 

…onde o filósofo chinês via que a Matriz girava, era espiral e hermafrodita, por isso fêz aquela divisão espiralada no meio e simbolizou os sexos pelos pontos branco e negro em cada lado. Assim na selva descobrí a Matriz Divina e depois percebí porque ela está na raiz primeira de tôdas as religiões, e hoje fico na Internet falando dela o tempo todo até cair de sono depois de tomar só uma cervejinha…

 

 … mas se continuar desse jeito ainda vou morrer disso…

 

Morrí como unico seguidor do meu Blog

 …tentando descobrir de onde raios a Natureza tirou as idéias para dazer as coisas aqui, como os dentes da serpente, sendo que não ganho dinheiro com isso nem para arrumar meus próprios dentes…

  

…e…bem… por hoje é só, um beijão bem gostoso no cocuruto de cada um,…he…he…he, vou desmanchar minhas trancinhas para dormir, mas não se esqueçam de voltar amanhã quando vou explicar mais uma origem de outra coisa…bye-byêêê… Fiiimmm…The End…

Da Queda dos Quatro Personagens do Paraiso se Levanta o Homem ?!

sexta-feira, abril 10th, 2009

cranfall.jpgEm outra parte deste web-site descrevo a maior surpresa do mais extremista materialista e conhecedor da Matriz quando se depara com o Genese, o I Ching e a Doutrina Secreta: a Matriz estava ali descrita fielmente em tres diferentes formas de metaforas e parabolas!

O passado longinquo registrado como memoria genetica emerge das profundezas do cerebro na forma de intuicoes como flashes esporadicos e ininteligiveis, a Razao desperta tenta interpreta-los e assim surgem os mitos como bases sagradas das religioes. (caramba! hoje estou gastando…) … Mas com isso, este materialista tem recolher o rabo, enfiar a viola no saco, e estudar humildemente aquelas escrituras, pois ali deve ter coisas sobre a Matriz que nos ainda nao vimos. Engracado e’ que estamos fazendo justamente o caminho inverso dos autores sagrados: enquanto eles viram o quadro real e dai extrairam o quadro interpretativo virtual, nos estamos vendo o quadro interpretativo virtual (feito por eles) para dai extrair mais elementos do quadro real. Claro que devemos ficar atentos para nao adicionar elementos inexistentes e mistificar a Matriz. Mas veja onde este exercicio  (irrresistivel) esta’ nos levando!   

Agora me ocorre que o nosso ancestral no Paraiso nao era apenas os fluxos de informacoes masculino e feminino que os sagrados denominaram Adao e Eva; nem era apenas a serpente que simboliza nosso gene egoista; tambem nao era apenas o ambiente total paradisiaco, orgasmico, mecanicista,  que Adao e Eva construiram como suas confortaveis extensoes e que se tornaram seus proprios corpos. Nao… em nosso verdadeiro e total ancestral havia algo mais.

Seja o que for o Universo observavel – ou um ovo cosmico fecundado, ou o simples hardware de um computador hospedando um software vivo, que no final das contas podem ser a mesma coisa – a auto-consciencia e’ mais uma das formas que a criatura sendo gerada adquire enquanto se desenvolve intra-uterinamente. Se a auto-consciencia ‘e a ultima forma dessa criatura, quando for completada ela vai nascer no dia do Big Birth, e o Universo inteiro material sera’ descartado como e’ a placenta no dia do parto. Se a auto-consciencia nao e’ ainda a ultima forma, … nao importa muito agora; o que importa ‘e que com a forma da auto-consciencia j’a vamos tendo uma ideia mais aproximada da forma do ser ou sistema que gerou este Universo, seja se reproduzindo geneticamente ou seja criando e lancando softwares vivos.

Em todas as possibilidade vistas acima, se extrai sempre a mesma e unica conclusao: o ser ou sistema que estava atras do Big Bang e’ nosso ancstral. Se nao for nosso genitor(a) direto, como parece mais indicado.  

Mas foi este ser que apareceu no Paraiso na forma de Deus. Termodinamicamente falando – ou seja, na versao mecanicista ou minha visao naturalista – Ele se transmuta numa simples forca bruta mas poderosa, universal, a forca mortal da entropia. Ele vem com o chicote na mao para tirar dali os tres elementos – os “humanos”, a serpente, e o proprio paraiso ao transformar tudo na terra esteril – ele destroi, limpa tudo. Desta forma ele representa a meia face da Natureza relativa ao sistema aberto, como representa a mae gravida que forca o embriao resistente e chorao a nascer, expulsando-o de onde ele estava acomodado.

Acho que ja’ naquela forma astronomica, a mente que vinha dormindo na pedra, sonhando no atomo, ja’ tinha adquirido alguma nocao auto-consciente, e depois de quase uma eternidade degustando o mesmo parque de diversoes cercado por todos os lados, nao aguentava mais e preferia pagar qualquer preco para sair dali. Ate’ mesmo se suicidando. Acho que a coisa vai por ai’, mas como estamos apenas tentando extrair os conceitos morais e licoes de aprendizagem de apenas mais dos eventos que constituiram nossa historia, de apenas mais um rolar da engrenagem do hardware fisico, nao vou gastar mais tempo nisso agora, o tema vai ficar em aberto para correcoes e acrescimos sempre que algo novo nos fornecer mais elementos para raciocinar.

O que eu quero ja’ deixar assentado aqui, e’ a nova ideia de que nos, humanos podemos ser um conjunto final tipo 4 em 1, ou 4×1. O paraiso representando nosso corpo fisico num extremo esforco narcisista de estetica vaidosa e vazio mental; a serpente representando nosso gene egoista que tenta interromper o proposito supremo da existencia do Universo, assim como o embriao acomodado se agarra na placenta, resiste ao nascimento, tanto que sai par a luz deste mundo frio e vazio, chorando; Adao e Eva representando a personalidade humana com suas emocoes oriundas do desenvolvimento miscigenado entre instintos herdados dos animais e de LUCA mais as intuicoes do divino; e Deus representando a nossa consciencia, ou, quando muito, o software vivo que deflagrou o Big Bang.

Somos 4 em 1? Dentro de nos esta’ todo aquele paraiso, que com todos seus personagens, se colapsaram, foram fragmentados em bits e misturados e tornados poeira da terra da qual se levantou voce, Homem ou Mulher, como a Fenix se levantou das proprias cinzas?

Fantastica ideia! Que Adao, a serpente, mesmo o paraiso, possam estarem encriptados em meus genes, e’ uma possibilidade que ja me ocorreu varias vezes e achei ate’ natural. Mas agora tambem Deus…!