Posts Tagged ‘sistema’

Intrigante Matrix/DNA sugestão: Menor população = humanos mais defeituosos. Veja a solução ideal

sexta-feira, maio 10th, 2019

xxxxx

Segundo a interpretação deste mundo e sua existência pela Matrix/DNA, humanos tem duas razoes para existirem

  1. são genes desta nova forma do sistema universal, a auto-consciência;
  2. são fracões do grande erro cometido na forma do ancestral astronômico que optou em ser sistema fechado em si mesmo. Estas fracões são colocadas a defrontarem-se, sentirem os efeitos do erro, e assim motivarem-se a rejeitar a repetição deste erro.

Considerando que isto esteja correto, o que devemos pensar sobre qual seria a população, o numero de humanos ideal para otimizar o processo evolucionário rumo a nossa transcendência desta atual débil forma humana?

Quanto ao item do erro, quanto menor for o numero de humanos, maior a fracão, ou carga de erro encriptado em cada um. Isto significa que cada humano será mais egoísta e selvagem. Então, quanto maior a população, menos defeito em cada humano, mais fácil se torna para a sua evolução.

Porem, sabemos desde as inferiores especies animais, que super-população é sempre desastroso, aumentando os conflitos e matança interna.  O mesmo aconteceria com humanos, se fossem menos defeituosos?

Devido ainda a forte predominância na psique humana dos três instintos herdados do cérebro do animal irracional – instintos para grande e médio predador e para presa – prejudicando as mais nobres e altruísticas manifestações da auto-consciência ainda no estagio fetal, se multiplicar a forma do humano atual, é mais provável que sim, o aumento dessa população atual será cada vez mais desastroso.

Poderíamos pensar numa solução para este problema: se a ciência e tecnologia evoluísse mais para fornecer melhores condições de vida material a uma população maior. Mas novamente a má herança, não apenas a recente dos animais irracionais, mas sim também do ancestral astronômico que ainda esta encriptado em nossa genética, que ainda modela o ambiente terrestre e que nos tenta ao equivocado caminho rumo ao Admirável Mundo Novo de Huxley, nos tornando como robots felizes porem estúpidos amordaçando o feto de auto-consciência, desaconselha a escolha para mais população com mais ciência e tecnologia.

Talvez estejamos agora no numero ideal, se conseguíssemos consertar o sistema, ou seja, instalar um sistema social diferente, inédito, que não seja nenhum dos criados até agora, como tribalismo, feudalismo, monarquia, capitalismo, comunismo, etc. Um sistema social diferente que não seja estes que imitam a mesma divisão do poder do sistema selvagem  entre os animais nas selvas, nos ares e nos mares.

Optando por esta alternativa, somos novamente incentivados a divulgar a cosmovisão da Matrix/DNA, pois ela parece ser a mais capaz de criar este novo sistema social e instalar um equilíbrio evolutivo entre pagamento do pecado e cumprimento da missão genética para nossa transcendência.

O segredo do sucesso estará em abrir mão de toda privacidade?

sexta-feira, abril 26th, 2019

xxxxx

Um sistema social será tanto mais defeituoso  quanto mais informações privadas os cidadãos negarem ao Big Brother. Pois ele terá menos capacidade para ajustar todos os diferentes cidadãos numa organização perfeita.

Um sistema social sera tanto mais perfeito quanto mais informações sobre cada individuo o Big Brother souber.

O Big Brother é a entidade abstrata dos sistemas que emerge como a soma de todas as informações de todas as partes mais as informações das interações entre as partes… e se o sistema não for isolado, sobre as interações das partes com elementos externos ao sistema. Esta entidade abstrata nos sistemas mais complexos vem da evolução do auto-controle dos sistemas não-vivos que mantem o equilíbrio termodinâmico interno. E’ comum entre os biólogos se falar num “comando invisível de instruções no DNA”. Este é o Big Brother dos genes.

Tudo isso se percebe de imediato quando temos em mente a formula universal que a natureza tem aplicado para organizar matéria em todos os tipos de sistemas naturais existentes:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Existe enorme relutância das pessoas em partilhar sua privacidade. O diretor da Petrobras que foi preso por corrupção e se descobriu que ele tinha uma parede oca na casa com 20 milhões, não iria querer informar isso ao Big Brother. Este exigiria até que as pessoas informem se se masturbam ou não, quantas vezes, e quantas vezes vão ao banheiro, se tem cabelos brancos embaixo da tinta, etc. Mas pela definição de sistema perfeito, se uma unica informação, a mais aparentemente desprezível que possa ser, interna ao sistema, que não esteja somada na entidade do controle, o sistema não será perfeito.

Somos conduzidos a concluir com certeza que nunca, jamais, a humanidade terá uma sociedade perfeita.

Mas também temos certeza que, ou o ser humano muda de forma física ou a humanidade será extinta. Com certeza as mudanças que ocorrerão no planeta e no sistema solar chegarão a um ponto que não mais suportará a vida na Terra. Uma alternativa que parece ser a unica esperança é que o ser humano evolua mudando sua forma física, no sentido de menos massa e mais energia. Seria a unica maneira de realizar viagens interestelares, para encontrar outro planeta como a Terra, e/ou espalhar-se pelo Universo.

Mas para mudar de forma é preciso que haja transcendência. E transcendência provem da perfeita harmonia de todas as partes com abertura para a própria auto-evolução. Essa perfeita harmonia de todas as partes implicaria num sistema social perfeito. E sistema perfeito implica que todos os cidadãos abram mão totalmente de sua privacidade.

Estamos aparentemente diante de um problema paradoxal sem solução racional.

No livro e filme “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley, podemos ter uma representação de um sistema social perfeito. Mas o autor mesmo observa que o ser humano se torna uma especie de robot, estupido, onde é proibido descobrir coisa nova porque alteraria a ordem do sistema, seria proibido criar, e proibido ou inexistente o livre-arbítrio. Obviamente muitos dos humanos de hoje rejeitariam tal sistema, apesar dele proporcionar a felicidade física máxima.

Uma possível solução seria a humanidade procurar formar uma sociedade organizada, no sentido de harmônica, sem sistema nenhum. Isto implica, sem ter um núcleo, um governo central. Todas as decisões relacionadas ao nível social seriam ditadas por plebiscitos. Mas para isso teria antes que haver uma lenta evolução no sentido de cortar as arestas culturais, comportamentais, aproximando-se de culturas e comportamentos únicos. A maioria sempre venceria um plebiscito. Imagine se a maioria fosse muçulmana. Muitas de suas decisões seriam insuportáveis para ateus, materialistas, católicos, etc. Imagine ser obrigado a cobrir a face com um pano…, nunca usar calca jeans… Se a maioria fosse mulher e com o poder de ditar as regras, nem Jesus teria podido ficar na casa da mulher que não parava de mover-se limpando e arrumando a casa e reclamando que os homens não ajudavam naquele trabalho para ficarem falando de filosofias, politica…

Então talvez a solução pelo “sistema nenhum” seja possível, porem certamente seria muito lenta. Que todas as cabeças diferentes vão caminhando no sentido de um dia convergirem para ser uma cabeça só, teria que ser um processo em que cada geração mudasse um minimo detalhe de um comportamento menos comum no contexto da população global. Mas também o planeta teria que ir mudando no sentido de chegar a uma homogeneidade geral de clima, etc.

Talvez a solução suprema e possível esteja oculta num conceito que foi dito acima relacionado ‘a utopia de Huxley: felicidade física máxima.

Creio que existem dois tipos de necessidade humanas diferentes: as necessidades físicas e as intelectuais, ou espirituais. Então poderíamos pensar na humanidade chegando a dois tipos de organização harmônica. Uma, referente as necessidades físicas, seria o sistema perfeito, total acomodação e satisfação para o corpo, e outra, referente as necessidades intelectuais, sem sistema algum, harmônica mas inter-diferenciada, com o todo aberto a sua evolução. A necessidade intelectual continuaria a motivar a evolução espacial, e com isto retiraria da maquina social corpos para habitarem, como por exemplo, as estacoes espaciais. Pois no admirável mundo novo a estupidificação interromperia qualquer busca de evolução. As descobertas, a criação, a manutenção da consciência autônoma, se daria acima da Terra, portanto sem afetar o sistema social perfeito. Mas na nave não haveria lideres, comandantes, pois ali não poderia haver sistema algum.

As sociedades de abelhas e formigas são a encarnação biológica da formula universal para sistema perfeito. E’ compreensível que a formula encriptada na genética tenha conseguido se auto-projetar depois que formou o organismo, para ser o sistema social: formigas e abelhas não possuem intelecto, nem mesmo um cérebro digno de nota. Ali a rainha e a encarnação da identidade abstrata que emerge como controle do sistema. mas devemos notar que a própria rainha e escrava de e no seu próprio sistema. Ela tem que se submeter a regras rígidas de disciplina. Ela também não pode descobrir, não pode criar, não pode exercer o livre-arbítrio na sua totalidade, pois alteraria o sistema. O Big Brother também seria um escravo do sistema.

O Universo tem organizado – ou assistido a organização – de tudo em sistema. Até a mais remota pedra no fundo do oceano pertence a um sistema, o galáctico. E todo sistema é ruim, pois implica em morte, escravidão, etc. Mas parece-me que o Universo está mandando uma mensagem: a existência eterna, a liberdade total, só será agraciada ‘a especie em que as partes coexistam harmonicamente deixando de serem partes de um sistema.

Enfim, por enquanto a sugestão racional para a humanidade fé: transforme o planeta num jardim ajardinado e o humano inserido numa biosfera mecanicamente automatizada, onde o corpo terá  o máximo de sua satisfação, mas mantenha a mente fora disso, aberta a evolução.

Isso é possível. Só ainda não resolvi o que vamos fazer com nossa privacidade dos dados relacionados ao nosso corpo físico. O que inclui ate o ultimo centavo, ou a garrafa de uísque que mantenho escondida embaixo da cama. E como nos casos de imigração, se você quiser mesmo se naturalizar cidadão devido a casamento, podes ser obrigado a informar até a cor da calcinha da sua mulher, para provar que o casamento é verdadeiro…

E talvez por ai também vai se resolver a questão da privacidade. Você quer ser do sistema e você entende que para o sistema existir e se manter ele tem que obter e verificar informações, senão vira bagunça, o sistema pode se desfazer. Assim você perde toda vergonha, toda proteção de sua privacidade física, e entrega voluntariamente o corpo para o admirável mundo novo… Mas a mente, nunca!

Existiria uma maneira de todo mundo entregar o corpo e todos manterem a soberania sobre sua mente. Mas não poderia ser ateu e não pertencer a nenhuma religião organizada, nenhuma igreja. Todos concluiriam e teriam a intuição de que exista pelo menos uma inteligencia muito mais evoluída, e portanto com muito ou total poder sobre o mundo material. Esta intuição seria o único denominador comum entre todas as mentes. A igualdade das mentes terminaria ai. A partir dessa intuição cada mente iniciaria a buscar e montar a sua imagem e conceitos sobre o que seria essa “consciência cósmica”. Como todo humano é diferente em algo de todos os demais, todos tiveram experiencias de vida com algum detalhe diferente, não haveria um deus igual ao outro. Seria proibido falar de seu Deus e você não aceitaria ouvir outros falarem de seus deuses para não perturbar sua imagem. Cada Deus indica um caminho especifico, único, a seguir. Assim todos os humanos teriam direções intimas, inconfessáveis, diferentes, apesar de conviverem juntos. E’ possível, pois eu venho a tempos fazendo exatamente isso, minha divindade ninguém mais pode conceber igual, o meu templo é meu cérebro, somente eu posso entrar nele.

 

Como evitar que a face má da formula Matrix/DNA se torne uma má ideologia?

sábado, abril 13th, 2019

xxxx

NÃO SE MIRE NA FORMULA DO MAL QUE DESCOBRI NO MUNDO

O mais cruel desvio da Teoria da Evolução de Darwin está contido, ironicamente, em frases que Darwin nunca proferiu: ” sobrevivência do mais forte”, ” a lei da selva”, e ” a natureza vermelha dos caninos e garras”. Podem procurar em seus livros e nas suas cartas, ele nunca disse nada disso. Estas noções tem sido enormemente influentes. Elas mascararam a evolução numa competição regida pela violenta oposição entre predadores e presas.

É a velha historia dos mestres que descobrem algo novo com boa intenção no coração e tentam ensina-lo visando melhorar o mundo, quando um grupo de encantados ouvintes se tornam discípulos militantes, mas como os discípulos nunca tem as nobres intenções dos mestres, e sim almas ou genéticas atrasadas ainda dominadas pelos instintos de predadores e/ou presas, desvirtuam toda a obra dos mestres. Aconteceu também com Darwin, até com Jesus Cristo. Como explicar que seus discípulos portanto as chaves das portas dos templos mandem queimar humanos em fogueiras quando o mestre não teve sequer a coragem de atirar uma pedra numa prostituta e condenou o ato veementemente? Portanto nunca siga discípulos pregadores e mantenha-se alerta senão alteraram as falas dos mestres nas escrituras.

Mas estas noções incluídas na obra pelos discípulos muitas vezes realmente traduzem aparentes e temporárias realidades, como as cenas entre predadores e presas na selva. Como alguns discípulos tem tendencia a predadores, as noções são infiltradas por eles por interesse anímico e se tornam auto-justificativas divinas e sagradas para se manter os sistemas sociais baseados em classes oligárquicas escravagistas e classes pobres inertes escravizadas. Os caninos do animal predador e os chifres do animal presa estão na genética que constroem o ego psíquico destes humanos modelados contendo caninos e chifres abstratos. Isso não permite evolução e sim interrompe-a, e a unica alternativa para reencetar a evolução em tal especie é esperar que os acontecimentos – geralmente como cirurgias dolorosas aplicadas pela evolução – produzam a exorcização destes instintos.

Pois eu descobri a formula natural universal da Matrix/DNA, presente em todas as situações onde a Natureza construiu sistemas de matéria e energia. Esta formula tem duas meias-faces, uma construtiva, boa, e a outra destrutiva, má. Por azar, e por conta do pouco conhecimento humano, eu apresento a formula realçando seu estado de má. Porque tenho que apresentar a face inteira numa só formula e esta contem a metade má, e justamente o produto mal, destrutivo, se produz quando a formula se aproxima da extrema perfeição material, estado em que ela se torna um sistema fechado em si mesmo. É a imperfeição errada, falsa, pois a perfeição buscada pela matéria – o eterno equilíbrio termodinâmico – seria a extrema imperfeição para a consciência. Assim a formula completa tem a forma de circunferência, mas quando se apresentar apenas a metade boa, teria a forma de uma reta com duas pontas livres, representando um sistema aberto `a sua evolução, um sistema bom.

Eu nunca vou ser um mestre porque sou escondido como um zé ninguém. Só falo através do website que não tem chances para leitores comentarem, assim evitamos a formação de grupos de discípulos. Para um ou dois amigos chegados em quem confio as boas intenções ou ao menos a neutralidade, uso um facebook sem nenhuma repercussão social. Mas no futuro alguém vai descobrir a formula, alguém que seja alguém e tenha alguma posição social e se tornara um mestre. E se ele não for avisado, vai se trair, se enganar drasticamente, pensando que fez o bem ao mundo, porque seus discípulos vão ignorar a face boa da formula e vão cantar aos quatro cantos a face má. Como fazem com Darwin, com Jesus Cristo…

Acontece ainda que existimos numa biosfera construída pelo estado de caos, da face má. Do caos sempre se levanta o fluxo da ordem, mas ele começa fraco e sofrendo todas as agressões e martírios, porque ele começa fraco enquanto seu adversário e o poderoso dominante. E sendo filhos do caos os humanos erram e carregam as forças do caos, motivo pelos quais vão darem a vitoria, sempre apenas temporária, a face má da formula.

Mas certa vez eu caminhava na selva com facão abrindo picadas no emaranhado de galhos e folhagens espessas pulando sobre cobras e escorpiões, quando de repente vi no chão uma linda flor. Me despojei do pesado romanxim – aquela mochila de taquaras e lonas dos nativos – e agachei ao lado da flor, acariciando-a, sentindo seu perfume. Meu ser se encheu de tristeza. Aquela criatura débil, sem maldade nenhuma, indefesa, só veio ao mundo para fornecer seu néctar, revelar beleza e perfuma-lo, não era predadora de ninguém, estava ali isolada e só, justo no solo, no meio de mil ervas daninhas, cipos pesados, e pesados predadores passando por cima. Sem falar que uma primeira tempestade iria afoga-la carregando-a. Não pude continuar o caminho deixando-a ali. Sabendo que isso poderia me matar de sede mais a frente se não encontrasse água, cortei meu galão plastico de água, esvaziei-o e com a faca, cortei o solo ao redor da plantinha, sacando o terrão com todas as raízes e a coloquei no vaso improvisado, levando-a para a tenda.

Mas ao caminhar uma súbita alegria recuperou a luz no meu ser. Estava ali naquela forma minuscula e débil, o ser mais forte de todos os tempos e universos, que desde o caos inicial nas origens do Universo veio sendo ameaçada de todas as maneiras, mas como que por magica continua existindo, e brotando no cerne do meio do mal. Ali estava a evidencia do emergir e florescer do fluxo da ordem por ação da face boa. Ali estava a prova de que o amor sofre, mas resiste sempre e vencerá!

Infelizmente ainda por algum tempo esta humanidade vai caminhar vendo os produtos da face do mal que lhe dá a sobrevivência como filhos do caos e não vão sequer verem as florzinhas no caminho antes de pisoteá-las. Por isso é provável que da formula da Matrix/DNA vão selecionar, eleger e cantar o aspecto de sistema fechado, de onde veio o tal gene egoísta e nosso ego atual. Não siga os pregadores, não admita intermediários entre você e seus mestres e seus deuses. O seu cranio é o seu verdadeiro templo, e dentro deste templo só existe um cérebro, uma alma, que é você. Este o templo sagrado onde de fato falas com seus mestres e deuses. Tem destes discípulos vociferando venenos nos altares exclamando que os pecadores vão queimar eternamente no inferno, quando seu mestre nunca disse isso, ao contrario, disse que seu Pai sempre perdoa… apos os devidos corretivos da evolução, claro.

Desconstruindo a Cultura Predatória: Psicanalista diz que é melhor não ter filhos

segunda-feira, fevereiro 25th, 2019

xxxxx

Dias atras fomos surpreendidos pela notícia de que tem filhos acionando pais na Justiça por terem obrigado-os a nascerem num mundo que não querem e um novo movimento, o “antinatalismo” (veja artigo no meu website). Agora vem esta outra surpresa do outro lado da mesma moeda…

Pela evolução, a verdade triunfa… Absurdo destruir o mundo em nome da criação de filhos para viver no mundo… Até Jesus Cristo e São Francisco de Assis acertaram nessa, pois essa família nuclear moderna nada tem a ver com a Sagrada Família Universal.

Eu sempre fui prejudicado por este modelo social imposto por predadores e uma das principais regras prejudiciais que se me despontou como causa deste meu prejuízo é a chamada “família nuclear”, praticamente obrigando humanos pobres a se casarem e gerarem filhos, como na selva os leões em seus territórios apreciam que as presas gerem novilhos. Assim não deixam ‘a menina pobre outra opção na vida e os homens pobres que se casam, morrem para a evolução mental e como soldados na luta pelas mudanças lhes trazendo maior liberdade e poder de posse dos recursos naturais. Em segundo lugar, crendo-se justificados pela meta final que é a de dar tudo do bom e melhor para seus filhos, os pais da família nuclear fazem o possível para vampirizar o trabalho dos pobres, muitas vezes pais também, que assim, não sendo pagos pelo seu trabalho, destituídos de terras, de recursos naturais,  e dos meios de produção como a maquinaria da tecnologia, mantem seus filhos na miséria para abastecerem o sistema escravagista com carne fresca. E’ tudo muita hipocrisia, daquele tipo condenada até por Jesus Cristo e São Francisco de Assis.

Na minha utópica sociedade ideal algo diferente seria implantado, como a instalação de um centro de criação das crianças cuidado por especialistas e sustentado pelos pais e mães “solteiros, vivendo juntos ou separados”. Algo do tipo já imaginado por Aldous Huxley em A Ilha.

Mas a verdade sempre triunfa, a evolução mental faz coisas incríveis, antes inimagináveis, acontecerem. Como esta agora de uma mulher revelar que foi seu erro ter gerado filhos e aconselhar outras mulheres (e homens) a não te-los… E se estou certo na minha interpretação das leis e tendencias da Natureza, esta descoberta tende a aumentar. Um livro que, se possível, deve ser lido. Artigos nos links:

https://www.bbc.com/portuguese/internacional-38258667

‘Tenho motivos para odiar crianças’: o polêmico testemunho de escritora francesa que se arrepende de ser mãe

https://paisefilhos.uol.com.br/crianca/escritora-polemica-defende-que-filhos-nao-trazem-felicidade-os-meus-me-levaram-a-falencia/

Escritora polêmica defende que filhos não trazem felicidade: “Os meus me levaram à falência”
A FRANCESA CORINNE MAIER ESCREVOU UM LIVRO DANDO 40 BONS MOTIVOS PARA NÃO GERAR UMA CRIANÇA

Precisão matemática na geometria do sistema solar! Conduz ‘a hipótese de geometria na formula universal para sistemas

sexta-feira, fevereiro 22nd, 2019

xxxx

Neste link: https://www.lifecoachcode.com/2016/07/21/the-mind-blowing-chain-of-events-so-you-can-exist/

… foi obtido o seguinte texto:

In order for life to exist and thrive inside our solar system a planet needs to orbit the sun at just the right distance. Scientists call this belt “The Goldilocks Zone” were the conditions for life are just perfect. Guess what! Our home planet Earth formed EXACTLY inside this zone.

The Goldilocks Zone

xxxx

Like that’s not miraculous enough, our moon formed to be exactly in the right place so it would not conflict the evolution of life but help it thrive. When I say exactly, I mean EXACTLY and in an absolutely perfect ratio; not just with its distance but with its size too;

The Distance Between Moon and Earth and Sun

Really Interesting Fact: What makes a full solar eclipse possible is that the sun is 400 times the size of the moon, and the sun is also 400 times further from the moon than the moon is from earth. The distance between the moon and the earth is equivalent to 108 moons; the distance from the earth to the sun is equivalent to 108 suns; the radius of the sun is equivalent to 108 earths;

Perfect distance planet

Então surge nova hipótese de nova propriedade na formula universal para sistemas.

De fato, uma breve olhada na formula nos faz notar uma idêntica logica nas distancias e tamanhos entre as partes do sistema. A distancia e diferença de tamanhos entre F2 e F3 é bem menor que a distancia e diferença de tamanhos entre F3 e F6, e poderiam obedecer a uma razão proporcional.

Então vamos trazer a formula:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

 

Suponhamos que a distancia entre F2 (a Lua na astronomia) e F3 ( a Terra) e F6 (a estrela Sol) obedeça a uma razão de proporção matemática.  Não vou me estender nisso agora que não tenho tempo, mas voltarei ao assunto. Se houver esta razão na formula, podemos juntar isso com o já calculado numero phi e adiantar nossa matematização da formula. Um grave obstaculo para estes cálculos é que não é possível fixar um momento exato que divide uma criança de um adolescente ou um jovem de um adulto. Então também esta dificuldade acontece na busca da exata dimensão dos astros num dado momento, pois eles também se transformam. E podemos também extrapolar para seres vivos, supondo que a diferença de tamanhos/volumes do corpo de uma criança de 2 anos (F2) com sua forma adolescente aos 14 anos (F3) e sua forma como adulto maduro aos 40 anos (F6) obedece a uma razão matemática, se o desenvolvimento físico for normal. Mas como calcular os volumes destes 3 corpos?

A experiencia do cientista maluco

Simples. Encher um tanque de 2 mts quadrados com água. Colocar dentro e inteiramente submerso o corpo de uma criança de dois anos. Colher a água que sairá do tanque numa vasilha. Encher o tanque, repetindo o mesmo com um adolescente e um adulto maduro. Então é só medir os 3 volumes de água. Vou agora correndo procurar três voluntários para experiencia e depois volto para continuar isso aqui…

Frase para a Matrix/DNA e Sistema Social

sexta-feira, fevereiro 1st, 2019

xxxxx

” As pessoas têm o hábito de pensar que o coletivo não é de ninguém. Quando, na verdade, o coletivo é de todo mundo!”

Nunca diga “os políticos e empresários corruptos roubam o dinheiro publico”. Não alimente apoiando os predadores que contratam exércitos de psicólogos para condicionar e controlar seus filhos até na escola. Não caia nestas armadilhas e corrija sempre quem as repete. Dizer o “dinheiro publico” é inutilizar o objetivo do que dizes, pois desvia o foco de atenção da pessoa, do que é real para o imaginário criado pela cultura planejada pelos predadores. Dinheiro publico leva ao conceito de coletivo, se torna como “dinheiro coletivo”. E o conceito de coletivo plantado na mente é que…

“o que é do coletivo não é de ninguém.”
Como o que é do publico, não é de ninguém. Diga “os políticos e empresários corruptos roubam o “seu” dinheiro”. O seu e dos outros 200 milhões de sócios-proprietários desta empresa capitalista que tem o nome de Brasil no regime capitalista. Senão, os seus sócios nunca vão resolver assumir sua responsabilidade de administrar sua empresa, dando-a de graça para outros administrarem e roubarem quanto quiserem, só lhe deixando com os prejuízos. E’ nos pequenos detalhes como este que se começa para consertar o grande erro no final. Passar por cima dos pequenos detalhes errados nunca gera a força necessária para demolir o erro total.
E este alerta serve para mim mesmo, que, antes de refletir, repetia essa baboseira “de dinheiro (do) publico”, sendo usado como inocente útil.
Vamos agir direito com disciplina para que amanha nossos herdeiros cantem nosso sucesso ao invés de chorarem nosso fracasso. E se formos mais disciplinados agora ainda conseguiremos nos mesmos colher os frutos do que estamos plantando.

A Síndrome do Pensamento Acelerado (vídeo): Produzida pela formula dos Sistemas Naturais

segunda-feira, janeiro 28th, 2019

xxxx

https://www.facebook.com/augustocury.autor/videos/725868777789437/

A doença que nenhum remédio cura!
E minha opinião:

Infelizmente, o vosso conhecimento, humanos, esta muito atrasado para entender e detectar a solução. Sendo um sistema natural em si mesmo, o cérebro e` governado pelas regras da formula dos sistemas naturais ( a qual pode ser vista no meu website). Existe uma fase em que o fluxo da energia no circuito sistêmico passa a dominar seu par, a massa, e tenta estabelecer sua meta suprema, que e` aceleração na velocidade da luz. Isto aconteceu com um nosso ancestral, as galaxias. Mas um sistema para se desenvolver saudavelmente ate se transcender tem que ter equilíbrio entre as partes. O que o Cury intuiu com perspicácia sem saber disto e` a tentar reagir o nosso aspecto massa, desacelerando os fluxos no cérebro. Porem ninguém vai aplicar essa instrução abstrata porque não conhece a amplitude e profundidade da causa, e nesta se vê a solução que depende antes de desacelerar o sistema social, principalmente no aspecto econômico/consumista. Mas a energia tem seus agentes entre nos que estão no poder e estes se impõem sobre a grande massa inerte. Não adianta entrar no “salve-se quem puder” apenas tentando disciplinar a si mesmo, tens antes que lutar no aspecto social.

Imagens incríveis de mitose em microscopia de contraste de fase indicam a entidade dos sistemas

quinta-feira, outubro 18th, 2018

xxxx

https://www.facebook.com/Soubiomais/videos/178277339719849/

Para quem não vai a escola apenas atras de objetivos materiais mas também mentais:

Pensar que cada átomo participante desta cena – esteja ele compondo o que for com outros átomos, seja uma organela, um cromossoma – está atuando por si mesmo repetindo um movimento direcionado a algum objetivo, não faz sentido. Mas resumindo ao ultimo, é isso que acredita o cientista que acredita que genes tem motivos futuros, como buscar sua máxima reprodução. Ora, genes nada mais são que um especifico punhado de átomos, como poderiam prever o futuro?! Esta forma de acreditar é efeito do método reducionista, que é a grande Ciência aplicada pela metade. A mim está obvio que existe um comando de instruções vindo do todo que é um sistema natural. A soma de informações de todas as partes de um sistema, mais as informações das interações entre estas partes e o meio externo, gera um terceiro elemento no sistema, algo que, no nível de nosso conhecimento atual, parece ser invisível, abstrato. E essa entidade como uma maestra de uma orquestra que está movendo isso tudo e tao coordenadamente. Por isso estou insistindo: o próximo grande salto evolutivo ‘a espera dos novos cientistas está no nível do pensamento sistêmico, a outra metade da Ciência. E não se entende sobre sistemas se não conhecer a formula que descobri inserida como entidade em todos os sistemas naturais, a Matrix/DNA.  Ignorar isso é escolher ficar fora da nova onda.

 

Matrix/DNA: Nova interpretação do mundo esbarra no sistema operacional humano.

quinta-feira, setembro 20th, 2018

xxxx

Como diz o americano Scott Adams:

“A maioria das pessoas sabe o que é viés de confirmação, senão pelo nome, certamente por experiência pessoal. Todos sabemos quanto é difícil mudar a opinião de alguém sobre algo importante, mesmo quando todos os fatos estão do nosso lado. O que os não persuasores usualmente não percebem é quão prevalente é o viés de confirmação. Ele não é um bug ocasional no sistema operacional humano. Ele é o sistema operacional humano. Somos programados pela evolução para fazer com que novas informações apoiem opiniões existentes, desde que isso não nos impeça de procriar. A evolução não liga se você compreende ou não a realidade. Ela só quer que você se reproduza. Também quer que você conserve energia para coisas importantes, como sobreviver. A pior coisa que seu cérebro pode fazer é reinterpretar a realidade em um filme totalmente novo a cada nova peça de informação. Isso seria exaustivo e não traria nenhum benefício. Em vez disso, o seu cérebro escolhe o caminho de menor resistência e instantaneamente interpreta suas observações para se adequar a sua visão de mundo. É bem mais fácil.”

Obtido num artigo analisando a metade da população que acredita ter sido o atentado a Bolsonaro, uma farsa.

https://cultura.estadao.com.br/blogs/estado-da-arte/quem-nega-o-atentado-contra-bolsonaro-assume-viver-uma-alucinacao-coletiva/

 

Explicando meu Avatar

quarta-feira, agosto 29th, 2018

xxxxx

"Testando Google photos"

Entenda o que significa esta figura. O corpo humano muda de forma minuto a minuto, a todo momento que morre uma célula e outra, com alguma microscópica diferença vem ocupar seu lugar. Assim, numa longevidade de 70 anos, o numero de formas diferentes seria quase infinito. Para facilitar, nos agrupamos estas formas em poucas principais, digamos: feto, criança, adolescente, jovem, adulto, idoso,… e podem por até… cadáver. A força ou propriedade da Natureza que produz num corpo estas mudanças de formas vamos chamar de “força do ciclo vital”. Porque alguns corpos, como uma lagartixa, muda de formas, e outros, como o sistema solar, ou uma pedra, não muda? Essa força é tao importante que sem ela não haveria Vida, por exemplo, um filhote nunca conseguiria a forma para se defender e se alimentar sozinho. Mas então como a matéria burra e estupida, inerte, deste planeta inventou ou criou essa extraordinária engenharia do nada? Se no Universo inteiro ate seus 10 bilhões de anos apenas existiam corpos materiais estáticos, porque de repente a natureza resolveu criar corpos versáteis, com plasticidade variável? Onde estavam antes as forças e elementos naturais para a natureza realizar essa façanha?Assim pelo menos, é o que acreditam os acadêmicos das Ciências e ensinam isso aos estudantes, na teoria chamada abiogêneses. E por acreditarem nisso, nesse tal acaso absoluto mais magico que os deuses dos cristãos, nunca se preocuparam em procurar os fosseis destas forças e elementos. Alguém tinha que ir cavucar o solo virgem e ainda intocado da selva amazônica buscando estes fosseis. E se ninguém se habilita, eu arrumo minha mochila e caio em campo…

Eu não aceitei o que ensinou o professor nesta aula de ciências na minha infância. Não consegui engolir esta teoria. Como não conseguia digerir outras, nem cientificas, nem religiosas. Era muita magica para meu gosto e eu não via magica em lugar nenhum. Depois da aula fui jogar futebol e nunca chutei a bola com tanta força e raiva: os adultos estavam querendo me enganar? Quando fui na selva amazônica retornei a pensar nesta questão de infância, observando todos os bichinhos e plantinhas com meu microscópio do tempo do Pasteur. Ao mesmo tempo pegava a luneta do tempo de Galileo e do alto de uma arvore ou serra olhava toda a biosfera em volta procurando, e terminava sempre olhando para o céu… sempre procurando. Antes de aparecerem os seres vivos, onde estaria e como seria o processo ancestral do ciclo vital que apareceu na Terra? Existiria mais algum corpo ou sistema natural não-vivo, que muda de forma, sem serem os vivos biológicos?

Havia sete formas de astros conhecidas no céu: planeta, estrela supernova, estrela vermelha gigante, cometa, buraco negro, quasar, pulsar… e segundo a ciência acadêmica, todos nascem espontaneamente na forma que existem até desaparecerem, assim como as pedras, as rochas, montanhas… Não sei mas minha intuição sussurrava no meu cocuruto que naquele mato tinha coelho. Algo estava errado ai. mais tarde a Natureza mostrou que numa só’ tacada Ela pode criar sete formas duma vez, então porque desperdiçaria tanto tempo inventando sete forma para os astros? Essa ideia de geração espontânea já tinha apanhado feio na Grécia antiga, eu suspeitava dela.

Os seres vivos surgiram dentro de uma galaxia e produzida por forças e elementos desta galaxia; o primeiro ser vivo foi um sistema funcional e completo – um sistema celular – surgido dentro de outros sistemas, o solar, o galáctico. O sistema celular e’ formado por sete organelas principais, sete principais são as formas do sistema que gerou o sistema celular, o qual veio com a lei genética de que “se tem cara de peixinho, filho de peixão sera”. De onde veio essa extraordinária genética?! Lynn Margullis, minha heroína mais querida que a heroína Rita Cadillac dos meus colegas de escola, já tinha acendido uma vela no meu cocuruto: ” Desconfio que todas as sete organelas da célula foram antes formas de um único micro-organismo que se uniram por simbiose e constituíram um sistema”. Bem… não foi bem isso que ela pensou, mas as implicações eram obvias. Ora então…

PORQUE NÃO SERIAM AS FORMAS DOS ASTROS CELESTES PRODUZIDAS TAMBÉM PELO PROCESSO DO CICLO VITAL? E PORQUE NÃO AS DIFERENTES FORMAS GERADAS A PARTIR DA PRIMEIRA ESTRELA DE ÁTOMOS LEVES SE UNIRAM EM SIMBIOSE FORMANDO A PRIMEIRA GALAXIA? HEIN?…. HEIN?

Perguntei isso a minha avo que só tinha o primário e ela respondeu: ” Va’ catar algodão na roca e deixa que das estrelas o pai do céu cuida, moleque!” E eu respondia: ” Maria, Maria Madalena, deixe de esfregar o chão por algum tempo e pense mais nas coisas do céu…se queres aprender o verdadeiro caminho para subir ao reino do pai do céu. Lembre-se: Se queres conhecer a Mim, se queres entender como penso, observe Minha Obra, o único elo palpável e visível a ti, entre tu e Mim: a Minha Natureza. E’ na Obra que se revela o pensar do Artista”.

E minha logica me soava mais logica que o dizer do professor, para o qual a filha – a célula viva – tem a propriedade do ciclo vital, mas sua mãe – a Via Láctea – não tem. Então… caiu do céu direto dentro da célula? Surgiu por magica?!

Depois de cumprir minha tarefa enchendo um fardo de algodão tomei um banho, peguei meus lápis de cores e cadernos e livros e me escondi no quarto. Pois o que ia fazer, se minha avo ou o professor visse, seria internação no manicômio na certa. Eu ia fazer desenhos com o contorno externo da galaxia mas contendo dentro as organelas da célula e outros com o contorno da célula mas pondo dentro os astros do céu… Afinal, a Natureza não põe um homem adulto dentro de um saquinho cromossômico e depois põe o saquinho cromossômico dentro de um homem? Se a Natureza faz, porque não posso fazer?

Comecei a explorar uma ideia que iria escandalizar qualquer ouvinte humano, calculando se por acaso os astros não se transformam em novas formas. Bem, um planeta tem um núcleo incandescente envolvido por uma camada de crosta. Isso se parece com uma semente ou feto onde o germe com energia é envolvido pela placenta com nutrientes. O funcionar deste núcleo provoca pressão interna que pode produzir vulcões e quando o magma cresce pode ser expelido no espaço na forma de cometas, e o planeta pode se tornar um pulsar. Continuando este processo a camada externa colapsa e a luz interna desabrocha surgindo uma supernova… Demorei uns 20 anos fazendo estes cálculos e depois aos 30 na selva eu chegava a algum resultado coerente…

Assim, a partir de um planeta consegui transformar uma forma em outra ate conseguir as sete formas. E desenhando o ciclo vital dos corpos humanos ao lado do ciclo vital dos astros, deu na mesma exata figura! O mesmo circuito sistêmico! E tudo funcionando, como uma maquina ou organismo perfeito! Me dei uns tapas para afugentar os vampirinhos piuns e carapanãs que insistiam em degustar meu sangue e chutei o escorpião negro que vinha na direcao dos meus pés e clamei: “Eu sabia: se eu tinha a filha em minhas mãos, como não iria encontrar sua mãe sabendo que esta teria que ser ‘a sua imagem e semelhança?”

Cai no chão de joelhos, beijei o solo da mãe Terra e levantei os olhos com os bracos abertos mirando a minha avo Via Láctea: ” Minha vovozinha, eu te amo! Podes usar-me e abusar-me na tua Grande Obra, pois para onde fores, sempre irei agarrado em suas saias…”

Claro, tem que entender como foi a evolução para entender isso tudo. Por exemplo, o sistema astronomico ancestral era hermafrodita, então a parte macho esta’ numa forma e a parte fêmea em outra. Isto fez com que a primeira célula também fosse hermafrodita, sendo que o núcleo fazia o papel de fêmea e a mitocôndria o de macho porque na célula o sistema foi invertido, de fechado para aberto. Nosso ancestral macho nos céus, era um pulsar, e chamaram-no de Adão; nossa ancestral fêmea era uma quasar brilhante no núcleo, e a chamaram de Eva. As sementes de Adão eram esferas chamejantes produzidas e ejaculadas chamadas de cometas e pelos seus gigantescos vulcões na forma fálica; os óvulos de Eva eram cones negros na base do grande vórtice nuclear. Eva deixou-se iludir pela mansão nuclear, seu dócil companheiro a orbitar-lhe fazendo-lhe a corte, e seus lindos filhos a brincarem no quintal celeste e quis eternizar esse “paraíso”. Chamou Adão para comer maçã, ou seja, fecharem-se como sistema, e ignorarem o resto do mundo. E isso enfureceu o Universo. Pois Eva e Adão, e nos hoje, existimos para levar a evolução ‘a frente, a qual na verdade é um mero processo de reprodução daquele que ou daquela ou ambos que deflagraram o ato fecundador do Big Bang. Como paraíso fechado em si mesmo, a galaxia, Adão e Eva dentro dela, fecharam suas portas a sua evolução. E então o Universo acionou a Lei de Clausius, segundo principio da termodinâmica, medido pela entropia: Morte e Queda! Vais te rastejar na superfície de um planeta como filhos da necessidade, começar tudo do zero novamente, mas na forma de sistema biológico aberto, abertos a sua evolução…”

TAL MÃE NO CÉU, TAL FILHA NA TERRA!

Engraçado como um extremo cético e inveterado naturalista que havia se rido das fabulas contadas pelos autores da Bíblia tinha, 3.000 anos depois, e no meio da selva amazônica, as mesmas intuições, apenas trocando metáforas misticas por palavras técnicas cientificas! Intuição inevitável pois todos tem na memoria do DNA-Lixo, registrada essa Historia Universal de bilhões de anos antes da nossa aventura neste planeta, e basta forçar a mente, ser testado e torturado pela Natureza numa cirurgia corretora, que a memoria vem ‘a tona.

Ai começou a avalanche de descobertas estonteantes, e acabei matando todas as charadas da Vida e deste Universo aplicando uma unica logica evolucionaria. Big Bang? Sim, mas exatamente igual ao processo de fecundação biológica. Abiogêneses? Não, o que houve foi um processo de embriogênese astronômica nanotecnológica. Evolução darwinista? Quase certa porem na verdade é muito mais complexa porque Darwin apenas viu evolução biológica que é um mero ciclo da evolução universal, e esta é muito mais complexa do que ele pensou. E assim por diante, meu mundo escolar virou de ponta-cabeça…

Claro, a logica que penso ter levantado da Natureza pode ser erro meu, pode estar errada, e a logica ilógica do acaso absoluto da academia cientifica pode estar certa. O certo é que eu não tenho provas para derruba-los e eles não apresentaram nenhuma prova para me derrubar. O juiz sera’ o tempo. Mais testes, experimentos, dados, informações… 30 anos depois de estar testando a minha e vendo a deles todos os dias sendo remendada porque novos dados não se encaixam, enquanto todos couberam na minha como uma luva, eu estou apostando todo o meu porquinho com minhas poupadas moedas na minha… E quase certo que vou morrer sem saber o resultado, por isso estou procurando alguém que ache a minha com potencial para vencer, que continue a defende-la, e farei o testamento deixando o premio da aposta a esta pessoa.

Não tenho as qualidades artísticas de um Da Vinci que conseguiu embutir fantásticas informações naturais que lhe levariam ‘a fogueira pelos donos das universidades de seu tempo, nos tracos da face da Mona Liza. Mas de qualquer forma, elas estão embutidas no meu Avatar, e não conte nada aos donos das universidades do nosso tempo… não nasci com a tendencia para virar churrasco pendurado no espeto…