Posts Tagged ‘Teoria’

Mais um evento da academia educacional com erros prejudiciais `a formação mental dos estudantes

terça-feira, março 13th, 2018

xxxx

Maior olimpíada científica do Brasil abre inscrições

https://universoracionalista.org/maior-olimpiada-cientifica-do-brasil-abre-inscricoes/?utm_medium=botao&utm_source=ur&utm_campaign=onesignal

Maior olimpíada científica do Brasil abre inscrições

E meu comentario enviado em Mar/13/18 ( aguardando moderacao):

Pela visão de mundo de alguém fora do sistema educacional, a proposta deste evento não e’ honesta e presta um des-serviço `a evolução da inteligencia humana… mas claro, trata-se de opinião e posso estar errado. No entanto ninguém me provou que estou errado. Se os promotores dizem que o objetivo e’ levar informações cientificas para a sala de aula, porque os principais temas citados no artigo não são informações cientificas e sim teorias elaboradas por humanos. Ninguém ao observar o céu `a noite e nem observando o céu por muito mais tempo do que os primeiros humanos surgiram na Terra pode ter informação cientifica de como astros nascem e morrem. Qualquer evento no céu se da’ em escala astronômica, milhões ou bilhões de anos, ninguém nunca viu as causas formadoras e nem o desenvolver de um germe de estrela. E não se tem dados, não se tem suficientes amostras para afirmar que este processo esta comprovado, como se tem fosseis para estudar as origens e evolução humana. Big Bang? Existem apenas três dados apontando algo como este evento nas origens, mas para se ter alguma certeza sobre estas origens serão necessários milhares de dados. Buracos negros? Existem pontos obscuros e ainda não elucidados no espaço sideral, o que se tem de possível existente nestes pontos são teorias, nenhuma informação cientifica. Eu estou pensando em me inscrever para montar um stand fora do prédio com slides e cartazes falando de outra teoria sobre origens de todos os astros, outra interpretação do Big Bang, mas com certeza não vão permitir pois iria confundir as cabeças dos estudantes. Porque não vão la fora com dados comprovados que derrubariam minhas teorias? Porque não tem. E’ apenas teoria contra teoria, feitas por humanos, pois a Ciência lida com objetos, não elabora teorias. Ora, qual o objetivo? Doutrinar tendo por base uma ideologia mistica que mais parece uma religião ou desenvolver mentes curiosas e abertas para continuarem a busca do que não se sabe? Isso tudo me deixa indignado…

E meu comentario no Facebook:

Pais, abram seus olhos, porque a doutrinação religiosa que era feita nas escolas no seu tempo, continua agora doutrinando seus filhos, porem, de deísta virou ateísta. Acho que uma das mais valiosas heranças que se pode deixar aos filhos e’ o domínio deles sobre o que fazerem com sua alma, e isto se faz protegendo-os contra qualquer tipo de doutrinação. Leia minha critica a este evento que adentrara as escolas para perceber o que estou dizendo, porem, não acredite em mim também, tal como os professores nada sei da verdade. A diferença e’ que eu – quando apresento minhas diferentes teorias, sempre lembro que são “teorias”, o que não esta sendo feito na doutrinação escolar. As crianças confiam no que os adultos lhes passam como verdade, não imaginam que os adultos estão mentindo…

A Teoria Filosofica da Matrix/DNA e’ uma teoria de fato?

terça-feira, março 6th, 2018

x

Segundo Futuyama (pág. 66), as provas mais poderosas, a favor ou contra uma teoria, não são meras observações, mas a conformidade com previsões feitas a respeito do que deveríamos ver se ela (a teoria) for verdadeira, ou se ela for falsa. Ou seja, uma teoria deve não só descrever e explicar os fatos já conhecidos, observados, mas também e fundamentalmente ser capaz de prever fatos novos ainda desconhecidos.

Bem,… a teoria da Matrix/DNA tem 33 anos, e de la’ para ca’ tenho na medida do maximo possivel acompanhado as novidades e descobertas em preticamente todas as disciplinas cientificas. E todas estas descobertas foram previstas pelas formulas e modelos, portanto, mostrando que a teoria de alguma forma interpretou a Natureza tao corretamente que foi capaz de prever o que a Natureza faz que nao conheciamos ainda. E como a teoria foi elaborada baseada em fatos empiricos do conhecimento popular geral e fatos comprovadamente cientificos, alem de ter obedecido todas as leis naturais ja detectadas e que eram do meu conhecimento, mais ainda, e principalmente, que a teoria discorre obedecendo os quesitos da logica formal sem em nenhum momento apelar para imaginarios magicos ou eventos que tivessem vindo de fora da longa cadeia de causas e efeitos que se iniciou com as origens do Universo, segundo sua interpretacao semelhante `a Teoria do Big Bang,

Os sistemas naturais que surgiram na superficie da Terra nao inventaram ou criaram por magica um recipiente de memoria e processamento de informacoes como acreditam ateus e deistas. A teoria defende que este recipiente vieram por ecvolucao e transmissao genetica dos sistemas naturais anteriores e inclusive indica onde estao nestes sistemas, como siatemas astronomicos, atomicos, e a primeiro forma universal de sistema natural, que foram as ondas de luz. Claro, como toda teoria quando relata o seu topo ela apresenta os resultados de seus calculos, os quais estarao a frente do conhecimento de seu tempo, e que serao sujeitos a comprovacao cientifica. Se o conhecimento total destes sistemas revelarem a nao existencia dos pressupostos da teoria, ela sera’ mudada desde a sua metade ate seu topo ja que a sua base esta confirmada, e se o conhecimento comprovar a existencia dos pressupostos ela deixa de ser teoria para se tornar fato.

A Matrix/DNA pode descobrir o processo pelo qual o sistema solar foi formado

sexta-feira, março 2nd, 2018

xxxx

A teoria academica atual, chamada de Solar Nebula Theory nao funciona. Sao varios os problemas constados que vao contra a teoria e ainda nao foram solucionados. Por exemplo:

  1. os iniciais pedacos de rocha nao teriam como se agregarem para formar planetas e antes, teriam se chocado e desintegrado.
  2. a elevada densidade de Mercurio
  3. A teoria diz que mercurio nao poderia ter um campo magnetico, mas ele tem e e’ forte;
  4. a teoria supoe que Venus foi formado no mesmo tempo e mesmo processo que a Terra, porem Venus apresenta muitas diferencas, como nao ter placas tectocnicas, nao ter lua, etc;

Sao dezenas ou centenas de problemas em todos planetas e luas contra a teoria academica, como se pode ver neste video ( o video foi produzido por motivos religiosos e ideologicos os quais nao me interessam, mas os fatos e as informacoes apresentadas sao de nossa utilidade):

Our Created Solar System – What You Aren’t Being Told (youtube)

https://www.youtube.com/watch?v=Gr8Az3QQZdI
A matrix/DNA tem o processo ( symbiose entre as diferentes formas de astros produzidas pelo mecanismo do ciclo vital), pelo qual foi formado os originais building blocks de galaxias, e as primeiras galaxias devem ter se formado pelo mesmo jeito. Porem este modelo nao explica como foram formados os sistemas solares, pois tal como a celula passou por dois processos diferentes de formacao, tambem os sistemas astronomicos de ultima geracao foram formados diferente dos originais. O nosso problema e’ calcular como foi essa transformacao do primeiro processo para o segundo processo, para entao apresentar o processo da formacao solar. Mas temos uma vantagem porque temos as pistas para descobrir essa formacao. Temos que estudar as diferencas na celula entre o primeiro metodo da simbiose e o segundo metodo da simples replicacao. Anotadas e calculadas estas mudancas entao devemos projeta-las sobre o modelo do building block ate obter o modelo que funcione da formacao do sistema solar.

Os modelos da teoria da Matrix/DNA preenche estes requisitos para ser “cientifica”?

terça-feira, fevereiro 27th, 2018

xxxx

Neste artigo o senhor Hans van Leunem postou um comentario que tem muito interesse `a Matrix/DNA Theory. Ele diz o que precisa uma teoria cientifica para ser valida, quando nao pode ser verificada por experimentos. Entao postei uma serie de questoes a ele, registradas abaixo ( verificar se havera resposta):

Is fundamental physics opening the door to pseudoscience?

http://www.science20.com/sverre_holm/is_fundamental_physics_opening_the_door_to_pseudoscience-230237#comment-207076

A theory that uses aspects that cannot be verified by experiments must apply a modeling platform that is based on a solid and trusted foundation. In fact it must be based on the belief that physical reality possesses structure and this structure owns a simple foundation from which higher, more complicated levels emerge. This hierarchy must evolve in the structure of physical reality that we can observe. In this configuration the lower levels can only be deduced from deeper levels. Also the foundation itself must be available. Thus scientists must already have discovered the founding structure.

https://en.wikiversity.org/… explores this possibility. “Structure in Physical Reality”; http://vixra.org/abs/1802.0086 highlights some aspects of this project.

Most new theories start without a proper foundation. They usually result in non-verifiable conclusions.

 E minha questao:

Your post is very helpful to those that elaborated their own theory, like me. But, questions arises here. 1) What is a solid and trusted foundation for theoretical models? For example, I have a new model suggesting the formation of seven known astronomic bodies, like planets, stars, quasars, etc. There are no proved fact about any formation, only another theoretical models, so, what is trusted foundation? 2) I have a model of the evolutionary link between cosmological and biological evolutions. There are no proved link and the trusted idea today is that there is no link, since that the trusted foundation is that life arose by spontaneous generation from inorganic matter. it makes no sense, but, what we can do? How to suggest the obligatory existence of a link, and a model of it? 3) I have a model of the fundamental unit of DNA as a complete working system. If my theory is true, there is no genetic code, because the units of DNA are merely different copies of a unique initial system. Genetic code is nonsense since that matter can not creating codes, but it creates systems, working systems. How a theory that makes sense can prevail upon one that does not if the trusted foundation is a nonsense? if you could answer these questions I will appreciate. Thanks.

http://disq.us/p/1qhes4w

A resposta de Hans a minha questao:

A foundation must emerge in a full and self-consistent theory. It must be simple and easily comprehensible. A trustworthy interpretation must exist for the foundation and for everything that emerges from it. The evolution of the foundation into a full blown theory must restrict such that a theory grows that experiments can verify.

This means that you cannot start a theory at a high level where not every subject that is applied follows from the axioms that constitute the foundation of the theory.

Classical logic is well founded but does not evolve into a much wider theory. The orthomodular lattice is a relational structure that is quite similar to classical logic. However, it evolves in a theory that after a series of extensions becomes a structure in which aspects can be recognized that we know from observing physical reality.

Minha resposta/pergunta a Hans:

Thanks for the an answer. But, what to do when the academic official staff considers as the trustworthy foundation is clearly wrong, like they did with the geocentric model during 2.000 years?

The foundations now for any theory about life’s origins must obey to the current magical thinking, called abiogenesis. it is supposed the existence of magical randomness able to transform non-organic matter into life. It arises due missing the knowledge about astronomy that elaborates astronomic theoretical models without the forces and elements necessary for evolving into biological systems. The universal evolution is one, unique lineage, but arbitrary division into cosmological and biological evolution creates a gap, an abysm, between the two blocks, and the evolutionary link is missed and never searched. So, the necessity to fulfil this gap with something magical, like any religion.

Ok. Any theory that develops another astronomic model from which emerges the evolutionary link and explains rationally the origens of life will be discarded because it will go against the theories which are believed to be trustworthy. In the way you are asking the basic foundations, neither Copernicus, Galileo or Darwin would be considered a valid theory. Do you agree?

xxxx

Apenas depois que postei o Segundo comentario notei que Hans e eu estamos sendo redundante, ou seja, estamos repetindo nossos postulados as infinitum sem cruza-los com os postulados do outro para estabelecer um dialogo inteligivel que leve a algum resultado. Entao imediatamente postei o proximo comentario:

Sorry my persistence but after my second post and reading the prior posts I noticed that we are repeating ours statements without answering the another arguments. So, let’s go by parts:

You said: ” A theory that uses aspects that cannot be verified by experiments must apply a modeling platform that is based on a solid and trusted foundation.”

The theory of abiogenesis cannot be verified by experiments because we cannot repeat an event that occurred by chance. If we could do it, means that is a normal occurrence, not chance. Do you agree?You said: “In fact it must be based on the belief that physical reality possesses structure and this structure owns a simple foundation from which higher, more complicated levels emerge.”Ok. The supposed primordial soup, or the thermal deep oceanic vents, considered the simple foundations from where the more complicated levels of life emerged is not a solid foundation, because among the supposed ingredients in that soup there was no one replicating itself, no one transmitting hereditary a genetic code, no one doing metabolism, etc. It is observable that later these properties emerged from complex structures derived from the supposed soup. This is naturally impossible, something cannot comes from nothing, I mean, the academic theory supposes that those properties has no prior causes. Do you agree?You said: “This hierarchy must evolve in the structure of physical reality that we can observe. In this configuration the lower levels can only be deduced from deeper levels. Also the foundation itself must be available. Thus scientists must already have discovered the founding structure.”For abiogenesis theory the scientists believes they have available the foundation – the soup. They believe that they are reproducing it at lab. But how to prove that a soup intelligently designed at lab is the same soup produced in a unique event by chance 3,5 billion years ago? As I said, if it was product of chance there is no way to reproduce it. In fact, they have no discovered the founding structure. The synthetic soup made in labs trying to reproduce the reduced initial conditions has produced some amino acids and even simple polypeptides, but they never get the next step, these simple building blocks evolving into proteins and RNA. So, these lower levels of life – proteins, RNA, and even membranes cannot be deduced from the deeper level – the soup, or thermal vents.So, I think that the supposition of a primordial soup is rational, since that nobody can rationalize another naturally occurring foundation for life’s origins. But the big gap between the supposed ingredients and processes between non-organic and organic matter means, literally, that is missing important ingredients doing important processes in the theorized soup. Do you agree?I am the unique person making the questions in this way because my personal humble investigations with the most simplest method – comparative anatomy between the prior cosmological systems and the resulting biological systems – suggested the existence of more ingredients in that soup, which came from astronomical systems but, for seeing it, we need to do new theoretical models of those systems, where we get the elements and forces that already were expressing those life’s properties. What do you think?

 

Teoria do Caos: O Nosso Misterioso Criador e Suporte

sábado, fevereiro 24th, 2018

xxxx

Quem tem no cerebro as sinapses em estado caotico, e’ mentalmente saudavel. Quem tem as sinapses em estado de ordem, e’ mentalmente doente, como Parkinson, esquizofrenia, etc. Este e’ um misterioso paradoxo, contra-intuitivo, que precisa ser elucidado. Caos produz saude e ordem produz doenca!

Seria intuitive quando lem bramos que num estado de caos, se houver algo em ordem estara folra de seu habitat e o caos tentara expulsa-lo. Mas o corpo humano, e principalmente o cerebro e suas sinapses, e’ um principio tendente `a ordem ja bem sedimentado. E como nosso supremo objetivo e’ aniquilar com essas doencas… vamos ter que nos enfiar neste desgostoso prato de problemas.

O melhor video sobre Chaos Theory com muitos insights:

https://www.youtube.com/watch?v=eJAs9Qr359o

(continuar pesquisa revendo o video)

A Matrix/DNA Theory e’ uma informacao inventiva teorica e nao resultado de informacoes inductivas

segunda-feira, fevereiro 19th, 2018

xxxx

baseado no video:

Dewey B. Larson on inductive reasoning – Reciprocal System

A mente humana pode imaginar a realidade correta que existe alem das montanhas que cercam seu ambiente imediato, por pelo menos dois metodos: o inductivo e o inventivo.

Por exemplo, a teoria de Ptolomeu sobre o sistema planetario foi inventiva, enquanto o conhecimento atual pelo qual e’ o Sol que esta no centro do sistema e nao a Terra e’ inductivo.

A teoria inventiva surge quando o homem tenta adivinhar o que existe alem de seus atuais limites visiveis mas faltam-lhe informacoes essenciais, pecas do quadro alem das montanhas que lhe sao desconhecidas. Quando todas as informacoes essenciais sao conhecidas nao ha necessidade e nem se cria teorias, nos podemos desenhar o quadro invisivel e ter certeza que ele vai bater com a realidade. As informacoes essenciais que faltavam aos gregos por exemplo, e’ a de que  terra gira em torno do Sol e a informacao de que existe a forssa da gravidade.

Mas existe uma maneira da teoria inventive bater com a realidade invisivel, e acho que foi que descobri. A seculos um exercito de pesquisadores estao procurando como explicar as origens da vida neste planeta. Os pesquisadores modernos acreditam que conhecem todas as informacoes necessarias, enatao eles nem sequer aceitam a suposicao de que abiogenesis – a qual e’ o quadro final invisivel indicada racionalmente pelas informacoes que possuem – seja apenas uma teoria, e nao a verdade confirmada. Ora, eles conhecem todos os elementos e forssas existentes neste planeta e em outras planetas que nao existe vida, com isso podem confiar no resultado de seus calculos de como era o estado ambiental atmosferico, oceanico, rochoso, nos tempos da origem da vida; eles julgam conhecer todos os ingredients que podiam conter a sopa primitive e julgam conhecer como a quimica funciona nestes elementos. Entao eles acreditam que tem todas as informacoes que funcionam indutivamente na elaboracao do quadro correto para aqueles eventos invisiveis de 3 ou 4 bilhoes de anos atras. Este quadro chama-se abiogenesis. Porem, apos decadas da formulacao da abiogenesis, o exercito de pesquisadores nao conseguiram explicar de forma racional as origens da vida. Isto lanca a suspeita de que abiogenesis nao e’ o quadro final correto. mas se nao for o quadro correto, isto significa que esta faltando informacoes essenciais, seja no estado reduzido do ambiente, seja naquela sopa primitiva.

Entao, quem deixou de continuar com a mesma abordagem na busca de entender as origens da vida, procurou outro tipo de abordagem, um que o levasse ao encontro das informacoes essenciais que estao faltando. E um metodo nessa busca e’ a comparacao anatomica e functional entre o ultimo mais evoluido sistema existente um minute antes da origem da vida e o primeiro ser vivo, o qual e’ outro sistema tambem. Este exercicio de anatomia comparada entre duas coisas tao dispares, tao distantes entre si, sendo uma em escala macro e a outra em escala micro produz duas listas paralelas de fenomenos e eventos naturais: uma com as diferencas, e aoutra com as semelhancas entre os dois sistemas. Mas este exercicio apenas revela informacoes ja conhecidas, como por exemplo, dentre as emelhancas, que ambos os sistemas sao constituidos de atomos, e como cruciais diferencas e’ que um sistema e’ inanimado e o outro animado, etc. para saber isto nao era necessario tanto trabalho de anatomia comparada. Mas toda iniciativa em busca de solucionar um problema sempre resulta em alguma coisa util, e neste caso, foram varias ideias que surgiram as quais nunca se havia pensado antes. Por exemplo, que ambos os sistemas possuem um unico e cerca de seis ou sete partes cada um na sua periferia. Vemos nesta simples e quase aleatoria informacao que de alguma forma a vida reproduziu a nao-vida.

Mas como pode a minuscula, microscopica vida reproduzir algo macrocosmico?! Meses ou anos pensando nestas questoes intrigantes enquanto a gente continua a vida e com isso aprendendo cada dia mais informacoes  sobre o nosso mundo imediato, faz com que as vezes uma nova informacao apreendida, ou entao uma velha informacao `a qual nao se tinha dado o real valor, nos remete diretamente as questoes mais profundas sobre a origem da vida que povoam nossa mente. Uma destas antigas informacoes que de repente lembraram as questoes foi que um corpo humano com volume de 100 quilos, um comprimento de dois metros, e uma idade de 20 anos naturalmente se encolhe nanotecnologicamente ate caber dentro de um invisivel corpo de tao microspico que e’ – o cromossoma. E nesse encolhimento ele leva todas as informacoes essenciais do macro-corpo. Ora, se a Natureza esta mostrando que e’ capaz de fazer isso aqui perante nossos olhos, entao porque ela nao teria sido capaz de encolher um sistema astronomico dentro de um sistema celular? Indutivamente podemos dizer que ela faz isso. E faz isso quando esta aplicando o processo de reproducao de sistemas.

Entao esta velha conhecida informacao revista novamente nos leva correndo de volta `a mesa onde estao os dois desenhos das duas coisas sendo comparadas e `as duas listas de diferencas e semelhancas, e sobre aqueles material nos mantemos debrucados, raciocinando por logo tempo. Uma nova informacao que surgiu agora e’ “reproducao”, a qual muda nossa focalizacao da lista maior de diferencas para a lista menor de semelhancas, procurando nos minimos detalhes mais semelhancas, pois reproducoes projetam semelhancas e nao diferencas.

E focalizado em reproducoes de repente lembramos que nas reproduces biologicas quase sempre o novo sistema traz algum detalhe mais aprimorado, mais complexo que o velho sistema, detalhe ao qual denominamos de evolucao. Se houve reproducao entre um sistema astronomico e a primeiro celula viva, entao o anterior era mais simples, mas isso nao e’ novidade, basta olhar os dois quadros para ver isso imediatamente. Porem, esta nova e simples observacao trouxe mais uma informacao essencial: evolucao. E isto nos obriga novamente a retornar ao exercicio de anatomia comparada, porem, de uma maneira mais complexa do que fizemos na primeiro vez. Se antes analizamos dois sistemas desenhados estaticamente sobre a mesa, totalmente separados entre si, agora vamos ter que refazer o exercicio fazendo a comparacao porem botando entre os dois desenhos uma seta com a palavra “evolucao”, e tudo aquilo que ela representa atraves dos seus efeitos sobre os sistemas.

Finalmente, apos varias outras novidades e abordagens que se somaram nos anos gastos nestes exercicios que nao vamos mencionar aqui, elaboramos um desenho do que teria sido o elo evolucionario entre os dois sistemas comparados. Este desenho poderia ser visto como uma nova informacao essencial, porem, inventiva, teorica. mesmo que ela seja deduzida de outras informacoes reais conhecidas, ela nao pode ser tratada como real, e sim, apenas teorica.

Mas qual sua utilidade? Qual foi, por exemplo, a utilidade da informacao teorica contida na teoria da luz, do encurvamento do espaco/tempo de Eisntein? Acho que a utilidade deveras importante foi que apenas esta informacao teroica pode motivar cientistas a observarem o comportamento da luz das estrelas num dia de eclipse, para averiguar se a teoria estava certa ou errada. A utilidade foi que aquela informacao inventada, teorica, nos levou a um grande avanco cientifico e tecnologico.

A utilidade da informacao inventiva teorica contida no desenho do elo perdido entre o mundo antes da vida e o mundo apos a vida ja se revela numa pequena dose quando ela nos motivou a retornar a busca das origens da vida por uma diferente abordagem daquela que todos estao aplicando. Pois ela insinuava um tipo de informacao teorica que deveria ser uma informacao real que estaria existindo naquela sopa primitive, e com esta informacao se explicaria completamente como a vida surgiu, qual sua causa, de onde veio e como veio.

Entao pode ser um caso de sorte ou azar quando alguem precisa urgentemente saber o que existe invisivel alem das montanhas e poe a mente a busca-lo. Sorte ou azar porque vai depender de um equilibrio e exatidao de raciocinio sobre as informacoes corretas existentes, mais os niveis de essencialidade destas informacoes. Pois pode ocorrer que uma informacao existente seja determinante, dominante em relacao as outras e se nao vemos isso, nosso quadro final sera errado. Einstein teve sorte ao conectar as informacoes existentes nos seus niveis corretos de essencialidade. Ja muitos outros fizeram grandes teorias do quase-tudo sob uma perspective nunca pensada por outros humanos, mas estas teorias continuam em busca de mais evidencias e comprovacoes quase esquecidas ou totalmente ignoradas inclusive nos meios intelectuais, e esta demora na sua consagracao nao se sabe ainda se ‘e devido estarem erradas ou porque estao muito acima da quantidade de informacoes reais conhecidas. Como e’ o caso da Matrix/DNA Theory: ela continua sendo uma pesquisa teorica e nao uma realidade comprovada nem descomprovada.

As teorias inventivas na Fisica, como a do sistema geocentrico de Ptolomeu sao feitas com o proposito de validar a matematica existente. de fato ela se baseou e em nada contradisse a matematica existente. Hoje prodemos aprender que apesar de uma teoria se encaixar com a matematica existente, ela pode gerar conceitos e interpretacoes equivocadas do mundo real. En tao fica mais um aviso e uma contastacao de como alguem pode ter azar em sua teoria.

 

 

A Matrix/DNA e’ uma pesquisa teorica em desenvolvimento, uma nova maneira de ver as velhas ideias

segunda-feira, fevereiro 19th, 2018

xxxx

We do not expect it to ever be accepted as a mainstream “theory of everything” and do not even promote it as anything but theoretical research, which is exactly what it is: a new way of looking at old ideas—something we need a lot more of in this world, but is now rarely attempted due to “peer pressure” to conform to existing scientific dogma.

Luz de Laser descobre cidade oculta sob vegetacao: evidencias para minha teoria de vida nos sistemas naturais simples

sábado, fevereiro 17th, 2018

xxxx

As fomulas e modelos teoricos da Teoria d Matrix/DNA estao sugerindo mais uma ideia estranha `a humanidade: que sistemas naturais mais simples e de aparencia inanimada, como atomos, galaxias, e ate o planeta Terra sao constituidos de ancestrais propriedades vitais. Mas que essas expressoes sao muito sutis e aparecem bastante difusas como diferenca das mesmas expressoes bem delineadas nos organismos.  Por isso mesmo com nossos modernos equipamentos cientificos nao temos percebido-as naqueles sistemas. Mas estas expressoes devem ser percebidas se forem reveladas pelas outras seis faixas das radiacoes eletromagneticas, alem da unica faixa da luz visivel que nossos sensors captam.

Tome como exemplo as fotos do Hubble sobre galaxias distantes, nas quais se veem enormes contornos de gazes em diferen tes cores, concentracoes, etc. Se um hipotetico minusculo microbio do tamanho de uma particular olhasse para alem do atomo ou celula em que esta no nosso corpo e vise, por exemplo, os contornos do figado, ele deveria ver apenas uma volumosa formacao de nuvens. Entao, com outros tipos de “iluminadores” e captadores de materia em diferentes estados vibracionais deverao nos levar ao conhecimento de que na verdade as nuvens daquelas galaxias esao formando estruturas funcionais. A Matrix/DNA sugeriu isto a 30 anos atras, muito antes das modernas noticias sobre fotos do Hubble e tantas novas coisas que estavam a nossa frente porem sem serem percebidas, como a noticia do link abaixo. Onde uma nova tecnologia aprimorando o Laser revelou as ruinas de uma grande cidade maia encoberta pela vegetacao nunca antes notada pelo homem.

A cidade maia de Tikal estava rodeada de uma complexa rede de vias até então invisíveis

A cidade maia de Tikal estava rodeada de uma complexa rede de vias até então invisíveis… – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/bbc/2018/02/03/megalopole-maia-em-plena-selva-e-descoberta-com-nova-tecnologia-a-laser.htm?cmpid=copiaecola

https://noticias.uol.com.br/ciencia/ultimas-noticias/bbc/2018/02/03/megalopole-maia-em-plena-selva-e-descoberta-com-nova-tecnologia-a-laser.htm

‘Megalópole’ maia em plena selva é descoberta com nova tecnologia a laser…

Teoria cientifica ou teoria filosófica: Você não conhece de fato o que e’ uma pedra. Então tens uma teoria, cientifica ou filosófica

sábado, janeiro 27th, 2018

xxxx

Teoria

Teoria e’ o resultado da nossa imaginaria conexão entre fatos, peças de um quebra-cabeças

Animais nao planejam mudanças no ecossistema para melhorar suas vidas e menos ainda a vida de suas próximas gerações. Eu tive uma péssima existência neste mundo que poderia ter sido melhor se meus pais e avos tivessem e a humanidade antepassada tivesse feito alguns planos diferentes. Ainda assim hoje vivo tentando lutar por planos e buscando estes planos para melhorar a vida dos humanos agora e das próximas gerações. O problema e’ que não consigo localizar nenhum grupo praticando os planos que acredito serem melhores e e são baseados no que acredito que conheço de fato da natureza mais as minhas teorias desenvolvidas a partir destes fatos. E sempre quando vou discutir planos surge a questão do que e’ conhecimento real, mera hipótese e os cientificistas materialistas correndo a anunciar a ‘teoria cientifica”. Precisamos entrar num acordo nisso antes de nos ajuntar-mos num plano existencial qualquer. Acho que todo mundo percebeu que este tipo de voda a que fomos jogados e’ uma fria total e o futuro parece negro e isto porque aqueles a quem o povo entregou a tarefa de planejar, planejaram tudo errado e continuam nos erros.

Você não conhece de fato uma pedra sequer. para começar sempre se esquece ao pegar uma pedra que o que tens em mãos e’ uma porcão de átomos de certo tipo que são compostos de enxames de partículas zumbindo no que finalmente e’ uma pedra: espaço e mais espaço vazio. Outro detalhe geralmente ignorado e’ que uma pedra incrustada numa rocha faz parte de um sistema “vivo” enquanto uma pedra solta e’ como um galho que caiu e se deteriora, o tipo de radiação destas pedras sera diferente. mas o que tem a ver esse conhecimento quase abstrato de útil para nossos planos? Bem,… um planejamento sera tanto melhor quanto maior for o real conhecimento e isso determinara a qualidade de vida dos nossos herdeiros. Então importa muito. Por isso insisto: nas horas vagas faca o esforço de buscar conhecimento real sobre a natureza universal real pois nenhum conhecimento nessa área e’ inútil, ele sempre poderá otimizar suas decisões alem de ser os mecanismos e processos naturais que fazem uma configuração mais correta dos neurônios e portanto constroem a pura razão natural. mas quando vamos buscar este conhecimento na Internet, principalmente onde existem debates, nos deparamos com esta controvérsia sobre conceitos de interpretações humanas nos desviando do conhecimento dos fatos reais. merece portanto uma nossa analise este artigo bem a calhar do Universo racionalista, e tal análise nossa vai no comentário abaixo:

Teoria científica e teoria filosófica

https://universoracionalista.org/teoria-cientifica-e-teoria-filosofica/?utm_medium=botao&utm_source=ur&utm_campaign=onesignal

Como poderíamos pensar a diferença entre teoria científica e teoria filosófica? Definir seus significados parece ser necessário para salvar nossa comunicação.

 E meu comentário enviado ao artigo ( aguardando moderação):

Louis C. Morelli

Visitante
Louis C. Morelli – em 01/27/2018

O problema e’ da Ciência que não devia ter se apossado de uma palavra criada pelo senso popular e cunhada graficamente pela filosofia ( no tempo dos gregos). Em seguida, como a cultura ocidental poe a Ciência em cima e despreza a filosofia, os cientificistas se tornaram radicais guardiães desta palavra investindo sempre quando o consciente humano perante a complexidade de qualquer fenômeno não pode extrair uma conclusão definitiva, se usa de sua velha palavra. Eu tenho sido agredido nos fóruns internacionais por ateus que se irritam pelos criacionistas insistindo que evolução e’ teoria e nisto fazem o contrario, pegando uma palavra da Ciência e transportando-a para a Filosofia. Isto porque intitulei minha obra de ” Teoria da Matriz Universal dos Sistemas Naturais” e por mais que eu tenha escrito logo na introdução que minha teoria não e’ cientifica e sim filosófica, eles querem que eu retire a palavra. Absurdo!

E’ como se um musico tecnológico como Pink Floyd teimasse em corrigir um musico country tocando violão e que se refere a seu instrumento como “violão” e o do tenológico e’ violão eletrônico, dizendo que aquilo não e’ mais violão e sim “guitarra”. Mesmo sem ligação eletrônica o violão vai continuar a ser violão no dito popular, o mesmo acontece com a palavra ‘teoria”.

Então os ateus rebatem dizendo que minha teoria filosófica e’ pseudociência… Quer dizer, a teoria filosófica passa a ser pseudociência? A Ciência assim como Deus, se existir, não precisa e não obedece a proprietários, são coisas “de per se” que podem existir independentes de humanos, como aplicados por alienígenas.

Então o consciente humano que pode abranger horizontes mais amplos que o método cientifico reduzido ao fenômeno ou objeto em que esta sendo aplicado, teoriza o conhecimento de forma diferente que o método cientifico pode teorizar o conhecimento, uma e’ totalizante, global, a outra e’ reducionista. O conhecimento não deve ficar apenas limitado ao método cientifico com o risco de atrasar a evolução humana porque o conhecimento cientifico se limita ao que pode ser captado aos cinco sentidos e suas extensões tecnológicas na forma de microscópios, termômetros, etc. Mas creio ser evidente que a realidade apenas se tornara realmente conhecida quando o cérebro desenvolver estes sentidos e adquirir os outros que faltam. fenômenos naturais são revelados pelos sete espectros de radiações e nossos sentidos como instrumentos tecnológicos apenas captam uma dimensão, a da luz visível e estado vibracional no nível de nosso corpo. Como a Ciência não capta esta visão ampla, o método cientifico fica circulando em torno da luz visível secionando os fatos que ela revela e discriminando os que ela não revela mas a consciência os intui. Minha obra tem dependido largamente da Ciência pois sua infraestrutura esta alicerçada apenas em fatos comprovados e esta comprovação tem que ser pelo método cientifico. A superestrutura da obra e’ teórica, onde o filosofo espalha sobre a mesa os dados comprovados e tenta conecta-los buscando decifrar o grande quadro. O resultado e’ um possível quadro existente sem estar comprovado e isso e’ “teoria” para a consciência, a qual percebe as limitações dos nossos recursos para o conhecimento e tenta penetrar nas seis dimensões ocultas, com isso, puxando a evolução da inteligencia e funcionando como feed-back retroativo para impulsionar a Ciência.

Não vejo utilidade pratica para a humanidade nessa longa controvérsia que tem o efeito de fazer-nos esquecer os fatos reais, os quais realmente são uteis. E assim os fundamentalistas do materialismo me prejudicam pois se entro num debate para debater o fato em foco e apresento minha interpretação do fato, imediatamente se desligam do fato entrando no campo da ideologia, quando o que me interessa e’ o fato, testar minha interpretação do fato, pois assim tenho oportunidade de corrigi-lo se estiver errado perante uma informação que eu desconheça.

xxx

 

 

 

Mudanca Obrigatoria de nomes no modelo astronomico da Matrix/DNA?

segunda-feira, dezembro 25th, 2017

xxxx

Segundo o link abaixo, estrelas de neutrons parecem preencher todos os requisites que minha teoria sugere para o astro na Funcao 2, ao qual tenho denominado “astro-baby”, ou luas. Devo pensar melhor isso:

http://socientifica.com.br/2017/07/astronomos-observam-estranha-distorcao-quantica-no-espaco-vazio-pela-primeira-vez/