Posts Tagged ‘terra’

TRAPPIST-1: Onde esta a maior chance da primeira descoberta de Vida fora da Terra. Panspermia?

sábado, junho 10th, 2017

xxxx

http://www.trappist.one/#

https://www.eso.org/public/unitedkingdom/images/eso1706o/

A size comparison of the planets of the TRAPPIST-1 system, lined up in order of increasing distance from their host star. The planetary surfaces are portrayed with an artist’s impression of their potential surface features, including water, ice, and atmospheres.

A size comparison of the planets of the TRAPPIST-1 system, lined up in order of increasing distance from their host star. The planetary surfaces are portrayed with an artist’s impression of their potential surface features, including water, ice, and atmospheres.

Enhanced interplanetary panspermia in the TRAPPIST-1 system

https://arxiv.org/pdf/1703.00878.pdf

We present a simple model for estimating the probability of interplanetary panspermia in the recently discovered system of seven planets orbiting the ultracool dwarf star TRAPPIST-1, and find that panspermia is potentially orders of magnitude more likely to occur in the TRAPPIST-1 system compared to the Earth-to-Mars case.

Nos apresentamos um simples modelo para estimar a probabilidade de panspermia interplanetaria no recente descoberto Sistema de sete planetas orbitando a ultrafria estrela ana TRAPPIST-1, e achamos que panspermia e’ potencialmente de grande magnitude para parecer mais possivel ocorrer em TRAPPIST-1 comparado com o caso de Terra-para-Marte.

As a consequence, we argue that the probability of abiogenesis is enhanced on the TRAPPIST-1 planets compared to the Solar system. By adopting models from theoretical ecology, we show that the number of species transferred and the number of life-bearing planets is also likely to be higher, because of the increased rates of immigration.

( continuar traducao)

 

Campo Magneticos Terra x Humanos: Heliobiology, Magnetology, Chronobiology

segunda-feira, abril 24th, 2017

xxxx

Dizem que satelites detectaram um forte aumento no campo magnetico terrestre em 11/2001, coincidindo com o forte estado emocional dos humanos. Surge entao a teoria de que todos os humanos estao conectados entre si pelos campos magneticos de seus corpos e todos conectados com o campo magnetico da Terra. Como efeito surgem estudiosos fundando os tres campos de pesquisas citados no titulo acima. A minha atencao para isso veio do seguinte texto no link:

Fundacao “Inner Peace = World Peace

http://innerpeace-worldpeace.com/our-simple-formula/

2. SCIENTIFIC LOGIC

Please keep the common sense logic above in mind as you explore the scientific logic and findings that we reveal below.

The basic thesis for our scientific logic follows these five interlinked areas of science:

  • Our states of mind and emotion (i.e. our consciousness) affect the planetary geomagnetic fields.
  • The planetary geomagnetic fields affect our states of body, mind and emotion (i.e. our health, well-being and consciousness).
  • Our mind and emotions affect our DNA.
  • Our DNA affects the energy environment around it.
  • Each of our human electromagnetic fields directly affects other people’s electromagnetic fields.

There’s indeed a common connection between all human beings through our individual connections with our planet’s geomagnetic field.

There were significant indications of this on September 11, 2001, when as the world watched the television coverage of the terrorist attacks on the World Trade Center in New York, the GOES-8 and GOES-10 (Geostationary Operational Environmental) satellites both recorded a statistically significant spike in the planetary geomagnetic field. ( continuar a ler)

Primeiro parecer ao ler os mapas da Matrix/DNA

A formula da Matrix/DNA sugere que em todo Sistema natural existe uma entidade que funciona parecido como o software dos computadores. Por exemplo, o corpo humano e’ um Sistema que tem a mente, a qual seria este software ( talvez auto-consciencia seja um terceiro elemento). Pois bem: esta entidade surge da soma de todas as informacoes de todas as partes do Sistema, mais as informacoes geradas dentro do Sistema pelaa interacoes entre as partes e mais as informacoes nas interacoes entre o Sistema e o mundo externo ( se o Sistema for aberto). esta entidade seria responsavel por impor todos os equilibrios dentro do Sistema e ate’ dirigir o Sistema nas suas relacoes com o mundo externo. Entao, se atua sobre o hardware, ou a material do corpo, esta entidade tem uma forsa material, e com isso deve ser composta por alguma substancia. Ela parece algo abstrato, mas estes indicios sugerem que ela tenha uma substancia. Qual seria a substancia desta entidade?

No computador a substancia do software e’ a eletricidade, penso eu. Nos sistemas naturais estou suspeitando que seja algo como um campo/sistema magnetico. A formula tambem sugere que particulas de luz – fotons – se infiltram nos eletrons dos atomos e formam uma rede de interacoes luminosa dentro dos sistemas. Como nao sabemos ainda o que tem dentro de um campo magnetico, ou que substancoia e’ a forsa daquelas linhas que se formam no magnetism, surge a possibilidade que campos magneticos nada mais sejam que as redes de fotons. E’ mais facil considerer esta hipotese quando pensamos em sistemas pequenos e complexos, porem fica dificil pensar nisso em corpos simples, que nao sao sistemas, e em sistemas ou corpos astronomicos como o campo magnetico da Terra. Mas ‘e o que temos a pesquisar por ora… Se isto for verdade, a teoria exposta no website copiado acima esta’ proxima da verdade.

Pesquisa:

  • Digitar heliobiology no Google que aparece os outros campos de estudo nessa area.
  • xxxx

https://www.newscientist.com/article/dn13769-does-the-earths-magnetic-field-cause-suicides/

Environmental cue?

“The most plausible explanation for the association between geomagnetic activity and depression and suicide is that geomagnetic storms can desynchronise circadian rhythms and melatonin production,” says Kelly Posner, a psychiatrist at Columbia University in the US.

The pineal gland, which regulates circadian rhythm and melatonin production, is sensitive to magnetic fields. “The circadian regulatory system depends upon repeated environmental cues to [synchronise] internal clocks,” says Posner. “Magnetic fields may be one of these environmental cues.”

Geomagnetic storms could disrupt body clocks, precipitating seasonal affective disorder and therefore increase suicide risk, Posner told New Scientist.

There seems little doubt that the brain responds to electromagnetic fields – coils that generate electromagnetic fields can trigger muscular twitches when placed over a person’s skull.

However, Shumilov, who was presenting his data at the European Geoscience Union (EGU) annual meeting in Vienna, Austria, last week, does not believe geomagnetic activity influences everyone equally.

xxxx

 

Ilusao de Optica? Onde Pisamos e’ Piso, Teto, ou Parede?

quarta-feira, abril 19th, 2017

xxxx

Postado no meu Facebook (19/04/2017):

Quer fundir a cuca comigo? Vou te provar que o que voce chama de “piso”, na verdade tambem e’ o teto e e’ uma parede. Vale uma cerveja? Entao vamos la…

Estou morando no primeiro andar de um predio. Significa isto que estou em baixo do predio, certo? Certo. E que a Terra esta ainda mais embaixo de mim? Certo?

Depende. Isto so e’ valido quando o Japao – no outro lado da Terra – esta’ ainda mais embaixo de mim. Mas quando o Japao esta’ em cima da Terra, a Terra esta em cima de mim e eu estou em cima do predio, no ultimo andar.
Alem disso, quando o Japao esta embaixo de mim, esta laje de concreto onde piso chama-se piso. Mas quando a Terra vira, e eu fico embaixo dela, esta laje vai estar acima de mim. Ai nao posso chamar a laje de piso porque na realidade esta acima de mim, e’ o teto.

Mas quando a Terra esta’ a meio prumo, e o Japao do outro lado, eu nao estou nem em cima dela nem embaixo, entao estou ao lado dela. Nestes momentos esta laje nao e’ nem teto, nem piso, e’ a parede lateral entre minha casa e a Terra.
Agora, pague a cerveja.

( Estas desconcertantes porem reais observacoes me ocorrem devido ao meu esforco em desconstruir esta milenar cultura humana para poder-mos assimilar a verdadeira visao do mundo. Os poderosos que criaram e alimentam esta cultura sempre mentiram para nos, sempre nos enfiaram interpretacoes erradas da realidade. E’ como o caso de dizermos que nosso coracao esta do lado direito, temos uma mao esquerda outra direita, etc. Direita ou esquerda em relacao a qual ponto de referencia, se o planeta e’ redondo e esta sempre dando voltas em si mesmo ou em torno do Sol? Se o oeste vai para o lugar do leste e o sul vai para o lugar do norte?
Outro grande erro e’ separar os sistemas biologicos dizendo que sao “vivos” dos sistemas astronomicos e atomicos dizendo que sao “nao-vivos”, ou inanimados. Ora eles sao nossos ancestrais e todo Sistema tem movimento interno, metabolismo, nasce cresce e morre, sao animados, estao tao vivos como nos.
Por isso os condicionados por essa cultura sao incapazes de aceitar o que e’ puramente racional: atomos e galaxias tambem tem seu DNA… como todos nossos ancestrais.
Esta tudo errado, nosso mundo mental conceptual e’ o mundo da ilusao, irreal. E porque te enganaram, nao e’ culpa sua, vou perdoar a cerveja por ora…
Esta tudo tao errado nas nossas cabecas que eu escrevo estas coisas me achando o unico mais esperto homem do mundo. Ora, quando voce descobre estas coisas, sua mente vira um rebulico, bem pior do que a mente do caipira do interior que tem sua mente em paz acreditando em tudo errado. Ja disse o profeta que o inferno foi feito para quem se faz estas perguntas e encontra respostas. Entao nao sou o mais esperto e sim o burro que cava o inferno para mim mesmo. Raios… desmanche tudo o que escrevi acima e continue acreditando que a laje de cimento que chamamos de “piso” esta’ sempre embaixo de voce. Por meu lado, quero continuar com amente em paz acreditando no que todos acreditam, mas para isso, quando e’ de dia fico de pe’ e quando vem a noite viro de ponta cabeca plantando bananeira para ficar de acordo com as definicoes humanas.)

Formacao e Evolucao do Campo Magnetico da Terra

domingo, março 12th, 2017

xxxx

Earth’s ancient magnetic field was significantly different than present day field, new work suggests

http://nashuavoice.us/content/57477-earths-ancient-magnetic-field-was-significantly-different-present

Submitted by Jeanne Rife on Mon, 06/27/2016 – 22:51

Earth's ancient magnetic field was significantly different than present day field, new work suggests

Origens da Água na Terra: Novas Descobertas Sao mais Evidencias para a Teoria da Matrix/DNA

domingo, janeiro 29th, 2017

xxxx

 

Os caras estão mais perdidos que cego em tiroteio, e como nos, da Matrix/DNA, continuamos acertando todas nossas previsões, estaríamos rindo de segurar a barriga, porém, estamos furiosos por estarem prejudicando a evolução mental da humanidade.

Para entender-mos a nossa existência neste planeta precisamos entender a existência do planeta, seu lugar no contexto do Cosmos. Mas para este entendimento precisamos de informações, e informações sobre coisas tao distantes dos nossos limitados cinco sensores cerebrais, são difíceis, exigem muita investigação, cientifica.Enquanto não acha soluções para fenômenos e eventos naturais distantes da nossa percepção, os humanos inventam misticas, fantasias, pois a humanidade esta’ na sua infância coletiva a qual imita a infância imaginativa e magica individual, de toda criança. Assim surgem as invenções de deuses… e de gerações espontâneas, ao acaso, de fenômenos sólidos concretos, como é o nosso planeta.

Infelizmente esta infância mental inventa suas fantasias e elas dominam a educação escolar até nossas universidades modernas. Ali é ensinado que nosso planeta se formou quando uma nebulosa de gás e poeira formou o Sol e da sobra desse material surgiu a Terra… tudo muitíssimo simples, espontâneo, ao acaso. Por outro lado, nos, da Matrix/DNA tivemos que trabalhar dia e noite arduamente por 30 anos investigando as origens e formação deste planeta, e chegamos a uma teoria totalmente diferente e muito, muitíssimo complexa. Ora, o principal motivo nesta brutal diferença dos resultados finais, é que eles começaram seus cálculos a partir de outra teoria nas origens do Universo – o Big Bang – e continuando a calcular os passos evolucionários seguintes desta ” grande explosão”, chegaram a tal nebulosa de gaz e poeira e com ela tiveram que calcular como nela surgiria um planeta. Enquanto por nosso lado, primeiro observamos o planeta aqui e agora, tudo o que ele produziu, inclusive e principalmente a vida biológica, e juntando todas as forças e elementos da vida mais o que se sabe de fato concreto do Cosmos, descemos do futuro em relacao ao passado para chegar ao estado do mundo que produziu este planeta. Nos começamos do presente e não do passado remoto porque apenas sabemos com alguma certeza o que existe no presente. A incrível complexidade dos produtos deste planeta não poderia deixar ninguém, em sã consciência e racionalidade, acreditar que o mundo que o fez e o método com que o fez tenham sido de tanta simplicidade.

Bem,… a bom tempo, desde que se começou a fabricar instrumentos que funcionam como extensões dos nossos sentidos para perceber os invisíveis micro e macrocosmos, eles vem levando cacetadas atras de cacetadas, a cada dia que um Hubble da vida passeando nas fronteiras do nosso sistema manda uma imagem do Cosmos. As imagens não batem com seu modelo teórico, mas apesar de tantas cacetadas, ao invés de recalcularem o modelo e procurar outro, ficam remendando-o fazendo da teoria uma colcha de retalhos já impossível de sustentar-se. Enquanto isso, a nossa voz miúda que não alcança as universidades, continua anunciando como cada imagem esta batendo com nosso modelo. Ate quando imagens começarem a negar nosso modelo, mas ai não teremos problema nenhum em abandona-lo ou reforma-lo a luz das novas informações.

Um dos maiores problemas que se apresentou a teoria acadêmica trata da existência da água neste planeta. Se ele foi formada como sobra do Sol, no meio de uma nuvem de gaz e poeira, como surgiu esta imensa quantidade de água que é maior que o volume de todos os continentes juntos?! Apenas isso seria fato suficiente para desacreditar-mos de nosso modelo e partir para buscar onde erramos. Mas não. O ego, o presente status social, as privilegiadas condições sociais em que acomodaram suas vidas, jamais os permitira sequer pensar que teriam de chegar aos estudantes e mandarem esquecer tudo o que ensinaram, jogar os textos do curriculum escolar no lixo, e terem que reaprender tudo de novo, depois de terem atingido a meia-idade… Imagine se Platão chegasse um dia a seus discípulos e dissesse que descobriu que seus ensinamentos sobre geração espontânea da vida estava toda errada… Ele cairia no descredito imediatamente, estaria morto e hoje ninguém ouviria seu nome.

E quando nos debates pergunto a um especialista… ” E a água?” ele fica irritado e responde algo que poderia ser traduzido assim: ” Eu gosto, só como farofa, não suporto comer mingau. Então não venha botar água na minha farofa transformando-a em mingau que eu prefiro morrer do que comer mingau.” E se agarra a sua farofa protegendo-a com unhas e dentes. Mas… e a água?

O nosso modelo de formação da Terra não tem nenhum problema com a água, alias, obrigatoriamente ela tem que existir, segundo o modelo. Por que os nossos planetas não foram formados como sobra de estrelas – ao contrario, eles carregam o germe de uma estrela em seus núcleos. Não foi formada numa nebulosa de gaz e poeira apenas, havia muitos outros elementos e forças. E ele veio de longe, tao longe que atravessou nebulosas de poeira congelada, a qual se agregou a sua superficie, e quando caiu na orbita de uma estrela quente, o gelo simplesmente derreteu, formando os oceanos que quase cobrem toda a superficie. A água esta do nosso lado, como mais uma evidencia arrolada a favor do nosso modelo.

Mas,… se qualquer extraterrestre racional iria ficar horrorizado ao ouvir falar que gás e poeira ao redor de uma estrela quente gera água, os nossos acadêmicos, e gerações mais gerações de estudantes, engole a absurda proposta sem qualquer raciocínio. Não é de se surpreender, se estes mesmos acadêmicos e estudantes elegeram a pouco como best-seller um livro que chama-se ” O Tudo Veio do Nada”. Esta na moda, é a onda do momento, o que faz os que o pronunciam nas rodas de botequim como um intelectual respeitado. Porem, existem as exceções que ainda de alguma maneira conseguem manter um pouco de controle sobre suas propriedades mentais, e estes não engoliram tao fácil o absurdo. Sentiram-se incomodados, suspeitaram da “verdade cientifica”. Porem, como também estes estão com os seus neurônios compactamente configurados pela visão de mundo explosivo com seu Big Bang ao acaso, não puderam atinar com algo mais racional e remendaram a teoria com outro absurdo: a água no planeta veio de colisões com cometas que eram ricos em água… Meu Deus, tenha a santa paciência! E’ a onda do momento, quem repete isso é expert, a nata da intelectualidade mais moderna!

Acontece que,… se o cérebro humano é produto natural de matéria mole e de uma  biosfera que teve origens caóticas, portanto ainda apresentando muitos defeitos, este mesmo cérebro tentou se reproduzir tecnologicamente com matéria mais dura, na forma de computadores. Estes cérebros eletromecânicos – apesar de também serem milhões de anos-luz fora da realidade natural – não conseguem fazer tanta besteira como faz a matéria mole. E então nesta semana alguns tecnólogos produziram uma simulação computacional de como seria as origens do planeta, e, a água apareceu! La’ nos primeiros momentos da formação do planeta! Raios… mas então não existiu bombardeio pesado de cometas aguados!

Aconteceu o seguinte. Em 2014, pesquisadores japoneses testaram algumas reações químicas baseadas em hidrogênio liquido e quartzo, que é o mais comum e estável forma de sílica nesta parte do planeta, sob altas pressões e temperatura. Depois, uma equipe da University of Saskatchewan no Canada raciocinou que se estas reações ocorrem com sílica e ela esta no interior do planeta, no manto, então porque não fazer uma simulação computacional desta reação acontecendo justamente naquele lugar? Fizeram isso e descobriram surpresos que no manto a reação produz… água! Claro, é apenas simulação computacional, o mapa nunca é real como o território, mas as vezes a simulação pode se aproximar bastante do evento real.

Este material nestas temperaturas e pressão existe entre 40 a 400 quilômetros de profundidade. Então imediatamente perceberam que o nosso planeta não é apenas azul quando visto do espaço, mas é azul também de dentro para fora…

O resultado da simulação ganha mais força quando lembramos que estudos realizados nos últimos anos encontraram evidencias da existência de vários oceanos plenos de água comprimidos em rochas tao profundas quanto os 1000 quilômetros. E então o responsável pela equipe diz que “esta pesquisa sugere que a água do planeta veio de dentro,… apesar de que ninguém de nos sabe ainda exatamente como isso aconteceu”.

Bem, segundo sugere o nosso modelo de formação da Terra, o seu núcleo esférico era pequeno quando começou a crescer devido ser agregado por detritos e poeira congelada a mediada que atravessava a zona de eventos logo apos o vórtice nuclear e portanto, este gelo pode ter milhares de quilômetros de profundidade. Mas o gelo também estava na superfície quando o planeta se aproximou do Sol e seu calor começou a descongela-lo na forma de rochas e água, portanto, a água veio de dentro e de fora também.

Fica registrado o artigo ( link para o paper que originou este artigo, abaixo), como mais uma evidência a favor da Matrix/DNA Theory. E lembrando mais uma vez que não vamos entender nossa existência aqui senão entender-mos o planeta e a galaxia que nos fez dentro dela. Mas para isso a Humanidade precisa amadurecer para deixar de ter sua mente povoada de fantasias como as mentes de nossas crianças. Por isso gasto meu tempo com estes assuntos astronômicos, que não era meu proposito no inicio da minha investigação.

Apenas mais um adendo:

O artigo diz que: “Water formed in the mantle can reach the surface via multiple ways, for example, carried by magma in the form of volcanic activities.”

Sim, e chego até mesmo a suspeitar de algo estarrecedor. Essa água no interior do manto e tao próximo do núcleo efervescente, recebendo aquele imenso calor, pode estar se evaporando no inteiro do planeta e chegando na superfície, e dai para a atmosfera no estado de vapor e… não estaria ai a principal causa do famigerado efeito estufa?!

NEWScientist

27 January 2017

Planet Earth makes its own water from scratch deep in the mantle

https://www.newscientist.com/article/2119475-planet-earth-makes-its-own-water-from-scratch-deep-in-the-mantle

xxxx

paper:

http://Journal reference: Earth and Planetary Science Letters, DOI: 10.1016/j.epsl.2016.12.031

xxxx

paper dos pesquisadores japoneses:

Restricted access

Formation of SiH4 and H2O by the dissolution of quartz in H2 fluid under high pressure and temperature

http://ammin.geoscienceworld.org/content/99/7/1265

These results indicate that the chemical reaction between dissolved SiO2components and H2 fluid caused the formation of H2O and SiH4, which was contrastive to that observed in SiO2–H2O fluid. Results imply that a part of H2 is oxidized to form H2O when SiO2 components of mantle minerals dissolve in H2 fluid, even in an iron-free system.

xxxxx

meus comentarios publicados na midia:

https://www.reddit.com/r/science/comments/5qjvyv/planet_earth_makes_its_own_water_from_scratch/

Planet Earth makes its own water from scratch deep in the mantle from science

TheMatrixDNA  – 1/29/2017

Ok. The existence of water in this planet has been a puzzle only because the theory of planet formation is wrong. My astronomic model – The Matrix/DNA Theory – suggests a different process for planet’s formation and in this process, water was present at the formation as in the whole interstellar space, and still can come from within. And it does not need these elevated pressures and atmosphere

xxxx

Louis C. Morelli, New York, United States, 1/29/2017

Read more: http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-4165242/Earth-makes-water-deep-mantle.html#ixzz4X8sjUojw

A Ciencia nunca obteve material do nucleo da Terra – Teoria da Formação dos Planetas

segunda-feira, dezembro 12th, 2016

xxxx

Informacao importante para a Matrix/DNA Theory:

“People study these to figure out what’s going on at the center of the Earth,” Corrigan said. “We are never going to get samples from the core of the Earth,” — no human drilling operation has even gotten halfway through the crust to the mantle — but these are the next best thing. ( Cari Corrigan, Smithsonian geologist )

https://www.washingtonpost.com/news/speaking-of-science/wp/2016/12/07/this-hidden-smithsonian-vault-contains-the-oldest-things-in-the-solar-system/?utm_term=.7e04cca7eef9&wpisrc=nl_science&wpmm=1

 

Vídeo Para Teoria da Formação da Terra: Viagem ao Centro da Terra

quarta-feira, setembro 7th, 2016

xxxxx

 

Uma Viagem ao Centro da Terra Dublado HD

E a causa que gera o campo magnético da Terra continua desconhecida.

 

A Historia de 4,5 Bilhoes de Anos da Terra, neste Vídeo, Revela o Sentido ou Não-Sentido da Nossa Existência? Veja a resposta da Matrix/DNA

terça-feira, setembro 6th, 2016

xxxx

Vídeo inesquecível de longa duração, narrando as muitas transformações porque passou a formação do planeta Terra, da Lua, mostrando principalmente como estamos por um fio em cima de uma bola de magma incandescente e como a vida aqui se mantem de forma tao fugaz. Apesar desta historia ser ainda uma teoria – a acadêmica – e diferenciar da nossa teoria da Matrix/DNA, e’ um filme e com muitos recursos técnicos, muito interessante para ver e repetir.

https://www.youtube.com/watch?v=MPATtHrY1AM

Construindo o Planeta Terra

E meu comentário postado no video:

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – Set/06/2016

Este excelente filme narra uma teoria cuidadosamente elaborada em seculos de observações, cálculos, etc. mas existem varias falhas na teoria. A primeira ‘e isolar o calculo da formação da terra do sistema a que ela pertence, a Via Láctea. E quando observamos esta não vemos violência alguma, vemos o estado harmônico de ordem da natureza. E’ erro comum ao homem projetar o caos da sua biosfera aqui sobre seis modelos teóricos de sistemas estelares e galácticos, mas se esquecem de projetar a ordem destes sistemas para calcular esta formação do planeta.
Todas estas mudanças que parecem catastróficas sob a perspectiva humana seriam também catastróficas ao microbio assistindo as varias mudanças dos nossos corpos durante a embriogênese, de morula, a blástula, a feto, embrião. Então o que vemos aqui sugere que estas mudanças ocorreram dentro de uma especie de útero celeste, como sugere o modelo astronomico da Matrix/DNA.
Outra falha inexplicável nesta teoria e’ que esta Terra tal como a calcularam jamais teria as forças e elementos que mais tarde produziram os corpos dos primeiros seres vivos. Então estas forças e elementos caíram do céu ou foram inventadas pela primeira vez neste Universo por essa matéria bruta e estupida deste pequeno planetinha perdido na imensidão sideral? Oh,.. como’n, isto precisa de uma grande dose de ato de fé… Não seria mais logico supor que a extraordinária engenharia no processo da nossa embriogênese seja produto de um processo semelhante pelo qual passou o planeta que nos produziu?! Os materiais podem ser diferentes, o ambiente pode ser diferente, mas o significado do processo deve ser o mesmo, ou então houve magica. E isto e’ outra religião.
Mas o modelo da Matrix/DNA sugere onde estavam todas estas forças e elementos neste sistema astronomico que geraram fenômenos como metabolismo, ciclo vital, reprodução sexuada, etc. No entanto, parabéns pela qualidade técnica, pelo esforço em acertar, e pelo incentivo a nossa continua busca do conhecimento… o filme esta excelente, o conteúdo porem, não e’ um fato cientifico e nunca sera enquanto não se filmar por 4 bilhões de anos como se forma outro planeta. A falha gritante no vídeo esta em se esquecerem de avisar a toda momento que cada cena daquela ‘e uma “TEORIA”, como eu sempre aviso que a Matrix/DNA, por enquanto ‘e apenas uma teoria.

xxxxx

E outro comentário sobre o assunto:

A julgar pelo conteúdo dos comentários aqui: Assim como estes continentes emergem de oceanos, um fenômeno, uma questão, emerge na mente do humano no final do vídeo: “Qual o sentido da nossa existência?” Uma resposta o vídeo forneceu: ” Como todos estes animais que surgem e desaparecem sem sentido algum, sua existência não tem sentido algum. No próximo remexer deste planeta, sera’ sua vez e de todos seus edifícios serem enterrados.” Claro, isto suscita uma inconformidade com nosso ego, e por isso muitas alternativas fantasiosas são imaginadas e até acreditadas, para contornar essa inconformidade e nos manter a viver essa vida, a trabalhar, respeitar as leis sociais.
Mas se alcançamos o ponto de enviar veículos ao espaço e produzir computadores e a Internet, porque não somos capazes de produzir ou encontrar um habitat ou uma forma de vida cujas existências tenham ao menos uma duração mais longa, torcendo que ela nos conduza finalmente a produzir um sentido logico e aceitável, para a nossa existência?
Ao invés de Deus e todas estas outras teorias que geram fantasias para esquecer a nossa realidade, a Historia neste vídeo aponta firmemente numa direcao: o mundo é governado pelo Acaso Absoluto. Mas a Historia deste mundo é de 13,8 bilhões de anos e num espaço trilhões de vezes maior que o deste planeta e não apenas os 4,5 bilhões neste pequenino ponto perdido na imensidão cósmica. Então, que este sentido existencial extraído da Historia deste planeta pode indicar algo parecido para a Historia do mundo, é um salto temerário e confiar nele, é preciso um voto de fé, o que já sai fora do racional.
A Historia do mundo sugerida pelos meus modelos teóricos  que inclusive sugere uma diferente formação para este planeta do que esta versão no vídeo – sugere um sentido para nossa existência que apenas eu tenho defendido entre todos os humanos nascidos até hoje. A Historia deste mundo tem sido a historia das transformações e evolução, do simples para o mais complexo, de um único sistema natural. Ele surgiu como sistema atômico, evoluiu para sistema estelar, depois galáctico, depois celular e seu topo hoje aqui e agora é o sistema corpo humano. Por 13,8 bilhões de anos esse sistema e sua linhagem de herdeiros sobreviveu a todos os eventos ao acaso. E desde o primeiro átomo até o ultimo humano, todas as formas deste sistema manteve algo intimo, comum a todos, que é uma formula, a qual denomino de Matrix/DNA. Porque o nosso DNA veio dessa formula que esta’ na base da formação de cada átomo, de cada galaxia, colocando estes sistemas como nossos ancestrais tal como são as bactérias. Nos somos a primeira forma desta formula onde emerge isso que denominamos “auto-consciência”. Esta parece ser a nova forma deste sistema universal a transcender a existência humana. E quando fomos mais fundo na investigação desta formula universal, descobrimos que sua primeira aparição neste Universo foi na forma de uma onda de luz. No meu website explico como uma onda de luz é um sistema funcional em si mesmo, e se propaga pelo mesmo processo do código da vida. Por outro lado, observando como as sinapses elétricas nos pensamentos “parecem” gerar uma “nuvem luminosa dentro de um black hole”, e nesta luz ocultada ocorrem as operações da consciência, estamos apostando que a luz da origem volta no final de nossos tempos, porem, agora, auto-consciente. Ora, se eu fosse um Deus criador de um multiverso ( um mundo com uma infinidade de universos), bastaria criar essa forma de luz e lança-la a todos os cantos do espaço. Os átomos, as galaxias, os humanos, e a auto-consciência já estavam determinados a existirem por esta simples formula. Ou então, fazer tudo sem magicas, ao natural, bastando que o meu genoma fosse esta forma de luz. Assim este Universo nada mais seria do que um Ovo Cósmico onde estaria ocorrendo um processo natural genético de reprodução do ser ou da coisa desconhecida que gera universos. nesse contexto, todas estas mudanças e movimentos do planeta e da galaxia seriam as mesmas que ocorrem na placenta, ou seja, fazem parte da formação do embrião, e não são produtos do acaso, nem de outra forma de magica. E eu estou apostando mais nessa hipótese do que nas hipóteses de Deus Magico e Acaso Magico. Mas assim somos nos, cada um com sua teoria para iludir sua inconformidade com a historia da realidade que acabamos de assistir. Não se esquecendo que tambem a historia neste video é uma teoria, ainda.

Estávamos errados ao que acontece dentro do manto da Terra – diz cientistas

sexta-feira, maio 20th, 2016

xxxx

http://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/est%c3%a1vamos-completamente-errados-em-rela%c3%a7%c3%a3o-ao-que-acontece-dentro-do-manto-da-terra/ar-BBsWg2w

Nota: Observar na figura abaixo que a formula da Matrix/DNA s e manifesta abstratamente, como um template holográfico ( O núcleo terrestre e’ F1, as correntes de convecção estão nas posições das outras partes. Claro, não acredito nem vejo razão do porque a formula iria se desenvolver internamente na Terra, a não ser no seu aspecto de luz-ondas, que já esta bem obvio. Se as correntes fossem de fato um desenvolvimento da formula, significaria que o núcleo da Terra seria dividido pois seria formula mais desenvolvida, e isso não faz sentido.)

Image result for correntes de convecção

Image result for correntes de convecção

Image result for correntes de convecção

Diz o artigo:

O interior profundo do nosso planeta é um grande mistério científico. Nunca perfuramos mais do que alguns quilômetros abaixo da superfície da Terra, e assim geólogos dependem de medições indiretas e modelos para ter ideia do que acontece lá embaixo. O manto é uma camada de quase 3000 km de uma gosmas e rochas comprimidas, e a atividade convectiva dentro dele tem grande impacto na superfície da Terra.

Pela primeira vez, geólogos compilaram um mapa global dos movimentos chamados “correntes de convecção” dentro do manto da Terra. Eles descobriram que essas correntes estão se movendo até dez vezes mais rápido do que se imaginava. A descoberta pode ajudar a explicar de tudo, desde como a superfície da Terra muda com o passar do tempo à formação dos depósitos de combustíveis fósseis, além da mudança climática de longo prazo.

( para ler o artigo clicar no link acima)

Simulação mostrando que o sistema solar pode permanecer habitável mesmo depois que a Terra deixar de sê-lo reforça Teoria da Matrix/DNA

quinta-feira, maio 19th, 2016

xxxx

http://www.msn.com/pt-br/noticias/ciencia-e-tecnologia/o-sistema-solar-pode-permanecer-habit%c3%a1vel-mesmo-depois-que-a-terra-for-destru%c3%adda/ar-BBtcuWS

O sistema solar pode permanecer habitável mesmo depois que a Terra for destruída

Meus comentários e respostas já publicados no artigo:

Louis Charles Morelli · 19 – Maio – 2016

Mais um indicio de que os astros também existem com um ciclo vital igual ao corpo humano e igual a uma onda de luz, reforçando a teoria da formula Matrix/DNA para todos os sistemas naturais.

Na primeira vez que encontrar-mos vida fora da Terra vai haver uma revolução no mundo mental humano e se isto acontecer graças ao trabalho destes astrônomos, terão seu momento de gloria. E’ inteligente e louvável fornecer mais pistas para esta busca ampliando o leque de áreas pesquisadas.

As mudanças de uma estrela, segundo a teoria da Matrix/DNA, muda sua radiação magnética as quais funcionam no espaço como as ondas circulares que surgem e se movem para a frente, como vemos na agua. Ao avançar, cada nova onda traz as propriedades da onda anterior e absorve os elementos que estavam no espaço imediato, aumentando o nível de complexidade. Se a vida numa onda também evolui em complexidade, ela terá a capacidade para emigrar a uma nova onda seguindo os demais elementos, e de fato necessitara’ de um novo ambiente mais complexo para sobreviver e evoluir. Porem,… a Terra pode nunca ser destruída.

Este fenômeno do ciclo vital que muda as formas de um corpo e’ observado na onda de luz natural quando ela avança mudando suas frequências/vibrações, cuja sequencia e’ igual a evolução da energia num corpo humano ao longo de sua vida. Isto sugere que cada planeta – também sob ciclo vital – se localiza  na faixa da onda magnética solar que corresponda ao seu estado de frequencia/vibração e isto sugere que também os planetas vao se afastarem do Sol. Entao talvez uma forma de vida aqui não precise emigrar pois o planeta ao invés de ser destruído emigraria adquirindo as novas características ideais para a vida, a qual também muda e também vai requerer novas propriedades.

xxxx

William Silva ·

O que é estranho seria como os astronomos fizeram esse calculo, desprezando os planetas gigantes gasosos na qual essas luas estão a orbitando, O campo magneticos e a emissão de radiações desses planetas é colossal e a temperatura quente no nucleo desses satelites se dá pela friçcão desse magnetismo, outra coisa a considerar se o sol se tornar uma gigante vermelha, esses planetas gasosos vão se tornar mais quente a medida que avança a zona habitável, esses cientistas calcularam por acaso se haveria alguma reação, já que esses planetas gigantes gasosos são como proto estrelas que so não viraram estrelas devido a massa suficiente
Louis Charles Morelli ·

Trabalha na empresa Self employed
Muito bem lembrado, Willian, e apesar de ser filosofo e nao astronomo, senti no ar o mesmo problema. Se uma parte de um sistema muda ( no cao o Sol), todas as outras partes do sistema devem mudar. Para astronomos, eles nao estao cometendo falha alguma porque tiveram seus cerebros hard-wired por uma visao de mundo elaborada pelo metodo cientifico reducionista em detrimento do metodo sistemico. O esquentamento do Sol vai esquentar os satelites de Jupiter… e param por ai, esquecendo-se que existe uma forte possibilidade de Jupiter afastar-se do Sol e tais satelites continuarem na mesma temperatura. Pensar que o crescimento do Sol nao implica no crescimento do sistema inteiro e’ pensar que o figado pode crescer num feto enquanto todas as outras partes nao…