Posts Tagged ‘Universo’

Termodinamica: A Segunda Lei Obedecida Pela Matrix/DNA Formula

quarta-feira, março 15th, 2017

xxxx

Muito se debate a respeito da questão de que seres vivos não obedecem a segunda lei da termodinâmica.

A Segunda lei da Termodinâmica estabelece que, num sistema fechado, nenhum processo ocorre que aumente a rede de organização ( ou diminui a rede de entropia) do sistema.

A minha formula de sistema total, completo, funcional, isolado, fechado em si mesmo, apresenta a mesma lei. Vejamos:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Para que aumente o nível de organização de um sistema – o que implicaria em aumento de complexidade, evolução – é necessário nova informação, no sentido de que informação seja qualquer novo elemento com forma e função inexistentes antes. Como nada cria informação do nada, e o sistema e’ fechado, não realizando trocas de nenhuma especie com o mundo externo, nenhuma nova informação ira’ surgir dentro deste sistema.

Também a entropia, uma vez iniciada, não teria mais como o sistema estanca-la. No sistema fechado da Matrix/DNA a entropia tem inicio quando partículas saem fora do circuito de informação/energia, indo para o interior em direcao ao núcleo. Isto significa que na próxima rodada do circuito o sistema não mais sera’ de tanta perfeição como nas rodadas anteriores, e o aumento destas partículas desviadas acaba desmanchando o sistema.

A Ciência Academica Oficial não tem a formula natural universal para sistemas naturais, por isso faz grande confusão entre sistemas, processos e partes ativas ou desativadas despregadas de sistemas. Por exemplo, vejamos um texto onde essa falha produz erros conceituais:

” Devido a segunda lei da termodinâmica, o Universo tomado como um todo esta inevitavelmente movendo-se na direcao do estado de completo caos e acaso, sem qualquer ordem, padrão, ou beleza. Este destino foi popularizado no seculo 19 como a “morte quente” do Universo”.

Ora, não existe nenhuma prova de que o Universo constitua um sistema. Onde esta’ o núcleo? Quais são as partes funcionais e como funcionam? Como estão conectadas?

Conforme a Matrix/DNA o Universo deve ser uma massa de sistemas – as galaxias, ou conglomerados de aglomerados de galaxias – mas não um sistema, mesmo porque, sua função como reprodutor genético lhe da’ mais a forma disforme e função de placenta. Mas sem a formula da Matrix/DNA realmente muito se confunde sobre o que realmente são sistemas naturais.

Então o falho conhecimento sobre sistemas causa esse tipo de desentendimento, por exemplo, entre a vida e a teoria termodinâmica, ou mais exatamente entre os conceitos biológicos e as rígidas leis da Física. Vejamos:

Quando a entropia teve inicio num sistema astronomico, mais preferivelmente um sistema galáctico, ela se inicia na periferia e seus produzidos radicais livres são colapsados para o interior, já que do sistema fechado nada escapa. Estes bits-informação podem se encontrarem na superfície de um planeta na mesma época e causarem o caos entre si pois bits distantes uns dos outros no sistema não se reconhecem e não possuem a tendencia para se conectarem. Disputam espaço, energia, etc. Mas quando bits que foram vizinhos no circuito do sistema se encontram, se reconhecem e se reagrupam tentando reconstruir o sistema para o qual foram modelados. Tudo acontece normalmente como meteoritos no espaço são atraídos para astros e não para gazes.

Este caos inicial produz a continuidade do aumento da entropia, já que o sistema esta’ se enfraquecendo e mais partículas se desviam do circuito. Eu diria mesmo – e isto me ocorreu apenas agora – que, desde que o Sol esta sob entropia, perdendo sua energia, o sistema solar tende a desaparecer pela entropia. ( mas se a formação do sistema se deu pelo primeiro método original, os planetas ainda ativados vão sair antes do sistema, na forma de estrelas, ou novos sois).

O sistema esta’ morrendo, a operação automática de auto-reciclagem vai parar de funcionar, mas na verdade ele não esta’ desaparecendo, e sim, se transformando. Pois os bits reagrupados vão re-ergue-lo, dentro de seu próprio corpo, porem, devidos as abruptas mutações devido a gênese diferente de sistema fechado para sistema aberto, o sistema se transforma de astronômico em biológico. Então a entropia produz o caos, mas no caos ocorre a mutação, transformação e reordenação do estado de ordem. Este é outro detalhe que a Ciência Oficial e a teoria da termodinâmica não alcançaram ainda.

Universo Antes da Origem – Teoria Academica Oficial

domingo, março 5th, 2017

xxxx

http://www.bertolo.pro.br/fisica_cosmologia/Cosmologia/Cosmology/before_the_beginning.htm

Antes do Comeco

Diferenca entre Luz e Radiacao: Desacoplamento da Materia da Radiacao

domingo, março 5th, 2017

xxxxx

Qual a diferença entre Luz ( pela definição da MatrixDNA) e radiação e espectro eletromagnético? Qual a diferença entre o estado inicial da luz no Universo visto pela teoria acadêmica e pela teoria da MatrixDNA? O texto a seguir lança alguma luz na questão:

Texto lido em ( seguindo o texto vem nosso estudo e conclusão):

http://www.bertolo.pro.br/fisica_cosmologia/Cosmologia/Cosmology/decoupling.htm

Era do Desacoplamento

Em todos os instantes iniciais, antes de cerca de 105 anos, a formação dos átomos foi sufocada pelas colisões energéticas de partículas com outras partículas. Para o elétron instalar-se numa vizinhança, grande o suficiente, de um próton, para as forças eletromagnéticas os ligarem, um certo período de paz relativa teve que ser estabelecido. O universo inicial foi, porém, algo mais calmo. As partículas eletricamente carregadas (principalmente prótons e elétrons) fortemente interagiram com radiação altamente energética (fótons) de tal um modo que nenhuma estrutura eletricamente neutra (tais como átomos) fosse capaz de existir. Quando a matéria estiver em um estado eletricamente carregado como este, é dita estar num estado de plasma. Daí a analogia do universo inicial com uma festa selvagem que tem sido usada para a época muito inicial do universo, a “festa” ainda continua a plena velocidade neste momento. Fique tranqüilo, as “fações anti-sociais” como os neutrinos já se foram, e as partículas exóticas, como os quarks, tem sido subjulgados em outras partículas, como os elétrons e prótons, e os fótons “social butterfly” ainda estão tendo um tempo selvagem juntos. Porém, é inevitável que as partículas eventualmente se ligarão eletricamente, pois o universo continua a se expandir. Esta expansão significa que as partículas se esfriam, o que é igual a dizer que a energia cinética que elas previamente tiveram das colisões com outras partículas, começa a se encolher. Aí entra um ponto, quando o fluxo de colisões não é grande o suficiente para prevenir a ligação elétrica. Finalmente são formados átomos estáveis. Estes átomos são os átomos mais simples desde que só os núcleos mais simples tiveram chance de serem formados no universo inicial. Conseqüentemente, o átomo mais abundante é o átomo de Hidrogênio. A maioria do universo seria Hidrogênio atômico (aproximadamente 75%). O resto seria principalmente Hélio

Os fótons que adoram interagir com partículas carregadas por espalhamento delas, têm agora que competir com estruturas atômicas eletricamente neutras. O número de fóton espalhando cai. Uma multidão de fótons, de repente nada tem a fazer. A festa finalmente terminou. Os fótones fluem fora passado os átomos recentemente formados. É dito agora que o universo é transparente a fótones. Este período, entre 1/10 de um milhão de anos e um milhão de anos após o big bang, veio ser chamado de ERA DO DESACOPLAMENTO pois os fótons desacoplam das partículas carregadas durante este período. Eles seguem adiante os “passos” dos neutrinos que fluiram para fora anteriormente,  somente 1 segundo após o big bang. A era anterior a este tempo de desacoplamento às vezes é chamada de ERA DOMINADA PELA RADIAÇÃO, pois a radiação foi tão crucial ao desenvolvimento deste estágio mais primitivo. A radiação destes instantes mais primitivos era a principal forma de energia. A matéria era a princípio quase inexistente e somente gradualmente tornou-se significante quando o número de partículas elementares foram produzidas do instante posterior a Era Inflacionária em diante. Quando os fótons desacoplaram, o último controle significante que radiação teve sobre a matéria diminuiu. Conseqüentemente, depois que este tempo de desacoplamento a era é chamada de ERA DOMINADA PELA MATÉRIA.

Fig 1: Desacoplamento da Materia e Radiacao – Big Bang Theory ( verde significa a era inicial de plasma de hidrogenio. Amarelo sinifica a formacao do primeiro atomo, de hidrogenio).

 

Os fótons que são libertados constituem uma nuvem de radiação que cobre o universo inteiro. Considerando que o  universo está principalmente vazio, não há nada que capturaria todos estes fótons. Conseqüentemente, eles ainda deveriam estar hoje ao redor. Além disso, desde que o big bang aconteceu em todos lugares, que estes fótons deveriam estar em todos lugares. Esta é uma predição da teoria do Big Bang.

Matrix: E esta teoria de que os fótons do Big Bang devem estar em todos os lugares ainda hoje seria a causa da radiação de fundo cósmica. Eles seriam a radiação. A radiação que segue este tipo de curva foi observada como vinda de todas as direções do espaço em 1965, nos Bell Laboratories Estados Unidos, por Arno Penzias e Robert Wilson.

xxxxx

” … Após a temperatura ter atingido níveis mais baixos, aproximadamente 3000 K, a Nucleossíntese Primordial cessou, pois, não mais existia calor suficiente para prosseguir com as reações de formação de novos elementos

Neste momento, o Universo tornou-se transparente à radiação. Este processo é conhecido como desacoplamento da matéria e da radiação (figura 1)

Nesta fase, com o decrescimento da temperatura a níveis cada vez menores, prótons puderam combinar com elétrons livres para formar o primeiro átomo, o átomo de Deutério. E, tendo o átomo de Deutério grande instabilidade, pares destes átomos puderam se unir formando uma molécula de Hidrogênio,H2.  2

A partir desta época, a matéria estava livre para se condensar. Agora, a matéria passa a dominar o panorama. O que antes era domínio da radiação passa a ser domínio dos átomos e moléculas e a gravidade reivindica o seu poder.

A gravidade, atraindo a matéria para regiões mais densas que outras da vizinhança durante milhões de anos, provocou a formação de grandes nuvens moleculares de onde serão formadas as estrelas e da reunião das estrelas, galáxias.

xxxx

Analise da MatrixDNA:

Primeiro, o conhecimento agora de que a teoria sugere ter havido nas origens do universo uma separação entre matéria e radiação ( que seria luz para Matrix) incita uma suspeita inquietante e muito profunda. Houve um conflito da matéria ou da formula da Matrix quando o sistema astronomico se formou como sistema fechado, cortando relações com o resto do mundo. Então seria o segundo conflito. Isto sugere a inquietante possibilidade de que neste universo existe duas entidades opostas, sempre se defrontando. E como estas substancias destas duas identidades vieram de antes do Big Bang, então parece que o conflito vem do alem do universo. E seriamos nos uma destas duas entidades ou um terceiro elemento que fica pagando o pato nestas guerras? Tenho que tentar esquecer esta suspeita, de entidades em conflito ( deuses e demônios?!), pois nunca poderia resolver isto.

Segundo, estes fótons seriam os bits-informação genéticos escapados da formula da Matrix na onda de luz primordial. Ou seriam os fótons negativos, escuros, do reino da energia negra e dark matter, que estão retornando, recompondo a luz, tendo como meta retornar a fonte da luz? Novamente sinto que estou saindo fora do aqui e agora pratico, vamos esquecer isto…

 

Mensagem da Matrix/DNA: Nao se Reduza a Um Ponto, Nem se Dissipe Como Uma Nuvem, Mantenha-se Sempre no Centro

quarta-feira, fevereiro 1st, 2017

xxxx

Descobri isso agora pensando num funcionário com quem fizemos um trabalho a pouco.
Existem dois tipos de pessoas em relacao a mente. Uma e’ uma espiral que começa com um ponto no cérebro e a espiral tende a se expandir no ambiente externo até se desmanchar. O outro tipo e’ exatamente a espiral em sentido oposto que começa de uma nuvem rotativa no ambiente externo e a espiral vai se colapsando ate se tornar um ponto no cérebro. Saber isto pode ser muito útil quando estamos numa situação qualquer como a do trabalho que acabamos de fazer, ou no relacionamento com alguém do sexo oposto. Eu e o funcionário somos exatamente os opostos… então entendi o comportamento dele mas como ele não sabe disso, não entendeu e sentiu-se desconfortável com o meu.
 
Alias, este aspecto da nossa existência é muito importante, está’ a afetar-nos muito mais do que imaginamos. Pois tudo o que apareceu neste nosso Universo veio em dose dupla, a famosa dicotomia, a dualidade dos opostos. Se existe o calor tem que existir o frio, se existe o masculino tem que existir o feminino, e assim por diante. E de tudo o que apareceu nesta Natureza universal, só permaneceram existindo aquelas dualidades que se fundiram depois de se guerrearem, e na fusão, alcançaram o ponto do equilíbrio, ou do meio termo, quando então os dois tornados um produziram um terceiro, que veio mais evoluído que os dois anteriores.
Então aprendemos que em nenhum aspecto do dualismo será inteligente ser extremista, manter sua tendência oposta ao seu par que unicamente e’ um inimigo,um competidor, querendo ser seu dominante. Pela herança da sua natureza, que vem de um lado dualista desde as origens do Universo, o homem tende a ser a espiral que começa como uma nuvem fora do cérebro, a qual se torna o estímulo de um pensamento que vai se colapsando, entrando no corpo todo, até, como dizemos, focar sua atenção exclusivamente no seu umbigo. E pela tendência natural oposta, a mulher tende a começar focalizada no seu umbigo e dai a espiral se expande saindo do corpo, revolvendo o ambiente imediato ao redor, e dependendo da sua evolução mental, ela pode continuar se expandindo no mundo externo, até o caso raro onde as mulheres dirigem sua atenção para o macro e o microcosmo – que são as realidades mais distantes dos nossos cinco sentidos – e onde começa a filosofia. Uma prova disso esta no inicio da civilização, quando o homem assumiu o comportamento de ser caçador, guerreiro se aventurando longe da casa de onde sai, enquanto a mulher assumiu o comportamento de se fixar dentro da casa e desejar transforma-la no seu paraíso. Mas claro, esta espiral se relaciona com outra, que pertence `a dualidade “tendência a evoluir- tendência a se acomodar”, a qual ainda depende das condições materiais de nascimento das pessoas, por isso, existem homens com sua espiral normal tendente a extroverter-se menor que algumas mulheres com sua espiral tendente a introverter-se.
Eu disse acima ” desde as origens do Universo” porque é assim que no espaço inicialmente vazio, contendo apenas a substancia inerte espacial, deste nosso mundo, surge as fantasmas e semi-material manifestações. Elas surgem pipocando por todos os lados, dividias em dois grupos. Um grupo surge como um pequeno ponto cresce se enchendo de energia, espiralizando-se como que dentro de uma bolha, e cresce ate estourar, por excesso de energia; o outro grupo exatamente igual na forma (que da origem ao fenótipo genético) do primeiro, mas com sentido e tendencia exatamente oposta, surge da nuvem energizada do estouro da primeira e rotativamente vai se colapsando formando uma espiral como que dentro de uma bolha, perdendo energia, reduzindo-se ate desaparecer na forma de um ponto.
 
Este e’ o grande segredo dentro dos núcleos dos átomos, os tijolinhos fundamentais de toda a matéria existente. Quem descobriu foi o físico japonês Hideki Yukawa, que ganhou o Premio Nobel. Chama-se “a cola nuclear”, ou “força forte” que liga prótons a nêutrons. O próton esta’ cheio de energia, e o nêutron nada tem de energia. Então o próton irradia sua energia na forma de um sinal/partícula denominado píon, na direcao do neutro. O próton vai esvaziando e o nêutron vai se enchendo. Então os dois iriam morrer porque o nêutron iria explodir por excesso de energia e o próton iria implodir pela falta. Mas quando passa do meio da quantidade de energia – quando o próton se tornou nêutron e o nêutron se tornou próton – antes que explodam o agora próton passa a devolver a energia ao agora nêutron. E assim se acasalam, formando uma especie de gangorra em equilíbrio eterno, e gracas a esta gangorra nos existimos. Tanto que se conseguíssemos introduzir uma lamina entre todos os prótons e nêutrons do mundo material, o Universo imediatamente desapareceria tornando-se uma nuvem de luz!
 
Prótons e nêutrons formaram um casal, um par de sócios, e por isso conseguiram viver mais que os 17 bilionésimos de segundo que viviam como espiral e firmaram sua existência. Desta união surgiram os elétrons, então formou-se a primeira ancestral de nossas famílias que temos hoje: no lar nuclear, dentro da casa, esta o casal tranquilo ligados eternamente, e la’ fora, no quintal, nas sete orbitas eletrônicas, brincam as crianças,, quer dizer, os elétrons peraltas, que não param de correr.
 
Torna-se para os humanos um problema muito serio esta diferença de tendencia dos opostos, pois dai nascem todos os nossos conflitos mútuos. Surge a dualidade predador/presa, comunista/capitalista, a deísta/ateísta, a machista/feminista, etc. Mas sempre foi assim quando a Natureza criou uma nova forma de sistema, seja o atômico, o astronomico, o biológico vital, etc. No principio é o caos gerado por estes conflitos entre opostos. Uma guerra entre dominantes e dominados que vão se alternando nestas posições, Se esta guerra continua por muito tempo enquanto outras condições do ambiente a volta vão mudando, o par entre conflito pode perecer para sempre. O mundo devia ser metade anti-matéria, os cientistas estão procurando ela em todos os cantos, mas ela sumiu. E possível que tenha sido uma dualidade que nunca conseguiu se fundir. Mas se os opostos começam a se entenderem, a se aproximarem sem violências, tem inicio o fluxo da ordem que se projeta no ambiente a volta gerando um pequeno paraíso para os dois.
 
A espiral (ou bolha, como queira) que tende a se extroverter, tende a se expandir até não mais conseguir se manter estruturada e assim se dissipa. E chamado de sistema aberto. A outra espiral tende a ser um ponto cada vez mais minusculo até desaparecer. Era um sistema fechado em si mesmo. As duas tendem ao egocentrismo, ao egoismo, ao extremo. Assim é o predador, o leão, sistema aberto, e a presa, a ovelha, sistema fechado. A sabedoria consiste em exorcizar esta tendencia extremista nos dois casos. Um tem 50% das verdades do mundo e 50% das mentiras, o outro, vive-versa. Então a sabedoria esta’ nos dois cederem-se naqueles 50% que estão errados, aceitando e absorvendo do outro os seus 50% do certo. Quem age com essa sabedoria e’ o tolerante, o paciente, o sociável; quem teima em manter seu caráter herdado natural rígido sera sempre o extremista, o fundamentalista.
 
E todos estes vão para sua extinção, como foram os dinossauros, os leões reis dos continentes, as baleias rainhas dos mares, as águias rainhas dos ares, e pode ir a humanidade, rainha da modernidade…
Nunca se una nem a comunistas nem a capitalistas, são causas perdidas, assim determina as leis naturais. Não se una a deístas nem ateístas. Se existe Deus não vai Lhe interessar que o fique adorando, mas sim que sejas um braço aberto para abracar e ajudar Seus outros filhos…

Evidencia de Influencia de Universos Paralelos Sobre Nosso Universo

sábado, janeiro 7th, 2017

xxxx

Humanos são quase cegos e insensíveis. Qualquer objeto natural neste nosso mundo – seja uma pedra, a lua, um corpo humano – contem em si as substancias de sete universos paralelos, porem nos apenas captamos nestes objetos uma dimensão, um universo. Para entender isso sera’ melhor observar a figura do espectro eletromagnético abaixo.

Nos vemos apenas o que uma faixa de onda da radiação cósmica (a qual denominamos de luz e produz sete tipos diferentes de energia) nos revela, e sentimos apenas esta faixa dos objetos quando os pegamos com nossas mãos. Não é difícil entender isto se lembrar-mos que a Física descobriu que no minimo 95% do nosso sistema solar é vazio, apenas 5% e’ matéria tal como a captamos. Estes 95% de espaço vazio esta’ sendo suspeito de conter massa e energia escura ( segundo nossa perspectiva de quase cegos). Mas o sistema solar é uma especie de edifício que tem como tijolinhos fundamentais os átomos. Novamente quando se observa um átomo, ele aparece no minimo 95% vazio, sendo apenas cinco por cento constituído de matéria na forma de partículas. Acontece que quando vemos mais a fundo estas partículas (prótons, elétrons, neutrons) novamente volta o nosso pesadelo: elas são apenas 5% constituídas de partículas menores, os quarks, fermions, léptons. E quando vamos ver estas…

Enfim, o nosso mundo se resume, se reduz ao vazio. Parece que a matéria que percebemos de fato não existe, ela seria criacao da nossa visão e nossos outros sentidos sensoriais. Isto porque nossa visão e nossos sentidos são feitos com esse mesmo tipo de matéria. Então também nossa visão e nossos sentidos não existiria, … sobrando então apenas a mente, ou alma, como queiram chamar isso. Todas estas sete dimensões, ou universos, seriam construídos pelos fótons que resultam no final da propagação de uma onda (observe na figura abaixo a faixa F7, na extrema margem `a esquerda, quando o espectro da onda se decompõem em fótons), cujos fótons caem dispersos na substancia espacial e tentam desesperadamente retornarem a se comporem como uma unica onda e assim fazem o caminho reverso da onda, começando por construir o universo de F6, depois o de F5, etc, até chegar a fonte, que deve ser extra-universal, antes e alem do nosso Big Bang. Nesta situação estes fótons seriam escuros e negativos, contrastando com os luminosos e positivos que vinham na onda. Voltando a fonte significa que o filho prodigo perdido e vivendo no chiqueiro faz o caminho de retorno `a casa de seus pais… metaforicamente falando.

Eu descobri esta analogia com o mito cristão ( e as religiões orientais dizem mais ou menos a mesma coisa) quando botei os dois baloes de Yukawa nas origens do nosso Universo a rolarem num gráfico cartesiano ao sabor do tempo e do espaço mas dirigidos pelo mecanismo da evolução cosmológica. Os baloes se tornaram átomos, depois galaxias, etc., ate chegarem a forma de autoconsciência, mas neste ponto, o final da historia chega ao mesmo ponto de sua partida, mostrando que foi uma historia vazia, como e’ o nosso universo ( o gráfico chama-se ” Do Big bang ao Big Birth” foi feito na selva a 30 anos atras e não me lembro se o trouxe para este website ou se ainda esta no fundo de alguma gaveta esquecido. Ou se foi perdido na selva naquela vez que estava atravessando um igarapé quando notamos que tinha aqueles jacarés gigantes na água – o jacaré-acanga – e tive que jogar longe na água a pesada mochila para poder correr e me salvar. Perdi muitos desenhos e cálculos para conhecer o mundo em nome de salvar minha vida, uai! … Eu nunca concordei com a ideia de ter vindo ao mundo para ser apenas um almoço de jacaré).

No final o gráfico mostrou que a forma do nosso universo é a forma do DNA. Então percebi que meus neurônios – que foram realmente quem estava fazendo a experiencia – se auto-projetaram na pesquisa e assim, antropomorficamente, viram o universo a sua imagem e semelhança. Guiado por outra cosmovisão, Einstein morreu acreditando que o universo teria a forma cilíndrica. Bem, cilíndrico é a aparência de um filamento do DNA visto a distancia, então, de alguma forma, Einstein também não conseguiu evitar o danado do antropomorfismo, projetando a realidade humana, o próprio umbigo, como sendo a fonte de onde se projetaria a realidade do mundo. Dando prosseguimento ao vicio dos autores da Bíblia que se viram na face de seu criador. Então cheguei a conclusão que o Universo é relativo, ou seja, ele pode ter mil faces diferentes, cada uma para satisfazer o gosto de um observador. Ele se veste de acordo com o sabor do fregues que o observa. No gráfico vemos sete possibilidades de sete formas diferentes e isso veio mais tarde bater quando aprendi sobre o espectro eletromagnético com suas sete faixas visionarias. No fim, todas estas faces relativísticas que são reais nos seus pontos do tempo e espaço, formam um oitava face final… a face do nosso real criador, ou da fonte primeira destes sete universos.

Na minha cosmovisão da Matrix/DNA, este nosso mundo nada mais é que as coisas fabricadas por fótons misturados `a substancia do espaço – que pode ser essa dark matter e energia – fótons estes que escapam (devido a entropia da luz) das ondas de luz ( ou radiação cósmica), natural, e escapam do trecho da onda que chamamos de luz visível. Então nosso universo exprime ou expressa esta faixa com sua especifica frequência/vibração. Não temos ideia de onde vem essa separação por frequências/vibrações e porque é assim, pois isso vem de antes do Big Bang, do alem do nosso universo.

Mas cada uma das outras seis faixas da luz cria um universo especifico. E seus tijolinhos fundamentais não devem ser átomos como os nossos, são coisas que não conseguimos imaginar. Assim se levantam edifícios ate mesmo ocupando o mesmo espaço onde estamos, sem que tenhamos a menor percepção de sua existência. Eles devem serem constituídos também de apenas 5% de sua substancia fundamental e no fim devem serem vazios também. Mas não são os 5% que ocupamos e sim outros 5%. Então quando pegamos uma pedra, ela pode ter uma aureola de “matéria” deste outro universo, a qual atravessa nossas mãos, ou nossas mãos a atravessa, sem que a percebemos e sem que a vemos.

Mas não creio que estamos fadados eternamente a essa cegueira e insensibilidade. Na figura do espectro vemos que não existe faixa isolada, cada uma depende de todas as outras para existir, e elas se interagem, se conectam. Creio que com a evolução vamos desenvolver mais estes sensores limitados que temos no cérebro e inclusive desenvolver novos tipos de sensores que ainda nem conseguimos imaginar o que sejam. E esta evolução continuara’ a ser movida pelo feed-back entre luz e dark matter, melhorando nossos hardwares os quais por sua vez vão facilitando o retorno de nossos fótons que compõem nosso software/consciência. Com melhores hardwares nos impulsionamos o desenvolvimento da nossa consciência a qual parece ser a substancia fonte da luz natural. A nossa consciência ainda esta’ no estado embrionário ou de baby recém-nascido, pois ela nem sequer abriu os seus próprios olhos, para ver a forma de seu corpo e a substancia de que é feita. Tendo em vista nossa teoria, vamos agora ao artigo que como sempre, são as descobertas e avanços científicos e tecnológicos que estão nos proporcionando elementos para cada vez mais desenvolver-mos nossa cosmovisão. E este artigo apresenta novidades as quais já estariam previstas pelas bases da nossa cosmovisão, portanto, seria mais uma previsão acertada previamente, ou no minimo, mais uma evidencia arrolada para reforçar nossa cosmovisão. ( Não se desanime pelo artigo em inglês não ter sido ainda traduzido mas observe que no meio do inglês tem as nossas analises em português):

https://www.newscientist.com/article/2112537-smallest-sliver-of-time-yet-measured-sees-electrons-fleeing-atom/

Smallest sliver of time yet measured sees electrons fleeing atom

(traduzir)

It’s like catching light in action.

Matrix/DNA: Comecou bem. O que faz diferentes universos são as sete diferentes frequências/vibrações da onda de luz.

For the first time, physicists have measured changes in an atom to the level of zeptoseconds, or trillionths of a billionth of a second – the smallest division of time yet observed.

Matrix/DNA: Hummm… isto quase elimina o tempo do nosso Universo, ou seja, a linha que conecta varias formas diferentes de um único ciclo vital – em outras palavras, isto e’ isolamento e separação dos eventos, ou movimentos. Isto tornaria mais fácil para forças de um universo paralelo entrar no nosso universo através das brechas criadas por esta separação. Mais explicitamente dizendo, seria fótons escapados de uma frequência vizinha invadindo nosso espaço e ao penetrar nossos elétrons, ajuda-os a escaparem também.

In this case, the speed demon was an electron escaping the bonds of its parent atom. When light strikes electrons, they get excited and can break free from their atoms. The photon’s energy is either entirely consumed by one electron or divided among several. This electron ejection is known as the photoelectric effect, and was described by Albert Einstein in 1905.

Previous experiments studying this effect could only measure what happened after the electron was kicked out of an atom, says Martin Schultze at the Max Planck Institute of Quantum Optics in Garching, Germany.

 Now, he and his colleagues have seen the other end of the process. They measured the entire ejection of electrons from a helium atom from start to finish with zeptosecond precision (10-21 seconds), marking the smallest time slot ever measured.

Quick getaway

In a series of experiments, the team fired an unspeakably brief, extremely ultraviolet laser pulse at a helium atom to start exciting its pair of electrons. This pulse lasted just 100 to 200 attoseconds, or 10-18 seconds. But by making many readings and calculating their statistical spread, they were able to measure events at a rate of 850 zeptoseconds.

They also fired a near-infrared laser pulse, lasting just four femtoseconds (1 femtosecond is 10-15 seconds). This pulse was able to detect an escaping electron as soon as it was freed from the helium atom. Depending on the electromagnetic field of the laser pulse, the electron either accelerated or decelerated.

Matrix/DNA: Ok, então eles teriam feito dois universos paralelos (um formado por infravermelho e outro por ultravioleta) emitirem seus fótons e invadirem nosso universo. Cabe-nos agora puxar para cá o espectro e analisar a posição destes universos em relacao ao nosso.

 

Light - The Electro-Magnetic Spectrum as The Code for Systems and Vital Cycles

Light – The Electro-Magnetic Spectrum as The Code for Systems and Vital Cycles

Matrix/DNA: EXATAMENTE! Este tipo de satisfação nos propicia quando nossa visão de mundo acerta nossas previsões com os fatos reais! Temos o infravermelho como nosso primeiro vizinho universo paralelo `a nossa esquerda, e o ultravioleta como nosso primeiro vizinho `a direita. Pelo que deduzo da figura, o ultravioleta (onda mais curta, tempo mais acelerado) tende a acelerar o elétron, enquanto o infravermelho tende a desacelera-lo, e tornaria nosso mundo mais lento. 

“Using this information, we can measure the time it takes the electron to change its quantum state from the very constricted, bound state around the atom to the free state,” says Marcus Ossiander at the Max Planck Institute.

Matrix/DNA: Quando alcançamos o quantum state estamos atingindo o limite microscópico do nosso universo, o que significa que estamos nas fronteiras entre nosso universo e nossos dois vizinhos, `a esquerda ou `a direita. E’ compreensível que nesta fronteira, os fótons aprisionados em nossos elétrons tentem escapar para o lado de la da fronteira e montar o tipo de matéria que existe la’ ( que não deve ser uma matéria baseada em átomos como seus tijolinhos fundamentais).

The ejections took between 7 and 20 attoseconds, according to Schultze, depending on how the electron interacted with the nucleus and the other electron.

“We only need to know the time centre of the pulses very precisely, and our technique allows us to measure this to very high precision,” Ossiander says. “An even shorter pulse would give better time resolution, but the resolution can far exceed the pulse duration. We can confirm this by doing statistics for a lot of measurements and calculate the statistical standard error of the mean, which in our case is 850 zeptoseconds.”

The researchers were also able to measure how the electrons divided up the laser’s energy, taking an even or uneven share. In some cases, one of the two electrons grabbed all of the energy. Several factors influenced this energy split, from the quantum correlation between the electrons to the electromagnetic state of the laser field, Schultze says.

Two’s company

One reason for choosing helium is because it has just two electrons, allowing direct measurement of their quantum mechanical behaviour. For an atom with more electrons, some assumptions would be needed about how the energy was divided and the time taken for ejection.

The results are an important window into the quantum behaviour of atoms, especially how their electrons work, Schultze says. Understanding that could lead to insights into phenomena like superconductivity or quantum computing.

“There is always more than one electron. They always interact. They will always feel each other, even at great distances,” he says. “Many things are rooted in the interactions of individual electrons, but we handle them as a collective thing. If you really want to develop a microscopic understanding of atoms, on the most basic level, you need to understand how electrons deal with each other.”

Matrix/DNA: Porque um humano interage com outro humano? Não por causa de seus corpos brutos, materiais, os quais são insensíveis e cegos perante a presença de outros corpos. Nós interagimos devido ao software que temos em nossos corpos, aos quais chamamos de mente. Este software, seja no seu estado primitivo totalmente inconsciente ou no estado mais evoluído com um embrião de consciência como e’ o caso humano, e’ constituído de luz e o que interage são as suas diferentes frequências, de preferência na sequência de seu ciclo vital, como esta demonstrado na figura. Elétrons são os corpos-objetos cegos e insensíveis, não são eles que se interagem, mas sim os fótons de luz que estão dentro deles.

Visualisation of electron leaving atom

An electron makes its escape Schultze/Ossiander

Pesquisa:

extremely ultraviolet laser pulse

Vide: Cheap lasers could capture electrons in motion

https://www.newscientist.com/article/dn19255-cheap-lasers-could-capture-electrons-in-motion/

 

Debate Sobre a Teoria de Tudo… Onde Vida Nao Existe

domingo, dezembro 4th, 2016

xxxx

Cientistas, professores e filósofos se reunem para debater a elaboração de uma Teoria do Tudo, sobre o inteiro Universo, especificamente a String Theory. Com participação inclusive do grande cientista brasileiro, Dr. Marcello Gleiser. Muito interessante, principalmente para quem quer se atualizar. Pela primeira vez tomo conhecimento de mais uma importante teoria anunciada pelo Dr. Gates: eles descobriram que dentro das equações matemáticas feitas pelos humanos que acertaram na descrição do Universo existe um código de computador, o que o leva a suspeitar que o Universo e’ computacional e pode ser mesmo que vivemos numa Matrix. Porém, pela minha simplória perspectiva, a abordagem que estão empregando nessa questao nao faz sentido racional. Por isso publiquei o seguinte comentário no video do Youtube:

Louis Charles Morelli  Louis Charles Morelli – 12/04/2016

Now we are discovering that the building blocks of atoms systems, galactic systems – all natural systems – are identical to the building blocks of RNA/DNA. So, every ancestor system were made off by the same natural formula ( see the formula at The Universal Matrix of All Natural Systems and Life’s Cycles). These elementary particles are not the building blocks, they are part of particle”s systems, systems are the building blocks. This universal DNA, which began with the Big Bang, is called Matrix/DNA, because DNA is merely the biological shape of a universal matrix acting as electromagnetic and astronomic shapes. At embryogenesis, a human fetus could say that it and his/her “universe” ( the embryonary sack), are based in a computer program. The fetus is made off DNA, the placenta and embryonary sack was made by someone made off DNA, etc., and DNA is like a computer program, computer programs are based on genetics.
Dna’s building blocks ( a lateral pair of nucleotides) can be drawn as a computer diagram). Instead two variables (0,1), genetics works with seven variables (see the diagram at Matrix/DNA Theory. I can’t believe what I am listening in these debates. They are trying to understand the Universe, the cause of its origins, and a Theory of Everything with any mention to biological, neurological and consciousness phenomena. No an unique word about life! Where were and how they were, before the Big Bang and till 4 billion years ago, the forces and elements that later evolved into the life’s properties?! Only Matrix/DNA Theory is identificating them since the beginning.
A Theory of Everything only could be possible when biologists, neurologists, etc, will come to participate. The Universe ( and the unknown thing that produced it) produced a human body. This body has the bone skeleton, the soft meat, the neuronal brain and its mind. Physics with Math as it language and logics can only be applied to the study of the bone skeleton and its mechanical properties. From elementary particles to galaxies we have the skeleton, the structure, so, Physics ends at galaxies.. But, the skeleton is produced by biological process. It is not surprise that they are seeing only 4%. If you consider the complexity of a human body, the skeleton would be merely about 4% of the whole complexity. They would answer that this method of science is working. Yes, it is working mechanically, not for human beings. The proof is that 90 % of humanity still are slaves of hard working and science is doing nothing to them better than the life of Amazon natives has.
xxxx
The Theory of Everything Hosted by Neil deGrasse Tyson 2011

O Universo e’ o Comeco e o Fim do Mundo ( Teoria da Fisica Moderna), ou Ele Termina no Meio do Mundo (Teoria da Matrix/DNA) ?

terça-feira, novembro 29th, 2016

xxxx

Este video e’ importante porque nos atualiza sobre o que a vanguarda da inteligência humana conhece e pensa sobre o nosso mundo, este Universo. No que tange ao pensar, ou seja, em relacao a sua teoria atual, e como eu tenho uma teoria diferente, postei um comentario no Youtube, o qual vai transcrito abaixo:

Louis Charles Morelli  Louis Charles Morelli – Dez/12-02-2016

We can’t understand the Universe without Physics and Math as we can’t understand the human body without the bone skeleton. Since that my personal method of investigation lead to a model of a galaxy expressing and covered by biological phenomenons, and that any natural wave of light expands in spacetime by the same way that a human body expands in spacetime – which suggests that light is moved by a vital cycle – I am suggesting that the understanding of the Universe only will be accomplished if biologists and neurologists ( due the presence of consciousness) comes to these telescopes and work together with astronomers, Physicists, Mathematicians, etc.

My results are not suggesting that the Universe is alive, or that it is an organism. It is a kind of bone skeleton made off fossils of our ancestors systems (atoms,galaxies…). The Universe stopped evolving while structured as the ground. What is evolving after galaxies is a flow inside the Universe, making the soft meat, like crustaceos with external skeleton and internal meat . My results are suggesting that the universe seems as an egg, dark matter could be like the amnion, but the mist important thing in this history is that our biological DNA is merely the biological shape of a universal DNA, which I called Matrix/DNA, which began in shape of light wave at the Big Bang and has modelling all natural systems, from atoms to galaxies to human brains.

So, the theory is suggesting that in this Universe is occurring a process of natural genetic reproduction of the thing that created it ( be it another universe containing biological coberture and consciousness, or other possible system). This theory was elaborated 30 years ago and since then I am trying to testing it, adding lots of predictions that were confirmed in this time, and registering thousands of evidences at its website. If you are curious about see ” The Universal Matrix for Natural Systems and Life’s Cycles”. Remember that the human bone skeleton is made by biological process. If the Universe is the skeleton, Physics and Math alone never will grasp what made the Universe, or what was before the Big Bang.. And they never will found the meaning of life.

xxxx

The Great Debate: PARALLEL REALITIES (OFFICIAL) – (Part 1/2)

https://www.youtube.com/watch?v=y8brILtcOSw

Teoria dos Muitos-Universos Supoe que o Universo e’ uma Matriz de Realidade Virtual

quinta-feira, novembro 24th, 2016

xxxx

Existe um website compilando todo material referente ao “argumento da simulacao”, feito por um professor de Oxford:

 

Are You Living In a Computer Simulation? The Simulation Argument

http://www.simulation-argument.com/

E tambem este bom artigo:

‘Multiverse Theory’ Holds That the Universe is a Virtual Reality Matrix

http://www.redicecreations.com/specialreports/multiverse.html

Qual o Sentido da Vida? Tyson e a Melhor Resposta Neste Video (Legendado)

quinta-feira, novembro 24th, 2016

xxxx

No meio de uma palestra, o grande cientista foi interrompido por uma criança de 6 anos, que perguntou: “Qual o sentido da vida?” A resposta de Tyson e’ um conselho sábio. Porem Tyson, e’ um materialista pragmático, poder-se-ia dizer mesmo que e’ um ateu. Para ele, a nossa vida começa e termina aqui. Então ele não se esforça em estabelecer uma fundação para o sentido da sua vida no sentido da existência do Universo. Por outro lado, a minha diferente aprendizagem e experiencia de vida me levou a construir um modelo deste Universo e neste modelo encaixar a vida. Portanto, o que este modelo sugere ser o sentido da vida e’ baseado no que ele sugere seja o sentido da existência deste mundo. Então, abaixo do video aqui copiei o comentário que postei no video do Youtube:

E meu comentário postado:
Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – 11/24/2016

Durante 13,8 bilhões de anos a natureza universal iniciou com algo simples e o conduziu de transformação em transformação a ser sempre mais complexo. Ao menos nestas regiões do Universo e por enquanto, o topo dessa complexidade é a consciência. Então o sentido da existência desta natureza é – neste momento e aqui – gerar a consciência. Mas obviamente esta consciência nos cérebros humanos ainda esta na fase embrionaria pois nem sequer abriu os seus olhos para ver como é seu corpo, de que substancia é feita, etc. Ora, se queremos ter a melhor vida por estar-mos sincronizados com a nossa natureza, temos que ser os bons cabeças-ovos, a boa placenta, para carregar e suportar esta geração da consciência. Temos que nutrir o embrião com eficiência, e para isso temos que descobrir qual o tipo ideal de nutriente para o embrião.

Pelo que tudo indica, a consciência é de alguma substancia abstrata, um estado da matéria que ainda não captamos. Sendo abstrata ela se alimenta de algo abstrato. E não existe alternativa mais logica de que esse nutriente abstrato seja “informação”. Mas que tipo de informação, informação sobre o que? E tambem creio que a resposta aqui é obvia: informações sobre a natureza universal. Desta forma, embrião de consciência em um humano esta se desenvolvendo para nascer como a consciência total do próprio Universo. E’ este o produto, ou o filho, esperado pelo que seja la’ o que for que deflagrou o Big Bang. Então Tyson esta correto. A busca suprema do conhecimento de todos os fenômenos e eventos naturais, absorvendo cada vez uma maior fatia do Universo, e com ela alimentando o embrião que estas a gerar. Parece tambem obvio que o corpo não-abstrato morre, os pais morrem, mas continuam vivos, com seu DNA e sua essência, nos embriões que geram. Todas as formas subsequentes daquele algo simples que a Natureza vem trabalhando ate hoje, nunca morreram de fato. A forma do átomo continua ai, das galaxias continua ai, a vida já conta com quase 4 bilhões de anos… e agora a forma da consciência, com certeza tambem não morrera. Assim sua vida continua: rica, forte saudável, se alimentastes o seu embrião com a maior quantidade possível de informações naturais. Ao menos, isso tudo é o que sugere a cosmovisão da Matrix/DNA, uma nova visão do mundo que esta bombando por ai…

Os cristãos deveriam ter assimilado isso. Existe no meio de suas escrituras uma frase mais ou menos assim: ” Se queres conhecer a mim, saber quem sou e como penso, e chegar cada vez mais perto de mim, observe, estude a minha obra – a natureza. Pois todo artista se revela em sua obra.”

Estupido Design x Design Inteligente x Nenhum dos Dois:Programa Natural Genético (Matrix/DNA)

terça-feira, novembro 22nd, 2016

xxxx

Dois videos fascinantes defendendo duas visões do mundo totalmente opostas entre si, apesar de ambos fundamentados na Ciência. Mas o mais interessante e’ que os dois estão errados. Constate isso ao assisti-los e depois ver o comentário da Matrix/DNA copiados abaixo.

(legendado) Stupid Design – Design Estúpido

Sintonia Fina (Fine Tuning – legendado)

Entre as 3 alternativas possíveis (necessidade,acaso,planejado), a cosmovisão da Matrix/DNA indica “necessidade”: o Universo foi feito para permitir a vida. O video descarta esta possibilidade baseado numa questão errada: ” Seria um universo proibindo existir vida, impossível?”. E responde; ” Longe disso! E’ mais provavel universos nao permitindo vida do que universos permitindo vida”. Quanto a mim, esta pergunta e’ insensata porque nao conhecemos outros universos, e caso um universo nao permita a vida sua evolução estagnaria após formadas as galáxias, nunca dando o passo seguinte que e’ a formacao de sistemas biologicos. E eliminam esta alternativa apenas com este arrado argumento para completarem: ” As constantes e quantidades não sao determinadas pelas leis da Natureza”. Ora, a questão e argumento anterior não tem nada a ver com esta conclusão. As constantes escolhidas pela natureza podem nao terem sido produtos da determinação de leis naturais mas que estas medidas e quantidades sao criadas pela Natureza nao resta dúvidas, a nao ser que alguém prove existir algo nao natural unfkuindo neste universo. O fato comprovado e aceito por todos e’ que a longa cadeia natural de causas e efeitos que começou nas origens do Universo tinha, em cada passo seguinte, uma infinidade de medidas a escolher, porém escolheu as que conhecemos e por isso as chamamos de constantes. Se no final atual da história geral desta cadeia de causas e efeitos está apresentando aqui e agora o produto final chamado de vida, e’ mais lógico raciocinar que as escolhas da cadeia se deram assim porque o Universo estava tunelado para produzir reste produto final.

Mas qual a razão da necessidade do Universo produzir a vida? A minha resposta vai com outra pergunta: ” Qual a razão da necessidade do útero feminino produzir uma vida? Porque o útero feminino está tunelado para produzir uma vida como produto final? Porque a natureza vinda através e com a longa cadeia de causas e efeitos  e chegando aos pais da fêmea produziu um corpo feminino com útero para produzir a vida. Então essa mesma longa cadeia de causas e efeitos vem de antes do Universo e criou ou produziu o universo como um útero para produzir a vida e sabe-se la o que mais vem no futuro da evolução a partir da vida… Sabemos que o útero apenas nao e’ suficiente para produzir a vida. Ele nada produziria sem o genoma genético. Mas o genoma veio ao corpo feminino inserido na longa cadeia, naturalmente. E quando descobrimos que o DNA ou genoma biológico nada mais e’ que a forma biológica de uma matriz universal que esta inclusive encriptada numa onda de luz natural, a qual surgiu aqui junto com o Big Bang… nenhum mistério resta, a nao ser o mistério de como será o sistema natural que emitiu de si esta longa cadeia contendo a matriz. Não tem criacao deste Universo por acaso, nem por planejamento inteligente, tudo acontece simplesmente natural, pelo processo natural da genética.

Terminam a análise desta alternativa dizendo que: ” Não ha razão ou evidência sugerindo que o fino tunelamento seja necessário”. Mas esta e’ a única alternativa que apresenta uma evidência comprovada, conhecida por todos. Qual a evidência de que uma série infinita de eventos ao acaso constrói algo, e muito complexo, quando toda vez que vi um acidente eu so ele destruindo coisas? Qual a evidência de que exista um ser supernatural e mágico criando universos planejados se nem eu, nem minhas anteriores gerações, nem ninguém do ultimo milênio, viu tal ser ou coisas feitas pro magicas? Úteros sendo produzidos naturalmente finamente tunelados para produzir vida eu tenho visto e todo mundo o ve. E’ a unica alternativa que apresenta um parametro acontecendo na Natureza, uma incontestável evidência.

Comentário da Matrix/DNA postado no video ” sintonia fina”:

Louis Charles Morelli  Louis Charles Morelli – Nov, 11/28/2016

Muito obrigado, Andreia, pela valiosa contribuição ao conhecimento para os povos da língua portuguesa. Lastimável que apenas tão poucos vejam o vídeo, e depois reclamam inclusive da economia, pois assuntos como este e’ o que força a mente a ampliar seus horizontes e pensar nos produtos da natureza, o que os capacita a produzir ciência e tecnologia, e portanto, uma economia rica. Mas o Dr. Craig apresenta uma conclusão questionável e ate mesmo irracional. Ele aponta as 3 alternativas: necessidade, acaso, planejamento. Quando eu vivia na selva e iniciava a criacao da cosmovisão da Matrix/DNA, esta pergunta me surgiu e como sempre, perguntei `a Natureza, ou seja, fiquei revendo-a buscando a resposta. E logo vi uma fêmea parindo e percebi que ali estava a resposta. O útero feminino e’ finamento tunelado para produzir uma vida, apesar de toda sua complexidade envolvendo óvulos, placenta, amnion, etc. Ora, se eu tenho uma real evidencia aqui porque iria buscar chifre em cabeça de cavalo imaginando coisas nuca vistas? Eu nunca vi nenhum acidente construindo nada, apenas destruindo, quanto mais uma infinidade de eventos por acidente construindo algo tao complexo como uma vida. nem eu, nem minhas anteriores gerações, nem ninguém no ultimo milênio, viu algum ser supernatural criando coisas aqui por magicas, então porque eu iria sequer considerar esta hipótese de planejamento inteligente e por magica? O fato e que a teoria da Matrix/DNA apresenta um historia geral de 13,8 bilhões de anos deste Universo perfeitamente tunelada para produzir sistemas biológicos. Uma simples cadeia de causas e efeitos contendo todas as quantidades e qualidades possíveis escolheu algumas como constante porque ela tinha uma direcao a seguir, assim como o genoma de meus pais dentro do saco embrionário tinha uma direcao a seguir. E meus pais não aplicaram nenhuma inteligencia para me produzirem, tudo ocorreu naturalmente. Então, dentro deste Universo esta ocorrendo um normal processo de reprodução genética daquilo oi daquele desconhecido que o produziu. A coisa ficou mais clara depois que descobrimos que o genoma, centrado no DNA, nada mais e’ que a forma biológica de uma matriz universal que esta inclusive encriptadas ondas de luz, como aquelas emitidas no Big Bang. Sugerindo que o misterioso sistema que produziu este universo tunelado para produzir não apenas a vida, mas a auto-consciência, deve ser um sistema consciente e baseado na luz. Que esse pessoal de experts fiquem cegos e humildes para as evidencias mostradas pela Natureza e passem a dar frutos a imaginação e’ próprio da infantilidade da humanidade, pois as crianças agem assim.

xxxxx

Comentario ensaiado mas nao publicado:

Sera que o Universo vai se revelar amistoso a nos ou como nosso carrasco mortal?

Se ha algo que me incomoda no raciocínio dos 8 bilhões de humanos vivos, mais os bilhões que morreram, e’ o escapismo ao raciocínio puro, natural, pois isto esta causando a maioria dos males a vida e pode nos levar a nossa destruição. Existem as grandes perguntas existenciais ( o que e’ o mundo, quem sou eu?, etc), e para todas estas perguntas existem respostas oferecidas pela Natureza aqui e agora, na frente de nossos olhos. Mas ninguém nunca as viu !!! Como se explica isso? E por não as verem, apelam `a imaginação e suas fantasias e sempre inventam respostas abstratas, as quais não resistem ao mais simples escrutínio.

Por exemplo, existem muitas evidencias de que o Universo foi tunelado para produzir a ” vida”. A pergunta imediata sera’: ” O que produziu este tunelamento, qual a causa deste tunelamento?”

O logico seria o humano imediatamente procurar na Natureza esta causa, pois nos não conhecemos nada alem da Natureza, não existe outra alternativa logica. Então o humano deveria voltar seus cinco sentidos para a Natureza procurando algum fenômeno natural, algum evento natural visível,que seja causado por algo que produziu um efeito semelhante. Ou seja, algum fenômeno natural que seja conhecido, comprovado, e que produza a sintonia fina, ou tunelamento, para obter um produto final conhecido, comprovado.

E se o humano procedesse utilizando e aplicando aquilo que essa Natureza lhe forneceu – ou seja, a razão pura, natural, construída pela aprendizagem na observação da cadeia dinâmica de causas e efeitos – imediatamente ele veria aqui e agora um fenômeno que se encaixa cem por cento como resposta logica. Me refiro ao fenômeno da embriogênese. Onde existe um inteiro aparato estrutural, inicialmente inoperante,sem um sentido imediato logico, mas que com o decorrer do tempo e apos o desaparecimento deste aparato, um produto final foi produzido, e justamente, uma “vida”.

Analisando mais profundamento o fenômeno da embriogênese, se percebe que o aparato estrutural inicial – apesar de estar tunelado para uma meta final – nada produziria se não houvesse a inserção de um segundo componente: genoma. O qual e’ a totalidade de informações de uma arquitetura ex-machine, ou seja, existente antes e fora da estrutura tunelada.

Então o raciocínio logico facilmente transplanta o fato real natural conhecido e visível aqui e agora como resposta para o mesmo fato real conhecido ( o universo tunelado) mas invisível aqui e agora. Ao invés disso procuram fantasmas, para os quais não existe nenhum parâmetro natural igual que sirva de fundação logica de suas existências. fantasmas supernaturais nunca vistos, como acasos absolutos construindo coisas complexas ao invés do normal – que e’ destruindo coisas complexas – ou deuses absolutos e mágicos para os quais não existe nenhuma evidencia real natural.

Isto se explica porque a capacidade de pensar pelo raciocínio e’ um fenômeno muito recente nesta região da Natureza onde existimos, e podemos observar a emergência deste fenômeno num individuo humano quando ele esta na forma de criança, o que significa que o raciocínio surge na infância da humanidade, no coletivo destes indivíduos. E todos sabemos que a criança não consegue raciocinar com logica natural, todo seu comportamento mental e’ produzido pela herança dos instintos animalescos mais as fantasias mentais, distorções do mundo real. Ora, já seria época da humanidade se tornar adulta mentalmente, aplicar a razão pura de sua natureza.

Existe uma nova visão do mundo elaborada exclusivamente pelo método do raciocínio e logica natural. Ela apresenta as respostas para todas as questões existenciais calculadas pelo método da busca de parâmetros naturais existentes aqui e agora. Chama-se Teoria da Matrix/DNA, porque em sua busca ela descobriu que o DNA – o objeto físico que expressa o genoma – nada mais e’ que a forma biológica de um genoma-matriz universal que funciona como um template para todos os sistemas naturais, de átomos a galaxias a células e cérebros humanos. Por isso um mundo feito com átomos e galaxias e’ tunelado para a vida, pois átomos a galaxias são produzidos pela mesma formula/genoma que produz a vida. Mais ainda: ela foi descobrir que esta Matrix-genoma esta inserida em qualquer simples onda de luz natural.

Então torna-se fácil resolver esta questão do tunelamento. Assim como os pais produziram um útero com placenta e ovos como um pequeno universo tunelado e depois inseriram nesta estrutura um elemento com o total de suas informações, assim um sistema ainda desconhecido, porem com certeza natural, produziu esta estrutura denominada universo e emitindo seu genoma na forma de ondas de luz iniciou o processo de sua reprodução. Toda a historia universal de 13,8 bilhões de anos se encaixa perfeitamente no processo da reprodução genética; não apenas as evidencias mostradas neste video para o tunelamento, como as explicações logicas para as outras tantas evidencias mostradas em outros videos sugerindo o não-tunelamento. Houve tanto planejamento inteligente como a mamãe girafa usa de inteligencia para produzir uma girafinha. Com certeza houve muitos acasos porem todos a serem absorvidos pela estrutura tunelada. Como na sua embriogênese houveram muitos acasos no mundo e ao redor de seus pais, porem, se impondo a todos, você nasceu finalmente e justamente a imagem e semelhança de seus pais.

Mas adianta explicar a uma criança como os humanos são feitos? Elas não vão querer nem sequer ouvir, pois seus cérebros estão configurados para elaborar fantasias. Elas apenas vão assimilar a lenda da cegonha. Este e’ o problema da visão de mundo logica sintetizada na teoria da Matrix/DNA ( para vê-la google ” A Matriz Universal dos sistemas naturais e ciclos vitais”.

xxxxx

Comentario da Matrix/DNA postado no video “stupid design”:

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – 11/21/2016

Existem duas explicações para esse estupido design sob a perspectiva humana:
1) Toda vez que o sistema universal mudou de forma ( de sistema atômico para sistema estelar e galáctico para sistema celular,etc.), a nova forma passou por duas fases evolucionarias. Primeiro a fase dos ovos botados fora onde a prole esta sujeita a todos os males e, segunda, quando os ovos são mantidos dentro, ate quando a prole pode se auto-sustentar. O sistema universal esta agora mais uma vez mudando de forma aqui na Terra. De sistema biológico para sistema consciente, e como esta ainda ‘e um embrião de consciência universal estamos na fase dos ovos fora, por isso sujeitos a rodas estas tragedias.
2) O sistema universal tem duas alternativas opostas a seguir: ser sistema aberto ou fechado em si mesmo. Quando ele adquiriu a forma de galaxia, essa nossa ancestral se tornou um sistema fechado em si mesmo, cortando relações com o resto do Universo e fechando suas portas a sua evolução ( veja o modelo cosmológico da Matrix/DNA Theory). Em sistemas fechados a morte ocorre quando a entropia fragmenta o sistema em suas unidades de informação (radicais livres) e ao invés destas partículas se exteriorizarem elas se dirigem internamente ao centro do sistema, onde geram o caos. Se elas se encontram numa plataforma ao mesmo tempo, ( como na superfície de um planeta favorável) elas tentam reconstruir geneticamente o sistema de onde vieram e por isso surgiram os sistemas biológicos na Terra.
Portanto somos filhos do caos pelo erro de um nosso ancestral. O fato e’ que a existência de regularidade formando estruturas complexas neste Universo refuta a eternidade do acaso, mas a falta de cuidados mínimos a estas estruturas organizadas refuta a existência de algum observador inteligente caindo de amores por humanos. Apenas se realmente surgir inteligencia humana na Terra ( a união de todos eliminando os conflitos internos, a sadia convivência sincronizada com as leis naturais do planeta), teremos chance de superar essa fase dos ovos fora abandonados a própria sorte e aguentar a nossa vida ate que este embrião de consciência nasce e assim obteríamos nossa transcendência para uma forma superior que não poderá ser afetada por todos estes males e perigos sabiamente apontados por Tyson.
xxxxx
Obs: Ambos os videos e assunto foram obtidos a partir do website:
Onde deixei o seguinte comentario:

Bom trabalho, Vinicius,

Compare-se este video com o video Design Estupido de Neil Tyson (reproduzido em seu blog em outro artigo) e vemos que apesar de ambos se fundamentarem na Ciência, geram duas visões do mundo opostas entre si. Porem, estas duas visões ainda estão ambas erradas de acordo com uma terceira visão do mundo, nomeada ” A Matriz Universal dos Sistemas Naturais”. Para os interessados no tema sera interessante ver a terceira alternativa, que esta sintetizada no link http://theuniversalmatrix.com/pt-br/artigos/?p=11368

xxxxx

Pesquisa das evidencias apresentadas pela “sintonia fina”: ( 17 constantes)

  • sped of light
  • gravitational constant
  • Plank’s constant
  • Plank’s mass-energy
  • mass of electron,proton,neutron
  • mass of quark – up, down, stranger quark
  • ratio of electron to proton mass
  • gravitational coupling constant
  • cosmological constant
  • Hubble constant
  • Higgs vacuum expectation value
  • Strong nuclear force coupling constant
  • Scalar fluctuation amplitude Q
  • Baryon, dark matter mass per photon
  • Entropy of the Universe
  • Number of space time dimensions
  • Expansion rate of the Universe