Posts Tagged ‘Yin Yang’

O dualismo universal do “bem & mal”: de onde vem? Pesquisa aberta pela Matrix/DNA

segunda-feira, dezembro 3rd, 2018

xxxxx

O dualismo entre o bem e o mal

A cosmovisão da Matrix/DNA esta patinando encalacrada no seguinte fenômeno real da Natureza:

Ainda não descobrimos de onde, diabos, veio este fenômeno natural da “dualidade bem & mal”, materializadas nas “forças da construção & destruição”, nos “estados de ordem & caos” e na “dicotomia positivo & negativo”. Parece-nos que esse dualismo vem desde antes do Big Bang, de antes das origens deste Universo, pois esta origem parece ter sido no estado de caos – onde predomina o mal, a destruição – e do qual se levantou um fluxo de ordem. Pela Física vemos o Universo iniciando pelo embate entre partículas girando para a esquerda e outra metade girando para a direita ( spins left & right). Ultimamente a Matrix/DNA tem chegado nas ondas de luz carregando a formula Matrix/DNA no meio da “espuma quântica” que sobra como ultima indestrutível coisa do vácuo total. isto esta sugerindo que esta dualidade neste Universo começou com o “bem” sendo trazido por ondas de luz e o mal não inicial não foi localizado, mas como só foi detectado luz e espuma então resta alternativa mais provável de que a “espuma quântica” tenha trazido o “mal”.

Muito material temos sobre este fenômeno e aqui deixamos o tema em aberto para ir desenvolvendo-o na medida do possível. Se a fonte, a causa primeira deste fenômeno natural estiver antes do Universo, devemos esquecer de tentar explica-la pois ai entraríamos na metafisica, a qual não e` nosso campo de capacidades intelectivas. O tema já foi esmiuçado pelo intelecto humano entre os maiores filósofos mas sempre sem resultados concretos e sempre caindo na metafisica, de onde uma curiosidade interessante se vê no simbolo do Yin/Yang:

O dualismo entre o bem e o mal YINYANG

A curiosidade aqui esta’ em que a figura representa muito bem um dos efeitos importantes deste dualismo: as alternâncias entre dominância e recessividade. Digamos que quando o mal esta dominante temos a face negra da figura, na qual a face branca do bem se encolhe minuscula; quando ao contrario, o bem esta dominante, temos a meia-face branca, onde a face negra do mal se encolhe, minuscula.

Mas todas as coisas escondidas ( como eram os prótons, nêutrons e elétrons dentro dos átomos) foram descobertas porque começou-se a estudar os efeitos dessas coisas nas suas redondezas, assim temos que reunir aqui os efeitos deste fenômeno no nosso mundo real, e` só o que podemos fazer por ora. Esperamos as contribuições, opiniões, informações, de mais pessoas, pois e` muito melhor quanto mais se tem cabeças pensantes.

Yin, Yang: A Matriz Universal ja’ havia sido “intuida” por I Ching

quarta-feira, fevereiro 18th, 2009

O tema Yin, Yang sera’ tratado no livro, mas para adiantar vamos inserir esta nossa resposta no Yahoo quando o usuario “Roedor” fez a seguinte pergunta:

– “Qual o significado do símbolo: Yin Yang ?”

Resposta da Matriz:

Roedor, o Arcade Fire acima matou a cobra e mostrou o pau: disse tudo o que oficial e academicamente se sabe (veja a resposta do Arcade abaixo). Porem, ha’ coisas novas sobre essa filosofia que foi descoberto apenas recentemente, o mundo academico e nem os adeptos sabem ainda. Quando descobrimos o building block dos sistemas naturais e retratamos sua anatomia, uma das fantasticas novidades descobertas foi a incrivel semelhanca com o simbolo do Yin Yang. Se voce observar no retrato-modelo exposto no link do website abaixo, perceberas isto. Pegue a imagem da Matriz como software de sistema natural perfeito, trace uma linha meridiana curva partindo do corpo na funcao 4 e terminando na funcao 1. Lembre-se que a imagem e’ de uma espiral, por isso a linha meridiana se curva como no simbolo de I Ching. Observe que separaste a imagem em duas porcoes iguais, de um lado ficou a funcao 4, que e’ masculina ( no I Ching representado pela bolinha branca) e na outra metade ficou a funcao 1, feminina, que no I Ching e’ representada pela bolinha escura. Enfim, tanto a Matriz como o simbolo do I Ching referem-se ao mesmo fato, a uma situacao ou estado do mundo natural. A diferenca esta apenas no detalhamento, pois a versao da Matriz apresenta muitos mais detalhes.

O que na verdade I Ching estava transmitindo? De onde ele tirou esse simbolo e este palavreado esquisito, definicoes de coisas nao pertencentes ao nosso mundo sensoreo?

Este simbolo representa o sistema natural mais avancado que existia ate’ cerca de 4 bilhoes de anos atras, momentos antes das origens da Vida. Em outras palavras, foi o sistema criador da Vida na Terra. Por isso este sistema tambem foi o LUCA (The Last Common Ancestor), ou seja, nosso ultimo ancestral na historia da evolucao cosmologica. Este sistema foi fragmentado em bits/informacao (genes semi-vivos), irradiado pela radiacao estelar bombardeando a superficie terrestre. Aqui os bits se agruparam novamente e conduziram atomos terrestres a se organizarem tal como estavam organizados cosmologicamente: o resultado foi uma copia organica, biologica, deno minada celula vital, o primeiro ser vivo que saiu se arrastando na superficie terrestre. Tudo muito bem bolado, parece ate haver uma Inteligencia Suprema por traz disto.

Mas se necessitamos todo o aparato cientifico atual, bilhoes de dados coletados na Natureza universal, as mais complexas teorias, como a quantica, a relatividade geral, a simetria CPC, etc., para descobrir a Matriz (leia-se, o I Ching), como um filosofo na antiguidade, sem nenhum recurso tecnologico, conseguiu capta-la?! Ele narra ter visto uma imagem num lago quando passeava ali e teve uma especie de tontura, uma visao.

A Matriz explica isso de forma aceitavel. Sendo a imagem da Matriz a mesma imagem do “ADN” do sistema que era o building block do Universo e sendo aquele sistema nosso ancestral, isto significa que ele esta registrado na nossa memoria. E’ ele, suas informacoes, que estao codificadas naqueles quinhentos e tal pacotes geneticos que apareceram com o primeiro ADN surgido com o primeiro ser vivo. Portanto, nosso passado atomico, astronomico esta memorizado na base inferior da fita do ADN. E se ali esta memorizado, ‘e possivel as vezes que estas informacoes se expressem vindo a tona na mente, trazendo a imagem da face do ancestral celeste. Depende de se conseguir estados alterados da mente, por meio de intensos exercicios ( o que um monge filosofo faz muit e bem) ou de estados de intenso sofrimento. Por isso creio, eu tambem tive estas intuicoes quando estava em estado de coma febril isolado na selva amazonica.

Se voce estudar cada item de definicao apontado por Arcade, veras que tal definicao cabe exatamente na imagem da Matriz, tanto de seu hardware como de seu software. Por exemplo, ja no primeiro item diz: “1. Todo o universo é constituído de diferentes manifestações da unidade infinita;”. Ora, isto e’ exatamente o que diz a Matriz Universal, ela e’ a unidade infinita presente em todas arquiteturas naturais, sendo o ADN sua forma neste ambiente biologico terrestre. E por ai vai, tudo bate, tudo se encaixa. Mas tambem a historia da genese Biblica, quando descreve o Eden com Adao e Eva, descreve exatamente a Matriz, o que significa, por cnsequencia que voce pode fazer um desenho do Eden tal como descrito na Biblia, pondo Adao de um lado e Eva do outro, e voce consegue varias visoes, depende de seu angulo de vista. Uma das versoes do Eden e’ a imagem do I Ching. Porque? Porque o autor da Biblia a 3.000 anos atras e na Galileia, o autor do Yin Yang a 5.000 anos e tao distante como na China, e o autor da Teoria da Matriz Universal apenas a 30 anos atras e na selva amazonica, tiveram a mesmissima intuicao?! Memoria registrada no nossa essencia existencial, caro amigo Roedor. E roi essa agora se voce for mesmo bom roedor… 

Resposta da Arcade:

Segundo a filosofia chinesa o yin yang é a representação do bem e do mal, sendo o princípio da dualidade, onde o bem não vive sem o mal e vice e versa. O criador desse conceito foi I Ching, ele descobriu que as formas de energias existentes possuem dois pólos e identificou-o como Yin e Yang. O Yin representa a escuridão, o princípio passivo, feminino, frio e noturno. Já o Yang representa a luz, o princípio ativo, masculino, quente e claro. Além disso, também são indicados como o Tigre e o Dragão, representando lados opostos. Quanto mais Yin você possuir, menos Yang terá e, quanto mais Yang possuir menos Yin você terá. Essa filosofia diz que para termos corpo e mente saudável é preciso estar em equilíbrio entre o Yin e o Yang. Há sete leis e doze teoremas da combinação das energias Yin e Yang:

As leis são;

1. Todo o universo é constituído de diferentes manifestações da unidade infinita;
2. Tudo se encontra em constantes transformações;
3. Todas as contrariedades são complementares;
4. Não há duas coisas absolutamente iguais;
5. Tudo possui frente e verso;
6. A frente e o verso são proporcionalmente do mesmo tamanho;
7. Tudo tem um começo e um fim.

Os teoremas são;

1. Yin e Yang são duas extremidades de pura expansão infinita: ambas se apresentam no momento em que a expansão atinge o ponto geométrico da separação, ou seja, quando a energia se divide em dois;
2. Yin e Yang originam-se continuamente da pura expansão infinita;
3. Yang tende a se afastar do centro; Yin tende a ir para o centro; E ambos produzem energia;
4. Yin atrai Yang e Yang atrai Yin; Yin repele Yin e Yang repele Yang;
5. Quando potencializados, Yin gera o Yang e Yang gera o Yin;
6. A força de repulsão e atração de todas as coisas é proporcional à diferença entre os seus componentes Yin e Yang;
7. Todos os fenômenos têm por origem a combinação entre Yin e Yang em várias proporções;
8. Os fenômenos são passageiros por causa das constantes oscilações das agregações dos componentes Yin e Yang;
9. Tudo tem polaridade;
10. Não há nada neutro;
11. Grande Yin atrai pequeno Yin; o grande Yang atrai o pequeno Yang;
12. Todas as solidificações físicas são Yin no centro e Yang na periferia.

Fonte(s):

http://www.brasilescola.com/filosofia/yi…