Archive for the ‘Life’s Origins’ Category

Gestação de humano em nove meses e a fusão dos genomas (vídeos)

Tuesday, April 6th, 2021

xxxx

Life in the womb (9 months in 4 minutes) HD – Presented to You from PSNX

by : BobbyandDanna Jackson

https://www.youtube.com/watch?v=_5OvgQW6FG4

Fertilization – Nucleus Medical Media Nucleus Medical Media

O clitóris e a anatomia do pênis partilham a mesma origem embriológica e cosmológica

Friday, March 19th, 2021

O clitóris e a anatomia do pênis partilham a mesma origem embriológica.

Pense fora e além da doutrina educadora que doutrina você.

A pergunta racional ao ver isso é: Como e de onde a Natureza tirou a ideia para fazer isso, essa fantástica engenharia?

O procedimento correto é buscar a resposta onde? Ora, claro, na Natureza, e no tempo passado anterior de quando ela criou isso. Como Ela não é magica, os ingredientes e os processos, mecanismos, para criar isso tem que estarem presentes nela mesma no momento e estado do mundo daquela época.

Como estavam estes dois órgãos na primeira célula, hermafrodita? Pelo que sei ninguém buscou porque a doutrina impede raciocinar com a lógica natural, então está aí sua oportunidade de pesquisar como cientista ou apenas filosofo pensador.

Em seguida, quais eram as substâncias, as forças naturais e as arquiteturas naturais existentes a 4 bilhões de anos que já tinham em si todas as informações para criar isso? Tinha um planeta dentro de um sistema solar dentro de uma galáxia. Onde estavam os protótipos do pênis e do clitóris? Ninguém perguntou isso, você terá muito trabalho a fazer.

Eu tentei fazer tudo isso e cheguei a surpresas estonteantes. Primeiro, você vai notar que os modelos teóricos astronômicos, as teorias das origens e funções dos astros, etc., ensinadas nas escolas estão todas erradas porque estes modelos não poderiam ter produzido os sistemas biológicos, aka, a vida. É como o modelo geocêntrico nas escolas medievais estava todo errado. A evolução começou com a origem do Universo e não na Terra. Tudo que existe de fenômeno natural veio sendo desenvolvido passo a passo desde o Big Bang.

Resumindo, meus resultados indicaram como protótipos do pênis e do clitóris era um mesmo fenômeno natural (no meu website tem artigos explicando os pormenores): gigantescos vulcões em planetas velhos chamados de pulsares emitindo magmas que continham as informações do astro que se tornavam cometas e depois os espermatozoides. O órgão feminino veio do vórtice nuclear que se forma em toda nebulosa estelar e que gera as sementes dos novos astros, tudo igual nossa embriogênese. E daí por diante, ao se ver a luz clara do mundo com os olhos puramente naturais e a razão pura construída pela Natureza, muda sua mente totalmente. As Ciências Humanas ainda está aí toda para ser corrigida e desenvolvida. Você se habilita?

Vírus: o heroico esforço dos Gates e sugestão da Matrix/DNA

Monday, March 8th, 2021

xxxx

A Fundação Bill & Melinda Gates ja deu U$ 1,75 bilhão na luta contra a pandemia. No kink abaixo podemos ler o relatório que eles publicam todos os anos e entender mais esta pandemia. Busca-se as melhores estratégias de luta contra vírus e pandemias, mas eu acho que a mais importante (portanto a mais difícil e mais eficaz) estratégia não foi ainda sequer pensada por ninguém, não vejo ninguém menciona-la. O conhecimento da formula da Matrix/DNA nos conduz a ver tudo sob um novo e inédito entendimento, mas por estarmos sós nesse conhecimento, não conseguimos reunir equipes de trabalho, e assim nada podemos fazer. Na tentativa de despertar esta vontade publiquei o seguinte comentário na secção de comentários ligados ao relatório:

How and why Nature is still producing virus? At the process of life origins, virus was the half way between amino acids and the first living cell. Existing at the RNA world, viruses never evolved into the DNA world, I think. Virus came from, belongs, to the molecular world, so I ask: Nature still is producing amino acids, proteins, from non-organic matter? Creation of life happens only once time or it is an endless process? At the Matrix/DNA formula of all natural systems, we see that virus is not a system, it is missing parts, systemic functions. Knowing that reproduction is their meaning activity we can locate it related to uracil function which is F5 in that formula. I would try a drug that destroys uracil. I never saw any debate, anyone, trying the systemic approach which requires philosophical methods of searching. We never will be free of microorganisms that causes pandemics while dealing with the consequences, the effects, forgetting totally to search and fight the first cause, their roots. Congratulations Bill and Melinda, if we are spirits, those millions that you saved will be eternally grateful to you…

Searching for Life on Mars – NASA Press Conference, and my posts to the conference

Wednesday, February 17th, 2021

The conference is being held at Facebook, in this link:

https://www.facebook.com/MarsCuriosity/videos/735522724022091

See the source image


Louis Charles Morelli
  · 2:50 (2/17/2021)

” While NASA is ignoring that “life” is merely a rare, evolved shape of a universal natural system which can evolve into others non-biological shapes, which can develop intelligence, and, while NASA is ignoring that this universal system has a formula which is present at all shapes – from atoms to astronomic systems to human body systems – which formula was discovered and explained at Matrix/DNA Theory, maybe Perseverance will be in front of something containing the vital principle but will ignore it…

Louis Charles Morelli  · 0:00

“Which rover at a planetary surface taking photos of the galaxy would inform us that it is seeing a sample of our ancestral? Or seeing an atom would inform us that it is our ancestral? And we must mind that these our ancestors can evolve into shapes and system that we cannot make any idea… without knowing that all-natural systems were built by a unique known natural formula… like all biological systems (aka, living beings) were built by a unique formula: the DNA.

Aliens e a Terra: Armas nucleares é deles e suas intenções reveladas às crianças na escola de Zimbabwe in 1994

Sunday, February 14th, 2021

Durante algumas décadas após as bombas de Hiroxima e Nagasaki houveram relatos de presenças de UFOS e alienígenas. O ponto crucial foi a tomada das centrais nucleares em todos os países e desativação das ogivas pelas naves, por controle remoto ( segundo relato no documentário “The Phenomenon”, com link abaixo. Foi um teste e aviso de que eles se apoderaram destas armas, que elas estão sob o controle deles.

Das ocorrências tornadas publicas, a mais realista foi a ocorrida com as crianças na escola de Zimbabwe ( vídeo com link abaixo).

Das partes governamentais, a ocorrência mais notória foi o vídeo liberado pelo Pentágono em 2017 sobre aviões militares enquadrando UFOS nos radares, conforme reportagem no New York Times:

‘Wow, What Is That?’ Navy Pilots Report Unexplained Flying Objects

https://www.nytimes.com/2019/05/26/us/politics/ufo-sightings-navy-pilots.html

O artigo mais recente sobre a situação atual da procura de vida extraterrestre e a possível visita de aliens a este planeta tem uma longa secção de centenas de comentários onde os leitores apontam todas as possibilidades imaginadas nesse cenário, esta no New York Times, em:

Why aren’t we looking for them?

https://www.nytimes.com/2021/02/11/opinion/aliens-extraterrestrial-life.html?action=click&module=Opinion&pgtype=Homepage#commentsContainer

Notável é o seguinte comentário:

” The most compelling evidence that aliens has been at Earth was an interview with white children at a boarding school in Zimbabwe in 1994. The film had an interview with the children, there were 60 of them, in 1994, describing their encounter with aliens who had some kind of communication with them. The children then produced drawings that were nearly identical showing the aliens. Even more impressive, the documentary interviewed the same children and their school master 17 years later, in 2011, and they all recounted the alien encounter. No one said it was a figment of their collective imaginations. These and massive number of other reported encounters from all over the world leads me to believe that intelligent aliens exist. Are they here now? Probably.”

https://www.amazon.com/gp/video/ https://www.amazon.com/gp/video/

xxxxx

A seguir, o que a cosmovisão da Matrix/DNA sugere a respeito:

Para iniciar, é preciso diferenciar a busca por vida alienígena da busca por inteligência e/ou autoconsciência alienígena. Uma arquitetura natural que alcança a complexidade necessária para apresentar inteligência ou autoconsciência não precisa ser “viva”, mas sim ser uma das formas de “sistema” natural.

As sementes para desenvolver sistemas naturais complexos são espalhadas ( provavelmente ao acaso) em todas as galáxias. Porque elas são o genoma das galáxias, ou seja, o produto da evolução das galáxias.

A “vida” tal como a conhecemos no único exemplo que temos á mão, é apenas um nome humano dado aos sistemas naturais que tem sua matéria organizada na forma biológica. E é provável que mesmo na forma biológica existam muitas outras formas de vida com suas muitas espécies que sejam bem diferentes da forma de vida terrestre. Basta lembrar que o átomo central na formação da vida terrestre foi o carbono, porque com seus seis elementos ele é a cópia mais fiel do building block das galáxias. Porem percebemos na tabela periódica que a cada 8 elementos, o próximo na escala imita todas as propriedades do primeiro elemento. Então, se para desenvolver uma vida biológica basta ter um átomo central com as propriedades do carbono, torna-se possível que num planeta os corpos biológicos começaram como base o átomo de Silício, que tem 14 elementos, em outro pode ter começado a partir do Titânio 22, e assim por diante. Como serão as formas dos corpos, haverá ou não respiração, reprodução assexuada, etc, será também resolvida conforme o contexto dos meios ambientes diferenciados.

Portanto é possível que nos deparemos e passemos por alguma arquitetura, microscópica ou gigantesca, que seja um sistema biológico sem nos dar conta de que é um ser vivo.

Esta busca se torna mais difícil porque nada nos garante que apenas os sistemas naturais na forma biológica podem desenvolver os requisitos para expressarem inteligência ou autoconsciência. Como vemos no documentário The Phenomenon, os cientistas constataram em material extraterrestre, átomos ou isótopos com propriedades diferentes de todos os átomos terrestres, o que abre o leque de possibilidades de diferentes sistemas naturais funcionais. Além disso não sabemos quantas formas de organização da matéria são possíveis. Conhecemos os sistemas atômicos com suas características eletromagnéticas, os sistemas astronômicos com suas características mecanicistas, os biológicos com essas propriedades vitais, e só.

Mas se os modelos e cálculos da teoria da Matrix/DNA estiverem próximos do correto, devem existir no mínimo mais 4 ordens de organização da matéria que ainda nos são desconhecidas. E as próximas 4 ordens se tornam cada vez mais complexas que compõem um mundo não captável aos nossos sensores naturais. Assim como nós seriamos a ordem de organização no nível 3 ( ou terceira dimensão) e podemos perceber e atuar nas duas ordens anteriores ( atômica e astronômica), não podemos atuar nas 4 mais complexas por não termos sensores para capta-las ( estas sete dimensões são derivadas das sete divisões ou faixas vibratórias da onde de luz original, sendo que existimos na faixa da luz visível). Isto significa que poderemos visitar e até viver em astros habitados por seres destas dimensões mais complexas e portanto, autoconscientes, que nunca notaríamos sua existência.

Isto nos conduz a uma nova ou terceira explicação do porque não encontramos ainda vida fora da Terra, além das duas conhecidas relativas as diferenças universais do tempo e do espaço. Para outras formas de vida, e de outros sistemas naturais inteligentes que estejam no nosso nível três, é nos impossível nos encontrarmos devido nossa constituição física não superar as barreiras do tempo e espaço. Se tem seres vivos biológicos já inteligentes ( não necessariamente autoconscientes) em outros planetas, mesmo que no sistema estelar mais próximo, nunca faremos contato, porque não poderemos ir lá e eles não poderiam vir aqui.

Mas assim como nós conseguimos descer nas dimensões menos complexas e atuar nelas, assim também é possível que os possíveis seres das dimensões mais complexas possam também, não apenas descerem e atuarem no nosso nível atômico, astronômico como no nosso nível biológico. Com a inquietante possibilidade que eles podem atravessarem estas dimensões e se mostrarem a nós ou se ocultarem na invisibilidade não acessível aos nossos sensores. Inclusive sua tecnologia pode produzir equipamentos que possam aparecer e desaparecer à nossa percepção.

Pelos relatos das crianças os alienígenas estabeleceram contato telepático inserindo uma mensagem que indica serem bem intencionados para com nossa espécie. E pelo relato das autoridades, se os alienígenas tomaram o controle das armas nucleares, provavelmente não é porque elas poderiam prejudica-los, então novamente fica o indicio de que sua intenção nos seja beneficial. Mas temos que considerar a probabilidade de que existam um numero quase infinito de espécies alienígenas, que muitas delas podem vir aqui e que podem se diferenciar em suas intenções.

Eu particularmente acompanho com interesse – mas sem decidir se acredito ou não, ainda – as palestras da neurocirurgiã Dra. Monica de Medeiros e da Psicóloga Margarete (D Ávila…?) que se apresentam como médiuns telepatas transmitindo mensagens de uma extraterrestre que se dia estar na Terra a serviço de uma Confederação Galáctica, apenas mantendo um cordão de isolamento e segurança em volta do planeta impedindo a entrada de alienígenas desenvolvidos tecnologicamente mas sem a contrapartida da evolução ética e moral, ou seja, protegendo a vida na Terra. meu interesse maior é porque nestas palestras ocorrem descrições de aspectos naturais como relacionados a detalhes dos átomos, do nosso corpo, das galáxias, etc., totalmente do desconhecimento das nossas ciências e impossíveis de serem imaginados pelos cérebros das duas humanas. Enfim, neste tema em que não temos certezas racionalizadas de nada, a minha postura é a de apoiar no que for possível as pesquisas por qualquer metodo, seja pelo cientifico acadêmico ou outros. Na selva amazônica me relatavam a existência de tribos que jamais fizeram ideia de que existem mais humanos neste mundo além deles, então imagino o que estão perdendo pela falta desse conhecimento. Apesar de não poder concluir se este desconhecimento no final da história é bom ou ruim para eles.

Quando penso nisso me pergunto se não estou sendo irresponsável. Por dois motivos. Primeiro porque essa pesquisa pode nos conduzir a um contato que pode ser bom ou ruim para nos. Se fosse apenas por mim eu correria o risco com determinação. Mas quando penso que essa pesquisa pode conduzir nossas crianças e espécie inteira a ser escravizada, devorada, ou infectada por vírus alienígena, tendo a recuar e condena-la. Segundo porque devo pensar no bem da raça que contatar-mos; se for tecnologicamente menos avançada que nós, será difícil protege-la contra a monstruosidade natural da aristocracia humana. Não o faço porem baseado no seguinte pensamento: por não saber da existência de outros humanos neste planeta, os aborígenes não perceberam a necessidade de se desenvolverem em armas de defesa e por isso foram colhidos de surpresa e dizimados. E quando temos certeza que existem alienígenas, de alguma maneira, nossa pesquisa pode nos levar a desenvolver as armas de defesa para uma pior eventualidade. Afinal, foi o conhecimento da existência de meteoritos que começamos a desenvolver misseis para destrui-los no espaço antes que atinjam a Terra.

New great right prevision from Matrix/DNA Theory becames evidence by great scientific discovery:” Bright flash of light marks incredible moment life begins”

Saturday, December 26th, 2020

About 5 days ago I was very happy because the news has confirmed my theoretical astronomical model, registered at copyrights about 30 years ago: the Sun’s nucleus has the strongest frequency of the electromagnetic spectrum and as effect, rotates 4 times fast than the surface’s sphere.

But, searching the scientific news today, I had another great moment. One of the most important prevision of Matrix/DNA Theory ( the final meaning of this universe and life existence) got a great evidence, if not a final confirmation. The news is: ” Bright flash of light marks incredible moment life begins”.

I have no time for writing about now, so, I will post here the picture of the eletromagnetic spectrum by Matrix/DNA and what I have wrote in the debate related to the last article here:

 

 
To everybody debating with me in this thread: please, see how and why the Matrix/DNA world view during the last 30 years has confirmed hundreds of its previsions. Two days ago I wrote here: ” We found that the vital principle is encoded in a light wave, like that emitted after the Big Bang”.
 
 
Today I am reading the news: ” Bright flash of light marks incredible moment life begins”. I have wrote here that in this Universe is occurring a natural genetic process of reproduction of the unknown thing that triggered the Big Bang as an act of fecundation. And I wrote here that evolution is expanding like waves in the water: each new wave carries own the dust of the last wave and reaches more dust ahead. So the second wave of evolution receives the systems from the first wave, aggregating new information, evolving it and throwing it to next wave. The last wave has repeated all step of all waves before, that’s why a new shape, like a human embryo, repeats all evolutionary shapes. It means that the first moment of human life repeats the first moment of the Universe when the “life” of a universal natural system is began. It was a genetic code encoded by photons, then evolved to an atom like the first cell; to a nebulae of galaxies like the blastula… and so on.
 

So,… every time that the universal system is recreated, the event of the Big Bang is repeated! What happens at the fecundation of the Universe, 13,8 billion years ago, happens at the fecundation of any animal ovule. It is light everywhere, because the universal code for life first came in shape of a light wave!

Why? Because this Universe is not a magician. It can not create new information than those inserted in it at the act of its creation. It can not creating things by another method than that it was created. Anther method would means ” never existed before new information”, and this would be magics

What you see and think is new information is merely the result of fuzzy logics, the mixing of two or more standard information generating the possible levels of sub-information between them.

 
 
I will research now what is the secret of zinc atom, it must have some property that something at the Big Bang had. But, as I said thousand times, the big secret of genome, or DNA, is that its electrons are occupied by photons with information of the life’s code. So, that light saw by scientists occurs when the male counterpart that contains the half of the code’s network meets the another half and the entire network flourishes… the mechanism is repeated when a supernova is born, as you can see at Matrix/DNA astronomical models.
 
 
Three days ago another great prevision was conformed: #0 years ago when I got the copyright of this theory it contained that a star’s nucleus has a dynamics like the first frequency of light wave, which is the strongest. So, the nucleus should have a rotation fast than the above spherical rotations… This whole theory is results from calculations applying the most natural logic as I was studying the biosphere at Amazon jungle… and its right previsions has suggested that nature does not plays dice with its creatures, although we insist to play dices with her.
 
xxxx
 
Light - The Electro-Magnetic Spectrum by Matrix/DNA Theory

Light – The Electro-Magnetic Spectrum by Matrix/DNA Theory

A little bit of information about this issue – how to interpret the graphic:

At the extreme right ( before the gamma ray), there is the source of the wave. At the gamma ray occurs the event of fecundation ( it can be fecundation for a new  universal system, like the Big Bang, or the fecundation of an ovule, or the gestation of anew astronomical body, which begins by the nucleus, that’s why I predict the strongest vibration, or rotation, at Sun’s nucleus). See that the wave is merely the process of life’s cycle, so, the genetic code that became very complex today, at its begining was too much simple, merely the process of life’s cycle. At another articles here I describe how this light wave becames the Matrix/DNA formula.

As origens do fenômeno “cadeia alimentar”

Thursday, December 24th, 2020


Pergunta: – “De onde a Natureza obteve o principio para produzir esta biosfera baseada numa cadeia alimentar?”

Matrix/DNA: – “Uma dica: só existe um adulto, se ele comeu uma criança… Duvidas? Onde está o corpo da criança que na minha infância vi brincando na rua e tinha seu nome?

“O mecanismo produtor da cadeia alimentar chama-se “ciclo vital”. Ele tem 13,8 bilhões de anos, pois sua primeira manifestação foi como onda de luz, a qual se propaga no tempo e espaço mudando de formas vibracionais, pelo mesmo processo que seu corpo se propaga no tempo e espaço ( de minúsculo feto crescendo e aumentando a idade). Quando a evolução chegou na forma de galáxia, vemos ( no meu avatar ao lado) os astros de desenvolvendo pelo mesmo processo – planetas se tornam gigantes gasoso como os pulsares que se tornam supernovas, que se tornam vermelhas como o sol, etc. O horror protagonizado na cadeia alimentar terrestre surgiu devido nosso ancestral ter cometido um gravíssimo erro evolucionário, esta biosfera surgiu pelo caos e a transformação dos corpos se tornou esta carnificina entre as espécies…

Fascinante rocha de meteorito do espaço na Antártica poderia explicar o mistério da estranha assimetria na vida

Sunday, August 23rd, 2020

Astonishingly old Antarctic space rock could explain mystery of life’s weird asymmetry

https://www.space.com/pristine-antarctic-meteorite-amino-acid-chirality.html?utm_source=notification

An image of a piece of the Antarctic meteorite Asuka 12236 as seen through a microscope; the sample is about 0.3 inches (1 centimeter) across.

My comments published at the articles debate:

Well,.. the Matrix/DNA Theory has different suggestions:

1) Left handed amino acids are related to birth and grow, while right handed are related to the second phase of any natural system, entropy and death. Below is the universal formula of all natural systems. F1 is the initial source, then the systemic circuit goes clock-wise through left side till reaching F4. Since the circuit is built by the vital cycle process, when applied to a human body which is a system, F1 is the mother, F2 is the baby, F3 the teenage and F4 the young adult. From here, F4, begins entropy, the level of energy decreases, going to F6 ( old adult), to F7 (seniors) and the decomposed cadaver goes back to the source ( it is a closed system), or to other place ( if it is a opened system). At F4 begins the reproductive process and here life demonstrates its wisdom: i the first living system was complete with the two sides, never the first would to reproduce before dying. Pick up the phase of life growing and you will have life forever.

2) Information for left-handed ( F1 to F4) are delivered by planets nucleus reactions reaching the surface and right-handed are delivered by stars like the Sun. So, this meteorite must be from some destroyed planet.

Universidades e Ciencias dominadas por uma ideologia na busca da solução para a origem da vida ( e a minha versão, da minha diferente ideologia).

Wednesday, July 15th, 2020

Was the Origin of Life a Fluke? Or Was It Physics? ( A origem da vida foi uma sorte, uma casualidade? Ou foi pela Física?)

By Ian O’Neill August 30, 2017

https://www.space.com/37988-did-life-emerge-from-physical-laws.html?utm_campaign=meetedgar&utm_medium=social&utm_source=meetedgar.com&fbclid=IwAR0gjviyr8j7MU3MmS_kzAf-AjPF_LQiTg-DhEXYrO1Ont_zhgslm5J5scU

Aqui pretendo copiar cada frase importante do texto e comenta-la sob o ponto de vista da Matrix/DNA, minha propria teoria ( em portugues).

Meu post nos comentarios desta noticia no Facebook, em 13/07/2020:

” The academic mindset has a wrong approach and in this way they never will find the natural right solution. This is the opinion of a naturalist philosopher studying this problem at Amazon jungle by seven years. That whole biosphere suggests a very different history than the labs are suggesting. So, I elaborate the Matrix/DNA Theory. There is no origins of life, the word and human concept “life”, in relation to real nature, is a big cause of our mistakes. Instead life or non-life there is the biological shape of a universal natural system, which can be in other shapes, as electromagnetic or astronomic mechanical. Since this universal system coming from the Big Bang is under evolution, it makes no sense saying humans are alive and atoms doesn’t. Physics does not produces Biology, Physics is about the mechanical skeleton of a natural system, instead, it is Biology that produces Physics, the meat produces the bones. So, we must search where else there is Biology and I found it in my theoretical models of atoms, galaxies, in the electromagnetic spectrum of light waves, etc. The big secret of natural information lays on photons and light waves, which are above Physics and Biology, our Science is not searching the networks of photons inside the systems. And so on, the world is a little bit more complex and multidimensional than the academics believes. I like to talk about this issue, between different world views, someone else?”

xxxxx

Interpretação/Discussão do Texto pela Matrix/DNA World View

Jeremy England, a biophysicist at the Massachusetts Institute of Technology, is trying to answer these profound questions. In 2013, he formulated a hypothesis that physics may spontaneously trigger chemicals to organize themselves in ways that seed “life-like” qualities.

Matrix/DNA: Porque “physics”? O que existia no princípio eram forças naturais – que talvez seja o que denominamos de energias, porque o efeito mais evidente dessas forças era produzir movimentos no meio da inércia – e provavelmente substâncias, mais etéreas, já que ainda não tinham os átomos constituidores das substancias materiais. Talvez existissem mais coisas que ainda desconhecemos ou estas coisas com outros nomes – como a espuma ou vibrações quânticas – mas seja como for, a totalidade do que existia era Natureza Total, e não apenas Física, entendida como aspecto do mundo material. E pelo fato de depois o mundo material conter biologia, mente, vida, etc, acho racional concluir que o que os físicos lidam era apenas parte da totalidade da Natureza, ou mundo material. Então não aceitamos o que Jeremy England diz, e isso deveria ser trocado por ” a Natureza, o mundo material talvez possa espontaneamente mover químicos a se organizarem, ou serem organizados, em compostos que semeiam qualidades ou propriedades vitais. Mas qual foi o resultado final dessa movimentação dos químicos? Um sistema e funcional, o sistema celular. Então foi um sistema que moveu os químicos pois apenas um sistema pode produzir sistemas, ou se estiver fragmentado, separado em suas partes, recompor-se. E falar em sistema engloba tudo na natureza, vai muito alem da Física.

Now, new research by England and a colleague suggests that physics may naturally produce self-replicating chemical reactions, one of the first steps toward creating life from inanimate substances.

Matrix/DNA: May? Ou can? May se traduz por “pode ser que”, então não se afirma, é uma teoria. Mas tudo bem, vamos ver qual foi o experimento laboratorial ou fato real observado. Eu sou propenso a duvidar disso enquanto não identificarem no prévio mundo físico alguma situação em que um composto mais complexo se reproduz, pois se não existe, seria dizer que pela primeira vez no Universo ou nestas regiões foi criado o fenômeno da reprodução, e isso seria magica.

This might be interpreted as life originating directly from the fundamental laws of nature, thereby removing luck from the equation. But that would be jumping the gun.

Matrix/DNA: Não podemos ter certeza que o cérebro humano disponha de todos os sensores ( e que os atuais estejam completos) para captar todas as leis fundamentais da natureza. E ninguém nunca poderá afirmar que conhece a totalidade da Natureza para poder afirmas que sabe tudo o que existe nela. Ele deveria dizer ” leis fundamentais na Natureza que detectamos…”

Life had to have come from something; there wasn’t always biology.

Matrix/DNA: O que é life, para o Universo, a Natureza? O que é biologia, para o Universo, a Natureza? Se perguntar-mos, o Universo deverá responder que não sabe nem porque os humanos criaram os conceitos embutidos nestes nomes. para mim, estes nomes representam objetos que foram produzidos na evolução deste planeta dentro do sistema solar dentro da galaxia dentro do Universo… do qual quase nada sei. Em outras palavras, vida e biologia vieram da evolução. E o que representa este outro nome criado pelos humanos, “evolução”? Bem, para mim só pode sugerir baseado no que conheço e vejo com meus olhos: na embriogênese vejo a forma de um corpo se transformar enquanto passa do simples para o mais complexo devido a expressão de informações que estavam inertes. Nenhum acaso aqui e também isso nunca foi estudado e não pertence a área da Física.

Biology is born from the raw and lifeless chemical components

Matrix/DNA: Bem, essa afirmação não pode ser cientifica porque a Ciência nunca demonstrou o evento em que químicos apenas produzem a biológica organização deles mesmos em sistemas. Para mim, existe a evolução universal de um único sistema natural que surgiu ou se formou com o Big Bang. Este sistema foi uma auto-projeção materializada de um sistema que está encriptado numa onda de luz natural. Esta onda se propaga por ondas, que podem ser divididas em sete tipos, devido suas frequências, vibrações comprimentos, etc. A primeira forma deste sistema foi feita pela primeira faixa da onda, a segunda forma pela segunda faixa… a organização da matéria no tipo biológico é uma produção da quarta faixa dessa onda. Também não posso demonstrar isso em laboratorio, portanto é teoria contra teoria, apesar de que no meu caso particular vejo mais evidencias e racionalidade na minha teoria. Porque vejo um feto aqui na embriogênese como um corpo “vivo” sob organização biológica que foi produzido pelo DNA que tem justamente a mesma configuração que vejo na onda de luz.

… that somehow organized themselves into prebiotic compounds, created the building blocks of life, formed basic microbes and then eventually evolved into the spectacular array of creatures that exist on our planet today. [7 Theories on the Origin of Life]

Matrix/DNA: Ótimo. Por favor, vamos pegar um bilhão de átomos separados entre si, de todos os tipos, vamos bota-los como um monte encima da prancha da mesa do laboratorio, vamos dar uma ajudazinha botando a mesa a vibrar, sacudir-se, e vamos assistir alguns átomos procurando outros átomos certos formando combinações certas para que apareça ali building blocks que continuarão a se moverem e se organizarem formando finalmente o primeiro sistema celular… da vida. Aí aplaudiremos e teremos mais um fato real a ser listado no rol da Ciência.

Bem… terei que pausar esta tarefa agora, mas volto depois…

“Abiogenesis” is when something nonbiological turns into something biological and England thinks thermodynamics might provide the framework that drives life-like behavior in otherwise lifeless chemicals. However, this research doesn’t bridge life-like qualities of a physical system with the biological processes themselves, England said.

“I would not say I have done anything to investigate the ‘origin of life’ per se,” England told Live Science. “I think what’s interesting to me is the proof of principle – what are the physical requirements for the emergence of life-like behaviors?”

Self-organization in physical systems

When energy is applied to a system, the laws of physics dictate how that energy dissipates. If an external heat source is applied to that system, it will dissipate and reach thermal equilibrium with its surroundings, like a cooling cup of coffee left on a desk. Entropy, or the amount of disorder in the system, will increase as heat dissipates. But some physical systems may be  sufficiently out of equilibrium that they “self-organize” to make best use of an external energy source, triggering interesting self-sustaining chemical reactions that prevent the system from reaching thermodynamic equilibrium and thus maintaining an out-of-equilibrium state, England speculates. (It’s as if that cup of coffee spontaneously produces a chemical reaction that sustains a hotspot in the center of the fluid, preventing the coffee from cooling to an equilibrium state.) He calls this situation “dissipation-driven adaptation” and this mechanism is what drives life-like qualities in England’s otherwise lifeless physical system.

A key life-like behavior is self-replication, or (from a biological viewpoint) reproduction. This is the basis for all life: It starts simple, replicates, becomes more complex and replicates again. It just so happens that self-replication is also a very efficient way of dissipating heat and increasing entropy in that system.

In a study published July 18 in the journal Proceedings of the National Academy of Sciences,  England and co-author Jordan Horowitz tested their hypothesis. They carried out computer simulations on a closed system (or a system that doesn’t exchange heat or matter with its surroundings) containing a “soup” of 25 chemicals. Although their setup is very simple, a similar type of soup may have pooled on the surface of a primordial and lifeless Earth. If, say, these chemicals are concentrated and heated by an external source – a hydrothermal vent, for example – the pool of chemicals would need to dissipate that heat in accordance with the second law of thermodynamics. Heat must dissipate and the entropy of the system will inevitably increase.

Under certain initial conditions, he found that these chemicals may optimize the energy applied to the system by self-organizing and undergoing intense reactions to self-replicate. The chemicals fine-tuned themselves naturally. These reactions generate heat that obeys the second law of thermodynamics; entropy will always increase in the system and the chemicals would self-organize and exhibit the life-like behavior of self-replication.

“Essentially, the system tries a bunch of things on a small scale, and once one of them starts experiencing positive feedback, it does not take that long for it to take over the character of organization in the system,” England told Live Science.

This is a very simple model of what goes on in biology: chemical energy is burned in cells that are – by their nature – out of equilibrium, driving the metabolic processes that maintain life. But, as England admits, there’s a big difference between finding life-like qualities in a virtual chemical soup and life itself.

Sara Imari Walker, a theoretical physicist and astrobiologist at Arizona State University who was not involved in the current research, agrees.

“There’s a two-way bridge that needs to be crossed to try to bridge biology and physics; one is to understand how you get life-like qualities from simple physical systems and the other is to understand how physics can give rise to life,” Imari Walker told Live Science. “You need to do both to really understand what properties are unique to life and what properties are characteristic of things that you consider to be almost alive […] like a prebiotic system.”

Emergence of life beyond Earth?

Before we can even begin to answer the big question of whether these simple physical systems may influence the emergence of life elsewhere in the universe, it would be better to understand where these systems exist on Earth first.

“If, when you say ‘life,’ you mean stuff that is as stunningly impressive as a bacterium or anything else with polymerases and DNA, my work doesn’t yet tell us anything about how easy or difficult it is to make something that complex, so I shouldn’t speculate about what we’d be likely to find elsewhere than Earth,”  England said. (Polymerases are proteins that assemble DNA and RNA.)

This research doesn’t specifically identify how biology emerges from nonbiological systems, only that in some complex chemical situations, surprising self-organization occurs. These simulations do not consider other life-like qualities – such as adaptation to environment or reaction to stimuli. Also, this thermodynamics test on a closed system does not consider the role of information reproduction in life’s origins, said Michael Lässig, a statistical physicist and quantitative biologist at the University of Cologne in Germany.

“[This] work is indeed a fascinating result on non-equilibrium chemical networks but it is still a long way from a physics explanation of the origins of life, which requires the reproduction of information,” Lässig, who was not involved in the research, told Live Science.

There’s a critical role for information in living systems, added Imari Walker. Just because there appears to be natural self-organization exhibited by a soup of chemicals, it doesn’t necessarily mean living organization.

“I think there’s a lot of intermediate stages that we have to get through to go from simple ordering to having a full-on information processing architecture like a living cell, which requires something like memory and hereditary,” said Imari Walker. “We can clearly get order in physics and non-equilibrium systems, but that doesn’t necessarily make it life.”

To say England’s work could be the “smoking gun” for the origin of life is premature, and there are many other hypotheses as to how life may have emerged from nothing, experts said. But it is a fascinating insight into how physical systems may self-organize in nature. Now that researchers have a general idea about how this thermodynamic system behaves, it would be a nice next step to identify sufficiently out-of-equilibrium physical systems that naturally occur on Earth, England said.

Are life and mind irrelevant to the structure of the universe, or are they central to it?

Monday, May 18th, 2020

“Consciousness is Like Spacetime Before Einstein’s Relativity”

Posted on May 17, 2020

https://dailygalaxy.com/

The question that has intrigued several of the planet’s great physicists, including Stanford’s Andre Linde and Princeton’s John Archibald Wheeler in the last decades of his life, was: “are life and mind irrelevant to the structure of the universe, or are they central to it?” ( read more…)

My published question:

Avatar

Louis Charles Morelli • 36 minutes ago 

“Why ” irrelevant or central”? I think biological systems (aka, life) are merely another universal evolutionary step and human consciouness is merely a fetus of the final consciousness. So, neither irrelevant, neither central: in between.”

Then, there is this interesting video:

https://www.youtube.com/watch?time_continue=450&v=SBqSjFsKXeo&feature=emb_logo