Archive for the ‘Diseases’ Category

Existiria Gaia? E Ela estaria atirando virus microscópicos contra os virus humanos?

Thursday, May 20th, 2021

Ebola, Vaca Louca, Gripe Suina, Gripe Aviária, COVID-19, SARS,… uma história de bombardeios consecutivos e persistentes contra uma espécie… Um evento que se repetiu uma unica vez não foi produzido pelas forças caóticas do acaso, ele veio de alguma camada invisivel de alhguma faceta da ordem natural. Então qual será o rpincipio natural emitindo raios de sua força que se materializaram na forma destes virus?

Esta pergunta me surgiu quando li um panfleto no seguinte link:

O Filósofo (@ofilosofo_) • Instagram photos and videos

https://www.instagram.com/p/CPEQz7hj0h4/

Claro que este tema deve ser trabalhado pelos filósofos. Como filósofo sendo induzido por este inteligente panfleto a pensar no consumo humano de outros animais e na existência destes virus, e tentando ver os fios invisíveis que tecem esta interação entre estas duas espécies, me vem à mente a teoria de Gaia, do James Lovelock, da Lynn Margulis e do Teilhard du Chardin.

Se este planeta produziu com sua matéria estes sistemas biológicos, organismos com propriedade vital, de onde ele obteve as informações materiais para fazer isto? Sugere a razão que a mais provável hipótese é que ele as obteve de si mesmo, e as propagou pelo processo que ele aplicou que conhecemos hoje, o genético. Mas se foi isso, este planeta é semi-vital, um organismo. E como tal tem uma força vital com um instinto, o qual deve ser um protótipo de subconsciência que se espalha como bolhas na sua atmosfera que aloja sua camada mental condensadas nas cabeças das suas criaturas que perfazem esta biosfera. Isto seria Gaia, tal e qual imaginaram aqueles grandes pensadores.

Isto explicaria este fenômeno de interação mortal entre humanos e virus. O instinto de Gaia não veio de algum instinto fraternal cósmico, pois esta biosfera foi produzida pelas forças do caos, as quais se movem como ondas que crescem e se colapsam se auto-devorando para assim ressurgirem auto-recicladas, como funcionam as marés, pois nisto consiste esta carnificina da cadeia alimentadora ecológica. Mas quando uma de suas espécies se torna muito poderosa extinguindo as demais, Gaia aciona suas micro forças como setas caóticas venenosas e certeiras, assim temos virus dizimando humanos. É como um terremoto na dimensão quântica chacoalhando a sua dimensão macroscópica.

Talvez exista neste mundo várias camadas inferiores de consciências nascentes que se apresentam como as camadas da cebola, constituindo diferentes dimensões, uma delas sendo a camada de Gaia embutida no inconsciente coletivo pensado por Chardin, Jung, e até o grande mistico Pietro Ubaldi com sua teoria das nuvens de nourées… A mente do filósofo é util porque se adianta na escuridão ainda não penetrada pelo método científico e sonda seus arredores elaborando as teorias que abrem caminho para os cientistas… De onde Gaia obteve as informações para dotar suas criaturas com sistema de defesa imunológica, se ela não já possuía um protótipo em si mesma? Agora os virus contra Gaia são humanos e os anticorpos virais produzidos por Gaia é o SARS-COVI? Meras hipóteses, mas com consideráveis fatos arrolados como evidências.

Vírus: o heroico esforço dos Gates e sugestão da Matrix/DNA

Monday, March 8th, 2021

xxxx

A Fundação Bill & Melinda Gates ja deu U$ 1,75 bilhão na luta contra a pandemia. No kink abaixo podemos ler o relatório que eles publicam todos os anos e entender mais esta pandemia. Busca-se as melhores estratégias de luta contra vírus e pandemias, mas eu acho que a mais importante (portanto a mais difícil e mais eficaz) estratégia não foi ainda sequer pensada por ninguém, não vejo ninguém menciona-la. O conhecimento da formula da Matrix/DNA nos conduz a ver tudo sob um novo e inédito entendimento, mas por estarmos sós nesse conhecimento, não conseguimos reunir equipes de trabalho, e assim nada podemos fazer. Na tentativa de despertar esta vontade publiquei o seguinte comentário na secção de comentários ligados ao relatório:

How and why Nature is still producing virus? At the process of life origins, virus was the half way between amino acids and the first living cell. Existing at the RNA world, viruses never evolved into the DNA world, I think. Virus came from, belongs, to the molecular world, so I ask: Nature still is producing amino acids, proteins, from non-organic matter? Creation of life happens only once time or it is an endless process? At the Matrix/DNA formula of all natural systems, we see that virus is not a system, it is missing parts, systemic functions. Knowing that reproduction is their meaning activity we can locate it related to uracil function which is F5 in that formula. I would try a drug that destroys uracil. I never saw any debate, anyone, trying the systemic approach which requires philosophical methods of searching. We never will be free of microorganisms that causes pandemics while dealing with the consequences, the effects, forgetting totally to search and fight the first cause, their roots. Congratulations Bill and Melinda, if we are spirits, those millions that you saved will be eternally grateful to you…

Graves consequencias de uma noite sem dormir

Friday, January 8th, 2021

xxxx

The effect of acute sleep deprivation on skeletal muscle protein synthesis and the hormonal environment ( scientific paper)

https://physoc.onlinelibrary.wiley.com/doi/10.14814/phy2.14660

  • A single night of total sleep deprivation is sufficient to induce anabolic resistance and a procatabolic environment. These acute changes may represent mechanistic precursors driving the metabolic dysfunction and body composition changes associated with chronic sleep deprivation.
  • Acute sleep deprivation reduced muscle protein synthesis by 18% 
  • In addition, sleep deprivation increased plasma cortisol by 21% (p = .030) and decreased plasma testosterone by 24% (p = .029)

(continue reading – free paper)

O cérebro é o circuito de um sistema perfeito, o corpo, outro igual circuito: alterações no circuito corporal são detectadas no circuito cerebral, como dores, sensações. Nova sub-teoria da Teoria Geral da Matrix/DNA

Saturday, November 28th, 2020

Nem meu cérebro nem eu (como ego ou consciência), nunca vimos meu fígado, meu coração, nem meu estomago. Meu ego, ou consciência, sabe que tenho estes órgãos, qual a forma deles, e onde estão localizados, porque vejo figuras destes órgãos em outros corpos iguais ao meu. Mas o cérebro não pode saber nada disso, ele nunca recebeu sinais visuais, tácteis ou sonoros destes órgãos. Então, como o cérebro avisa meu ego que está ocorrendo má digestão no estomago, ou seja, alguma azia, e com um tipo de aviso ( na forma de dor) bem especifico, ou seja, aquela dor que imediatamente relacionamos à azia?!

Exemplos de que o cérebro nem sabe que ele tem – ou está ligado – a um corpo, são muitos. No vídeo com link abaixo, são mostrados alguns exemplos. Outro exemplo é o que acontece com crianças recém-nascidas. No inicio elas não controlam os movimentos de mãos e pernas. A certa idade elas ficando olhando para as mãos e os pés, curiosas, e uma mão pega, apalpa, sente a outra, pega um pé… só então a criança começa a ver que que aqueles membros não são como os outros objetos que ela vê – o berço, o brinquedo, etc – porque elas percebem que podem mover estes membros pela simples vontade de movê-los. Só então passam a ter controle deles, a aprender a andar, etc. Mas o que percebeu isso foi o ego, não o cérebro: para este, não tem diferença entre os diferentes objetos externos.

O cérebro tem extensões, denominadas “nervos”. Mas um nervo que desce pelo pescoço, ou sai da medula espinhal, atravessa larga área escura, passa pelo fígado, não vê nada, e o cérebro não pode saber onde ele está, são como tentáculos de um polvo cego no fundo escuro do oceano. Nervos que passam pelos dedos que sofre um ferimento são afetados naquele local, mas o cérebro, que nem sabe o que tem dentro dos dedos e em volta daquele nervo, nem a qual distancia o ferimento está, etc., jamais poderia saber que um dedo está sendo cortado.

No entanto, a realidade mostra que ele avisa o ego que o dedo está sendo cortado, mesmo que eu também esteja num oceano escuro sem ver meus dedos.

Neste vídeo, é ensinado como estão as ultimas pesquisas e mais atualizadas teorias dos cientistas. A teoria pode ser resumida neste trecho do seu discurso:

Aos 12:38 s – ” As experiências do corpo a partir de dentro são bem diferentes das experiências do mundo à nossa volta. Ao olhar à minha volta, o mundo parece cheio de objetos, mesas, cadeiras, mãos de borracha, pessoas, vocês todos…inclusive meu próprio corpo. Posso percebê-lo como um objeto externo. Mas as minhas experiências a partir de dentro do corpo não são assim. Não percebo meus rins aqui, meu fígado aqui, meu baço. Não sei onde fica meu baço, mas fica em algum lugar. Não percebo minhas vísceras como objetos. Na verdade, nunca as percebo, a não ser que haja algum problema com elas. E isso é importante, eu acho. A percepção do estado interno do corpo não tem a ver com saber o que está lá, mas tem a ver com controle e regulação, com manter nossas variáveis fisiológicas dentro dos limites necessários para nossa sobrevivência. Quando o cérebro se utiliza de palpites pra entender o que está fora, percebemos os objetos como causas das sensações. Quando o cérebro se utiliza de palpites para controlar e regular coisas, vemos o quanto esse controle está indo bem ou mal. Então, nossas experiências mais básicas de sermos um ser, de sermos um organismo corpóreo, estão profundamente arraigadas nos mecanismos biológicos que nos mantêm vivos. E, quando seguimos essa ideia, começamos a ver que todas as nossas experiências conscientes, já que dependem do mesmo mecanismo de percepção por palpites, vêm de uma necessidade básica de permanecermos vivos. Vivenciamos o mundo e a nós mesmos com, por meio de, e por causa dos nossos corpos vivos.”

Sinceramente, não entendi nada. Para mim, ele enrolou, escapando como os políticos escapam recorrendo a recursos de retoricas que nada dizem para enganar os eleitores de que elas sabem o que estão falando, mas o leitor que não sabe porque não tem inteligência suficiente, deve docilmente aceitar aquela verborreia como sentença definitiva. Ele não apresentou filmes animados mostrando o que são “variáveis fisiológicas, mecanismos biológicos que nos mantem vivos, ou por qual mecanismo o cérebro calculou a região e o local do nervo dentro do dedo, e como, por qual sinal, o cérebro materializou sua percepção em substancia mental para que minha consciência se inteire disso, e etc.”

Sei que minha inteligência é fraca, e posso até aceitar que é mais fraca do que o normal entre humanos, por isso, peço a alguém que tenha entendido e saiba traduzir isto numa outra forma de linguagem que ei entenda melhor, talvez nem precise mostrar os experimentos científicos que revelam estas variáveis fisiológicas, estes mecanismos biológicos, como são, fisicamente, estes controles de regulação… que pelo jeito, teriam que ser controles remotos, dada a distancia e separação do cérebro e o corpo.

Mas os cientistas mencionaram duas palavras que me impressionaram: controle e regulação.

Isto me lembrou imediatamente a minha Teoria Geral da Matrix/DNA, a sua formula universal, e me fez correr a calcular uma nova sub-teoria.

A Matrix/DNA diz que existe uma formula natural de todos os sistemas naturais. Essa formula é vista no corpo, do pescoço para baixo, e outra vez, como forma do cérebro, pois são dois sistemas naturais. Então ela sugere que somos duas cópias do sistema universal, uma como corpo e outra como cérebro. O cérebro foi construído evolutivamente como auto projeção do corpo, desde as bactérias, iniciando por sistemas nervosos muito simples. E diz que todos os sistemas naturais são como fractais em diferentes tamanhos, uns dentro de outros, numa universal hierarquia de sistemas. Acima de todos os fractais existe o fractal perfeito universal como template de todo este Universo, uma espécie de genoma da fonte geradora deste Universo. I sentido da existência destes fractais menores, como nós humanos, é serem moldados pela evolução e crescerem para se empalharem com o genoma divino. Assim como aconteceu entre seu corpo e o de seus pais. Para lembrar e fixar melhor a nossa mente vamos trazer a formula para cá:

Se esta formula está como template tanto do cérebro como do corpo, seus órgãos principais do corpo correspondem a seis regiões ou glândulas do cérebro. No corpo, F1 deve ser o coração, no cérebro sabemos que é o hipocampo. E assim por diante. No cérebro as partes todas são fixas, não se móvel e não realizam funções metabólicas, então no cérebro a formula é fielmente estabelecida e imutável. No corpo as partes executam funções metabólicas, podem ter seus estados variados. Enfim, o que interessa mais na formula é o fluxo de informações do sistema inteiro que corre no circuito esférico. Sendo a mesma formula na forma de dois fractais e estando os dois interconectados, podemos supor que estão alinhados, encaixados, superpostos, como ocorre na superposição quântica. E devemos supor que qualquer saída da anormalidade, qualquer influencia negativa em qualquer órgão ou ponto do circuito do corpo, causará uma perturbação local da energia fluindo no circuito. Assim, qualquer perturbação num ponto do circuito do corpo, será imediatamente percebido como alteração ou desvio ou bloqueamento da energia no mesmo ponto do circuito do fractal cerebral.

O cérebro não diz ao ego que está doendo o pulmão. O cérebro não sabe que existe pulmão. E o pulmão por si só não tem e não sente dor. E quem está conectado com o ego, ou consciência, não é o pulmão, e sim o cérebro.

No emaranhamento quântico, qualquer alteração numa partícula repercute e produz alteração imediata na sua contraparte que pode estar a milhas de distancia. Então quando existe bolhas de sopro/água perturbando o pulmão, o cérebro retira o ponto correspondente de seu circuito de contato com o ego e cede lugar ao mesmo ponto de circuito que corresponde ao pulmão. Assim o pulmão entra em contato direto com a mente. E a mente sente a dor localizada e característica do pulmão.

O cérebro deveria ter o poder de impor a correção do seu circuito sobre o ponto correspondente doentio no corpo. Isto seria uma espécie de epigenética, e tem evidencias sugerindo que de fato pode acontecer. Com a evolução, talvez nossa mente, através do cérebro seja assim capacitado a nos curar.

Na minha mente – acostumada a 30 anos a lidar com esta formula – a figura se desenha com clareza, a superposição dos fractais, mas entendo que ao leigo no assunto, fica difícil de ver o quadro mental. Se tiver tempo e melhores recursos computacionais aqui vou fazer o desenho que tenho na mente desta superposição e adiciona-lo neste artigo. Por ora, fica registrado maus um ramo de pesquisa a ser refletido e desenvolvido.

O vídeo é muito bom, pode ser escolher a legenda em português, e até ver o transcript. Mas a mensagem final, a meu ver, é obscura, mostrando que a uma certa ideologia está falando mais que a ciência real. Isto se nota no inicio quando dizem que : ” antigamente se acreditava que a vida foi feita por magicas, hoje já sabemos como foi feita pela física e pela química…” Novamente o escapar pelo reino das palavras humanas que são desconectadas da realidade captada pelos nossos censores e pelos instrumentos científicos. Para a Natureza não existe isto de física e química, não existe separação nos eventos naturais de isto pertence a uma área, e isto a outra área, ali tudo é uma coisa só é natureza. Física e química se tornaram duas palavras representando entidades magicas que criaram as propriedades vitais e toda a vida em si. Onde estavam – nos átomos do planeta terra, no sistema solar e nesta galáxia, as forças e elementos naturais que convergiram para a superfície terrestre e entre suas ações e reações produziram a vida? Não venham me enrolar com palavras que, tendo a Natureza como observadora, nada significa. E este salto da realidade para o mundo das ideologias, sejam deístas ou materialistas, que foi aplicado ao fenômeno da vida, estão agora aplicando-o ao fenômeno e maior mistério de todos os tempos que é a autoconsciência…

Your brain hallucinates your conscious reality | Anil Seth

FIM 

Covid19: Excelente gráfico instrutor para sua defesa

Sunday, October 18th, 2020

O queijo suíço e a defesa respiratória contra os vírus

Entendendo a figura:

  1. Num bombardeio de muitos vírus, se houver isolamento social como primeira e única precaução, a maioria dos vírus são evitados, porem três vírus podem estar no ar em ambientes fechados.
  2. Cuidados com a ventilação pode diminuir estes três vírus para dois;
  3. O uso de mascara pode evitar um vírus destes dois. Outro ainda continua perto e ameaçador;
  4. O terceiro vírus pode estar agregado a objetos manuseáveis
  5. procurar rápido e eficiente teste pode minimizar o efeito do vírus se for contraído;
  6. A procura dos últimos contatos dos infectados pode alertar os contatados a buscarem os testes;
  7. Portanto a ultima precaução para evitar o ultimo vírus que pode estar agregado nos objetos é a limpeza e desinfecção das superfícies.

Descobrindo as origens e como funciona o sistema de defesa imunológico?

Tuesday, October 13th, 2020

Science Paper:

Sobre:  innate immune system

Neutrophil Extracellular Traps Kill Bacteria

 See all authors and affiliations Science  05 Mar 2004:
Vol. 303, Issue 5663, pp. 1532-1535
DOI: 10.1126/science.1092385

SCIENCE MAGAZINE

https://science.sciencemag.org/content/303/5663/1532

Abstract:

Neutrophils engulf and kill bacteria when their antimicrobial granules fuse with the phagosome. Here, we describe that, upon activation, neutrophils release granule proteins and chromatin that together form extracellular fibers that bind Gram-positive and -negative bacteria. These neutrophil extracellular traps (NETs) degrade virulence factors and kill bacteria. NETs are abundant in vivo in experimental dysentery and spontaneous human appendicitis, two examples of acute inflammation. NETs appear to be a form of innate response that binds microorganisms, prevents them from spreading, and ensures a high local concentration of antimicrobial agents to degrade virulence factors and kill bacteria.

MATRIX/DNA: ” Tem sido um grande problema para nós explicar como a Natureza criou o sistema de defesa imunológico, pois não vemos isso na formula da Matrix. Agora, o resumido abstrato acima ( preciso fazer o membership na Science, pagando U$ 25,00 para conseguir o texto completo) nos intuou com o come4ço de uma explicaçaõ.

Sabemos que proteinas são as representantes biologicas do circuito esferico da formula da Matrix. Se existem 30.000 proteinas, é porque o circuito foi dividido em 30.000 pedaços, cada qual correspondendo a um trecho do circuito. O neutrofilo emite extracelular fibras de proteinas e cromatina que formam uma rede como as redes de pesca, as NET, que envolvem os mirobios e os matam. Esta uma das estrategias do sistema de defesa. Diz o abstrato que as fontes que geram estas redes, chamadas de grânulos, possuem antimicrobial agentes.

Ora, estes microbios são constituidos de DNA, RNA e proteinas. Então podemos pensar numa proteina que degrada outra proteina, o que significa dizer que existe uma versão de trecho do circuito que é justamente contraria a outra versão do mesmo trecho do circuito. calcula-se que quando uma versão positiva se liga em contacto com outra versão negativa , as duas se auto-eliminam. A Natureza já possuia este recurso na formula, quando no encontro de matéria com anti-materia as duas são eliminadas.

Mas como a entidade do sistema produziria uma copia exata de seu circuito, porem, negativa? Talvez o segredo esteja na direção do fluxo dentro do circuito: a versão negativa seria reversa, ou seja, o fluxo corre da frente para tras, ou seja, no sentido anti-horario… Epa! Antihorario? Aqui está outra sotuação em que duas arquiteturas simetricas podem ser auto-anularem: a fusão de dois spins contrarios…

Precisamos ver a sequencia atomica de todas as proteinas envilvidas.

Mas como a entidade de uma forma do sistema universal, ainda inconsciente, teria a motivação para fabricar a proteina reversa, de onde ela tiraria essa ideia ( ora, a ideia já existe no sistema, dois opostos se anulam.. )….

Vamos trazer a formula para cá, ficar estudando o circuito esférico, a entidade do sistema, para destrinchar esse mistério, pois o sistema de defesa é de suma importância ter seu conhecimento total.

Formula Matrix/DNA

Outra possibilidade seria elaborar o circuito esferico contendo apenas a dimensão tempo ( trechos em setas), sem os pontos da dimensão espaço ( os corpos quadrados Fs). Ao se superpor ou emparelhar com a proteina normal, e impondo sua configuração, o fluxo fluiria sempre direto, eliminando o aspecto corpo.

Na figura abaixo vemos outro truque espetacular dos neutrofilos: para se mover no meio das células, onde existem filamentos como pontes entre celulas impedindo a passagem, os neutrofilos emitem uma enzima que vai na frente desfazendo estas pontes.

Ver mais matéria sobre as NET e neurophil, no penultimo artigo aqui com video demonstrativo e na Wiki, em:

https://en.wikipedia.org/wiki/Neutrophil

Porque existe o encontro entre um vírus assassino e um humano suicida?

Wednesday, April 29th, 2020

Ele morreu com apenas 24 anos, pelo coronavirus. Era incrível sua felicidade a vida toda, nunca foi visto sem estar rindo e brincando. Super saudavel. E devotado suporte de Trump, atuando como militante nas campanhas dele, etc.

COVID-19 victims’ stories: Ben Hirschmann

Robert Hirschmann remembers his son’s last days before he died at home from the coronavirus: “This is a hole in your heart that will never be filled again.”APR 26, 2020

https://www.cbsnews.com/video/covid-19-victims-stories-ben-hirschmann/

Vamos tentar analizar este evento natural:

O vírus é invisível, donde se conclui que o humano é pego de surpresa, traiçoeiramente. Então não teria nexo dizer que o humano que se encontra com o vírus procurou seu suicídio. Mas acontece que humanos procuram suicidios pelo tipo de seus comportamentos anteriores, os quais dirigem humanos ao encontro com o vírus.
Claro, cada pessoa vai interpretar esta história à sua maneira, baseada na sua interpretação geral da natureza real e sua metafisica mistica, todos nos temos isso.
Acho que o ateu não vai se dispor a analizar, saltando imediatamente para a conclusão de que “foi simples acaso, ele foi no lugar e hora errada, e o virus estava lá, o encontro entre os dois obedeceu os simples processos naturais. Sendo a mais bem elaborada e mais complexa arquitetura construída pela sorte, dentre os varios eventos ao acaso, ele aproveitou isso enquanto pode, e se maravilhou pelo que a sorte pode produzir”.

Acho que o religioso, principalmente doutrinado na crença do conteúdo de um livro chamado Bíblia que conta as histórias e mitos dos judeus a milhares de anos atrás, também não vai investir sua mente numa análise profunda de cada detalhe desta historia para ver se aprende algo mais sobre o mundo real. Ele vai repetir o que sua religião diz: ” É… Deus tem suas razões ( para produzir esta historia com virus e humanos sendo torturados e mortos pelos virus) e não somos nós que vamos saber como Deus pensa…”

Agora, eu não acho como um filósofo naturalista vai reagir, porque sou um deles, então tenho certeza de como eles reagem. Enquanto assistem a historia, cada detalhe vai-lhes trazendo ‘a lembrança detalhes de outras histórias reais sobre a natureza real que se assimilam. No final do video, a mente do filósofo esta fervilhando com todos aqueles detalhes, os quais incluem desde o que aconteceu recentemente como o que aconteceu com partículas nas origens do Universo, ou da extinção dos dinossauros. Eu particularmente na primeira menção da palavra vírus minha mente correu na formula da Matrix/DNA para ver o que é, como veio a existir, qual o significado da existência dos vírus, e na fórmula focalizo a Função Sistêmica numero 5 (F5). aem seguida, busco as causas da origem do personagem. Nasceu na classe média americana da Carolina, seu pai era policial, sua mãe advogada. Disto procuro deduzir a vida infantil, a educação, que formou o carater do personagem. Com estas duas criaturas identificadas, vou analisar como e porque vírus e o humano Ben se encontraram num mesmo ponto do espaço tempo e como, porque, neste encontro ocorre o fenômeno em que o virus mata o humano.
Os humanos sabem que virus matam, assim como leões matam, por isso existe falta de logica racional num humano se ele desafiar um leão. Ben não foi surpreendido por um inimigo invisível, ele sabia da pandemia. Ele desafiou o virus. Isto significa que ele tinha problemas no raciocinio: ao inves de raciocinio logico racionalista tal como a natureza fez ao criar este cerebro no mundo real, ele estava desviado para o tipo de raciocinio magico, mais virtual que real. É tipico dos misticos, religiosos, ideologos, etc. Dirigido pelo pensamento mágico seu corpo foi desafiar o leão de mãos vazias. Talvez convencido por outros humanos com pensamento magico: pode ir no meio daqueles indivíduos porque eles não trazem o virus. Ou seja, existe o leão, mas ele esta preso fora, não vai aparecer no encontro. Ninguém poderia afirmar que os indivíduos não levariam o virus, se tivessem o raciocínio lógico, o qual estaria bem informado pelos cientistas, principalmente que pessoas podem estarem com virus, espalhando o virus, sem o saberem.
Sei que ler a descrição do comportamento do filósofo naturalista ( e não dos filósofos acadêmicos do ar condicionado, que são experts em florear e entreter seus discursos sobre abstratos, e nao sobre o real) é maçante, tedioso, mas também o é escrever, e o filosofo naturalista aguenta firme o desconforto escrevendo porque ele quer uma explicação racional. Os religiosos do tipo ateu e deista já teriam chutado o balde desde o inicio, saindo com seu julgamento definitivo.
Ambos, o pai e a mãe de Ben cometeram na vida um infringimento de uma lei natural. A de que: “Comerás o teu pão, dormirás na tuas casa, vestirás suas roupas, e tudo o mais que consumires, pelo suor de seu rosto e calejar de suas mãos. Pois no mundo real nada do que consomes cai do céu gratuitamente. E se consomes algo concreto sem ter produzido algo concreto de igual sacrifício no trabalho para dares em troca, certamente estarás se apropriando do trabalho, tempo, e vida de outro humano.” Advogados e policiais nada produzem de concreto com suas mãos. Eles procuram escaparem dessa maldição da Natureza, se aproveitando de uma falha no sistema social, sempre criado por predadores de humanos. Um sistema social criado por um filósofo naturalista jamais teriam estas brechas, não precisaria de advogados e policia, pois a visão do mundo na base do sistema social teria configurado as operações mentais de todos para não infringirem as normas do sistema e quando um doente mental o fizesse, a função de polícia e de júri seria exercido pela comunidade. Criado nesse lar com esse erro Ben não perceberia por si mesmo o erro e tenderia a ser mais um errado igual. Esse foi um dos desvios da lógica natural que ajudou a conduzir Ben ao encontro com o virus.
Em seguida, o filosofo naturalista nota que Ben imita seu idolo, Trump, desprezando o poder do virus, baseado na auto-segurança erigida pelo estado do pensamento mágico. Esta auto-segurança vem da infância mental da humanidade ( tão fantasista como é a infância dos indivíduos humanos) na forma do representante da psique construída pelo instinto a predador inscrito na genetica dos ancestrais animais habitantes das selvas. O leão nasceu com a maior força do mundo vivo, nada o ameaça, ele é o dono, o rei supremo de seu território e automaticamente com ódio devora e mata suas presas. Para ele aquele estado do mundo é eterno, um leão nunca pensa no futuro e muito menos que possa existir alguma ameaça de que aquele mundo seja mudado. Como esse estado mental se transfere para a recem-criada psique do humano ainda primitivo? Este humano nasce brincalhão, com a psique povoada de fantasias, conversando com amigos fantasmas imaginarios. estes amigos fantasmas foi quem produziu os objetos ‘a sua volta, tudo usado como brinquedos. Então no humano primitivo os amigos fantasmas se tornam deuses, responsáveis pela criação de tudo que existe no mundo. E para o humano cuja psique tem o instinto para predador dominante, ao invés do instinto para presa típico dos escravos conformados, ele nasce privilegiado e deve passar a vida se deleitando nestes privilégios, pois assim Deus o quer. Para Trump é inadmissível que venha um inimigo invisível com poder destruindo suas presas e território, seu Deus subconsciente jamais permitiria isso, isso mudaria um mundo que é imutável.
Ben estava fazendo tudo certinho na infância para se tornar mais um patrão e ele se dirigiu mais para ser um patrão político. Inconscientemente, ele não podia evitar o semblante sorridente quando se aproximava de pessoas, fas parte da função, serão seus futuros eleitores. E não poderia ter evitado se inscrever na militância dentre os políticos, especialmente os republicanos que representam mais o seu caráter.
Vírus é a ferramenta concreta, material de um operador invisível mas que tem uma força material para operar essa ferramenta, assim como nosso pensamento tem a força invisível para mover nosso dedo. Pelo que vejo na formula da Matrix/DNA, virus vem como dois grupos opostos entre si: um pode ser para o bem de certas criaturas, outro para ser o mal. Na formula, virus representa F5 que é o responsável pela perpetuação de um sistema fechado em si mesmo, ou, como o oposto, o responsável pela perpetuação de sistemas abertos. Tudo depende da direção em que F5 é ejetada, se para dentro ou para fora do sistema. Se for para dentro, ele é bom para o sistema e mal para tudo que esteja fora, e vice-versa. O coronavirus é mal para a criatura humana, um sistema aberto. Sei que ele foi produzido por um sistema fechado, com as forças e elementos naturais desta galáxia, que é um sistema fechado. Ele vai definir a criatura humana como uma inimiga, uma intrusa de sistema aberto dentro do seu sistema fechado.
E aqui chego ao pico máximo do mistério, daqui vai surgir uma lição me mostrando o que um humano deve fazer de sua vida para não ser pego por ele e quiçá, o que fazer para vencer a guerra contra ele. Mas aqui todos os dados formam um quadro muito confuso ao observador, pois um personagem do conflito nasce como X dentro de um sistema X para atuar como X contra um personagem que nasce como Y, dentro de um sistema aberto Y… A coisa fica confusa porque Ben era um representante do tipo de sistema fechado, X, porque sua mente revelava o egoismo dos sistemas fechados, mas tinha a anatomia interna de sistema aberto… e isso tudo torna o quadro confuso. Quando chego neste ponto de qualquer meditação pelo metodo filosofico naturalista, já estou muito cansado mentalmente, costuno parar aqui, apenas registrando o que foi escrito, e isso fica no subconsciente voltando ‘as vezes a tona e muitas vezes, sem querer, surge uma resposta racional. Ohhh… espera aí… Ben tinha a psique fechada, o virus representa um sistema fechado, os iguais se auto-identificam, se relacionam festivamente, Ben e o virus se encontraram numa festa do partido republicano… Não,… não, acho que forcei demais, vamos pausar por aqui… prometendo que volto no dia que pintar uma solução racional. Raios, a vida dos religiosos ateus e deistas é muito mais fácil…

Como um virus chega a torturar uma criança humana!

Tuesday, March 3rd, 2020

Malaria Journal: Informações para pesquisas da Matrix/DNA sobre essa doença

Saturday, February 1st, 2020

https://malariajournal.biomedcentral.com/

How to fight anxiety, stress…

Wednesday, December 25th, 2019

This thread posted om Reddit lead me to the comment below:

https://www.reddit.com/r/GetMotivated/comments/efdvrr/image_let_it_go/

MatrixDNA – 25/12/19

I think that Matrix/DNA world view has the best suggestion on this issue. There are people that believes the genetic code in the DNA was made here by magics from some gods. This magical thought modeled the neuronial configuration, but, far away off the real world, because there are no magics, never nobody saw it. Other people believes that the genetic code was made by the stupid matter of this lost planet at a by chance event. DNA produces natural systems like our bodies as a natural system, as a product of the state of order, which does not arises spontaneous from chaos, nobody never saw it. These people has the brain configured by animals instincts coming from the jungle’s environmental chaos, chaotic and not complete thoughts are echos in their brains. Anxiety, stress, are inherited from animals brains because our environment was produced by chaos which can brings tragedies to us, and a chaotic modeled psyche is not strong for avoiding them. But, the existence of DNA and natural systems here shows that the principle for state of order is here and inside us, which can fight the surrounding chaos, and keeping this knowledge, practicing it, is the way for one changing slowly the way his/her brain is configured. No magical and no chaotic/random/animalist thoughts, both are corrupted scenarios. We are discovering that the genetic code was not invented/created here, it is merely an evolutionary natural formula coming from astronomic/atomic/light waves systems, since the Big Bang – or before it, so, the religious and the materialist academic world views are wrong. Another discovery is that chaos here is merely local in this immediate environment and not the general rule beyond us, we are inside a more bigger and astronomic ordered system, its genetics is inside us and we must use this force for fixing our brains and installing order around us. In ordered state there is no anxiety and stress… it is enough that you keep the natural real world view