Archive for the ‘Humanity and the Great Mission’ Category

Influencias da Pandemia-COVID-19 no Consciente Coletivo

Sunday, November 22nd, 2020

A pandemia da COVID-19 mudará alguma coisa na mentalidade ( ou psigologia), da humanidade? nesta pagina vamos tentar alinhar o que formos colhendo neste assunto:

Uma pesquisa foi feita nos USA para verificar se o conceito da população em relação à pobreza e desigualdade de oportunidades mudou algo durante a pandemia. O resultado sugere que mudou a atitude mental em favor dos pobres, porem essa atitude mental ainda não foi verificada na mudança concreta do comportamento.

Existem duas causas para a pobreza das pessoas, segundo o entendimento popular: Uma são as “CAUSAS SITUACIONAIS” ou Fatores Externos, da pobreza, como discriminação, falta de sorte; e outra – a mais crível pela maioria – são os “FATORES DISPOSICIONAIS” , ou Fatores Pessoais, como a preguiça. A preferencia mudou para como mais influente causa os Fatores Externos. Todavia, quanto á desigualdade não houve mudanças no sentido de maior suporte aos pobres. ( The study indicates that people became more likely to blame external factors for poverty and less likely to blame personal failings after the outbreak of the virus. Causes of poverty (e.g., discrimination, luck), and instead assume that poverty is caused by dispositional factors (e.g., laziness)).

However, we did not detect an overall mean-level change in opposition to inequality or support for government intervention. Instead, only for those who most strongly recognized the negative impact of COVID-19 did changes in poverty attributions translate to decreased support for inequality, and increased support for government intervention to help the poor.

Esta pesquisa foi publicada como paper no:

Journal of Experimental Social Psychology

Volume 93, March 2021, 104083

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0022103120304236

Recognizing the Impact of COVID-19 on the Poor Alters Attitudes Towards Poverty and Inequality

xxxxx

Não se deixe enganar quando alguém fala a palavra “tempo”. Porque tempo não existe no mundo real e prejudica sua inteligencia. Veja esta prova.

Saturday, November 14th, 2020
See the source image

Eu provei que o tempo não existe graças a essa minha esquisitice de querer viver como eremita, longe de tudo. Antes de fugir para o meio da selva amazônica e lá ficar por uns sete anos, morava na capital de São Paulo e nos finais de semana pegava o carro e ia viajar pela estrada velha do litoral, subindo e descendo montanhas, até chegar numa praia que fica cheia de gente durante o dia e ninguém à noite. Então nas madrugadas debaixo do belo luar da lua cheia, e ao lado das montanhas, eu me tornava o lobo solitário, podia uivar à vontade para a lua cheia, ouvindo o eco batendo nas montanhas, e depois cair na areia em meditação profunda, tendo como fundo musical o som das aguas do mar.

Foi assim que eu consegui o que ninguém mais na região conseguiu: conhecer o “seo Hagamenon”, saber que ele existia. Ele era um eremita solitário vivendo num casebre de caixotes na mata da montanha ao lado. Fazia questão de esconder-se, por isso me disse que as vezes ficava assistindo do alto do mato da montanha o povão na praia, e à noite quando se certificava que não havia mais viva alma ele descia e achava muitos objetos uteis, até alguma comida, bebida, etc. Mas eu o peguei no flagrante por umas duas vezes, segurei firme o tubo de gás pimenta oculto na manga como precaução, cumprimentei-o, mas surpreso ele saia correndo para a montanha. Na terceira vez levei leitoa assada e garrafas de vinho, comemos e bebemos a noite toda, consegui doma-lo. Perguntei porque “hagamenon”, um nome incomum, dos gregos… e ele rápido corrigiu: ” Não, não é o Hagamenorn grego ( ele tinha um sotaque estranho e só então notei que podia ser “hagamenor” ). ” É a letra “h”, sozinha e minúscula, e separada do resto, que é “menor”: h…menor?! ” Sim, h minúsculo de hominho pequeno, sou o menor dos homens do mundo ( aqueles outros que são h maiúsculo), sou o “aaaa..não” de Deus sempre dizendo “aaa…sim, meu Deus”.

Até hoje quando me lembro da criatividade daquele louco quando estou dentro de um trem e caio na gargalhada sozinho até ouvir a mulher mineira do lado dizendo ao marido: “Esse trem é louco e tá dentro do trem…” Ao que o marido olha pra mim e responde: “Ele é mais fraco que eu. Qualquer problema e boto esse trem fora do trem”… Mas aí me certifico que o tubo de gás pimenta está pronto na mão para qualquer problema, faço o gesto de tocar violão e canto alto:

“Este trem que é o de verdade, na próxima estação…

Bota pra fora todos os trens otários que transportou,

Seja o otário um trem forte ou não…

E já não tá mais aqui quem falou…”

Claro, pois nessa altura já estava correndo para outro vagão.

Mas até parece que o velho h…menor estava esperando alguém na montanha para uma ultima confissão, pois uns dois meses depois encontrei seu cadáver desfeito na cabana. Depois que a policia fez seu trabalho e a cabana ficou abandonada, eu passei a viver nela nos finais de semana. Foi aí que descobri a prova que o tempo não existe.

Os praianos deixavam muito lixo na praia, de vez em quando o pessoal da prefeitura ia limpar, mas não limpava perto do mato. Da arvore que eu via os praianos durante o dia, notei um pequeno monte de lixo na orla da mata. Garrafas plásticas, marmitas de isopor e alumínio, até pedaços de cadeiras… A altura do monte estava no nível de um sulco numa pedra ao lado. Dois dias depois notei que o monte estava mais alto, a altura estava no nível de outro suco mais elevado na pedra, mais lixo tinha sido agregado. E assim foi por dias, meses, o monte cresceu muito, já estava mais alto que a pedra toda. Pensando naquilo tive a ideia que podia fazer um novo tipo de ampulheta para medir o tempo: riscando sulcos paralelos na pedra em toda sua altura sendo que a distancia de cada sulco era igual ao lixo que era acumulado em uma semana, eu podia contar as semanas passando, o lixo funcionava como a areia na ampulheta.

Mas no silencio sob o luar nas madrugadas em que ficava sentado observando o mar, pensei no tempo que corria e me obrigaria a sair dali para o trabalho na cidade, me veio a mente que algo se movia no mundo e estava ao meu lado, avançando…, era o “TEMPO”… um fantasma invisível …. brrrrr… Me lembrei da multidão de filósofos e cientistas queimando neurônios por causa deste fantasma que se movia ao nosso lado, por cima de nós, de dentro de mim, no meio das estrelas, quantas equações matemáticas tinham o tempo como fator concreto variável…

Lembrei dos sulcos que fiz na pedra como armadilha para pegar o tempo, dos relógios que registram o fantasma alado passar, e… espera aí,… o tal tempo que eu queria pegar no monte era bem visível e concreto, eram os praianos. O que o relógio registrava era movimentos do planeta, outro objeto visível.

Então que invisível era este? Nas equações e nas elucubrações mentais dos filósofos o tempo era uma força real, um agente influenciando o mundo material… agente invisível produzindo a evolução com tanta força que quando o tempo se chamava Paleolítico ele atuava tanto em cima de um macaco que quando ele mudou o nome para Mesozoico tinha transformado o macaco em homo sapiens!

Encantado com os filósofos e cientistas quando era criança, pensava que o nosso mundo estava sendo cozinhado dentro de uma panela que estava na cratera de um vulcão ativo invisível que nunca se apaga, e o fogo do vulcão era o tempo. Tudo começou como um caldo de ingredientes espalhados ao acaso e o tempo cozinhou aquele caldo tornando-o a sopa dos cientistas da abiogêneses que criou bolhas que foram as membranas das células e continuou cozinhando e assim existimos aqui hoje pulando devido o fogo do tempo queimando nossas bundas. Sim, a julgar pelo que concluíram filósofos e matemáticos o tempo é a força material catalizadora que cozinha tudo neste universo, transformando tudo.

Mas… não havia nenhum fogo invisível debaixo daquele monte de lixo e nenhum agente invisível trazendo todos os dias ás escondidas mais garrafas plásticas, mais restos de sanduiches, e agregando essas coisas encima do monte. O monte crescia pela ação de agentes visíveis concretos – os praianos – e a cada dia ficava mais velho porque contava mais uma volta da Terra, outro agente concreto. Eu, um inventivo humano que fui na pedra desenhar sulcos e chamando a pedra de “minha ampulheta” , era o único ali naquela praia e naquelas montanhas dizendo a palavra tempo. A Natureza, as arvores, as rochas, não sabem o que é isso. Dizia a palavra “tempo” ao invés de dizer que os praianos botaram mais garrafas em cima do monte enquanto um observador em Marte viu a Terra girar de maneira que quando ele começou a olhar as luzes de New York estava a 40 graus à esquerda da face do sol e quando ele parou de olhar as luzes tinham se distanciado e sumido de vista. Onde está alguma força invisível correndo, se movendo, no meio de tudo isto?

Não existe!

Por isso calculei que não é possível ao humano fazer viagem no tempo… glug… que?… (olha eu caindo na fantasia também repetindo essa palavra-cilada que desvia o racional da racionalidade) … quero dizer, não é possível ao humano viajar com uma metralhadora até a Galileia onde, segundo autores contam num livro, soldados romanos estão fazendo uma cruz e se aprontando para crucificar um cara que eu gosto muito, e com minha metralhadora não vou permitir! Não é possível porque o corpo humano dos que viviam ali tinham diferenças desses corpos humanos que agora estão fazendo esse barulhão, e o pior, tem alguém de salto alto fazendo tik-tok pra lá e pra cá em cima da minha cabeça no apartamento de cima. Por exemplo, nas células dos soldados romanos os cromossomas tinham um telomero mais curto que envelhecia a célula aos 50 anos, enquanto nas células da diva de sapato alto em cima da minha cabeça tem um telomero mais comprido que só envelhece aos 60… para ela ter mais dez anos para gastar mais comprando mais cosméticos por mais dez anos.

Viagem no tempo? Deixa a imaginação deles continuar viajando…

main article image
Physicists Say They’ve Come Up With a Mathematical Model For a Viable Time Machine
https://www.sciencealert.com/physicists-just-came-up-with-a-mathematical-model-for-a-viable-time-machine

O cara saindo daqui, com armadura de guerra, pegando sua capsula voadora, chegando lá com a metralhadora… durante a viagem iria perdendo as garrafas plásticas e restos de sanduiche que foram sendo acrescentados pela evolução no seu corpo, a armadura sumindo, sendo trocada por shortinho de couro de leopardo ( como desfilavam os soldados machões romanos), perucas desaparecendo, a pele muito branca se escurecendo, e até o tamanho do corpo sendo reduzido aos 1,50 mts de outrora… Pior: a metralhadora agora virou arco e flecha. Como enfrentar o exército romano? Assim ele não vai salvar nazareno nenhum. E depois quando quisesse voltar, onde ele iria achar as garrafas plásticas, os pedaços de telomeros, a peruca, que ele perdeu na viagem de ida?

Resumo: nada de viagens do tempo com corpos e maquinas físicas, não porque não temos tecnologia, mas sim porque o tempo não existe. O que existe é o agregado gradual de garrafas plásticas sobre o monte dia a dia, o planeta girando em torno de uma estrela… O que existe são os sulcos que fiz na pedra, a minha visionaria invenção que acreditei que iria medir os movimentos do invisível fantasma e ia de boca cheia falar que era o meu “relógio que filma o invisível chamado tempo e registra passo a passo o seu movimento!” Conheço bem estas teorias sobre as dobras do tempo, viagem no tempo saindo da terceira e passando pela quarta dimensão, etc, nas analisando tudo, tudo se resume a sequencia de movimentos de objetos materiais.

Como um erro no inicio gera uma cadeia de mais erros, inventaram o erro da ampulheta, para medir o tempo. Como pode representar o tempo que todos creem se move do antes para o depois, de baixo para cima, por areia se movendo para baixo?! Eu não sou trouxa de cair nessa cadeia de erros por isso minha ampulheta é um monte de lixo que cresce de baixo para cima…

Os humanos inventaram esse negocio de tempo para poderem viver em sociedade e se relacionarem, poderem fazer algumas coisas juntos. Começou em Belém do Pará quando um casal apaixonado nim parque procurava desesperadamente um jeito de se encontrarem novamente e então ela teve um brilho esplendoroso no olhar, porque uma luz acendeu dentro de sua cabeça e ela disse: Todo dia à tarde chove, por isso tiramos a soneca depois do almoço. Podemos ficar sem almoçar antes da chuva indo para o parque se encontrar lá, ou podemos ir quando a chuva terminar… Eram as primeiras idéias que levaram à invenção do relógio, dos números marcando dias e anos… diria o dono do botequim que não sabe organizar a sequencia dos eventos e por isso não sabe que esses números marcando anos existiam no ano zero de Jesus Cristo que existiu antes do casal existir em Belém.

Enquanto isso um pouco distante dali, na selva amazônica, um índio fala aos outros: ” As antas vão todas as noites para o rio nessa direção ó… quando a lua fica acima do rio e manda seu espirito tomar banho na agua do rio. As antas também entram na agua aproveitando a claridade e se rirem dos astronautas da NASA porque elas não precisam ter aquele trabalhão dos diabos para viajarem e pisarem na lua, pois elas pisam na lua apenas esperando ela descer aqui… Vocês acreditam que as antas acreditam que a lua lá de cima é igual ao espirito dela que veem na agua! Coitadas são muito mais burras que eu, porque sei que as duas não é a mesma coisa, a daqui é só o espirito, … kikiki). Mas então basta esperar que a lua desce aqui e nos que estamos no mesmo rio aqui e vemos quando o espirito da lua está se banhando, ai vamos correr ao nosso encontro com as antas que foi marcado pela lua e, … comer saborosas costelas de antas.”

Como saberíamos que enquanto a matéria do continente americano estava rolando e produzindo a corrida do outro na Califórnia, a matéria rolando no continente europeu estava aprontando outras coisas, como a revolução francesa? Se não tivéssemos inventado essa historia de contar as voltas do planeta em torno da estrela nunca saberíamos que a revolução francesa aconteceu antes da luta pela independência americana e que foi aquela que influenciou esta. O Brasil deu de -7 a +0 na Alemanha ( você leu certo, é menos sete a mais zero), antes ou depois de cair o sutiã da Jackson no show em Las Vegas? Nós precisamos saber essas questões, isso é cultura, é a forma como organizamos os eventos à medida que vão acontecendo, a quantidade de garrafas plásticas e restos de sanduiches que vão sendo agregados encima do monte na praia… e para isso inventamos os medidores de movimentos da matéria, para saber e entender a sequencia em que acontecem… não para captar um agente invisível no microscópio ou no telescópio e nem para medir um fantasma invisível que não existe. Esse fantasma produto da imaginação infantil enquanto a humanidade era criança se foi a muito temp…. opppps… ( lá ia eu escorregando de novo), …há muitas garrafas e sanduiches atrás.

Mas falando sério agora, quando uns anos eu era o ermitão na selva amazônica fazendo perguntas filosóficas à Natureza, certo dia a Mestra franziu o cenho e disse: ” Menino impertinente, não para de encher o saco com tantas perguntas… sabe de uma coisa? Vou te dar um oraculo que vai te responder todas as perguntas, e veja se me deixa em paz…” E num passe de magia apareceu na lareira um pequeno altar onde tinha uma figura, a face da Matrix/DNA ! A formula que apareceu no Big Bang como onda de luz tão forte que hoje banha todo este Universo e nos cega os olhos tanto que não podemos vê-la, essa sim, um agente invisível que atua e move tudo neste mundo. E nas respostas da Matrix/DNA havia conteúdos que me fez começar a desconfiar da existência do tempo dos matemáticos, e não só isso, que a Matemática não era a linguagem superior do universo, que ela só se aplica com eficiência às coisinhas do nosso mundinho, por isso ela continua aceitando erros como a variável do tempo que não existe, isso será corrigido quando a linguagem for corrigida e adaptada para mundos maiores. Por exemplo, na evolução, não foi o mais adaptado e poderoso dos repteis – o dinossauro – que foi selecionado para transcender o reino dos repteis e se alojar no tronco da arvore da evolução na forma dos novos e engenhosos mamíferos. Não… a Natureza olhou para aqueles bichões que só tinham crescido em tamanho e força, sem nada de ética, moral, amor fraternal, então Ela os descartou, como um galho da arvore a secar e extinguir, e voltou o tempo ao inverso, indo lá atrás na história da evolução dos répteis até encontrar um meio desajeitado que parecia um porquinho, o cinodonte, que ao invés de comer os filhotes saltando fora dos seus ovos botados fora, fazia até ninhos de espinhas de cobra para junta-los… E a Natureza sorriu, caiu de amores, e apontou seu dedo cósmico para a pequena e humilde criatura que tremia temendo os monstros dinossauros, e disse: “Tu desejarás construir estes ninhos cada vez mais perto de ti, um dia desejarás fazê-los mesmo até dentro de ti, e assim terás o ninho de placenta e manterás os ovos dentro, e te tornarás uma mamífera, a futura rainha toda poderosa deste planeta!”

Como então o tempo correu ao inverso?! Voltou do futuro para o passado na história? Para quem estivesse em outro continente tentando registrar a sequencia de eventos iria se ver em papos de aranha pois algo na evolução num continente não iria bater com as leis da evolução em outro continente. teria a seleção natural dos arrogantes evolucionistas selecionado ao contrario, elegendo o mais fraco? Nada disso. Na praia do seo h… menor, tem montinhos de lixo mais escondidos perto daquele que cresceu muito, neles os praianos não acrescentaram tantas garrafas de plástico. Em relação ao racionalismo linear da lógica matemática, o tempo segue em minha reta e do passado para o futuro, não pode fazer estas curvas e voltar atrás, por isso a matemática linear atual não se aplicará aos mundos maiores da vida… como os buracos de minhoca. Como fazer as contas até os dinossauros e depois apagar metade das contas, esconder um pedaço da reta, e voltar ao cinodonte, para daí pegar a outra estrada trilhada pelos mamíferos até chegar ao homo sapiens?

Mas tem muito mais nas respostas da Matrix/DNA como evidencias sugerindo que o tempo é um fantasma imaginário humano. Alias ela sempre usa outros termos, como cadeia de causas e efeitos, dinâmica, movimentos dos corpos, sequencias, etc., nunca ouvi ela pronunciar esta palavra, tempo.

Sábio era o seo h…menor, quando via aquele mundo de gente invadindo sua praia e se lembrava de 30 anos atrás ( digo, menos 30 voltas da Terra no Sol) quando não vinha quase ninguém e exclamava com saudades: “Lá se foi aquele tempo”.

See the source image
Por 30 anos Joaquim te xingou toda manhã por lembra-lo da fábrica. Um dia ele se aposentou, te botou asas, e te mandou ver se ele estava na esquina, e então mudou de lugar, e você retornou, não o encontrou e continua assim voando, procurando, por toda eternidade…

Ou o caipira que foi raptado e encaixotado numa caixa de cimento chamado apartamento no meio de uma parafernália de prédios e motores ruidosos, olhando pela janela, relembrando com suspiro e saudades as noites na rede da varanda, sentindo o cheiro da plantação crescer, dos sapos na lagoa coaxando, enquanto enrolava o fumo do cigarro de palha, e exclamando a maior verdade deste mundo … “Foi-se o tempo”. Uma verdade que só os filósofos e matemáticos teimosos ainda não enxergaram e continuam a enfiar fantasmas nas suas equações, que por isso estão desviando o ritmo da tecnologia humana artificial da sincronicidade com o ritmo da Natureza que também avança desenvolvendo sua tecnologia natural… Um dia ainda vamos levantar numa manhã sem sentir solo firme, sem ar para respirar, e quando tivermos caindo veremos a Natureza se distanciando por outra estrada, acenando para nós e dizendo: “Sinto muito, vocês pegaram o caminho errado, não é esse o indicado pelo universo atemporal, bye, bye…”

  • “Oh… meu… caia na real… o tempo já era…. sumiu na era que ainda se acreditava em Papai Noel…”

Os absurdos produzidos pelos descaminhos da Humanidade

Friday, November 6th, 2020
These Drone Pictures are Hard to Ignore
This amazing birds-eye-view of the city of Hong Kong that was captured by a drone flying over it.

Vendo esta imagem percebi que vou ter que fazer umas mudanças no meu habito diário. Nas sessões de meditação, quando imagino estar vendo nosso planeta de fora, do alto, penso num planeta coberto de azul da agua e verde da vegetação. Estou errado. Esqueci que o planeta foi tomado pela humanidade e agora ele está coberto por milhares de cidades assim. Em todo caso, fica difícil imaginar como vivem e entender porque humanos chegaram a este ponto, para não pensar em calcular o trabalho gigantesco gasto para construir isso… Onde foram os humanos que adoravam viver numa casa térrea com amplo quintal?

A Formula da Matrix/DNA pode ser a linguagem alienígena em “Arrival” que reconfigura o cérebro

Saturday, October 10th, 2020

” … her efforts to understand an alien language have irreversibly rewired her brain…”

By Nick Statt – TheVerge

https://www.theverge.com/2016/11/16/13642396/arrival-ted-chiang-story-of-your-life-film-twist-ending

Pela Natureza, o cérebro biológico seria automaticamente capaz de ver imediatamente as conexões entre objetos que os interconectam formando sistemas naturais, e o poder humano seria incalculavelmente maior. Isto porque, se apenas a natureza e sua atuação comum na composição de arquiteturas naturais como o cérebro tivesse criado o cérebro, o teria feito aplicando a fôrma que é a formula da Matrix/DNA, o template de todos os sistemas naturais. Pois o cérebro foi feito como uma segunda extensão do corpo, para ser um sistema completo em si mesmo.

Ao ver qualquer objeto que pertença a um sistema, o cérebro veria a si mesmo como num espelho, se auto-identificando com seu criador, sua essência intima fundamental. Os traços ou sinais que ligam os objetos como pontes seria visto naturalmente como as sinapses internas do cérebro que conectam suas partes construindo os pensamentos.

Mas algo fora da longa cadeia de ação e reação, ou algum acidente, deformou o cérebro, separando o circuito esférico completo sistêmico em duas metades. O cérebro não se vê no espelho, não reconhece seu criador, ficou “cego” para as linhas de conexões, as quais são agora invisíveis.

No filme “Arrival”, alienígenas tem o propósito de unir a humanidade, as várias nações do planeta, e ao mesmo tempo ajudar a consertar o cérebro humano que, segundo eles, foi feito com a capacidade de ver o futuro e o passado no presente. isto seria de enorme valia para melhorar as condições da vida humana, prever o futuro, e no próprio filme os alienígenas dão um exemplo, quando um deles prevê que uma bomba vai explodir e empurra a heroína para longe para salva-la. se ela tivesse a capacidade de prever o futuro ela mesma teria se salvado.

A formula da Matrix ( alias, com certa semelhança aos símbolos linguísticos dos alienígenas neste filme), é a formula para sistema completo e perfeito, a formula que criou o sistema “cérebro”. Mas devido a sua deformação, o cérebro não captará isso quando vê-la, principalmente porque desenhada em duas dimensões numa tela ela também está deformada.

A Formula universal Matrix/DNA dos Sistemas Naturais

Mas acontece que muito mais importante que a imagem é o entendimento da formula explicitado pelo seu circuito e os efeitos do ciclo vital produzido, como a diferenciação entre as partes do sistema. O cérebro deveria sentir-se a si mesmo ao ver uma formula viva como sistema, mas também isto não deve ocorrer… e vamos recorrer a uma analogia;

Imagine um cego de nascença, que nunca viu seu corpo e nem outro humano. Este cego, nu, seria colocado ao lado de um humano nu, e pelo tato deveria descrever o que é o outro corpo. Ao pegar nos braços, nas mãos, do outro corpo, o cego iria também pegando seus próprios braços e mãos e sentindo a semelhança e por fim concluiria que o corpo tocado é igual seu corpo.

Mas o nosso cérebro não iria ver a semelhança entre as sinapses do sistema e suas próprias sinapses, porque são diferentes: enquanto no sistema perfeito as sinapses são totalmente esféricas, no cérebro elas são meia-sinapses, como meia-lua.

Acertados estes pressupostos, deles e apenas com eles eu ainda não sei como se poderia “consertar” o cérebro. Mas agora apelando pela intuição ou talvez me fundamentando em fatos reais, sugiro e acredito mesmo que existe uma maneira. Pois ela tem acontecido comigo, parece que automaticamente, mas talvez não. Depois que elaborei a formula como sendo o elo evolucionário entre esta galáxia como a criadora e a primeira célula como sua cria, e notei seu aspecto de maquina quase perfeita, de sistema natural completo por onde flui o circuito vital, eu passei a ver com facilidade as internas conexões entre os outros sistemas, como átomos, cérebro, astronômicos e até mesmo a onda de luz trazendo-se como sistema natural encriptado. E tenho visto muitos mais sistemas, porem, todos com defeitos em relação á formula perfeita. E isto deve ser mesmo assim, pois estamos numa biosfera ainda em construção evolutiva e que foi iniciada pelo estado de caos.

Aqui talvez tenha atuado um fator interessante: o cérebro por si não pode se ver, mas o cérebro possui esta inteligência que o complementa e o suplanta, e ela pode corrigir o cérebro de forma que aprenda a se ver no espelho da formula. Porque o entendimento do que é um sistema perfeito, mais a intuição de que para se ter pensamentos completos deve-se obrigar seus fluxos desenharem a esfera total, ao invés da meia-lua apenas, nos leva automaticamente a esforçar mentalmente nossos fluxos de raciocínios a se imbuírem de mais energia para atravessarem a muralha do corpo calosos e saírem pelo outro lado… e talvez isto vão com o tento de fato amolecendo o corpo calosos até elimina-lo por completo dando finalmente o estado perfeito ao cérebro.

O filme faz alusão a outro assunto que devo pesquisar melhor. Trata-se da Hipótese de Sapir-Whorf, que está na Wikipedia em:

Abelhas: robots da Matrix como alerta e lição para a Humanidade

Monday, September 28th, 2020
zangão abelha

Um artigo recente na Socientifica, com link abaixo, revela mais uma propriedade surpreendente das abelhas. E com ela vem um manancial de novas aprendizagens sobre o que é e como funciona este mundo.

Tanto a montagem pelas abelhas, de um sistema social no modelo de uma maquina automática perfeita, quanto cada comportamento inteligente impressionante, conduz um humano a se perguntar como um cérebro quase inexistente consegue tais façanhas. Mas apenas fica sem o entendimento racional sobre as causas de cada detalhe das abelhas e do seu sistema social quem desconhece a cosmovisão da Matrix/DNA. Esta sugere uma formula natural que tem funcionado como “O Principio Organizador da Ordem Física Sobre as Forças e Elementos Naturais no Caos”. Vemos esta formula como o template, a fôrma que modela sistemas astronômicos, sistemas celulares, sistema de informação do DNA, sistemas atômicos e por fim fomos encontra-la encriptada numa onda de luz original emitida junto com o Big Bang. E esta formula explica tudo sobre abelhas, assim como tudo que existe de material neste Universo.

Esta formula vem evoluindo no seu aspecto material, tornando-se cada vez mais complexa à medida que vai transformando um sistema natural inicial construído por aquela onda de luz, mas quando ela montou os sistemas astronômicos, ela pisou na bola. pelo que esta formula tem feito neste Universo não restam duvidas que ela funciona exatamente como o nosso genoma biológico, o qual é apenas outra cópia dela. Então sobre ela recai uma proibição cósmica: jamais construirás um sistema perfeito neste Universo, pois isto a tornará um moto perpetuo fechando suas portas á sua evolução e assim, eternizando uma forma provisória, deixarás de se tornar o ser final a nascer para o reino além deste Universo.

O modelo de sistema perfeito está encriptado na onda de luz inicial, claro: o baby final terá que ser perfeito. Mas nos assistimos a embriogenese de um corpo humano onde tudo começa com formas simples e vai evoluindo das formas de mórula, girino, sapinho, peixe, mamífero quadrupede, e imagine se o corpo for abortado numa destas formas intermediarias simples… Não tem perigo, não vai nascer um peixinho vivo, só nascerá quando o baby estiver pronto.

Mas por motivos que ainda não consegui descobrir de forma satisfatória, quando partiu da forma de sistema atômico para se tornar a forma de sistema galáctico, este surgiu como quase… quase perfeito. É uma maquina automática fascinante, inclusive com a capacidade de vencer a morte, pois ela se auto recicla! Ela pode viver 24 horas por dia em êxtase total pois ela mesma produz seu alimento que lhe cai na boca como vindo do céu, ela é hermafrodita e pode ficar o tempo todo se curtindo a si mesma, ela sempre reconstrói qualquer uma de suas partes gastas, é de uma inteligência jamais imitada pela tecnologia humana!

Mas isso foi a causa de todas estas torturas e fragilidades que hoje são as tragédias da vida animal, vegetal, humana. É preciso entender que a “vida” foi produzida dentro desta galáxia e por esta galáxia, ou seja, não veio forças ou interferência de fora, sobrenaturais. isto significa que esta galáxia é nossa ancestral, o que leva a estarrecedora conclusão que nos fomos galáxias na pele de um ancestral! Um ancestral que teve sua evolução interrompida, apenas continuou a crescer e se multiplicar ocupando todo o Universo, e hoje não passa das células de uma placenta no meio da qual o genoma cósmico teve que se reinventar e continuar sua evolução na forma microscópica, como sistema celular biológico.

Quando procuro nos mapas, formulas e modelos, a causa deste erro estupido e não encontro, apenas uma possibilidade quase metafisica surge que pode explica-lo. esta possibilidade está numa frase dita a 5.000 anos atrás por algum sábio chinês: ” A alma dorme no átomo, sonha na galáxia, começa a acordar no vegetal, desperta no animal, e… se levanta no HOMEM!”

Seria como em nossa embriogenese. A consciência não se expressa no ato de fecundação, nem nas formas de mórula, blastula, feto, e talvez comece a se expressar na forma de embrião, mas apenas quando um cérebro foi formado com a aparelhagem adequada. No entanto não foi o embrião que inventou a consciência pela primeira vez no Universo, não foi ele nem seu cérebro que criou a consciência, pois quem esta fora do seu pequeno universo intrauterino esta observando-o e sabendo que aqui fora já existia consciência muito antes dele surgir: ela estava fora, existindo nos seus pais, na espécie humana, sem se expressar, porem como potencial latente, encriptada no seu DNA desde antes de sua fecundação. A consciência dorme na mórula, sonha na blastula, começa a despertar no feto, se levanta no baby!

Agora imagine que você é um tipo de pai ou mãe que quer gerar um filho, uma filha, com a extrema perfeição e extrema felicidade. Não vou aqui me estender muito nesse tão debatido assunto do livre-arbítrio, apenas vamos considerar que para um ser se completar totalmente ele tem que ter total liberdade, ou seja, livre-arbítrio. mas não tem outra maneira de fazer um filho assim se não programar o livre-arbítrio na sua genética, na sua essência elementar, no genoma, antes da fecundação. Seja como for, a fonte geradora que existia antes do Big Bang e que deflagrou o Big Bang emitindo esse código da vida encriptado em seu genoma na forma de onda de luz, inoculou aqui um genoma com previa programação contendo o livre-arbítrio. Talvez essa própria fonte assim procedeu porque ela mesma tem total livre-arbítrio, assim teria que ser seu genoma.

Então surge aqui uma diferença entre os dois paralelos vistos acima ( num caso, a alma dorme no átomo, e no outro, a consciência dorme na célula inicial): no primeiro caso quando ela dorme ela já tem o livre arbítrio inclusive para escolher que tipo de corpo construir para si; no nosso caso biológico, a consciência não tem esse poder. E talvez graças a Deus seja assim, pois vemos que o genoma cósmico aplicando seu livre-arbítrio ainda enquanto sonambulo, cometeu o maior equivoco do universo: construiu seu próprio corpo como um paraíso eterno dentro do qual ele é Adão e Eva ao mesmo tempo vivendo na maior felicidade. E mandou o resto do mundo plantar batatas… mas fazendo isso atirou sua evolução junto com a agua da banheira para o ralo! Não se pode fechar-se em si mesmo. Isto é a extrema expressão do extremo egoísmo! Isto é cavar sua sepultura para a eternidade, mas graça a uma sabedoria inserida neste Universo, que foi detectada como o segundo principio da termodinâmica e chamada de lei de Clausius, o universo desmancha tal maquina prisão com o recurso da entropia, libertando Adão e Eva daquele terrível destino.

Está bem, bonita teoria, mas o que isso tudo tem a ver com as abelhas, seu sistema social e seus comportamentos?

Ora, esta é uma pergunta de quem não entendeu nada da historia acima. A rainha das abelhas é a galáxia encarnada na Terra meu amigo, ela é Adão e Eva vivendo seu paraíso que ela mesma construiu. E como Adão e Eva, daqui ela só tem um destino possível: a Queda, sua extinção. Claro que ela não fez isso tudo conscientemente, seu irrisório cérebro seria incapaz de produzir tamanha engenharia. Acontece que tudo nela, inclusive seu sistema social, estava encriptado na formula cósmica, no seu genoma! Faça-me um favor: coloque na ima foto de uma colmeia de abelhas ao lado da foto da formula que temos na forma de diagrama. Comece a analisar detalhadamente e descobriras que todos os mecanismos, todos os processos, todas as tendências, todos os comportamentos vistos na colmeia estão inseridos na formula! Tudo aquilo foi montado automaticamente num simples processo de reprodução genética do genoma que veio esta galáxia! Mas tens que ser perspicaz. Apenas um exemplo:

Você observa que quando a rainha quer se reproduzir produzindo um exercito de novos súditos ela sai do trono, levanta voo, chega a uns dois metros acima do solo, para, enquanto os machos formam fila para copilarem com ela. E cada macho da fila ao copilar cai diretamente no chão, morto! estes machos são burros, estrupidos? Você mesmo desejando uns minutos de prazer iria faze-lo sabendo que seria sua morte? Porque a rainha não fica no trono comodamente deitada e tem que fazer todo aquele esforço para se aguentar no ar fazendo aquilo? na verdade todos aqueles comportamentos que parecem sumamente inteligentes, são trágicas burrices. Porque? Ora, tanto o sistema social como os comportamentos estão vindo de dentro da abelha programados em seu genoma como estão vindos de fora programados no seu criador… esta galáxia!

Cada mínimo detalhe nas abelhas podemos ver o mecanismo, a causa, na formula que funciona como a fatal “Matrix”. Tudo automático, como a maquina quase perfeita que paira no céu.

E porque volto a escrever isso tudo se já registrei aqui artigos anteriores? Porque no artigo com link acima, fiquei sabendo de mais um detalhe das abelhas que desconhecia. Quando as operarias picam, elas morrem em seguida. Isto porque desde seu abdômen cresce e se estende um ferrão transportador de veneno que quando emerge do corpo para o ambiente exterior, surge curvado… Quando ela pica, o ferrão curvado fica preso no local, de tal maneira que ela não consegue retira-lo e ali morre ou se é arrancado, morre em seguida.

Ora, que outra burrice! Agora também o genoma, a pré-programarão, é estupida? Porque, com tantos milhões ou bilhões de anos de evolução a genética desse bicho não corrigiu isso, produzindo um ferrão reto?!

Vou testar se você aprendeu essa complexa tarefa de ler nas entrelinhas da Matrix. Vou trazer sua face genética, ou melhor, a formula genoma universal para cá:

Ok. Agora pense na abelha, seu abdômen, o ferrão sendo formado, o veneno transportado dentro do ferrão, se tornando curvo após sair do abdômen… e observe a formula. Qual trecho da formula, qual função sistêmica, contem tudo isso que acontece nesta abelha?

Não vistes, certo? Vamos ajudar. Quando num sistema natural uma substancia ou qualquer outra coisa, como um feto por exemplo, é ejetado de um corpo para p meio externo, isso tem que vir de F1 ou F4. F1 é a fêmea do sistema, ela ejeta embriões, F4 é o macho do sistema, ejeta suas informações na forma de F5, que pode ser cometas emitidos por pulsares na galáxia, espermatozoides emitidos por machos humanos, magmas emitidas por vulcões de planetas, etc. Tudo depende do tempo, local, e tipo de material que a formula cósmica tem à sua disposição para construir uma nova forma do sistema universal. Então vamos ver se a abelha neste caso está aplicando todo o processo encriptado em F1. Vemos F1 emitindo de dentro de si uma substancia, então deve ser aqui o abdômen da abelha emitindo veneno. vemos que do corpo de F1 emerge e se estende um circuito, um tipo de canal ou cílio, representado como seta saindo à esquerda no sentido horário. Por este canal vai a semente, a substancia, o feto do baby, para se tornar F2. A seta, a extensão se torna na abelha, o ferrão. mas na formula o circuito é curvo, ele tem que se modelar como esfera. E não tem raios dos diabos que pode mudar isso na formula quando ela constrói células, galáxias ou seres vivos como abelhas. As abelhas podem existir por mais bilhões de anos, podem até se aperfeiçoarem evolutivamente em algum aspecto contido e permitido pela formula, mas jamais vai conseguir um ferrão reto!

Ela morre por picar, assim como os machos encantados e ainda estremecendo de orgasmos depois de “picarem” a rainha, são surpreendidos pela morte. Eu ainda não fui pesquisar como é o órgão genital dos machos, mas sou capaz de apostar que são curvos e aí esta uma das causas de sua morte. Pois toda extensão produzida pelo genoma fresquinho que acabou de chegar da galáxia – e que ainda não foi trabalhado pela substancia de consciência que ainda não se expressa nas espécies até a abelha, terá de ser curva.

Ok… mas para que gastar tento tempo para saber isso, não tem aplicação pratica, isso é cultura inútil!

Amigo, de agora em diante você não maios se fará aquelas perguntas encantado observando uma colmeia. Mas você não perdeu o encantamento, apenas trocou-o, porque aquele encantamento era fundamentado na ignorância, nas trevas, era falso. Agora, sabendo a verdade, relacionando o Cosmos inteiro para explicar a colmeia, outro tipo de encantamento muito maior e prazeroso te acometeu. mas o principal é que agora uma porção de trevas no seu cérebro onde se alojava uma porção de ignorância, foi substituída por uma porção de sabedoria. E aqui está a utilidade insuperável desta cultura “inútil”: ela expandiu sua consciência. Você não usou seu livre-arbítrio para repetir o seu erro quando estava na pele de seu ancestral desprezando o conhecimento do mundo externo e se fechando em si mesmo para toda a eternidade… E ainda mais importante: você não estará se deixando robotizar pela Matrix porque agora você a desmascarou, você entendeu como ela está agindo aqui sobre humanos tentando se reproduzir ao fazer deles as mesmas abelhas zumbis do sistema social mecânico.

Você se abriu mais para o mundo, você abriu a camisa e de peito aberto se lançou no espaço cósmico para continuar sua grande aventura rumo ao retorno á sua fonte suprema geradora, assim como todo genoma lançado pelos pais retorna a eles na forma de um belo baby. E eu investi o meu tempo em meu próprio beneficio pois você talvez não o saiba, mas és um gene do genoma a construir o baby cósmico, o qual serei eu, tu, nos, todos, e preciso que você continue sua missão, e insira aquele bit de informação que só você neste mundo possui, pois se você não cumprir com liberdade e ajuda a sua missão, eu nascerei com algum aleijão, eu aparecerei na frente de meu pai, minha mãe, com vergonha, por estar deformado. Não amigo, eu não tenho comportamentos estrupidos como as abelhas, eu não sou daqueles que escrevem anúncios tomando seu tempo visando te tomar algum dinheirinho para a vida mundana imediata, eu vou além, meus investimento visa obter um muito maior retorno, sou muito mais ambicioso, penso eterno, aqui a consciência já está desperta e no comando… “pero, no mucho”,… pois com esse cerebrozinho ainda em formação não dá para fazer muita coisa…

Baseado no artigo da Socientifica, neste link:

Por um memorial no Brasil aos 130.000 mortos na pandemia

Saturday, September 12th, 2020

MENSAGEM DA MATRIX/DNA:

( copia do post publicado no Facebook em 12 /set/20:)

NATO - Photo gallery: NATO Secretary General visits the National September  11 Memorial & Museum, New York, 26-Sep.-2018

Construído em memoria e homenagem aos 3.000 mortos das torres gêmeas, a grande caixa negra imitando um caixão funerário exibe os nomes dos mortos em volta na lapide negra. Agora quero ver onde e como vai ser construído no Brasil o memorial para os 130.000 mortos da Covid-19 sob uma grande placa onde se verá escrito: ” As vitimas de um sistema social e um povo incapaz de frear seus apetites e de manter suas pessoas nutridas, protegidas e comportadas, perante qualquer anuncio de qualquer tragedia. Uma sociedade onde os sócios não dão valor e não prezam as vidas dos sócios !!!”..
Claro, toda mensagem válida visa um objetivo prático. O objetivo desta mensagem seria lembrar aos visitantes do memorial que “ESTÁ TUDO ERRADO, ESTAMOS FAZENDO TUDO ERRADO, EU ESTOU ALIMENTANDO UM S!STEMA MONSTRO ERRADO”… e tenho que me mexer procurando como mexer os sócios da família, do bairro, da cidade, do estado, do país, a mudar isso. SISTEMAS foram um mal necessário na matéria para nesta se criar a arquitetura física que iria suportar a geração da auto-consciência. Dos macacos aos humanos do sec.XX foi necessário manter sistemas, como o tipo social. Numa coletividade de auto-consciências não existe mais sistema nenhum. Não existe núcleo e periferia, não existe centro, portanto não existem lideres. Perante qualquer problema, em todas as consciências emerge a mesma e unica solução, não se precisa de lideres, todos sabem o que fazer. E se não tivesse lideres, estes 130 mil mortos ainda estariam conosco, vivos!

No principio era o caos, seja nas origens do Universo ou desta biosfera na Terra. De algum lugar alem do caos uma fonte emitiu uma onda de luz que contem em si, encriptada, todas as informações que mais tarde viriam a construir todas as arquiteturas naturais tais como corpos humanos. isto é repetido hoje toda vez que um genoma humano inicia a construção de um novo corpo-sistema, por isso, podemos denominar aquela onda de luz de “O Genoma da Fonte Geradora”. Porque descobrimos nas ondas de luz que se propagam no tempo e no espaço a mesma força que faz um corpo humano se propagar crescendo no espaço e aumentando seu tempo, ‘a qual denominamos “ciclo vital” percebemos que aquela onda de luz é o protótipo inicial de um ser vivo. E também percebemos que no seu inicio toda onda de luz se curva devido a alta densidade da matéria, e neste encurvamento suas duas extremidades acabam por se encontrarem, se fundirem e assim a onda se torna um SISTEMA, fechado em si mesmo. Apenas temporário, pois na continuidade, assim como “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”, a onda de luz mina a densidade e se torna mais forte, desligando suas extremidades, deixando de ser sistema, e voltando a caminhar nas suas sendas da liberdade rumo ao retorna à fonte criadora, porem agora, não mais apenas luz, e sim, consciência cósmica. A humanidade é um micro-ciclo copia deste macro-ciclo universal, ela teve que se conformar como sistemas, porem está nos tempos de aprender a supera-los. A auto-consciência expandida significa a expansão do conhecimento e nesse estagio ela é o sistema de defesa imunológico mais eficiente de um organismo, nenhum vírus teria a menor chance de causar-lhe danos.

Sobre a filosofia passiva oriental e os efeitos das vibrações

Monday, September 7th, 2020

Fico incomodado, irritado, quando vejo as cenas dos humanos na Índia e na China, totalmente subjugados em situação de real miséria material e atraso evolucionista. Não tenho certeza de nada, principalmente da minha visão do mundo, mas não evito a vontade de aplicar uma força que suspeito iria mudar aquela situação para melhor. Suspeito que a causa do atual estado naquelas regiões está no estado mental da maioria da população, e este estado mental foi construído por uma visão de mundo, a qual deve certamente estar errada, em dessintonia com as leis naturais. A força quer transformaria para melhor seria a que emana da visão de mundo que denomino Matrix/DNA. Essa visão sugere que não sejamos passivos, e como consequência disso, procuro ser ativo inclusive na luta para a desconstrução daquela visão do nundo errada. Por isso publico respostas nos comentários de propagandas daquela filosofia oriental, como a seguir:

https://www.linkedin.com/in/ratanshalini10/detail/recent-activity/

No alt text provided for this image
WRONG (Matrix/DNA))

Meu comentário publicado:

Louis C. Morelli  – 9/7/2

My opinion: is this kind of indoctrination applied by the 1% of India that built a country with more than a billion person as slaves of misery. Merely my opinion: do not give up to others what belongs to you as co-owner of this planet. Fight for it.

O qual foi seguido do seguinte comentario:

 K Bharath Kumarout – 11h

Unless you act towards what you want you will never get it just by relaxing and doing nothing Dr.Shalini Ratan

E a resposta da autora:

Dr.Shalini RatanAuthor – .9h

So you mean to say the Quote is Incorrect, or may be Osho did not know what he was saying..

E minha resposta:

Louis C. Morelli : 

Dr.Shalini Ratan Yes, Osho was human, and no microscopic human knows the cosmic thru. An example: in this corrupted social system, almost all jobs are corruptions, and as such, they have its specific vibration. If your vibration comes from you as a elevated ethics and moral, the vibration of that job never will couple with your vibration.

Sobre o Poder ( Mensagem da Matrix/DNA)

Monday, September 7th, 2020

Não é a minha opinião, e sim uma Lei Natural, que pessoas como Trump, Lula e Bolsonaro, deveriam conhecer: o Poder tem que ser dividido. Será maior o sucesso das criaturas, em quanto mais partes dividirem o poder, ou maior o fracasso quanto mais ele estiver concentrado.

Porque o poder é uma força natural, mas abstrata aos sensores dos cérebros, não há corpo de criaturas que o contenha e o domine. Em toda situação onde uma criatura se esforce para se apoderar de todo o poder, ela cairá escrava do poder abstrato como caíram as rainhas das abelhas e das formigas, que se tornaram aprisionadas sem qualquer liberdade para atuarem fora das regras do sistema até que sejam apagadas totalmente do futuro.

Pois o poder é uma força emanada do principio da transcendência cósmica e assim destrói toda tentativa de eternização de formas provisorias da evolução.

Ah… se os gênios das causas perdidas como Hitler, Trump, Stalin, Bolsonaro, etc. e etc., tivessem dedicado algum tempo no estudo da Natureza e não perdido todo o tempo se especializando-se nas estratégias dos predadores, sempre condenados à extinção… Stalin não teria interrompido a evolução da Russia para o estado mais global da União Soviética, Hitler não teria separado a Alemanha, Trump e Bolsonaro não estariam sendo obstáculos separatistas para a transcendência global do Brasil e dos USA…
O problema humano é que sua escala de tempo é microscópica, enquanto a escala de tempo da Terra e da natureza é astronômica. Assim, a Natureza sempre corrige seus defeitos internos, mas na sua longa e astronômica paciência que tortura os humanos imediatistas sem poder e ilude os espíritos que acreditam serem donos do poder. Porque não aplicam seu poder contra as armas de defesas da Natureza, como essa pandemia?

A Nova Terra Regenerada: Alguns começam a despertar como a cosmovisão da Matrix/DNA

Saturday, August 22nd, 2020

Exemplo: um dialogo no forum da Socientifica:

https://forum.socientifica.com.br/index.php?threads/ecovilas-comunidades-sociedades-alternativas.557/

Thinker – abril, 14, 2020

Eu gostaria de conhecer mais sobre Ecovilas/Comunidades/Sociedades alternativas. Já vi o filme Zeitgeist/Projeto Vénus mas achei meio utópico, é bem antigo e aparentemente não conseguiu fazer nada muito relevante fora do plano das ideias. Também já dei uma pesquisada sobre ecovilas no Brasil. A maioria é extremamente focada no ambientalismo, algumas são espiritualistas/religiosas. Eu gostaria de conhecer/participar de algum projeto com mais foco na ciência e no empreendedorismo. Alguem conhece algo sobre? Tem interesse no assunto?


Louis Morelli :

Cooperativa de Consumo, Associações cooperativas de trabalho e produção: o único método disponível agora e possível que libertaria os pobres da escravidão. É o método aprovado pelo significado da nossa existência neste mundo: “Somos 8 bilhões de semi-conscientes irmãos-genes que somados a trilhões de outros irmãos-genes espalhados neste Universo estamos construindo o embrião de uma Consciência Universal”. Então mire-se em como operam os genes, para saber qual o comportamento sensato. Se um gene prejudicar que outro acrescente aquela sua unica, intransferível, indestrutível, informação, o conjunto todo teria que viver num corpo aleijado. Este método seria um boicote ao sistema econômico criado pelos predadores humanos de humanos. Predadores humanos existem porque a substancia da consciência para sua gestação tem que passar por todas as fases evolucionarias da vida, inclusive a animal, de quem recebemos este corpo e genética. Esta genética ainda domina modelando nossa psique e ego, por isso todos os sistemas econômicos criados até agora ( da monarquia ao capitalismo ao comunismo, etc) imitam exatamente o sistema de divisão de classes da selva: 1% de grandes predadores, 10% de médios predadores ( a classe média), e 85 % de presas, a classe pobre. precisamos nos auto-exorcizar destes instintos mas nunca acontecerá com os grandes predadores, porem as presas são acessíveis à mudança, e as associações no consumo e trabalho podem conduzir a isso. Nunca funcionou revoluções pela violência ( foram médios predadores insatisfeitos substituindo médios predadores satisfeitos, como é a briga entre direita e esquerda, os grandes continuaram), nem por qualquer outro método. Você está certo ao dizer que todas estas sociedades alternativas estão com o foco errado, principalmente porque não destacam a evolução pelas Ciências, tecnologia e uma ética/moral transcendente. Hoje minha principal ocupação é procurar como iniciar este novo modelo de comunidade.

Quem é você agora, como um acionista-sócio com mais 200 milhões de uma empresa chamada Brasil? Qual seria sua postura mais inteligente perante essa pandemia de vírus, de crise econômica, e de radicais cercando o Planalto? Talvez o ajude a se decidir fazendo o sacrifício breve de ler o longo texto abaixo:

Monday, June 22nd, 2020

O que você faria se tivesse uma empresa em que os dirigentes e chefes de secção estivessem divididos em dois sindicatos, um querendo derrubar o outro para ficar com o dinheiro total das mensalidades sindicais? Como sua empresa é muito grande e você pouco comparece para fiscalizar e administrar, estes sindicatos tem o poder de promover seus correlegionários aos cargos mais bem remunerados dentro da empresa. Mas desde sua casa no sitio onde moras recebes noticias preocupantes da empresa, os dois grupos estão em uma guerra que está ameaçando a subsistência da empresa toda. Os lucros caíram tanto que como acionista responsável, ao invés de receber mensalmente os dividendos, você está tendo que desembolsar dinheiro para pagar despesas e dividas da empresa. Então você arruma a mala e vai lá, na sede da empresa, observar o que está havendo. Antes de entrar na orta te deparas com uma balburdia de manifestações na entrada, como mostra esse vídeo. Mas, raios, você houve os dois grupos bradando em lutando por uma mesma palavra: DEMOCRACIA. O que significa esta palavra? No seu dicionario é: governo da empresa pertence aos acionistas e será exercido pelos acionistas. Mas você já repetiu varias vezes que tem sua vida sossegada e não quer trabalhar dirigindo nada, e os manifestantes sabem disso. Então significa que os dois grupos querem exercer o poder da direção no lugar dos acionistas. Se estes manifestantes dos dois lados dissessem a realidade de seus objetivos, seria: ” O poder nos pertence e nós vamos exerce-lo”.. Aí você deveria reagir: ” Isso não. Jamais! Eu e a maioria dos sócios somos os donos aqui e não vamos dar a empresa para ninguém”. E suponha que num chamado telefônico os outros acionistas fossem a Brasilia para juntarem-se a ti. Vocês chamariam o corpo de segurança e mandariam enxotar os manifestantes, se sentariam na cadeira do comando e inciariam a discussão de como resolver isto. Mas para sua surpresa, o corpo de segurança apareceria cercando a sede, arrombando o prédio e de armas em punho ordenando que vocês se retirem para suas casas. Um motim dos subordinados? Apareceu agora um terceiro grupo? Que desrespeitam a constituição dizendo que o poder sempre será dos acionistas? Mas quem começou, como se formou este terceiro grupo dentro do corpo de segurança? Existe uma maneira de saber. Na empresa, desde quando estavam iniciando sua construção, foram instaladas câmeras secretas, que nem um dos três grupos sabiam, e os monitores destas câmeras estavam num local que os acionistas sabiam. Então vocês correm para lá assistir os videos, pois eles registraram cada dia, cada detalhe de cada área da empresa, eles são o testemunho da Historia da Empresa. Mas quando ligam o monitor, uma surpresa inexplicável acontece: os personagens que aparecem na Historia não são humanos! Nem mesmos os acionistas que trabalharam na construção! São animais, como lobos, raposas, hienas, e a maioria são coelhos, ovelhas! Os cavalos, ovelhas, antas, são quem trabalham no pesado, cercados pelos lobos e hienas armados com proeminentes caninos. Pelos movimentos e obras dos trabalhadores, os acionistas vão descobrindo que eram os mesmos contados por seus avôs, sobre o que fizeram na construção da empresa, e então descobrem que os cavalos e ovelhas representam a eles, os acionistas. Daí descobrem que os lobos e hienas representam os dois sindicatos… que para sua surpresa, já existiam desde antes da construção. Pelos 500 anos da empresa, sempre se revezaram no poder, ora os lobos, ora as hienas. Mas todas as vezes que os lobos ou hienas tomavam decisões importantes, saía antes pelos portões da empresa um grupo deles, e subiam uma colina vizinha. Quando retornavam já vinham com a decisão pronta e atuavam. Toda a atenção de vocês se voltaram para a colina. O que haveria lá? Quem tinha o real poder e dominava toda a empresa, inclusive lobos e hienas?! Por sorte alguém lembrou que numa arvore distante dos portões, no alto da colina, havia sido instalada uma câmera por um acionista muito desconfiado, cujo nome era Abreu, e todos os chamavam de “Só acredito vendo!”. Mas o monitor desta câmera estava na casa antiga do Abreu, agora ali residindo sua quarta ou quinta geração. Vocês correm para lá pouco esperançados de que vão encontrar ainda o monitor, mas por sorte, no sótão da casa esta o monitor e ainda mantendo os filmes da câmera. Quando o assistem, veem o alto da colina e lá, quem reside? Tigres, anacondas, até remanescentes dos antigos dinossauros! Sim, claro, agora tudo se explicava. Vocês nunca foram acionistas donos da empresa, apenas donos do trabalho real efetuado na construção e agora do trabalho mantenedor feito pelos seus herdeiros destas gerações. Os lobos e hienas nunca exerceram o poder de fato, e não podiam, pois se dessem motivos, os tigres desceriam arrasando a todos. E vocês identificam na pele dos tigres, o grupo do corpo de segurança, o terceiro grupo, também existindo meio oculto na colina. Faltava então saber quem era o chefe dos tigres, quem era o primeiro no poder. A câmera nunca o mostrou, mas notaram que sempre antes das importantes decisões, também um grupo de tigres saiam da colina pelo outro lado, embarcavam numa caravela e se lançavam ao mar, na direção da… Europa. Logo os acionistas destacam um grupo para comprarem os bilhetes e viajarem na caravela que ainda continua lá fazendo o mesmo percurso.”Vendo onde a caravela desembarca vamos chegar aos pés do grande poderoso oculto”, vocês pensam. E quando o grupo retorna, mais uma surpresa. Não existe um grande poderoso, mas vários deles, são quase 5.000. Todos vivem no ponto final da caravela, um condomínio numa ilha luxuosa com suntuosos palácios. E pasmem: os moradores não são humanos. São animais: leões, anacondas e até alguns antigos remanescentes de dinossauros. Por isso todos os três grupos não tomam o verdadeiro poder para sempre, pois como lobos e hienas se defenderiam de leões e anacondas?”

Esta a Historia Real dessa Empresa Brasil, que antes da DEMOCRACIA, era uma grande fazenda dividida em 13 lotes menores, as capitanias hereditárias.

Mas então os acionistas estão para sempre perdidos? Como recuperar, ou finalmente assumir o que de fato nunca foi deles, mas que tem o direito soberano de serem os donos pois fizeram todo o trabalho duro da construção e manutenção? Adiantaria combaterem os tentáculos dos leões aqui no território, eliminando ou catequizando lobos e hienas, convencendo-os de que também são como escravos explorados, e que ao invés de se digladiarem, devem se juntarem aos acionistas para libertar a empresa dos leões? Certamente que se isso fizerem os leões vão descer da colina com todo furor, e poderão se defender cavalos, ovelhas, lobos e hienas, dos leões?

Bem… a resposta depende de cada um. Quando jovem. despertado na intensa leitura dos grandes filósofos e dos livros que vinham da Europa, tomei uma decisão antes de me tornar sexualmente maturo: ” Jamais vou me reproduzir, pois não vou fornecer carne fresca para alimentar o sistema como escravos, iludidos com falsas liberdades escondidas em nomes abstratos como “democracia, capitalismo, família cristã, etc.”. E se um dia os meus sócios desta empresa concordarem, faremos o que os estados Unidos fez na sua libertação contra o reino Unido: boicote econômico. daqui não sai mais uma agulha e nenhum centavo para os leões. Os bancos deles que continuam aqui? Coitados, com o boicote e sem clientes teriam que fechar suas agencias onde se instalariam o banco nacional dos acionistas… Sei que vão descer com tudo e talvez consigam enganar o terceiro grupo, prometendo-lhes maiores soldos e exercerem o poder, porque eles, os leões, souberam programar este grupo de maneira que suas infiltrações iriam cortando e derrubando as cabeças necessárias. Sei disso, mas ainda assim iria confiar na minha força. Se perdesse, morreria gritando o meu supremo lema: Independência ou Morte!. Fui fiel a essa promessa até hoje, vou morrendo já velho sem filhos e me lembrando que passei a vida convidando os próximos a iniciar o boicote, sem sucesso, no entanto. Mas… por enquanto, cada acionista tem uma cabeça, diferentes respostas, a maioria nem sequer se preocupa em formular uma resposta, pois acreditam que virá dos céus o Juízo Final que os libertarão… E sabe que nos meus últimos momentos chego ‘á conclusão que a maioria, com esta sabedoria popular, estão realmente com a razão? Pois consegui contactar inteligencias alienígenas superiores suplicando por uma ajuda para salvar meu povo e a resposta deles? ” É nos proibidos, pelo supremo comandante da Confederação Galáctica, interferir na evolução de qualquer especie. Ovelhas e cavalos jamais deixarão de se-lo e jamais quererão ultrapassar as cercas se lhes pusermos num terreno paradisíaco, com sombras de arvores grandes, água límpida e fresca corrente, e a melhor gramínea. Somente o continuo estado de insatisfação os levarão a se aproximarem cada vez mais do momento da transcendência da espécie, para então iniciarem sua aventura no espaço cósmico. Não vamos combater os leões, pois estes são os obreiros necessários como agentes causadores da insatisfação.Mas não se preocupa e tenha paciência. As coisas se resolvem na escala do tempo astronomico e não na escala do curto tempo dos humanos. A Terra nunca verá essa Nova Ordem definitiva sob as patas dos leões que tanto temes, pois está escrito na evolução natural que ela logo, se transformará do planeta da expiação para o planeta da Terra Reformadora. Tu o verás!” Mas então perguntei: ” E o que motivará lobos e hienas a deixarem de se-lo para abraçarem a fraternidade, o único caminho para a evolução?” Resposta: ” Estes não podem serem reformados em planetas ajardinados reformadores. Eles precisam continuarem nas selvas, mas mutados em ovelhas e cavalos, e para isso existem outros planetas mais primitivos, para onde serão exilados.”
Acordei deste sonho quando tocou o despertador, mas… consigo passar meus dias como feliz porque mantenho este sonho na mente como se de fato fui numa nave e conversei com os E.T. s .