Archive for the ‘Biology’ Category

Insetos e 40 tipos de surpreendentes faces

Tuesday, May 18th, 2021

No link abaixo são mostradas dezenas de faces de insetos

https://www.facebook.com/wildlifealure/photos/pcb.149185757161271/149185060494674

xxxx

Este inseto apareceu numa barbearia em Portugal, sentou na cadeira, deu uma pepita de ouro ao barbeiro e desenrolou uma folha onde estava escrito: “Fazer barba e bigode” … ou é um extraterrestre ou foi mandado por um…

Nenhuma descrição de foto disponível.

xxxx

Pode ser uma imagem de natureza

xxxxx

Pode ser um close-up de natureza

xxxx

Pode ser um close-up de natureza

Gestação de humano em nove meses e a fusão dos genomas (vídeos)

Tuesday, April 6th, 2021

xxxx

Life in the womb (9 months in 4 minutes) HD – Presented to You from PSNX

by : BobbyandDanna Jackson

https://www.youtube.com/watch?v=_5OvgQW6FG4

Fertilization – Nucleus Medical Media Nucleus Medical Media

O clitóris e a anatomia do pênis partilham a mesma origem embriológica e cosmológica

Friday, March 19th, 2021

O clitóris e a anatomia do pênis partilham a mesma origem embriológica.

Pense fora e além da doutrina educadora que doutrina você.

A pergunta racional ao ver isso é: Como e de onde a Natureza tirou a ideia para fazer isso, essa fantástica engenharia?

O procedimento correto é buscar a resposta onde? Ora, claro, na Natureza, e no tempo passado anterior de quando ela criou isso. Como Ela não é magica, os ingredientes e os processos, mecanismos, para criar isso tem que estarem presentes nela mesma no momento e estado do mundo daquela época.

Como estavam estes dois órgãos na primeira célula, hermafrodita? Pelo que sei ninguém buscou porque a doutrina impede raciocinar com a lógica natural, então está aí sua oportunidade de pesquisar como cientista ou apenas filosofo pensador.

Em seguida, quais eram as substâncias, as forças naturais e as arquiteturas naturais existentes a 4 bilhões de anos que já tinham em si todas as informações para criar isso? Tinha um planeta dentro de um sistema solar dentro de uma galáxia. Onde estavam os protótipos do pênis e do clitóris? Ninguém perguntou isso, você terá muito trabalho a fazer.

Eu tentei fazer tudo isso e cheguei a surpresas estonteantes. Primeiro, você vai notar que os modelos teóricos astronômicos, as teorias das origens e funções dos astros, etc., ensinadas nas escolas estão todas erradas porque estes modelos não poderiam ter produzido os sistemas biológicos, aka, a vida. É como o modelo geocêntrico nas escolas medievais estava todo errado. A evolução começou com a origem do Universo e não na Terra. Tudo que existe de fenômeno natural veio sendo desenvolvido passo a passo desde o Big Bang.

Resumindo, meus resultados indicaram como protótipos do pênis e do clitóris era um mesmo fenômeno natural (no meu website tem artigos explicando os pormenores): gigantescos vulcões em planetas velhos chamados de pulsares emitindo magmas que continham as informações do astro que se tornavam cometas e depois os espermatozoides. O órgão feminino veio do vórtice nuclear que se forma em toda nebulosa estelar e que gera as sementes dos novos astros, tudo igual nossa embriogênese. E daí por diante, ao se ver a luz clara do mundo com os olhos puramente naturais e a razão pura construída pela Natureza, muda sua mente totalmente. As Ciências Humanas ainda está aí toda para ser corrigida e desenvolvida. Você se habilita?

Vírus: o heroico esforço dos Gates e sugestão da Matrix/DNA

Monday, March 8th, 2021

xxxx

A Fundação Bill & Melinda Gates ja deu U$ 1,75 bilhão na luta contra a pandemia. No kink abaixo podemos ler o relatório que eles publicam todos os anos e entender mais esta pandemia. Busca-se as melhores estratégias de luta contra vírus e pandemias, mas eu acho que a mais importante (portanto a mais difícil e mais eficaz) estratégia não foi ainda sequer pensada por ninguém, não vejo ninguém menciona-la. O conhecimento da formula da Matrix/DNA nos conduz a ver tudo sob um novo e inédito entendimento, mas por estarmos sós nesse conhecimento, não conseguimos reunir equipes de trabalho, e assim nada podemos fazer. Na tentativa de despertar esta vontade publiquei o seguinte comentário na secção de comentários ligados ao relatório:

How and why Nature is still producing virus? At the process of life origins, virus was the half way between amino acids and the first living cell. Existing at the RNA world, viruses never evolved into the DNA world, I think. Virus came from, belongs, to the molecular world, so I ask: Nature still is producing amino acids, proteins, from non-organic matter? Creation of life happens only once time or it is an endless process? At the Matrix/DNA formula of all natural systems, we see that virus is not a system, it is missing parts, systemic functions. Knowing that reproduction is their meaning activity we can locate it related to uracil function which is F5 in that formula. I would try a drug that destroys uracil. I never saw any debate, anyone, trying the systemic approach which requires philosophical methods of searching. We never will be free of microorganisms that causes pandemics while dealing with the consequences, the effects, forgetting totally to search and fight the first cause, their roots. Congratulations Bill and Melinda, if we are spirits, those millions that you saved will be eternally grateful to you…

Searching for Life on Mars – NASA Press Conference, and my posts to the conference

Wednesday, February 17th, 2021

The conference is being held at Facebook, in this link:

https://www.facebook.com/MarsCuriosity/videos/735522724022091

See the source image


Louis Charles Morelli
  · 2:50 (2/17/2021)

” While NASA is ignoring that “life” is merely a rare, evolved shape of a universal natural system which can evolve into others non-biological shapes, which can develop intelligence, and, while NASA is ignoring that this universal system has a formula which is present at all shapes – from atoms to astronomic systems to human body systems – which formula was discovered and explained at Matrix/DNA Theory, maybe Perseverance will be in front of something containing the vital principle but will ignore it…

Louis Charles Morelli  · 0:00

“Which rover at a planetary surface taking photos of the galaxy would inform us that it is seeing a sample of our ancestral? Or seeing an atom would inform us that it is our ancestral? And we must mind that these our ancestors can evolve into shapes and system that we cannot make any idea… without knowing that all-natural systems were built by a unique known natural formula… like all biological systems (aka, living beings) were built by a unique formula: the DNA.

Proteínas e Enzimas na Formula da Matrix/DNA

Friday, January 1st, 2021

Enzimas são cópias do movimento da esfera, o movimento entre as proteínas que são as marcações estanques de território ( nova descoberta da Matrix/DNA)

The cell’s functions depend on enzymes. Enzymes are proteins that carry out chemical reactions in the cell. They help to synthesize metabolic products, make copies of the DNA molecules, convert energy for the cell’s activities, change DNA epigenetically and break down certain molecules.

( https://phys.org/news/2020-12-dna-functions.html )

Entenda-se. As proteínas são pedaços do circuito esférico da formula Matrix/DNA. Poderia-se dividir o circuito em n pedaços, e a vida dividiu em cerca de 30.000 pedaços, as 30.000 conhecidas proteínas. Como o circuito funciona como o processo do ciclo vital, cada ponto do circuito representa uma forma e idade do corpo num dado momento. Mas eu nunca tinha pensado no óbvio: se reconstruir o circuito pondo as certas proteínas nos pontos certos, a dinâmica ou movimento do ciclo vital não vai funcionar. Será uma arquitetura estática, sem vida. É preciso inserir uma espécie de corrente elétrica que fica ligando os pontos de proteína, um efeito de cascata corrente, então a arquitetura se torna viva. E de fato existe na vida esta corrente elétrica fazendo esta função: são as enzimas. Carregadas eletricamente. Outro ponto interessante do artigo é relacionar enzimas com epigenética. Sim, a atuação do circuito esférico, que contem todas as informações do sistema, sobre uma parte do sistema, é epigenética, atuação vinda de fora da parte. Isto vai abrir e demandar nova área de pesquisa aqui. Mais informações no artigo da Phys.org :

… the Münster researchers engineered one enzyme in the cascade, making it possible to switch DNA functions on and off by means of light. With the aid of protein design, it was possible to expand the substrate spectrum of enzymes—in this case, methionine adenosyltransferases (MATs). In their work, the researchers examined two MATs. The modifications carried out offer a starting point for developing other MATs with an expanded substrate spectrum. “Combining these MATs with other enzymes has potential for future cellular applications. This is an important step for implementing in-situ generated, non-natural substances for other enzymes in epigenetic studies,” says Andrea Rentmeister.

Matrix/DNA: Temos que estudar o que é methionine adenosyltransferases (MATs)

E aqui detemo-nos apreensivos érante esta figura, pois parece-nos que um sudpreendente e super-omportante segredo está revelado nela:

S-adenosylmethionine synthetase enzyme - Wikipedia
S-adenosylmethionine synthetase enzyme ISTO É O EIXO DE UM CARRO GIRANDO AS DUAS RODAS! TAL COMO TEORIZADO PARA ENZIMAS NA MATRIX/DNA !

ISTO É O EIXO DE UM CARRO GIRANDO AS DUAS RODAS! OU AINDA: SÃO AS RODAS DE UM TREM CORRENDO EMBAIXO DE VAGÕES PARADOS. TAL COMO TEORIZADO PARA ENZIMAS NA MATRIX/DNA ! As proteínas são o motor e a carcaça, montados em cima da enzima, que é o eixo com as rodas! Assim corre o fluxo do circuito esférico da formula Matrix/DNA na sua representação biológica!

Vamos esmiuçar isto melhor. trazendo a formula da Matrix/DNA para cá:

The Matrix/DNA formula as closed system

E agora as proteínas e enzimas na formula da Matrix/DNA:

Proteínas e Enzimas na Formula da Matrix/DNA

xxxxxxxxxxxx

E como foi feita a enzima pela formula da Matrix/DNA:

Meu comentário postado e publicado na pagina da PHYS.org:

Morelli – (01/01/21) . Sorry, this is not a scientific suggestion, but it could be of great value for next experiments/research. My method, comparative anatomy between living and non-living systems is suggesting an unknown meaning for proteins and enzymes which is approved by this research. S-adenosylmethionine synthetase enzyme works as the axis and whells and proteins works as the motor of a vehicle. Look to that enzime molecule and see how it is a central axis with two lateral rods. I am suggersting a universal formula for systems which is the template of cell systems, proteins performs the function of each momentum of the spheric circuit, but they are static parts, so, the need of someting that brings dynamics to the parts, it is the enzyme. At my website , my last article has more information, which are free.

E meu comentário postado no Facebook:

https://www.facebook.com/TheMatrixDNA

Grande Descoberta nas primeiras horas do Ano Novo!

Estava lendo um artigo cientifico. Aplicando luz em enzimas, os cientistas conseguiram movê-las dentro da célula, na direção de proteínas e do DNA. Estas palavras juntas – luz, proteínas, enzimas – me fez acender uma lampadazinha dentro do meu cocuruto. Imediatamente me lembrei da formula da Matrix/DNA – que os cientistas na pesquisa não conhecem.

Pela formula já descobri porque e como a Natureza criou as proteínas. Elas representam cada ponto do circuito esférico da formula, pelo qual flui o dinamismo do ciclo vital. Mas eu nunca tinha pensado num detalhe: as proteínas seriam pontos estáticos, então a célula teria que ser também estática, sem os movimentos internos propiciados pelas proteínas. Isto funciona nos sistemas astronômicos que são quase fechados mas não poderia ser nos sistemas vivos, que são abertos.

Por outro lado eu sempre tive um problema com as enzimas. São um tipo inferior de proteínas, fazem funções diferentes das proteínas, mas minha questão era: de onde, na formula, veio as enzimas? O experimento cientifico foi um choque, de repente ele respondeu estas questões! corri na formula, fiz novos desenhos situando proteínas e percebi que as enzimas fazem o papel de ponte móvel entre proteínas. ou seja, elas são o agente móvel, dinâmico, que passando e unindo proteínas as tornam rolando no circuito. E de onde geram a energia para se moverem? Ora, eu já disse que a formula da Matrix surgiu na forma de luz, ela se implanta na matéria na forma de fótons de luz, os quais criam uma network reproduzindo exatamente a mesma formula, e assim tudo se torna vivo, funcional! Pronto assim o sistema celular está aberto para ser um sistema vivo!

E então fui pesquisar as moléculas citadas pelos cientistas e quando bati o olho nelas… bingo! .. De cara vejo a formula ali, embutida naquela molécula! . E gerando movimentos. Como o eixo do carro roda na horizontal mas tendo duas rodas em vertical nas suas pontas, faz o carro mover-se.

Parece mais um trem, sendo as enzimas o chassis e as rodas movendo o comboio, e os vagões são as proteínas… O vórtice giratório da formula torna-se o eixo giratório na molécula de enzima, e ela tem rodas, por isso ela percorre o circuito, levando informações de uma proteína para outra e para o DNA!

Isto pode ser inspiração para um monte de novas pesquisas e experiências cientificas que pode levar a novas medicinas para cura de doenças, etc. Mas claro, isto só vai acontecer quando alguém descobrir a formula da Matrix/DNA. Eu já a descobri 30 anos atrás, mas eu sou invisível, não tenho nenhum vínculo com os fazedores de ciências, então não conto… Mas não me preocupo com isso, ao contrario, encho uma taça de vinho e saio lá fora erguendo-a para o céu justamente nos primeiros minutos do ano novo agradecendo o Universo por esse belo presente de inicio de ano!

As origens do fenômeno “cadeia alimentar”

Thursday, December 24th, 2020


Pergunta: – “De onde a Natureza obteve o principio para produzir esta biosfera baseada numa cadeia alimentar?”

Matrix/DNA: – “Uma dica: só existe um adulto, se ele comeu uma criança… Duvidas? Onde está o corpo da criança que na minha infância vi brincando na rua e tinha seu nome?

“O mecanismo produtor da cadeia alimentar chama-se “ciclo vital”. Ele tem 13,8 bilhões de anos, pois sua primeira manifestação foi como onda de luz, a qual se propaga no tempo e espaço mudando de formas vibracionais, pelo mesmo processo que seu corpo se propaga no tempo e espaço ( de minúsculo feto crescendo e aumentando a idade). Quando a evolução chegou na forma de galáxia, vemos ( no meu avatar ao lado) os astros de desenvolvendo pelo mesmo processo – planetas se tornam gigantes gasoso como os pulsares que se tornam supernovas, que se tornam vermelhas como o sol, etc. O horror protagonizado na cadeia alimentar terrestre surgiu devido nosso ancestral ter cometido um gravíssimo erro evolucionário, esta biosfera surgiu pelo caos e a transformação dos corpos se tornou esta carnificina entre as espécies…

Calvin Cycle e a Formula da Matrix/DNA: Maravilhas da Formula Criadora

Wednesday, December 2nd, 2020

Como a formula Matrix/DNA para sistemas naturais e ciclos vitais montou o Calvin Cycle? BASTA VER A SEGUNDA FIGURA AQUI PARA ENTENDER TUDO!

O processo da fotossíntese se divide em duas fases. Uma é chamada de fase clara, porque se dá na presença da luz; a outra é a fase escura, porque ocorre no interior da folha, sem luz. Esta segunda fase é o Calvin Cycle.

Um artigo completo explicando o Calvin Cycle pode ser visto no Wikipedia ou melhor no link: https://www.eartheclipse.com/biology/calvin-cycle.html

1) Figura do Calvin Cycle

Superpondo o objeto real criado ( o Calvin Cycle ) sobre o template gerador que é a formula Matrix/DNA, temos:

This image has an empty alt attribute; its file name is Calvin-Cycle-no-paint-1024x666.png
Calvin Cycle e a Formula Matrix/DNA

Recordando uma das figuras da formula:

The Universal Matrix/DNA as Closed System

F1 fica no local Stage 1, carbon fixation, depois que entra ” 3 molecules CO2″ na folha através dos poros chamados stomata. Ali existe uma molécula que é a receptora inicial de NADPH and ATP, os quais vem da primeira fase da fotossínteses que é outro ciclo. Este receptor (acceptor, porque F1 é função inicial receptora que inicia a mistura das matérias primas e gera o embrião do sistema ) é chamado RuBP: ribulose-1,5-bisphosphate (RuBP), a five-carbon acceptor molecule. Observe que no final do ciclo, no Stage 3, começa a ocorrer a regeneração de RuBP, da mesma forma que no sistema astronômico os fragmentos de F7 se reúnem num ponto para refazerem o vórtice nuclear.

Partindo daí deduzimos que o Stage 2 representa as funções F2, F3, F4. Observa-se que o produto final, 3-carbon sugar é emitido onde deve estar F4, onde fica a função masculina emitindo seu “espermatozoide” que tanto pode ser a energia e informação a fecundar F1 ( sistema fechado) ou pode ser energia/informação atirada para fora do sistema ( sistema aberto).

Temos então a novidade, o curioso caso em que um sistema perfaz-se como fechado e aberto ao mesmo tempo. Fechado porque ele mesmo fornece o material para refazer sua fonte inicial, e aberto porque ele recebe e fornece, ou seja faz trocas com o exterior.

Mas como isto é possível? Eu nunca vi sistema semelhante antes, ou não notei que outros sistemas também fazem isso. A explicação é que o sistema não é realmente fechado, como também não é realmente aberto. Em resumo, pode-se explicar com uma analogia de dois grupos de três passageiros humanos num veiculo:

Existe uma estrada circular, formando uma esfera, onde permanentemente roda um veiculo, com 3 pessoas. A certa altura, o veiculo para e recolhe 3 pessoas que pedem carona. Ficam 6 pessoas. Antes do veiculo chegar novamente ao ponto onde as 3 caronas entraram, elas saltam do veiculo, e correm a pé na frente, para reentrarem quando as três caronas desembarcarem… isto porque naquele trecho terá que ser feita uma tarefa da qual o grupo carona é especialista. Aquele trecho que fica no inicio e no final de uma volta, sempre terá apenas 3 passageiros. Essas voltas do veiculo com 3 pessoas representa o sistema fechado, que foi aberto no meio da volta e voltou a se fechar, sem afetar nada na chegada. E qual a evidencia para esta teoria? Está aqui: ” An enzyme called RuBP carboxylase/oxygenase or rubisco would catalyze the attachment of carbon dioxide to the RuBP. This process would make a six-carbon compound. But because the said compound is unstable, it would quickly split into two molecules of a three-carbon compound which is called as the 3-phosphoglyceric acid or 3-PGA. Hence, for each of carbon dioxide that would enter the cycle, two 3-PGA molecules are formed.”

Two 3-PGA … São dois grupos de 3 passageiros.

Mas sentimos aqui algo muito mais profundo e complexo acontecendo. E parece-me que a nível quântico! Pois um sistema fechado é estável, sempre. Se qualquer de suas partes se tornar instável – por alguma perturbação externa – o fluxo ou parte dele se desvia da lógica do ciclo vital, o que significa que não vai chegar o material necessário em F1 para reiniciar a auto-reciclagem. Mas neste sistema, ele já se torna instável logo após a partida do fluxo de F1. Como se seu corpo começasse gordo em demasia de maneira que o veiculo, muito pesado, não rolaria para perfazer o circuito. Mas quando o veiculo começa a falhar logo depois da partida, quer queira, quer não queira, o sistema será invadido por outro gordo, que vem de fora. Mas ao invés do invasor entrar no veiculo, empurra-o. E só pára quando termina o stage 2. O invasor entra como a molécula “NADO” e sai na forma de glucose. Tudo bem, não vemos nenhum dedo da quântica nisso, é perfeitamente racional pelas leis da física clássica. Mas…

E se o sistema não tivesse partido instável? Ele não pode evitar a invasão que sempre ocorrerá no meio do trajeto. Se o gordo invasor tivesse entrado no veiculo, todo o sistema teria desmoronado. Então para que o sistema sobreviva ele precisa se tornar instável logo na partida. Mas como, na partida, o motorista do veiculo sabe que vai ser atacado no futuro?!!!

O fluxo nada pode saber do futuro, assim como as aguas de um rio não podem saber que lá na frente vai desaguar sobre ela as aguas de outro rio que também vem correndo na direção do mar.

O FENOMENO QUANTICO DA “ESCOLHA RETARDADA” SE MANIFESTA NO CALVIN CYCLE?

Esta estranha surpresa nos lembra imediatamente o mesmo problema chamado de “escolha retardada” que ocorre na dimensão quântica, e que foi meu assunto a uns dois ou três artigos atrás. No qual o acaso que vai ocorrer no futuro determinou a logica do que ocorreu no passado…. Os caras ficam observando o canhão emitir um feixe de fótons que saem na forma de partículas e perfazem um circuito. Aí resolvem brincar com os fótons e faze-los quebrarem o nariz num paredão. Devido a se moverem na velocidade da luz, não é possível colocar a barreira no circuito depois que os fótons foram disparados. Então colocam a barreira antes e disparam o canhão. Os fótons atravessaram a barreira. Como? Repetem a experiência, Vamos focar na barreira como fazem isso. Aí descobrem estupefatos que os fótons não vinham como partículas e sim como ondas, as quais atravessam facilmente a barreira. Mas como vinham como ondas se saíram como partículas? E porque quando não colocamos a segunda barreira, os fótons saem como partícula e continuam como partícula até o fim? Vamos focar a boca do canhão de onde saem estes fótons. Sem barreira, saem como partículas. Quando botam a barreira, saem como ondas.

Como é que os fótons adivinham que lá no futuro vão encontrar outra barreira e por isso precisam serem ondas? E no Calvin Cycle, como é que os carbonos sabem que devem entrar em numero de seis, o que parece suicídio, na forma instável, porque lá na frente vai chegar algo que se os encontrassem na forma estável estariam todos mortos?!!!

NÃO EXISTE DE FATO A DUALIDADE SIMULTANEA DE UM OBJETO COMO ONDA E PARTICULA ?

Para mim, a formula da Matrix/DNA está sugerindo uma solução que me parece lógica. É uma solução parecida com a epigenética. E vem reforçar uma suspeita que venho pensando a tempo e que escandalizaria os cientistas da teoria quântica: “Não existe essa dualidade onda/partícula. Claro que essa ideia tem minado toda a nossa racionalidade, pois ela não existe de fato. O que existe, no experimento acima, é uma partícula fóton se movendo junto com seu background, seu fractal maior, que é um campo que é onda, como se fosse um campo eletromagnético. Acontece que essa onda é luz a luz original de onde vem os fótons, e os fótons são miniaturas da onda, eles contem tudo o que a onda completa contem, com seus sete estágios vibracionais. E acho que isso explica também o ainda desconhecido comando de instruções do DNA. A formula está ali materializada em carne e osso, mas ela continua junto como luz.

A MATRIX/DNA, ENQUANTO ONDA DE LUZ, É ATEMPORAL?

A onda é atemporal ( passado e futuro colapsam a um ponto que é o presente, então, sempre existe apenas o presente) portanto antes do fóton partir, a onda já sabe qual será sua futura trajetória. Se a onda sabe que terá a segunda barreira, ela modela o fóton para se comportar como onda. Essa ideia me veio do meu modelo teórico do átomo, quando procurava descobrir como a formula Matrix/DNA ( que é a onda que estamos falando) construiu os sistemas atômicos. Sendo o primeiro molde evolutivo do sistema universal, o átomo foi feito mais como template do que objeto real. O template está circunscrito nas sete camadas eletrônicas, cada camada sendo uma das partes da formula. Elas são campos abstratos de força, ou luz, e apenas emergem como objetos se tocadas por um elétron. É como se um corpo humano fosse invisível e quando tocado em algum órgão, ou mais alguns, estes órgãos se materializassem sendo visíveis… com o resto do corpo permanecendo invisível. E isso resolveria as contradições entre o modelo teórico de Rutherford, onde elétrons circulam o núcleo como partículas, e o modelo teórico quântico, onde os elétrons aparecem como ondas difusas. Ora, a partícula elétron continua, mas agora também a camada eletrônica correspondente a onda se manifesta, por isso os observadores veem como onda.

( Pesquisa a ser continuada)

Óvulo: Tem núcleo e gameta, não tem amnion e sim citoplasma

Friday, October 23rd, 2020
Como ocorre a Fecundação Humana?
https://www.todamateria.com.br/como-ocorre-a-fecundacao-humana/

Prova de que o gameta feminino está no núcleo ( gameta fem.= n, gameta masc. = n. Depois da fusão = 2n

Como ocorre a Fecundação Humana?

Formação de espermatozoides e óvulos:

Gametas e Gametogênese

Descobrindo as origens e como funciona o sistema de defesa imunológico?

Tuesday, October 13th, 2020

Science Paper:

Sobre:  innate immune system

Neutrophil Extracellular Traps Kill Bacteria

 See all authors and affiliations Science  05 Mar 2004:
Vol. 303, Issue 5663, pp. 1532-1535
DOI: 10.1126/science.1092385

SCIENCE MAGAZINE

https://science.sciencemag.org/content/303/5663/1532

Abstract:

Neutrophils engulf and kill bacteria when their antimicrobial granules fuse with the phagosome. Here, we describe that, upon activation, neutrophils release granule proteins and chromatin that together form extracellular fibers that bind Gram-positive and -negative bacteria. These neutrophil extracellular traps (NETs) degrade virulence factors and kill bacteria. NETs are abundant in vivo in experimental dysentery and spontaneous human appendicitis, two examples of acute inflammation. NETs appear to be a form of innate response that binds microorganisms, prevents them from spreading, and ensures a high local concentration of antimicrobial agents to degrade virulence factors and kill bacteria.

MATRIX/DNA: ” Tem sido um grande problema para nós explicar como a Natureza criou o sistema de defesa imunológico, pois não vemos isso na formula da Matrix. Agora, o resumido abstrato acima ( preciso fazer o membership na Science, pagando U$ 25,00 para conseguir o texto completo) nos intuou com o come4ço de uma explicaçaõ.

Sabemos que proteinas são as representantes biologicas do circuito esferico da formula da Matrix. Se existem 30.000 proteinas, é porque o circuito foi dividido em 30.000 pedaços, cada qual correspondendo a um trecho do circuito. O neutrofilo emite extracelular fibras de proteinas e cromatina que formam uma rede como as redes de pesca, as NET, que envolvem os mirobios e os matam. Esta uma das estrategias do sistema de defesa. Diz o abstrato que as fontes que geram estas redes, chamadas de grânulos, possuem antimicrobial agentes.

Ora, estes microbios são constituidos de DNA, RNA e proteinas. Então podemos pensar numa proteina que degrada outra proteina, o que significa dizer que existe uma versão de trecho do circuito que é justamente contraria a outra versão do mesmo trecho do circuito. calcula-se que quando uma versão positiva se liga em contacto com outra versão negativa , as duas se auto-eliminam. A Natureza já possuia este recurso na formula, quando no encontro de matéria com anti-materia as duas são eliminadas.

Mas como a entidade do sistema produziria uma copia exata de seu circuito, porem, negativa? Talvez o segredo esteja na direção do fluxo dentro do circuito: a versão negativa seria reversa, ou seja, o fluxo corre da frente para tras, ou seja, no sentido anti-horario… Epa! Antihorario? Aqui está outra sotuação em que duas arquiteturas simetricas podem ser auto-anularem: a fusão de dois spins contrarios…

Precisamos ver a sequencia atomica de todas as proteinas envilvidas.

Mas como a entidade de uma forma do sistema universal, ainda inconsciente, teria a motivação para fabricar a proteina reversa, de onde ela tiraria essa ideia ( ora, a ideia já existe no sistema, dois opostos se anulam.. )….

Vamos trazer a formula para cá, ficar estudando o circuito esférico, a entidade do sistema, para destrinchar esse mistério, pois o sistema de defesa é de suma importância ter seu conhecimento total.

Formula Matrix/DNA

Outra possibilidade seria elaborar o circuito esferico contendo apenas a dimensão tempo ( trechos em setas), sem os pontos da dimensão espaço ( os corpos quadrados Fs). Ao se superpor ou emparelhar com a proteina normal, e impondo sua configuração, o fluxo fluiria sempre direto, eliminando o aspecto corpo.

Na figura abaixo vemos outro truque espetacular dos neutrofilos: para se mover no meio das células, onde existem filamentos como pontes entre celulas impedindo a passagem, os neutrofilos emitem uma enzima que vai na frente desfazendo estas pontes.

Ver mais matéria sobre as NET e neurophil, no penultimo artigo aqui com video demonstrativo e na Wiki, em:

https://en.wikipedia.org/wiki/Neutrophil