Archive for the ‘Evolution’ Category

A malicia nas perguntas de radicais ateus, deístas e ideologistas

Tuesday, January 12th, 2021

Como tenho levado a Matrix/DNA Theory para divulgação apresentando-a nos debates e fóruns, preciso estar atento em protege-la dos venenos à espreita. Como por exemplo:

A imagem pode conter: texto que diz "HIDING ASSERTIONS IN RHETORICAL QUESTIONS Quite often the questions asked in posts are not questions, rather they are assertions that hide and protect themselves in the form of a question so that the assertion becomes immune to critical assessment. The way the question is asked reveals the author's position about the topic and the question itself strengthens it by the way it is composed. Such a question is often asked naively, but even then a reader can assume that the author of the question really wants to argue, not discuss, any alternatives to the predetermined rhetorical question."

Este texto foi inteligentemente apresentado como critica a uma estratégia de “engula a isca”, ou “click bait” , em inglês, ocultada numa pergunta de um radical defensor da teoria darwiniana: Can evolution itself evolve?if not why not?

Suspeito que o autor procura manter alta produção de posts no seu canal e fique maquinando assuntos para os posts. Então ele não está, em primeiro lugar, pedindo ajuda para obter conhecimento pelo conhecimento, e sim, em busca de retornos materiais. Mas creio que isto se justifica e é benéfico porque realmente a questão estimula a expansão da consciência dos leitores. O problema está no “sequitur”: If not why not?

Quem não está radicalizado numa ideia, perguntaria: Se sim, ou se não, por favor, explique”. Mas aí ele estaria focalizando como peixes-leitores apenas aqueles que aceitam a evolução, porem, seria um debate curto e cansativo, porque todo evolucionista automaticamente aplica a sua teoria da evolução sobre o hipotético processo natural de evolução. Haveria alguns poucos apontando algumas evidencias para provar este ponto que todos conhecem. Mas quando ele desafia com o “se não…”, ele está incitando os peixes leitores que não aceitam a microevolução, lançando a isca. E qualquer resposta destes, seria mais uma chance do autor reiniciar a longa verborreia dos argumentos prós teoria da evolução darwiniana. Aumentaria sua receita e ele não teria se disposto a debate mas sim a arguir, afirmar sua posição, como sempre.

Nos debates envolvendo a Teoria da Matrix/DNA temos que estar atentos a estas manobras.

Evolution: The fight against the moral values produced by the belief in Darwinian Theory

Friday, December 25th, 2020

xxxx

Question: Am I irrational for not believing in Evolution (common descent), why or why not? (I don’t)

Suggestion from Matrix/DNA Theory: – No, it is not irrational don´t believing in this human theory of evolution. Sure, it is totally incomplete, in the way that prejudices our world view, hence, our behavior. The common descent not lived at Earth: it was the evolutionary link between this astronomic system and the first biological system. There is no separation between Cosmological and Biological Evolution. There is a unique universal natural process of evolution, with seven variables/mechanisms and not only the three variables pointed out by humans (VSI – Variation, Selection, Inheritance… is a poor understand and knowledge of universal evolution). But, the Matrix/DNA Theory is a human production, which discovered these holes in Darwinian Theory and The New Synthesis, it is almost reaching the whole history..

Question from Jason Harris : Could just be ignorant to the overwhelming amount of evidence gathered in its favor over the last 170 years and no competing theory to be seen with greater explanatory power. It would be irrational to know those things and then deny the reality of evolution. Why not?

Matrix/DNA Theory – The explanatory power is great but limited to a few sequences of mechanistic processes, limited to Earth materials and limited to the last millions of years. The theory need to be expanded to the whole Universe, its 13,8 billion years, and searching the effects of those invisible dimensions. With an analogy we can understand the point: Imagine microscopic intelligent microbes living inside a pregnant human, watching the transformations from morulae to fetus, to embryo. he will be able to be describing the mechanistic process inside the chemical processes, but only that. He knows nothing about the leaving human body driving the process, he doesn´t understand the genetic code, etc. We, humans, are microscopic microbes watching a sequence of events of transformations of a universal system that is coming from the Big Bang and we doesn´t know the whole thing producing this process. Atoms are our ancestral like bacteria are, but our theoretical models of atoms does not reveal the biological principles that must be there ( which I think are the responsible for the weirdness of quantum dimensions). The microbe in the womb is deluded, thinking that he is watching evolution, but we, humans knows that it is merely a process of reproduction. So, who are able to tell that this universal process of simplest towards complexity is evolution and not merely reproduction ( of the thing behind the Big Bang, for instance)?

As origens do fenômeno “cadeia alimentar”

Thursday, December 24th, 2020


Pergunta: – “De onde a Natureza obteve o principio para produzir esta biosfera baseada numa cadeia alimentar?”

Matrix/DNA: – “Uma dica: só existe um adulto, se ele comeu uma criança… Duvidas? Onde está o corpo da criança que na minha infância vi brincando na rua e tinha seu nome?

“O mecanismo produtor da cadeia alimentar chama-se “ciclo vital”. Ele tem 13,8 bilhões de anos, pois sua primeira manifestação foi como onda de luz, a qual se propaga no tempo e espaço mudando de formas vibracionais, pelo mesmo processo que seu corpo se propaga no tempo e espaço ( de minúsculo feto crescendo e aumentando a idade). Quando a evolução chegou na forma de galáxia, vemos ( no meu avatar ao lado) os astros de desenvolvendo pelo mesmo processo – planetas se tornam gigantes gasoso como os pulsares que se tornam supernovas, que se tornam vermelhas como o sol, etc. O horror protagonizado na cadeia alimentar terrestre surgiu devido nosso ancestral ter cometido um gravíssimo erro evolucionário, esta biosfera surgiu pelo caos e a transformação dos corpos se tornou esta carnificina entre as espécies…

Abelhas: robots da Matrix como alerta e lição para a Humanidade

Monday, September 28th, 2020
zangão abelha

Um artigo recente na Socientifica, com link abaixo, revela mais uma propriedade surpreendente das abelhas. E com ela vem um manancial de novas aprendizagens sobre o que é e como funciona este mundo.

Tanto a montagem pelas abelhas, de um sistema social no modelo de uma maquina automática perfeita, quanto cada comportamento inteligente impressionante, conduz um humano a se perguntar como um cérebro quase inexistente consegue tais façanhas. Mas apenas fica sem o entendimento racional sobre as causas de cada detalhe das abelhas e do seu sistema social quem desconhece a cosmovisão da Matrix/DNA. Esta sugere uma formula natural que tem funcionado como “O Principio Organizador da Ordem Física Sobre as Forças e Elementos Naturais no Caos”. Vemos esta formula como o template, a fôrma que modela sistemas astronômicos, sistemas celulares, sistema de informação do DNA, sistemas atômicos e por fim fomos encontra-la encriptada numa onda de luz original emitida junto com o Big Bang. E esta formula explica tudo sobre abelhas, assim como tudo que existe de material neste Universo.

Esta formula vem evoluindo no seu aspecto material, tornando-se cada vez mais complexa à medida que vai transformando um sistema natural inicial construído por aquela onda de luz, mas quando ela montou os sistemas astronômicos, ela pisou na bola. pelo que esta formula tem feito neste Universo não restam duvidas que ela funciona exatamente como o nosso genoma biológico, o qual é apenas outra cópia dela. Então sobre ela recai uma proibição cósmica: jamais construirás um sistema perfeito neste Universo, pois isto a tornará um moto perpetuo fechando suas portas á sua evolução e assim, eternizando uma forma provisória, deixarás de se tornar o ser final a nascer para o reino além deste Universo.

O modelo de sistema perfeito está encriptado na onda de luz inicial, claro: o baby final terá que ser perfeito. Mas nos assistimos a embriogenese de um corpo humano onde tudo começa com formas simples e vai evoluindo das formas de mórula, girino, sapinho, peixe, mamífero quadrupede, e imagine se o corpo for abortado numa destas formas intermediarias simples… Não tem perigo, não vai nascer um peixinho vivo, só nascerá quando o baby estiver pronto.

Mas por motivos que ainda não consegui descobrir de forma satisfatória, quando partiu da forma de sistema atômico para se tornar a forma de sistema galáctico, este surgiu como quase… quase perfeito. É uma maquina automática fascinante, inclusive com a capacidade de vencer a morte, pois ela se auto recicla! Ela pode viver 24 horas por dia em êxtase total pois ela mesma produz seu alimento que lhe cai na boca como vindo do céu, ela é hermafrodita e pode ficar o tempo todo se curtindo a si mesma, ela sempre reconstrói qualquer uma de suas partes gastas, é de uma inteligência jamais imitada pela tecnologia humana!

Mas isso foi a causa de todas estas torturas e fragilidades que hoje são as tragédias da vida animal, vegetal, humana. É preciso entender que a “vida” foi produzida dentro desta galáxia e por esta galáxia, ou seja, não veio forças ou interferência de fora, sobrenaturais. isto significa que esta galáxia é nossa ancestral, o que leva a estarrecedora conclusão que nos fomos galáxias na pele de um ancestral! Um ancestral que teve sua evolução interrompida, apenas continuou a crescer e se multiplicar ocupando todo o Universo, e hoje não passa das células de uma placenta no meio da qual o genoma cósmico teve que se reinventar e continuar sua evolução na forma microscópica, como sistema celular biológico.

Quando procuro nos mapas, formulas e modelos, a causa deste erro estupido e não encontro, apenas uma possibilidade quase metafisica surge que pode explica-lo. esta possibilidade está numa frase dita a 5.000 anos atrás por algum sábio chinês: ” A alma dorme no átomo, sonha na galáxia, começa a acordar no vegetal, desperta no animal, e… se levanta no HOMEM!”

Seria como em nossa embriogenese. A consciência não se expressa no ato de fecundação, nem nas formas de mórula, blastula, feto, e talvez comece a se expressar na forma de embrião, mas apenas quando um cérebro foi formado com a aparelhagem adequada. No entanto não foi o embrião que inventou a consciência pela primeira vez no Universo, não foi ele nem seu cérebro que criou a consciência, pois quem esta fora do seu pequeno universo intrauterino esta observando-o e sabendo que aqui fora já existia consciência muito antes dele surgir: ela estava fora, existindo nos seus pais, na espécie humana, sem se expressar, porem como potencial latente, encriptada no seu DNA desde antes de sua fecundação. A consciência dorme na mórula, sonha na blastula, começa a despertar no feto, se levanta no baby!

Agora imagine que você é um tipo de pai ou mãe que quer gerar um filho, uma filha, com a extrema perfeição e extrema felicidade. Não vou aqui me estender muito nesse tão debatido assunto do livre-arbítrio, apenas vamos considerar que para um ser se completar totalmente ele tem que ter total liberdade, ou seja, livre-arbítrio. mas não tem outra maneira de fazer um filho assim se não programar o livre-arbítrio na sua genética, na sua essência elementar, no genoma, antes da fecundação. Seja como for, a fonte geradora que existia antes do Big Bang e que deflagrou o Big Bang emitindo esse código da vida encriptado em seu genoma na forma de onda de luz, inoculou aqui um genoma com previa programação contendo o livre-arbítrio. Talvez essa própria fonte assim procedeu porque ela mesma tem total livre-arbítrio, assim teria que ser seu genoma.

Então surge aqui uma diferença entre os dois paralelos vistos acima ( num caso, a alma dorme no átomo, e no outro, a consciência dorme na célula inicial): no primeiro caso quando ela dorme ela já tem o livre arbítrio inclusive para escolher que tipo de corpo construir para si; no nosso caso biológico, a consciência não tem esse poder. E talvez graças a Deus seja assim, pois vemos que o genoma cósmico aplicando seu livre-arbítrio ainda enquanto sonambulo, cometeu o maior equivoco do universo: construiu seu próprio corpo como um paraíso eterno dentro do qual ele é Adão e Eva ao mesmo tempo vivendo na maior felicidade. E mandou o resto do mundo plantar batatas… mas fazendo isso atirou sua evolução junto com a agua da banheira para o ralo! Não se pode fechar-se em si mesmo. Isto é a extrema expressão do extremo egoísmo! Isto é cavar sua sepultura para a eternidade, mas graça a uma sabedoria inserida neste Universo, que foi detectada como o segundo principio da termodinâmica e chamada de lei de Clausius, o universo desmancha tal maquina prisão com o recurso da entropia, libertando Adão e Eva daquele terrível destino.

Está bem, bonita teoria, mas o que isso tudo tem a ver com as abelhas, seu sistema social e seus comportamentos?

Ora, esta é uma pergunta de quem não entendeu nada da historia acima. A rainha das abelhas é a galáxia encarnada na Terra meu amigo, ela é Adão e Eva vivendo seu paraíso que ela mesma construiu. E como Adão e Eva, daqui ela só tem um destino possível: a Queda, sua extinção. Claro que ela não fez isso tudo conscientemente, seu irrisório cérebro seria incapaz de produzir tamanha engenharia. Acontece que tudo nela, inclusive seu sistema social, estava encriptado na formula cósmica, no seu genoma! Faça-me um favor: coloque na ima foto de uma colmeia de abelhas ao lado da foto da formula que temos na forma de diagrama. Comece a analisar detalhadamente e descobriras que todos os mecanismos, todos os processos, todas as tendências, todos os comportamentos vistos na colmeia estão inseridos na formula! Tudo aquilo foi montado automaticamente num simples processo de reprodução genética do genoma que veio esta galáxia! Mas tens que ser perspicaz. Apenas um exemplo:

Você observa que quando a rainha quer se reproduzir produzindo um exercito de novos súditos ela sai do trono, levanta voo, chega a uns dois metros acima do solo, para, enquanto os machos formam fila para copilarem com ela. E cada macho da fila ao copilar cai diretamente no chão, morto! estes machos são burros, estrupidos? Você mesmo desejando uns minutos de prazer iria faze-lo sabendo que seria sua morte? Porque a rainha não fica no trono comodamente deitada e tem que fazer todo aquele esforço para se aguentar no ar fazendo aquilo? na verdade todos aqueles comportamentos que parecem sumamente inteligentes, são trágicas burrices. Porque? Ora, tanto o sistema social como os comportamentos estão vindo de dentro da abelha programados em seu genoma como estão vindos de fora programados no seu criador… esta galáxia!

Cada mínimo detalhe nas abelhas podemos ver o mecanismo, a causa, na formula que funciona como a fatal “Matrix”. Tudo automático, como a maquina quase perfeita que paira no céu.

E porque volto a escrever isso tudo se já registrei aqui artigos anteriores? Porque no artigo com link acima, fiquei sabendo de mais um detalhe das abelhas que desconhecia. Quando as operarias picam, elas morrem em seguida. Isto porque desde seu abdômen cresce e se estende um ferrão transportador de veneno que quando emerge do corpo para o ambiente exterior, surge curvado… Quando ela pica, o ferrão curvado fica preso no local, de tal maneira que ela não consegue retira-lo e ali morre ou se é arrancado, morre em seguida.

Ora, que outra burrice! Agora também o genoma, a pré-programarão, é estupida? Porque, com tantos milhões ou bilhões de anos de evolução a genética desse bicho não corrigiu isso, produzindo um ferrão reto?!

Vou testar se você aprendeu essa complexa tarefa de ler nas entrelinhas da Matrix. Vou trazer sua face genética, ou melhor, a formula genoma universal para cá:

Ok. Agora pense na abelha, seu abdômen, o ferrão sendo formado, o veneno transportado dentro do ferrão, se tornando curvo após sair do abdômen… e observe a formula. Qual trecho da formula, qual função sistêmica, contem tudo isso que acontece nesta abelha?

Não vistes, certo? Vamos ajudar. Quando num sistema natural uma substancia ou qualquer outra coisa, como um feto por exemplo, é ejetado de um corpo para p meio externo, isso tem que vir de F1 ou F4. F1 é a fêmea do sistema, ela ejeta embriões, F4 é o macho do sistema, ejeta suas informações na forma de F5, que pode ser cometas emitidos por pulsares na galáxia, espermatozoides emitidos por machos humanos, magmas emitidas por vulcões de planetas, etc. Tudo depende do tempo, local, e tipo de material que a formula cósmica tem à sua disposição para construir uma nova forma do sistema universal. Então vamos ver se a abelha neste caso está aplicando todo o processo encriptado em F1. Vemos F1 emitindo de dentro de si uma substancia, então deve ser aqui o abdômen da abelha emitindo veneno. vemos que do corpo de F1 emerge e se estende um circuito, um tipo de canal ou cílio, representado como seta saindo à esquerda no sentido horário. Por este canal vai a semente, a substancia, o feto do baby, para se tornar F2. A seta, a extensão se torna na abelha, o ferrão. mas na formula o circuito é curvo, ele tem que se modelar como esfera. E não tem raios dos diabos que pode mudar isso na formula quando ela constrói células, galáxias ou seres vivos como abelhas. As abelhas podem existir por mais bilhões de anos, podem até se aperfeiçoarem evolutivamente em algum aspecto contido e permitido pela formula, mas jamais vai conseguir um ferrão reto!

Ela morre por picar, assim como os machos encantados e ainda estremecendo de orgasmos depois de “picarem” a rainha, são surpreendidos pela morte. Eu ainda não fui pesquisar como é o órgão genital dos machos, mas sou capaz de apostar que são curvos e aí esta uma das causas de sua morte. Pois toda extensão produzida pelo genoma fresquinho que acabou de chegar da galáxia – e que ainda não foi trabalhado pela substancia de consciência que ainda não se expressa nas espécies até a abelha, terá de ser curva.

Ok… mas para que gastar tento tempo para saber isso, não tem aplicação pratica, isso é cultura inútil!

Amigo, de agora em diante você não maios se fará aquelas perguntas encantado observando uma colmeia. Mas você não perdeu o encantamento, apenas trocou-o, porque aquele encantamento era fundamentado na ignorância, nas trevas, era falso. Agora, sabendo a verdade, relacionando o Cosmos inteiro para explicar a colmeia, outro tipo de encantamento muito maior e prazeroso te acometeu. mas o principal é que agora uma porção de trevas no seu cérebro onde se alojava uma porção de ignorância, foi substituída por uma porção de sabedoria. E aqui está a utilidade insuperável desta cultura “inútil”: ela expandiu sua consciência. Você não usou seu livre-arbítrio para repetir o seu erro quando estava na pele de seu ancestral desprezando o conhecimento do mundo externo e se fechando em si mesmo para toda a eternidade… E ainda mais importante: você não estará se deixando robotizar pela Matrix porque agora você a desmascarou, você entendeu como ela está agindo aqui sobre humanos tentando se reproduzir ao fazer deles as mesmas abelhas zumbis do sistema social mecânico.

Você se abriu mais para o mundo, você abriu a camisa e de peito aberto se lançou no espaço cósmico para continuar sua grande aventura rumo ao retorno á sua fonte suprema geradora, assim como todo genoma lançado pelos pais retorna a eles na forma de um belo baby. E eu investi o meu tempo em meu próprio beneficio pois você talvez não o saiba, mas és um gene do genoma a construir o baby cósmico, o qual serei eu, tu, nos, todos, e preciso que você continue sua missão, e insira aquele bit de informação que só você neste mundo possui, pois se você não cumprir com liberdade e ajuda a sua missão, eu nascerei com algum aleijão, eu aparecerei na frente de meu pai, minha mãe, com vergonha, por estar deformado. Não amigo, eu não tenho comportamentos estrupidos como as abelhas, eu não sou daqueles que escrevem anúncios tomando seu tempo visando te tomar algum dinheirinho para a vida mundana imediata, eu vou além, meus investimento visa obter um muito maior retorno, sou muito mais ambicioso, penso eterno, aqui a consciência já está desperta e no comando… “pero, no mucho”,… pois com esse cerebrozinho ainda em formação não dá para fazer muita coisa…

Baseado no artigo da Socientifica, neste link:

Linguagem e cooperação não foram inventados pelos humanos: os genes já os praticavam.

Sunday, August 30th, 2020

HOW LANGUAGE TRANSFORMED HUMANITY

My comments posted at TED:

Louis Charles Morelli Posted a few seconds ago

If genes communicates by electric signals and their job is an example of cooperation, I can´t understand some people saying that humans invented inter communication and cooperation. A human organism is merely self-projection of genes for better dealing with external world. it is curious that a set of 30.000 active genes becomes one set among 8 billons of other equal sets. Living together, the genes needed to expand the internal communication of 30.000 different individuals for to be the communication among 8 billions copies of 30.000. So, the logics would be a unique language. The problem is that the copies went to different places, and the genes of one place could not know how the other place was talking.
I think that language was a natural goal of genes since the beginning, since archaea, bacteria, etc. All the intermediates species between bacteria and humans were like the first calculators machines and modern computers, which now can speak. Same technological process under evolution. The problem between us and Neandertals must be that the dispatcher gene FOX2 had Neandertal´s brain like ENIAC and homo sapiens´ brain as a laptop…
Genes determines that will be a unique human society as a unique global country. Like all humans came fragmented from a unique place – Africa – all biological genes ancestors ( astronomic genes) came from a unique place – this galaxy. But, all dispersed genes joining together trying to reproduce the galactic systems in a new environment and they got a first and unique biological system, the cell system. So, it is a natural law that all humans will come together building a new unique conscious system. ( well… this is what is suggesting Matrix/DNA Theory)

Como o ouvido humano foi construído pela formula da Matrix/DNA, o “Genoma de Deus”.

Monday, June 1st, 2020

Tudo o que a nova forma do sistema natural universal chegando ‘a Terra e vindo do ápice da evolução naquela época – que era o building block dos sistemas galácticos – precisou para se adaptar, sobreviver e evoluir neste ambiente – ela “pediu” e foi atendida pela formula de Luz – o genoma de Deus, que eu prefiro crer ser apenas uma Fonte Criadora. Desde que a fórmula, ou Fonte Criadora, veio no Big Bang na forma de sistema quase-perfeito ( “quase”, para ser aberta à evolução ), contendo todas as informações na forma de software para ser utilizada na criação de hardwares e seus acessórios, era extremamente versátil e maleável para se encaixar nos diversos ambientes, acessórios como os biológicos para captar e traduzir as ondas de som adquiriram variadas formas e empregaram o máximo possível das informações disponíveis na formula. Assim os primeiros seres vivos ( sistemas biológicos) precisavam “ouvir” no novo ambiente e o software no DNA começou a materializar informações construindo cada vez mais aperfeiçoamentos ao longo da evolução ( ou até descartando materializações anteriores por desuso em outros ambientes). Enfim, como se encontra o ápice da evolução da cópia da formula empregada na captura e translação das ondas do som, no ser humano? Como esta forma de audição esta deformada ou variada em relação à formula perfeita? Quais as informações da formula original já foram aplicadas na construção do ouvido humano?

Vejamos na figura abaixo a anatomia interna do ouvido humano e depois vamos comparar com a figura da formula:

A formula da Matrix/DNA deformada como building block deste sistema astronomico, no estado de sistema fechado quase-perfeito:

Agora vamos ver quem é quem, ou seja, quais as partes do ouvido representando quais funções da formula:

Se o estimulo que “liga” o sistema entra pelo pavilhão auricular, já temos a pista de que este deve ser ou F1 ou F4. Mas já podemos descartar F1 porque esta é a fornalha ou vórtice que recebe a matéria prima externa para construir o sistema, e julgando pela sua forma imitando vortices com espirais, e pela sua posição interna como inicial do sistema, já detectamos que F1 deve ser a Cóclea.

Então a unica outra função que emite sinais internos para deflagrar a operação de um sistema é a F4 – a função macho, que emite ou retransmite estímulos como espermatozoides contendo uma quantidade de informações, na direção de F1, a Cóclea.

Para continuar as identificações é melhor focalizar F1, porque aí se inicia o fluxo do sistema o qual tem uma sequencia revelada na formula. Ora, no building block astronomico, logo acima e ao redor do vórtice tem o horizonte de eventos, a camada de matéria dispersa que servira como placenta para envolver a semente, venha esta de F1 ou de F4. Na figura vemos esta região identificada como “Ouvido médio” e tem aquele canal auricular vermelho. Os apetrechos como tímpano, martelo, bigorna, tudo feito com informações da formula sendo agregadas ao sinal do estimulo que no caso são as ondas de som. Assim como a superfície do planeta recebe a luz solar com informações e as traduz na enorme diversidade de seres vivos, o tímpano recebe o sinal e o traduz para entendimento do cérebro.

O tubo pelo qual entra a onda sonora, chamado “meato acústico” claramente representa a função numero 5, observe o “tubo” meridiano na formula. Não é apenas a situação e a forma semelhantes, mas a autenticidade da função da formula copiada no hardware auditivo: canal de transporte das informações vindas de F4 e encaminhadas para F1. As outras funções, como F2, F3, F6 e F7 estão representadas iu encarnadas nas formas do martelo, bigorna, ossículos, etc., e deveremos mais tarde e com mais tempo ver se identificamos exatamente cada uma, não apenas para aumentar nosso conhecimento, mas esse conhecimento pode nos ajudar mais tarde no desenvolvimento de tecnologias e medicinas para sanar defeitos auriculares.

Assim , como tenho repetido, desde as nossas mãos até cada bactéria que existe em nosso corpo são acessórios que nossos antepassados e mesmos nós agora pedimos, imploramos, choramos nossas necessidades e desesperos por melhor poder de manipular a matéria, e a formula encarnada como software em nosso DNA atendeu mandando uma sua cópia para o local do corpo que se concentrava nossa atenção pedinte, para ser usada e modelada pelos nossos esforços através dos nossos exercícios na direção da matéria que precisamos manipular.

Evolução Química: Elo entre Evolução Cosmológica e Evolução Biológica

Sunday, May 31st, 2020

https://www.youtube.com/watch?v=mRzxTzKIsp8

Video: 02:47 – Isso levanta a questão: Como a reprodução (habilidade de se reproduzir) surgiu? Para tentar resolver este mistério, muitos cientistas estão olhando para a Evolução Química.

Matrix/DNA: No final o video menciona que eles não resolveram essa questão: 07:23 – Devido a isto, os cientistas criaram a hipótese de que, sob as circunstâncias corretas, a evolução química poderia dar origem a sistemas que são totalmente capazes de reprodução! Quando nós desvendamos a evolução cosmologica e nossos modelos mostram que o processo da reprodução nos sistemas biológicos vieram do já antes existente processo de reprodução de sistemas astronômicos, nós solucionamos essa questão. Como? O modelo referente a sistemas astronômicos retrata estes sistemas como fechados, em si mesmos. Como sistemas fechados, eles se auto-reciclam. Basta proceder a uma fácil operação mental para se perceber que abrindo um sistema fechado, cortando-o em duas metades, pelo meridiano de F5, o que era auto-reciclagem torna-se reprodução, e reprodução sexual! Pois o fluxo do circuito de cada metade, ao continuar captando átomos do ambiente para completar o circuito, reproduz-se duas metades em dois novos sistemas.

Video: 03:47 – … a reprodução, que é necessária para a evolução biológica, pode ser substituída por um processo muito mais simples: produção repetitiva.

Matrix/DNA: A produção repetitiva – ou a acumulação de um tipo de molécula por serem criadas em série, repetitivamente – não foi inventada pela evolução química. Ela veio dos anteriormente existentes sistemas astronômicos, apenas acrescida de uma pequena mutação no ambiente terrestre. Nosso modelo de sistema astronomico mostra como um sistema “se repete”, porem ao invés de usar esta palavra, notei que o processo é na verdade uma auto-reciclagem.

Video: 03:03 Os exemplos podem ser moléculas individuais ou sistemas químicos na sua totalidade.

Matrix/DNA: A falta de conhecimento da formula universal dos sistemas naturais conduzem os acadêmicos a cometerem o erro de nomear como sistemas o que são apenas “processos”, os quais são interações entre duas ou até cindo partes de um sistema. Para ser sistema, mesmo que seja aberto, é preciso que tenham partes executando todas as sete funções sistêmicas, e moléculas químicas não tem estas funções.

Video: 03:29 – Se somente a química deu origem a algo avançado o suficiente para ocorrer a reprodução, deve haver situações em que sistemas químicos podem crescer em complexidade, formar novas estruturas e ganhar novos funções.

Matrix/DNA: Não existem “sistemas” químicos, e funções que aparecem em moléculas com menas funções não são criadas pela química e sim copias de funções jã existentes na Natureza que são agregadas. Acontece que o sistemas astronomico, o qual produziu esta química dentro dele, já possuía todas estas funções, mas a entropia quebra-o em unidades de informação ou pedaços do circuito sistêmico.

Video: 04:18 – Estes eventos ( os ciclos regulares) repetitivamente produzem, ou originam, novas moléculas e sistemas químicos. Esses produtos aumentam ao longo do tempo e muitas vezes desenvolvem novas habilidades enquanto interagem com seu ambiente. Vamos ver um exemplo de como este processo acontece!

Matrix/DNA: Segundo nossa teoria e modelos isso nunca pode acontecer. Existem os ciclos vitais, muito complexos, e o que eles chamam aqui de ciclos regulares. Entendo por ciclo regular os movimentos de fluxo e refluxo das forças naturais que podem ou não carregarem elementos concretos nestes movimentos. mas são outra maneira de conceituar o mecanismo da ação e reação. A ação de uma força resulta na reação do ambiente fazendo-a retornar. Acho que o primeiro exemplo a surgir no Universo foi a interação entre um próton e um neutro. A famosa cola nuclear acontece quando um próton com excesso de energia emite um píon de energia que encontra um nêutron com falta de energia, e quando o píon é absorvido pelo nêutron este se torna um próton, enquanto o primeiro próton, agora com falta de energia se tornou um nêutron. Mas este ciclo regular repetitivo nunca vai ser alterado criando novos elementos ou forças. No exemplo do núcleo atômico isto nunca aconteceu, pois a matéria nunca teria se firmado como tal. É certo que já no ambiente químico pode ter duas substancias conectadas por um processo de trocas e depois a essa dupla pode ser agregada outras moléculas, mas isso nada mais é que a remontagem do sistema ancestral que produziu esta química e dentro dele próprio. Quando o autor diz “ao longo do tempo” está aplicando a crença de que surgem coisas novas nunca antes existentes pela ocorrência de múltiplas possibilidades em largos períodos de tempo, a chamada doutrina do acaso. Bem… o autor diz que tem um exemplo de que os ciclos regulares podem criar novas funções e sistemas. Mas o exemplo que ele vai apresentar aqui está errado, como vou explicar à frente.

WHERE is the working proof for evolution?

Saturday, May 2nd, 2020

Somebody posted this question in Yahoo Answer, at Society & Culture, 02/05/20. Below is my answer:

https://answers.yahoo.com/question/index?qid=20200430200935AAxKyHc

I am seeing here and now, watching embryogenesis, that Nature applies the process of transforming one shape in a new different shape (blastula into fetus, so on) and turning on initial simplicity into terminal complexity. If Nature does it here and now, why not there and in the past? I never saw any miracle, like appearing all shapes from nothing. So, I think that is rational to elect evolution as the best theory. It happens that Darwinian theory is merely half of the whole universal process of evolution. There is a new and more accurate theory of evolution which found the evolutionary link between Cosmological and Biological Evolution, the DNA as a kind of ex-universe genoma that is encrypted into all natural systems ( from atoms to galaxies to biological systems). In the picture below you can see the evolution of this process called “vital cycle” from our astronomic ancestor to humans.

Attachment image

LUCA e a Teoria da Evolução

Saturday, May 2nd, 2020

A question posted in Yahoo Answers and my answer below:

Evidence to disprove evolution?

https://answers.yahoo.com/question/index?qid=20200501172459AAQn9Rd

First define evolution. 

1. A change in allele frequencies in a population over time (aka micro evolution)

I don’t think there is any dis agreement that this happens and I doubt there is evidence to disprove it.

2. The theory that all life on Earth is descended from a Last Universal Common Ancestor (LUCA). 

Observations are inconsistent with this hypothesis which in scientific terms disproves the hypothesis.

My answer:

TheUniversalMatrix's avatar
TheUniversalMatrix ( 02/05/20)

LUCA was not biological, neither organic, and never lived at Earth, although Earths belongs to it ( The Universal Matrix/DNA Theory). That is why Science can not  find it. Due a defect in human brain ( separated into two halves), he sees separation everywhere. So he separated Universal Evolution into two blocks ( Cosmological and Biological evolutions) without any link between the two blocks. There is no such separation and the link is LUCA.

A clivagem mutada do COVID-19 e a estrategia da vacina

Sunday, March 22nd, 2020

Veja o link para vídeo abaixo e o comentário que postei no Facebook:

Entenda porque quando chegar a vacina contra o coronavirus não vai ser perigosa. Essa vacina não será, como as demais, baseada em substancias contendo o vírus morto ou enfraquecido para o corpo criar anticorpos e eliminar vírus externos. A vacina sera desenhada geneticamente com um código para orientar o corpo a produzir uma anti-proteína capaz de atacar a proteína do vírus que causa a infecção. Esse novo vírus veio com uma mutação numa proteína que se adere facilmente a um receptor na membrana externa da célula humana, permitindo ao vírus invadir a célula pelo processo da clivagem. Como nosso corpo nunca viu essa nova proteína, ele não sabe como e não pode se defender. Mas pode-se produzir artificialmente em laboratorio o código oposto que elimina a proteína do vírus, e através da vacina esse código se insere no N das células obrigando-as a produzir essa anti-proteína virótica. Vamos pensar numa analogia: nosso exercito é atacado por terroristas usando drones teleguiados. A alternativa mais sensata seria imediatamente produzir-mos drones de defesa. Pois estes drones seriam a nova proteína mutada do COVID-19, e a nossa vacina conteria os anti-drones na forma de código genético para uma anti-proteína. Não sabemos se a nova vacina vai produzir efeitos colaterais ( nos testes não aconteceram ainda) mas precisamos entender que daqui para a frente um novo e mortal vírus surgiu no ar, e creio ser mais sensato apostar na vacina. E que Deus e a sabedoria cientifica humana ilumine nossos cientistas, pois nossa Humanidade vai precisar… E essa é mais uma oportunidade para se entender como funciona a evolução por seleção natural. Os vírus ancestrais desse COVID-2, como o SARS e o MERS, que já causaram seus estragos nas pandemias anteriores, estavam sendo dizimados pelas drogas fabricadas contra eles. Então os corpos desses vírus conheceram es tas drogas e trataram de desenvolver alguma defesa contra elas. E conseguiram – com uma nova proteína. Então os novos virus com essa proteína sobreviveram às drogas e se reproduziram em quantidade. Á seleção natural descartou os vírus fracos e selecionou essa nova espécie. Foi uma evolução para os vírus, ao mesmo tempo que uma involução para os humanos. A próxima evolução para os humanos serem selecionados pode vir com o corpo humano produzindo essa nova proteína contida na vacina. Aqueles que ficam dando ouvido a coisas como “não adianta lutar contra o que Deus determinou”, como se um Deus estivesse por traz da mortandade e tortura de humanos- ou que “evolução é uma mentira”, ou ainda que “vacinas causam mais mal que bem”, podem ver amanhã seus filhos chorando o fracasso de seus pais.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=94&v=LWWnmlzJZS0&feature=emb_logo