Archive for the ‘Evolution’ Category

Linguagem e cooperação não foram inventados pelos humanos: os genes já os praticavam.

Sunday, August 30th, 2020

HOW LANGUAGE TRANSFORMED HUMANITY

My comments posted at TED:

Louis Charles Morelli Posted a few seconds ago

If genes communicates by electric signals and their job is an example of cooperation, I can´t understand some people saying that humans invented inter communication and cooperation. A human organism is merely self-projection of genes for better dealing with external world. it is curious that a set of 30.000 active genes becomes one set among 8 billons of other equal sets. Living together, the genes needed to expand the internal communication of 30.000 different individuals for to be the communication among 8 billions copies of 30.000. So, the logics would be a unique language. The problem is that the copies went to different places, and the genes of one place could not know how the other place was talking.
I think that language was a natural goal of genes since the beginning, since archaea, bacteria, etc. All the intermediates species between bacteria and humans were like the first calculators machines and modern computers, which now can speak. Same technological process under evolution. The problem between us and Neandertals must be that the dispatcher gene FOX2 had Neandertal´s brain like ENIAC and homo sapiens´ brain as a laptop…
Genes determines that will be a unique human society as a unique global country. Like all humans came fragmented from a unique place – Africa – all biological genes ancestors ( astronomic genes) came from a unique place – this galaxy. But, all dispersed genes joining together trying to reproduce the galactic systems in a new environment and they got a first and unique biological system, the cell system. So, it is a natural law that all humans will come together building a new unique conscious system. ( well… this is what is suggesting Matrix/DNA Theory)

Como o ouvido humano foi construído pela formula da Matrix/DNA, o “Genoma de Deus”.

Monday, June 1st, 2020

Tudo o que a nova forma do sistema natural universal chegando ‘a Terra e vindo do ápice da evolução naquela época – que era o building block dos sistemas galácticos – precisou para se adaptar, sobreviver e evoluir neste ambiente – ela “pediu” e foi atendida pela formula de Luz – o genoma de Deus, que eu prefiro crer ser apenas uma Fonte Criadora. Desde que a fórmula, ou Fonte Criadora, veio no Big Bang na forma de sistema quase-perfeito ( “quase”, para ser aberta à evolução ), contendo todas as informações na forma de software para ser utilizada na criação de hardwares e seus acessórios, era extremamente versátil e maleável para se encaixar nos diversos ambientes, acessórios como os biológicos para captar e traduzir as ondas de som adquiriram variadas formas e empregaram o máximo possível das informações disponíveis na formula. Assim os primeiros seres vivos ( sistemas biológicos) precisavam “ouvir” no novo ambiente e o software no DNA começou a materializar informações construindo cada vez mais aperfeiçoamentos ao longo da evolução ( ou até descartando materializações anteriores por desuso em outros ambientes). Enfim, como se encontra o ápice da evolução da cópia da formula empregada na captura e translação das ondas do som, no ser humano? Como esta forma de audição esta deformada ou variada em relação à formula perfeita? Quais as informações da formula original já foram aplicadas na construção do ouvido humano?

Vejamos na figura abaixo a anatomia interna do ouvido humano e depois vamos comparar com a figura da formula:

A formula da Matrix/DNA deformada como building block deste sistema astronomico, no estado de sistema fechado quase-perfeito:

Agora vamos ver quem é quem, ou seja, quais as partes do ouvido representando quais funções da formula:

Se o estimulo que “liga” o sistema entra pelo pavilhão auricular, já temos a pista de que este deve ser ou F1 ou F4. Mas já podemos descartar F1 porque esta é a fornalha ou vórtice que recebe a matéria prima externa para construir o sistema, e julgando pela sua forma imitando vortices com espirais, e pela sua posição interna como inicial do sistema, já detectamos que F1 deve ser a Cóclea.

Então a unica outra função que emite sinais internos para deflagrar a operação de um sistema é a F4 – a função macho, que emite ou retransmite estímulos como espermatozoides contendo uma quantidade de informações, na direção de F1, a Cóclea.

Para continuar as identificações é melhor focalizar F1, porque aí se inicia o fluxo do sistema o qual tem uma sequencia revelada na formula. Ora, no building block astronomico, logo acima e ao redor do vórtice tem o horizonte de eventos, a camada de matéria dispersa que servira como placenta para envolver a semente, venha esta de F1 ou de F4. Na figura vemos esta região identificada como “Ouvido médio” e tem aquele canal auricular vermelho. Os apetrechos como tímpano, martelo, bigorna, tudo feito com informações da formula sendo agregadas ao sinal do estimulo que no caso são as ondas de som. Assim como a superfície do planeta recebe a luz solar com informações e as traduz na enorme diversidade de seres vivos, o tímpano recebe o sinal e o traduz para entendimento do cérebro.

O tubo pelo qual entra a onda sonora, chamado “meato acústico” claramente representa a função numero 5, observe o “tubo” meridiano na formula. Não é apenas a situação e a forma semelhantes, mas a autenticidade da função da formula copiada no hardware auditivo: canal de transporte das informações vindas de F4 e encaminhadas para F1. As outras funções, como F2, F3, F6 e F7 estão representadas iu encarnadas nas formas do martelo, bigorna, ossículos, etc., e deveremos mais tarde e com mais tempo ver se identificamos exatamente cada uma, não apenas para aumentar nosso conhecimento, mas esse conhecimento pode nos ajudar mais tarde no desenvolvimento de tecnologias e medicinas para sanar defeitos auriculares.

Assim , como tenho repetido, desde as nossas mãos até cada bactéria que existe em nosso corpo são acessórios que nossos antepassados e mesmos nós agora pedimos, imploramos, choramos nossas necessidades e desesperos por melhor poder de manipular a matéria, e a formula encarnada como software em nosso DNA atendeu mandando uma sua cópia para o local do corpo que se concentrava nossa atenção pedinte, para ser usada e modelada pelos nossos esforços através dos nossos exercícios na direção da matéria que precisamos manipular.

Evolução Química: Elo entre Evolução Cosmológica e Evolução Biológica

Sunday, May 31st, 2020

https://www.youtube.com/watch?v=mRzxTzKIsp8

Video: 02:47 – Isso levanta a questão: Como a reprodução (habilidade de se reproduzir) surgiu? Para tentar resolver este mistério, muitos cientistas estão olhando para a Evolução Química.

Matrix/DNA: No final o video menciona que eles não resolveram essa questão: 07:23 – Devido a isto, os cientistas criaram a hipótese de que, sob as circunstâncias corretas, a evolução química poderia dar origem a sistemas que são totalmente capazes de reprodução! Quando nós desvendamos a evolução cosmologica e nossos modelos mostram que o processo da reprodução nos sistemas biológicos vieram do já antes existente processo de reprodução de sistemas astronômicos, nós solucionamos essa questão. Como? O modelo referente a sistemas astronômicos retrata estes sistemas como fechados, em si mesmos. Como sistemas fechados, eles se auto-reciclam. Basta proceder a uma fácil operação mental para se perceber que abrindo um sistema fechado, cortando-o em duas metades, pelo meridiano de F5, o que era auto-reciclagem torna-se reprodução, e reprodução sexual! Pois o fluxo do circuito de cada metade, ao continuar captando átomos do ambiente para completar o circuito, reproduz-se duas metades em dois novos sistemas.

Video: 03:47 – … a reprodução, que é necessária para a evolução biológica, pode ser substituída por um processo muito mais simples: produção repetitiva.

Matrix/DNA: A produção repetitiva – ou a acumulação de um tipo de molécula por serem criadas em série, repetitivamente – não foi inventada pela evolução química. Ela veio dos anteriormente existentes sistemas astronômicos, apenas acrescida de uma pequena mutação no ambiente terrestre. Nosso modelo de sistema astronomico mostra como um sistema “se repete”, porem ao invés de usar esta palavra, notei que o processo é na verdade uma auto-reciclagem.

Video: 03:03 Os exemplos podem ser moléculas individuais ou sistemas químicos na sua totalidade.

Matrix/DNA: A falta de conhecimento da formula universal dos sistemas naturais conduzem os acadêmicos a cometerem o erro de nomear como sistemas o que são apenas “processos”, os quais são interações entre duas ou até cindo partes de um sistema. Para ser sistema, mesmo que seja aberto, é preciso que tenham partes executando todas as sete funções sistêmicas, e moléculas químicas não tem estas funções.

Video: 03:29 – Se somente a química deu origem a algo avançado o suficiente para ocorrer a reprodução, deve haver situações em que sistemas químicos podem crescer em complexidade, formar novas estruturas e ganhar novos funções.

Matrix/DNA: Não existem “sistemas” químicos, e funções que aparecem em moléculas com menas funções não são criadas pela química e sim copias de funções jã existentes na Natureza que são agregadas. Acontece que o sistemas astronomico, o qual produziu esta química dentro dele, já possuía todas estas funções, mas a entropia quebra-o em unidades de informação ou pedaços do circuito sistêmico.

Video: 04:18 – Estes eventos ( os ciclos regulares) repetitivamente produzem, ou originam, novas moléculas e sistemas químicos. Esses produtos aumentam ao longo do tempo e muitas vezes desenvolvem novas habilidades enquanto interagem com seu ambiente. Vamos ver um exemplo de como este processo acontece!

Matrix/DNA: Segundo nossa teoria e modelos isso nunca pode acontecer. Existem os ciclos vitais, muito complexos, e o que eles chamam aqui de ciclos regulares. Entendo por ciclo regular os movimentos de fluxo e refluxo das forças naturais que podem ou não carregarem elementos concretos nestes movimentos. mas são outra maneira de conceituar o mecanismo da ação e reação. A ação de uma força resulta na reação do ambiente fazendo-a retornar. Acho que o primeiro exemplo a surgir no Universo foi a interação entre um próton e um neutro. A famosa cola nuclear acontece quando um próton com excesso de energia emite um píon de energia que encontra um nêutron com falta de energia, e quando o píon é absorvido pelo nêutron este se torna um próton, enquanto o primeiro próton, agora com falta de energia se tornou um nêutron. Mas este ciclo regular repetitivo nunca vai ser alterado criando novos elementos ou forças. No exemplo do núcleo atômico isto nunca aconteceu, pois a matéria nunca teria se firmado como tal. É certo que já no ambiente químico pode ter duas substancias conectadas por um processo de trocas e depois a essa dupla pode ser agregada outras moléculas, mas isso nada mais é que a remontagem do sistema ancestral que produziu esta química e dentro dele próprio. Quando o autor diz “ao longo do tempo” está aplicando a crença de que surgem coisas novas nunca antes existentes pela ocorrência de múltiplas possibilidades em largos períodos de tempo, a chamada doutrina do acaso. Bem… o autor diz que tem um exemplo de que os ciclos regulares podem criar novas funções e sistemas. Mas o exemplo que ele vai apresentar aqui está errado, como vou explicar à frente.

WHERE is the working proof for evolution?

Saturday, May 2nd, 2020

Somebody posted this question in Yahoo Answer, at Society & Culture, 02/05/20. Below is my answer:

https://answers.yahoo.com/question/index?qid=20200430200935AAxKyHc

I am seeing here and now, watching embryogenesis, that Nature applies the process of transforming one shape in a new different shape (blastula into fetus, so on) and turning on initial simplicity into terminal complexity. If Nature does it here and now, why not there and in the past? I never saw any miracle, like appearing all shapes from nothing. So, I think that is rational to elect evolution as the best theory. It happens that Darwinian theory is merely half of the whole universal process of evolution. There is a new and more accurate theory of evolution which found the evolutionary link between Cosmological and Biological Evolution, the DNA as a kind of ex-universe genoma that is encrypted into all natural systems ( from atoms to galaxies to biological systems). In the picture below you can see the evolution of this process called “vital cycle” from our astronomic ancestor to humans.

Attachment image

LUCA e a Teoria da Evolução

Saturday, May 2nd, 2020

A question posted in Yahoo Answers and my answer below:

Evidence to disprove evolution?

https://answers.yahoo.com/question/index?qid=20200501172459AAQn9Rd

First define evolution. 

1. A change in allele frequencies in a population over time (aka micro evolution)

I don’t think there is any dis agreement that this happens and I doubt there is evidence to disprove it.

2. The theory that all life on Earth is descended from a Last Universal Common Ancestor (LUCA). 

Observations are inconsistent with this hypothesis which in scientific terms disproves the hypothesis.

My answer:

TheUniversalMatrix's avatar
TheUniversalMatrix ( 02/05/20)

LUCA was not biological, neither organic, and never lived at Earth, although Earths belongs to it ( The Universal Matrix/DNA Theory). That is why Science can not  find it. Due a defect in human brain ( separated into two halves), he sees separation everywhere. So he separated Universal Evolution into two blocks ( Cosmological and Biological evolutions) without any link between the two blocks. There is no such separation and the link is LUCA.

A clivagem mutada do COVID-19 e a estrategia da vacina

Sunday, March 22nd, 2020

Veja o link para vídeo abaixo e o comentário que postei no Facebook:

Entenda porque quando chegar a vacina contra o coronavirus não vai ser perigosa. Essa vacina não será, como as demais, baseada em substancias contendo o vírus morto ou enfraquecido para o corpo criar anticorpos e eliminar vírus externos. A vacina sera desenhada geneticamente com um código para orientar o corpo a produzir uma anti-proteína capaz de atacar a proteína do vírus que causa a infecção. Esse novo vírus veio com uma mutação numa proteína que se adere facilmente a um receptor na membrana externa da célula humana, permitindo ao vírus invadir a célula pelo processo da clivagem. Como nosso corpo nunca viu essa nova proteína, ele não sabe como e não pode se defender. Mas pode-se produzir artificialmente em laboratorio o código oposto que elimina a proteína do vírus, e através da vacina esse código se insere no N das células obrigando-as a produzir essa anti-proteína virótica. Vamos pensar numa analogia: nosso exercito é atacado por terroristas usando drones teleguiados. A alternativa mais sensata seria imediatamente produzir-mos drones de defesa. Pois estes drones seriam a nova proteína mutada do COVID-19, e a nossa vacina conteria os anti-drones na forma de código genético para uma anti-proteína. Não sabemos se a nova vacina vai produzir efeitos colaterais ( nos testes não aconteceram ainda) mas precisamos entender que daqui para a frente um novo e mortal vírus surgiu no ar, e creio ser mais sensato apostar na vacina. E que Deus e a sabedoria cientifica humana ilumine nossos cientistas, pois nossa Humanidade vai precisar… E essa é mais uma oportunidade para se entender como funciona a evolução por seleção natural. Os vírus ancestrais desse COVID-2, como o SARS e o MERS, que já causaram seus estragos nas pandemias anteriores, estavam sendo dizimados pelas drogas fabricadas contra eles. Então os corpos desses vírus conheceram es tas drogas e trataram de desenvolver alguma defesa contra elas. E conseguiram – com uma nova proteína. Então os novos virus com essa proteína sobreviveram às drogas e se reproduziram em quantidade. Á seleção natural descartou os vírus fracos e selecionou essa nova espécie. Foi uma evolução para os vírus, ao mesmo tempo que uma involução para os humanos. A próxima evolução para os humanos serem selecionados pode vir com o corpo humano produzindo essa nova proteína contida na vacina. Aqueles que ficam dando ouvido a coisas como “não adianta lutar contra o que Deus determinou”, como se um Deus estivesse por traz da mortandade e tortura de humanos- ou que “evolução é uma mentira”, ou ainda que “vacinas causam mais mal que bem”, podem ver amanhã seus filhos chorando o fracasso de seus pais.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=94&v=LWWnmlzJZS0&feature=emb_logo

Entidade/software dos sistemas naturais: bactérias e neurônios como evidencias

Thursday, March 19th, 2020

Bactérias se comunicam do mesmo jeito que os nossos neurônios

https://www.sobiologia.com.br/conteudos/Curiosidades/cerebro_bacteria_neuronio.php

Artigo: A pesquisa foi realizada em biofilmes ou “placas” bacterianas que formam o tártaro – sim, aquele que se aloja nos dentes. A comunicação entre as bactérias é feita por meio de canais iônicos, as mesmas estruturas envolvidas na comunicação entre neurônios.

Matrix/DNA: Bem, aqui, ‘a primeira vista, não estamos falando de presença da entidade de sistemas, pois o tártaro é apenas uma massa de sistemas, não formando um sistema. Mas também a humanidade não è um sistema, no entanto existe comunicação entre seus sistemas, quen são corpos humanos, familias, etc. Penso que quando os humanos criam essa comunicação externa a seus corpos, com seus semelhantes, ele está formando um novo tipo de sistema ao qual vamos denominar de “sistema social”, do qual emerge uma entidade. Então, voltando ao tartaro, se existe essa comunicação entre bactérias e entre suas diferentes zonas, deve ter aí algo parecido com um sistema social.

Artigo: No biofilme, as bactérias são capazes de resolver conflitos dentro da comunidade assim como as sociedades humanas.

Matrix/DNA: Bem… os pesquisadores instruíram a coisa. Vindos por caminhos diferentes, ambos notamos a característica de sociedade humana nos tártaros.

Artigo: Essas oscilações no tamanho do biofilme requerem grande coordenação entre as bactérias periféricas e as centrais, o que levou os pesquisadores a imaginar que essa comunicação era feita de forma eletroquímica.

Matrix/DNA: Isso sugere que a abstrata entidade possui uma força física, pois consegue atuar sobre a matéria física. Essa força se expressa biologicamente através de elementos electroquimicos.

Artigo: Os experimentos revelaram que as oscilações no tamanho da membrana conduziam sinais elétricos de longo alcance dentro do biofilme. Conforme a energia se propagava, a atividade metabólica das bactérias era coordenada. Quando os canais iônicos eram deletados das bactérias, a placa não era capaz de conduzir os sinais elétricos e se desordenava.

Matrix/DNA: Isto sugere que quando se suprimiu o canal ou circuito por onde correm o fluxo de energia/informação, se deletou a entidade do sistema, e sem essa no controle geral, o sistema se desmancha.

Artigo: Gurol Suel, líder do projeto, declarou que “assim como os neurônios do nosso cérebro, descobrimos que as bactérias usam canais iônicos para comunicação entre si, por meio de sinais elétricos. Desse jeito, a comunidade bacteriana dentro dos biofilmes parece funcionar como um ‘cérebro microbiano'”.

Matrix/DNA: Bacterias no tartaro e neuronios no cerebro. Dusa formas de sistemas, derivadas da formula universal dos sistemas naturais. A diferença entre tartaro e cerebro se resume à diferença que as transformações produzem seus diferentes graus evolutivos.

Porque apenas humanos menstruam? Para pesquisa pela Matrix/DNA

Tuesday, February 4th, 2020

Why Do People Have Periods When Most Mammals Don’t? ( porque humanos tem períodos quando a maioria dos mamíferos não tem?) Porque a evolução fez isto?

Debate no EvC Forum com minha participação

Thursday, January 30th, 2020
EvC Forum:
https://www.evcforum.net/dm.php?Control=msg&m=871207#m871207
From: Matrix/DNA Theory
Message 1385 of 1385 (871207) 
01-30-2020 3:56 AM

RE: Any practical use for Universal Common Ancestor?

No, because Science has not designed the right model of UCA, yet. Are there any scientific practical use for your parents as the common ancestor species of you and yours brothers? You had the shape of an unique initial cell as also the shape of the initial cell after abiogenesis; you had the shape of fetus as the shape of reptilians: the shape of embryo as the shape of mammals. But, your parents as your UCA never existed inside yours little ovule universe during yours embryogenesis. So why the UCA of the first cell should be at Earth during abiogenesis?

So, the design of the model for UCA is not for Biology or Physics, it is for Astronomy, the space beyond this little egg-Earth, like your mother´s body was the space beyond your little egg. And why Astronomy did´n it yet? It happens that Academic Astronomy did not get the right theoretical model of astronomic systems, the formation of astros, etc, because the academy is under magical thinking: magic accidents which, instead destroying things, build on new complex things. Like any other non-existent magical gods.

Comparative anatomy between the last most evolved astronomic system from Cosmological Evolution and the first cell-biological system from Biological Evolution must be the unique rational and right method for finding the right model of UCA. I did it, I got a model, I don´t know if it is right, need more testing. But, if it is right, will be very, very useful not only for practical science and new technologies, meaning more useful for eliminating magical thinking from human mind.

It is weird thinking to make comparisons between living and non-living systems. I thought that also, till find that there is no such division between living and non-living when talking about natural systems: all properties of cells are there, working, at the right model of astronomic systems. And there where no “origins of life”, neither here neither other place, there are no “origins”, every natural system is under transformation from pre-existing systems, and evolution. The words “origins” and “life” are big prejudices to rationality because they lead us towards magical thinking with all the prejudices to humankind. Ok, mine is merely another theory, so…


There was no origins of life and universe, astronomical systems are half-alive, light waves contains the code for life and DNA is not a code: Matrix/DNA Theory

An strong and factual argument against the Darwinian concept of natural selection.

Friday, January 10th, 2020

Poor people have more babies than the rich people. Preys have more babies than predators. In fath, natural selection is selecting the less strong and less fitness?