Archive for the ‘Psicology’ Category

GPS no hipocampo, mais evidencia para Matrix/DNA

Friday, January 31st, 2020

Tem sido um mistério para os neurologistas sobre quais celulas neuroniais produzem a imaginação, este fenomeno de aparência tão abstrata, e como o fazem. Um novo estudo adianta pesquisa:

Summary: Study shows how hippocampal cells can represent different hypothetical scenarios consistently and systematically over time. The findings shed new light on how place cells assist in decision making and imagination.

Brain’s ‘GPS system’ toggles between present and possible future paths in real time

Neuroscience NewsJanuary 30, 2020

https://neurosciencenews.com/brain-navigation-imagination-15607/

Claro, para mim sempre fica a duvida se são os neurônios e glândulas que produzem essa desconhecida e invisível imaginação ou se é o sistema cerebral como um todo que obedece a lei dos sistemas naturais dos quais emerge sua identidade própria, holística, localizada no todo, e que faz estas células entrarem em ação para ativar nervos, músculos.

Mas a ainda obscura interpretação do fato constatado ( sinalização intensa de células do hipocampo) sugere-me que parece a coisa ser de duas vias: a identidade do sistema reforça certas células que respondem em feed-back reforçando alguma propriedade da identidade. Pois o fenomeno tem a ver com criar cenas e eventos apenas em imagens, não reais, e projetados no futuro. E então busco na formula da Matrix/DNA, qual das suas propriedades poderiam estar envolvidas nisso. Na formula, existe um ponto que está conhecendo o passado, o presente e o futuro, não do mundo externo, mas do mundo interno ao sistema. É F1. Vamos trazer a formula, no seu aspecto desenhado na selva que melhor explica isso:

Matrix/DNA formula for astronomic building blocks and cell systems

Observe F1 à esquerda, sendo o turbilhão-bateria do sistema. Ele possui as informações para projetar um corpo no futuro até sua morte. Mas quando ocorre a morte, esse corpo de desintegra e suas informações vem para o cone, o que revela o passado do corpo. E faz tudo isso no presente.

Por outro lado, em nosso esforço em identificar cada região ou glândula do cérebro pela sua função com cada F da formula e ter um template total de sua anatomia, já temos certeza que o hipocampo se situa em F1. Estas chamadas “cells place” devem representar as nuvens do material degradado que rodeia o cone. Se as células disparadas estão produzindo uma visão do futuro devem se situarem a esquerda do hipocampo, se sobre o passado, se situam a direita.

Não estou gostando muito da sugestão encoberta nesta situação. Se minha interpretação da formula no tocante a este fenomeno estiver correta, fica a impressão que a formula criou a imaginação e isto só poderia ter sido feito atraves de sua ferramenta no caso, que é o cerebro. E isto daria razão aos pesquisadores em dizer que a imaginação é produzida pelo cérebro. Ou não, pois quem realmente a produz é uma formula que continha em si as propriedades para faze-lo e vem existindo desde o Big Bang, muito antes de existirem cérebros…

O estudo sugere mais uma evidencia para a Matrix/DNA, tem excelentes informações no avanço de nossas pesquisas, portanto fica aqui registrado…

Meu comentario enviado ao NeuroscienceNews ( aguardando moderação e acho que não será publicado porque faço publicidade do meu link), em 31/01/20

By my different theoretical approach, imagination is product of a process of feed-back between places cells and the brain´s systemic identity. For to know the functions and activities of the brain is good to have at hands the template creator of its anatomy, which is the universal Matrix/DNA spherical diagram for all natural systems.

In this formula we see and understand how a system has information of present, past and future, but only for its internal structure. The fact that the intense signals occurs in cells place in the hippocampus is exactly the point where the formula keeps these information, so, it was predicted by the formula. This new evolutionary jump, going to external world, must be self-projection of this old property. For those with curiosity, I wrote an article about this issue with more information, at https://theuniversalmatrix.com/en-us/articles/?p=1411