Vou te ensinar um segredo de seu DNA que ninguém mais sabe, nem os cientistas

xxxxx

As pessoas comuns tem que lutar pela vida no meio das coisas palpáveis, que sejam em tamanhos visíveis aos olhos, que sirvam para comer, para fazer dinheiro, etc. Seus corpos são movidos por uma mente, mas construídos e mantidos por trilhões de copias de uma coisa microscópica que se chama DNA. Estas pessoas nunca se lembram que elas tem coisas como os rins, nem mesmo sabe como são os rins, o que fazem, pois os rins estão invisíveis dentro do corpo. Muito menos pensam nos seus DNA’s que estão muito mais invisíveis e são microscópicos. Na luta diária para trabalhar, cuidar dos filhos, controlar os namorados, pagar as contas, tudo isto pertencendo ao mundo externo, nada sobra de tempo para pensarem no seu corpo interno, e de nada adiantaria buscar informação do que tem no seu corpo interno, pois em nada ali podem mexer. Isso é coisa apenas para os médicos, os cientistas.

Mas assim são também todos os animais da Terra. E sabemos hoje que todos os animais da Terra não tem futuro, serão extintos, não deixarão sequer marca da sua existência neste mundo. Ora, não precisa ser inteligente para ver essa semelhança de comportamento entre os animais e as pessoas comuns para se sentir inconfortável com a primeira ideia que surge, ou seja, que se as pessoas comuns continuarem se comportando como os animais, vivendo apenas a luta na vida pratica, a sua especie inteira terá o mesmo destino dos animais.

Acho que foi por isso que surgiram as religiões. Se existem os deuses destas religiões, foram estes deuses que inseriram no DNA dos humanos os genes para religião, os quais modelam os cérebros para verem, sentirem, viverem, uma religião. Se não existem os deuses destas religiões, elas foram inventadas pelos humanos justamente quando perceberam essa semelhança com os animais e não aceitaram de maneira alguma que terão o mesmo destino. Ora, quem quer destino diferente, tem que se comportar diferente. O que não entendo nas pessoas comuns é que, se elas acreditam num Deus, elas deveriam raciocinar que esse Deus, para decidir quem serão seus escolhidos, quer que elas se comportem diferentes dos animais. Eu penso que isso é demasiado obvio, límpido, logico, e gostaria de conhecer alguém que não concordasse com isso, quais seriam seus argumentos, que eu nunca entenderia.

(daqui para baixo falta corrigir os erros do teclado)

Os animais nada sabem e nada querem saber do que tem dentro de seus corpos. Os humanos entendem que Deus quer que sejam diferentes dos animais, Entao… os humanos tem que se interessarem em saber o que tem dentro de seus corpos e procurarem saber como funciona cada orgao, cada celula, cada DNA. Alias, para ser escolhido por Deus, tem que se adivinhar como Deus pensa, para se concluir o que Deus quer de um humano para escolhe-lo. E nao sei onde foi escrito: ” Se queres saber quem Sou, como Penso, observe a minha Obra, o elo que tem entre Eu e voce, a Natureza, pois Eu me revelo na Minha Obra.” E a maior obra da Natureza nesta regiao do Universo fe o corpo humano. Entao para quem acredita num Deus que observa os humanos para escolher os bons e descartar os maus, tem que dar seu jeito de fazer uma pausa na corretia diaria, arrumar seu tempo, para buscar informacoes do que existe dentro de seu corpo naqueles cientistas e medicos que entraram desntor dos corpos e observaram, ou seja entrar mentalmente dentro de seu corpo, buscar conhecimento nele, pois isso significa buscar conhecer a Deus, saber como Ele faz as coisas e como Ele Pensa, e ser melhor candidato ou candidata a ser escolhido.

Seria meu dever orientar as pessoas a buscarem nos livros e na Internet estas informacoes apenas que venham de medicos e cientistas, e nao de pessoas como eu, que tambem nunca observou nada dentro de um corpo humano. Acontece que desde a infancia tive pavor de ser comparado a animais e tudo fiz para me comportar diferente deles, e mesmo que minha conclusao do que deve ser uma consciencia superior a humana que devem existir aos montes neste mundo afora, me levou a deduzir que essa consciencia supeior seja diferente ao Deus que outros humanos acreditam, eu compartilho a crenca naquela frase acima: para tentar conhecer o que fe uma consciencia supeiror, entre o mais profundo que puder na busca de conhecer esta Natureza, e principalmente seu corpo. Assim dividi o tempo da minha vida dedicando a metade para a luta diaria trabalhando para a sobrevivencia e a outra metade buscando ser diferentes dos animais, estudando tudo o que cientistas, filosofos, medicos, engenheiros, matematicos, biologos, quimicos, etc., ja sabem desta Natureza e mais ainda, buscando calcular o que ainda nao sabem para tetar saber mais. Ja disse varias vezes que cheguei a passar sete anos numa aldeia no mio da selva da qual saia por longos periodos me isolando mais dentro da selva virgem, buscando esse conhecimento da Natureza. A recompensa foi que, sim, consegui descobrir e aprender varias coisas que nem os medicos e cientistas sabem. Entao, alem de orientar meu amado povo comum a buscar apender com os profissionais, dedique alguns minutos para analisar o que acredito ter aprendido.

E entao volto ao DNA. Fe bastante dificil se prestar a estudar o que se sabe do DNA porque fe muito complexo e parece ser coisa de outro mundo, cujo conhecimento em nada vai ser util na nosa vida pratica… mas lembres-se… temos que nos comportar diferente dos animais, e isso exige alguns sacrificios. Mas a boa noticia fe que existe uma maneira de se estudar o DNA que de repente se torna agradavel e desejavel buscar conhece-lo melhor. Trata-se de um importantissimo detalhe do DNA que nem os medicos e nem os cientistas sabem, e alem de mim, agora so voce vai sabe-lo.

Este jeito de conhecer o DNA fe agradavel porque a licao comeca descrevendo como as pessoas em lugares distantes e quando reunidas em multidoes se comportam, detalhes que nunca prestamos muita atencao. Estudar e falar de pessoas fe muito melhor que estudar e falar de moleculas do DNA.

Voce sabe que somos quase 8 bilhoes de humanos. O incrivel aqui fe que nao existe um humano exatamente igual a outro. Todos tem ao menos uma caracteristica fisica e outra mental que se revela num comportamento diferente de todas as demais. Se queremos saber como seu Deus pensa, temos que comecar perguntando porque Ele fez isso assim. E como Ele vai escolher uns e descartar outros, tem que ter alguma coisa em comum, que seja igual, em todos os escolhidos. Parece que essa coisa divina comum vai estar sempre escondida de nos, pois vemos todos os humanos diferentes entre si. Assim fica mais dificil fazer nossa campanha como candidato, nao sabemos que tipo o eleitor quer como candidato ideal. Mas vou confessar aqui em segredo que a Natureza virgem na selva me deu umas dicas.

O fato de ser-mos todos diferentres uns dos outros se assemelha a outro fato semelhante: o nosso DNA tambem ‘e uma populacao de bilhoes de individuos todos difentes entre si! Calma, que vou explicar isso melhor. O que nos leva a suspeitar que quem fez essa diferenca entre os humanos foi o DNA que constroi seus corpos, e nao Deus. Mas… para quem acredita, foi Deus que criou o DNA.

Todos sabemos que, apesar de todos os humanos serem diferentes, quando penasamos nas sua profissoes, percebemos que eles se dividem em grupos de iguais, iguais vocacoes, tendencias. Muitas criancas ja nascem falando uma coisa igual, que querem ser enfermeira, outras que vao ser jogadores de futebol. Assim a humanidade se divide em grupos de profissionais, ainda bem, pois se todos fossem iguais numa so vocacao, estariamos fritos. Se todos nascessem querendo ser vendedores, quem iria produzir os produtos para os vendedores vender? Gracas a Deus outros nascem querendo ser agricultores, ou doceiras, ou fabricantes de moveis, etc. mas se todos nascem diferentes, quem criou essa coisa de gurpos serem iguais numa certa vocacao profissional? Novamente la vem o DNA.

O DNA fe uma populacao de bilhoes de individuos diferenciados entre si, mas essa populacao se divide em grupos de individuos, e a estes grupos se deu o nome de “genes”. Sao genios em fazerem um detalhe do do corpo humano que so eles sabem e conseguem fazer, assim como so os engenheiros de aviacao sabem como fazer um aviao.

Mas falando de humanos, tem sim, um detalhe que fe igual em todos eles. Todos sao da mesma “especie”, a mesma forma fisica. Nao sao divididos em especies, como seriam humanos na especie das galinhas, ou na especie dos ursos, alguns com bicos, outros com bocas, outros com penas, nada disso. Nao, todos sao da especie que tem duas maos, dois pes, caminham eretos, tem um cortex cerebral unico, maior que todas as outras especies. E quem ou que criou esse negocio de que todos os humanos teriam que ter a mesma forma? Adivinhem! Quem falou “DNA”, acertou.

Pois o DNA fe uma populacao de individuos da mesma especie, de uma so e mesma forma fisica. Mas os individuos do DNA sao muito mais simples que humanos. Ao inves de orgaos complicados como cerebro, coracao, esses individuos sao constituidos apenas moleculas que parecem muito simples, apesar delas fazerem as mesmas funcoes que fazem coracoes e estomagos, etc.

Podemos dizer que a unidade fundamental da populacao humana, da Humanidade, fe um individuo humano. Este individuo sendo unico, com ao menos um detalhe especifico dele que nenhum outro tem, tambem poderia ser visto como um pacote de informacoes unico, nenhum outro pacote pode ser igual a ele. Isto porque os cientistas falam numa tal de unidade fundamental de informacao do DNA, a qual seria um exemplar unico de sua populacao. Mas fe aqui que surge algumas coisas que os cientistas ainda nao sabem, ou pensam que sabem, mas estao enganados pelas aparencias do que veem no microscopio. As vezes, olhar a inteira biosfera da selva do alto de uma montanha, incluindo na visao o ceu es estrelas, pois tudo faz parte da Natureza, te ajuda a entender coisas e a nao se deixar enganar por coisas que nao se ve no microscopio, que apenas pode ver tudo reduzido a pequenos pontos.

O segredo fe… quem fe realmente o individuo na populacao do DNA. Imagine que nos nao enxergassemos as peles das pessoas, e quando olhassemos para elas, vissemos um figado, um estomago, um coracao batendo, tudo suspenso no ar, separados entre si. Nao, nem pense nesse absurdo, saia logo disso, apenas mencionei isso porque fe assim que os cientistas veem os individuos do DNA. Porque os individuos do DNA nao tem peles, e seus orgaos susprensoes apenas sao conectados por uma linha quase invisivel, a que deram o nome de “pontes de hidrogenio”. Seria como se cada orgao tivese dois bracos, e todos os orgaos se deseem as maos, formando uma grande roda. Mas quando voce pensar nos serezinhos, os individuosinhos do DNA, fe isso que eles sao.

Cada individuo do DNA tem seis “orgaos”, cada um executando uma funcao, produzindo uma quimica e sinais especificos, tem ate o orgao que limpa o interior como faz o figado no interior do corpo humano. Entao assim como o corpo dos animais tem em comum seis ou sete orgaos principais, assim sao os individuos do DNA. E nao poderia ser diferente, pois o corpo humano foi construido pelo DNA, e cada artista se auto-projeta na sua obra, tentando faze-la o mais semelhante ao que ele fe, ou pensa. Assim como seu Deus disse que busque-O na Sua Obra, se fe que o seu porta-voz aqui na Terra nao mentiu.

Entao os cientistas estao enganados. Pois eles dizem que a unidade fundamental de informacao do DNA, ou seja, o individuo exemplar de sua populacao, fe o que eles chamaram de um “nucleotideo”, que fe composto por apenas tres moleculas. Ora, o corpo humano nao tem apenas tres orgaos principais, e sim seis ou sete…  Mas basta olhar para a figura do DNA sem ser doutrinado como cientista para se notar que apenas um conjunto de tres moleculas nao pode ser sua unidade fundamental. Pois o DNA tem duas metades formando um inteiro, cada metade fe chamada de “haste” com suas moleculas coladas nelas, e todos estes grupos de tres moleculas da haste esquerda estao juntos, conectsdos a outro grupo de tres moleculas da haste direita. Seria como olhar para um humano e ver apenas o lado direito do seu corpo, da sua face. mas este pequeno engano leva a im engano maior, colossal, que faz errarem tudo o que pensam ser o significado da existencia do DNA. Vou explicar e mais abaixo vou tentar inserir aqui desenhos, que sao como fotografias das pessoinhas da populacao do DNA, pessoinhas que nao tem pele, apenas orgaos conectados …

Voce deve estar de saco cheio de ouvir falar num tal de “codigo genetico”… sem ter muita nocao do que isto significa. Segundo os academicos, cofgigo genetico resume tudo em que consiste o DNA. Rtal como se disessemos que a Humanidade fe um codigo que resume tudo em que consiste os 8 bilhioes de humanos. Tem nexo alguem falando em um “codigo humano”? Nunca ouvimos isso, seria muito estranho. Entao porque nao nos fe estranho falar do conjunto da populacao do DNA como sendo um “codigo do DNA”?

A verdade fe que nao existe codigo algum. O DNA fe uma pilha de unidades de informacao, um individuo em cima do outro, e apenas isso. Sirgiu o primeiro individuo da puilha, o que esta embaixo de todos os outros que surgiram depois. Acontece que todos os outros que surgiram depois sao reproducoes daquele primeiro. Sao copias, porem, cada copia vem com uma pequenina diferenca, um detalhe, que seja uma posicao especifica de uma oerticula num dos milhoes de atomos de uma das bilhoes de moleculas. Assim como todos os humanos parecem serem copias de um primeiro humano, mas copias diferenciadas entre si.

O nosso DNA foi construido por outros individuosinhos menores ainda que compunham uma populacao das… das estrelas! Mas ai reclama o religiosos: ” Entao os humanos nao foram feitos diretamente por Deus e sim pelo DNA, e o DNA nao foi feito diretamente por Deus e sim pelas estrelas…?” E respondemos: ” Bem… mas entao as estrelas foram feitas por… por Deus… projetadas para fazerem DNA em muitos planetas desse Universo, os quais foram desenhados para fazerem corpos vivos em muitos planetas. Assim Deus foi esperto, pois Ele conseguiu criar muito maior quantidade de Suas criaturas, e povoar todo o Universo…”

 

Tags:

Comments are closed.