O que é a Ciência? Como a vejo

Uma resposta a Skinner:

“A Ciência é uma disposição de aceitar os fatos mesmo quando eles são opostos aos desejos” – BF Skinner ( o pai da psicologia do condicionamento)

Mania de confundir o instrumento com o musico. Como instrumento a Ciência não tem disposição e nem desejos, o homem cientista os tem. A Ciência não escolhe os fatos a observar e experimentar, o homem os escolhe dentro dos limites do que seus sensores captam e segundo seus desejos mundanos. A Ciência é como um robot que tem por olhos os microscópios e telescópios, por sensores os medidores, mas nem um pensamento, nem mente, portanto a Ciência não interpreta fatos elaborando teorias, os homens o fazem. A Ciência não informa sobre fatos que ela nunca alcançou, como as origens do Universo, da Vida: o homem imagina os Big Bangs. A Natureza aqui e agora revela que as leis da vida na carne geram os esqueletos ósseos mecânicos que a suportam e falando a linguagem biológica; os manipuladores da Ciência afrontam essa logica natural e dirigem a Ciência a provar que as leis do esqueleto mecânico do Universo (átomos e galaxias) geraram a carne da vida falando a linguagem mecanicista matemática. Assim os desejos discriminam fatos e selecionam outros se aproveitando da muda voz e ausência do livre-arbítrio da Ciência. A Ciência não tem intenções como se ocupar de atividades que gerem lucros aos seus investidores, traindo a intenção dos pais fundadores da Ciência no iluminismo que era emprega-la apenas na busca do conhecimento pelo conhecimento. A Ciencia [e um todo que nao se separa em partes para separar os fatos naturais em quimicos, fisicos, biologicos, cegando-se para os aspectos sistemicos; os homens criaram estas separaoes estanques reducionistas para manipula-las segundo seus desejos. Entre meus desejos está o de dirigir a Ciência a observar fatos tais como a evidencia do ciclo vital nas ondas de luz, que aos atuais dirigentes não são convenientes.

Apesar disso tudo, que a Ciência retorne a ser o instrumento que nos revela todas as possíveis notas musicais da Natureza e o homem como maestro possa compor a sinfonia do Cosmos. Eu amo a Ciência mesmo sendo prostituída como está, principalmente pelo seu honesto e eficiente método dito “cientifico”. Que ela seja mantida no altar dos sagrados ao lado da roda, do fogo, do arco e flecha, sem os quais seriamos ainda os animais frágeis e nus das selvas ou teríamos perecido.

Tags: , ,

Comments are closed.