Nos fios de conexões (fluxos de informações) entre os corpos, materiais ou invisíveis, jaz o conhecimento essencial.

” I guess that what is invisible to our eyes is actually what is essential!” 

Esta frase lida por acaso e escrita por alguém realmente muito esperto me fez lembrar meu estado mental na selva crendo que descobriria os segredos dela se conseguisse identificar as conexões de cada elemento natural com o mundo externo, com outros elementos que na verdade se somavam ao primeiro e formavam um único elemento-corpo, um sistema natural. Não existe um fio visível ligando a sua forma de criança à sua forma de adolescente ou adulto. Mas se não houvesse nenhuma ligação você como adolescente ou adulto não poderia estar existindo. Então obrigatoriamente de uma maneira qualquer tem que existir um elo entre sua forma de adulto hoje e suas formas anteriores. Mas obviamente tal fio não nos está sendo visível, tocável, como os fios de musculos e nervos que conectam suas mãos ao seu cérebro. Tambem não pode ser um tipo de conexão como a dos controles remotos pelas quais podemos operar corpos materiais a distancia e não vemos as forças conectando nosso aparelho de controle aos objetos, pois as suas formas anteriores não existem separadas no espaço da sua forma atual.

Então caímos no mistério de saber que o fio tem que existir porem nos é totalmente ocultado e de uma natureza desconhecida. Se não existisse tal fio, você jamais acionaria a sua memoria que lhe traz imediatamente à mente suas formas anteriores. Memoria?! Então o fio esta escondido dentro da memoria?

Deixando de lado estas especulações filosóficas que vão se tornando complicadas e sem fim, retorno direto ao motivo deste artigo: como descobri que os fios invisíveis de conexões entre sistemas naturais e entre muitas partes de sistemas são os fios do processo do ciclo vital. Uma mitocondria existe separada do ribossomo no meio do oceano citosplasmatico, no entanto os dois corpos sao totalmente inter-dependentes , se suas interacoes teminarem o sistema todo se desfaz. O ribossomo fabrica elementos que sao nutrientes para as mitocondrias e as mitocondrias fabricam as energias que mantem os ribossomos “vivos”. Essa conexao é igual a que liga a sua forma de adolescente à sua forma de adulto. O ribossomo era uma molecula, ou microorganismo, que surgiu primeiro aqui na Terra, quando nao havia mitocondrias. Assim como aconteceu com os macacos – em que um certo grupo de separou do resto e comecou uma evolucao numa linhagem distinta que acabou por se transformar no humano, enquanto os outros macacos ainda existem – uma linhagem dos ribossomos evoluiu se transformando em mitocondria, um novo tipo de microorganismo. Entao dentro de um sistema celular nos vemos existindo simultaneamente a forma anterior e a forma posterior. Da mesma maneira, a crianca que fostes um dia nao desapareceu no ar, nao morreu. Onde entao esta seu corpo?

É preciso comecar a entender, a enxergar o invisivel, que existem os fios de conexao em relacao ao tempo. Se voce olhar a formula da matrix universal, estes fios estao representados pelas setas entre as partes. Sao invisiveis, mas sao essenciais na formacao do nosso conhecimento e entendimento deste mundo. palmas para o autor desconhecido da frase acima: O essencial jaz nos invisiveis. O essencial para entender o planeta onde existimos é saber que se trata de um planeta, e como tal uma esfera vagando no espaco, e como tal, a tterra tem que ser redonda. Mas esta redondeza esta invisivel aos olhos, estes sao enganados e obscurecidos pela imagem imediata da terra plana. Foi realizando enorme esforco mental e tatil na selva tentando detectar os fios de conexoes invisiveis entre aqueles milhoes de elemntos que cheguei ao elemeto essenial – a formula da Matrix/DNA – para entender melhor este mundo e nele, a minha existencia. Portanto sempre quando tiveres a intuicao de eque tem de existir um invisivel alem da visao imediata, esforce-se para calcula-lo, pois ali pode estar o essencial.

Comments are closed.