Coronavírus e mortes na China: Causa? Feed-back de um elemento químico industrial entre virus e alimentação humana?

Louis Charles Morelli – New York – 06/02/20 – 00:33am

Noticias relacionadas às origens do virus:

Atualização em 21/03/20

Comentario que postei no artigo com link abaixo:

Existe uma terceira possibilidade que não estou vendo ninguem se lembrar, apenas eu estou divulgando-a desde o inicio da pandemia. É a possibilidade de que o codigo genetico do virus esteja inserido no codigo genetico humano desde nossos antepassados. Para quem está informado, sabe que antigos virus, mesmo antes da especie homo sapiens, tiveram seus genomas incorporados pelo DNA que chegou a nos. E é uma teoria cientifica que se algum elemento ambiental fazer expressar-se este codigo, na forma de proteína ou RNA, ele sai para o meio citoplasmático e ali se tornar um virus autentico, ressuscitando o virus ancião. Eu pensei nisso quando no inicio, haviam varias pessoas infectadas em outros paises mas apenas em Hubey os virus se reproduziam muito rapidamente e matavam pessoas. Porque essa diferença? Uma resposta que me ocorreu foi lembrar do fenomeno acima e supor que algum elemento poluidor na atmosfera ou no alimento começou a ser produzido por fabricas na China na região de Hubey. Como nos outros paises não havia tal fabrica, os virus não eram retroalimentados. O caso na Italia reforçou minha hipotese quando um empresário italiano que tem as mesmas fabricas em Hubey e na Lombardia foi o primeiro a morrer na Italia. A Lombardia estaria sendo poluída pelo mesmo agente? Este virus não estaria vindo de animais, e sim de dentro do próprio corpo humano? Registrei a hipotese no meu website apenas, e acontecimentos posteriores me fizeram suspeitar que ela estaria errada. Mas outros acontecimentos, inclusive este da reinfecção me fazem voltar a ela, parecem-se como evidencias…

VIROLOGIA: Coronavírus pode infectar a mesma pessoa duas vezes? A pergunta que intriga cientistas

março 20, 2020

https://toinhoffilho.blogspot.com/2020/03/virologia-coronavirus-pode-infectar.html#comment-form

e: https://www.bbc.com/portuguese/geral-51954966

Artigo:

Especialista neste tipo de doença, o pesquisador Isidoro Martínez estranhou a velocidade da reinfecção no caso do paciente japonês e de outros.

“O que normalmente acontece é que, sem a imunidade duradoura, dentro de um ou dois anos, em novas epidemias, você será infectado novamente. Isso é normal”, disse Martínez à BBC News Mundo.

“Mas é raro uma pessoa ser reinfectada com o mesmo vírus logo após ser curada. Além disso, devemos ter em mente que, até onde sabemos, esse coronavírus não muda tanto quanto o vírus influenza (da gripe)”, acrescenta.

Matrix/DNA: A minha pergunta aqui é: para aqueles virus que se inseriram em nosso DNA, foi produzida uma imunidade duradoura, eterna? Ou não? E ainda sobre aqueles virus: se o codigo deles continua sendo igual ao codigo no DNA humano, eles podem ter uma mutação no citoplasma e burlar a imunidade duradoura? Sabemos que o COVID-19-2 apresenta duas mutações em relação ao seu ancestral.

Atualização em 03/21/20:

Publicação de elevado credito cientifico passado por peer-review na Nature sugerindo qual foi a mutação ocorrida nos últimos vírus SARs e MERs que resultou no COVID19, (from comparative analysis of genomic data) eliminando a possibilidade de que este vírus tenha sido produzido por manipulação genética em laboratórios.

O covid-19 adquiriu uma mutação que otimizou sua capacidade de se ligar a um receptor humano, o ACE2; alem dessa mutação ocorreu outra em que uma proteína do vírus aumentou sua capacidade de clivagem para inserir seu material na célula humana. ( SARS-CoV-2 appears to be optimized for binding to the human receptor ACE2; and (ii) the spike protein of SARS-CoV-2 has a functional polybasic (furin) cleavage site at the S1–S2 boundary through the insertion of 12 nucleotides8, which additionally led to the predicted acquisition of three O-linked glycans around the site. )

https://www.nature.com/articles/s41591-020-0820-9

The proximal origin of SARS-CoV-2

Nature Medicine (2020)

Continuando a leitura do paper na Nature acima:

Matrix/DNA: Quando a seleção natural funciona prejudicialmente numa espécie: While the analyses above suggest that SARS-CoV-2 may bind human ACE2 with high affinity, computational analyses predict that the interaction is not ideal7 and that the RBD sequence is different from those shown in SARS-CoV to be optimal for receptor binding7,11. Thus, the high-affinity binding of the SARS-CoV-2 spike protein to human ACE2 is most likely the result of natural selection on a human or human-like ACE2 that permits another optimal binding solution to arise. This is strong evidence that SARS-CoV-2 is not the product of purposeful manipulation.

Entendendo o coronavirus: Quando a seleção natural é burra, selecionando os mais fortes para serem as primeiras vitimas! Por isso esses vírus esta causando maior mortandade dos mais ricos ?!

(baseado no texto da Nature acima:)
Se entendi isso bem, havia um tipo de vírus que já causou estragos antes, o SARS-CoV. Mas este vírus tinha um problema por isso ele foi menos ofensivo ao humano: existe um receptor celular humano que resistia ou não era ótimo para o vírus se ligar. Então o que aconteceu? A seleção natural selecionou este receptor humano porque representa maiores chances de defesa e sobrevivência da espécie humana. Quando a seleção natural escolhe uma nova mutação, os humanos dotados dessa mutação geram proles mais férteis e isso acaba incorporando a mutação na especie. Porem, o vírus deu uma volta por cima, contornou esse problema, produzindo seis novos nucleotídeos para justamente se encaixar no receptor selecionado, e agora lhe demos o nome de SARS-CoV-2, que é o segundo SARS-CoV. É como se o vírus fosse um assaltante com uma faca perante uma vitima que porta um revolver na cinta. Então o assaltante encosta a faca no pescoço da vitima e toma o revolver da vitima. Agora, mais forte com o revolver o assaltante se especializou em roubar revolver e sai assaltando outros que mostram revolvers pendurados na cinta…Então o receptor é mantido teimosamente pela seleção natural, justamente o que favorece o vírus! Agora o humano que tem esse receptor mutado e selecionado vai morrer às pencas, e sobrar o humano que era mais fraco porque não tem esse receptor sofisticado. Ou seja, não será assaltado quem não mostra revolver no coldre. Talvez isso tenha a ver com a resistência e rápida cura de africanos a esse coronavirus… os quais seriam os antigos mais fracos… que se tornaram os mais fortes… Tem horas que me dá vontade de dar umas palmadas nessa seleção natural do Darwin… ela está nos traindo!

The receptor-binding domain (RBD) in the spike protein is the most variable part of the coronavirus genome ( Matrix/DNA: sabendo-se que proteínas são pedaços do circuito esférico da Matrix, e que vírus representam o trecho paralelo reprodutor entre F1 e F4, e agora sabendo-se que existe uma parte bastante variável suscetível a mutações e essa parte é justamente um emissor que se liga a um receptor celular, penso que uma vacina universal contra todos os coronavírus presentes e futuros deveria conter um design genético nos genes do vírus responsáveis por essa parte maleável da proteína visando inibi-la ou cristaliza-la, suspendendo sua maleabilidade. Mas primeiro precisaria localizar no código genético do vírus qual trecho corresponde a F1>F4. (tentar dialogar com o fundador do laboratorio em busca da vacina universal)

Fig. 1
b, Acquisition of polybasic cleavage site and O-linked glycans. Both the polybasic cleavage site and the three adjacent predicted O-linked glycans are unique to SARS-CoV-2 and were not previously seen in lineage B betacoronaviruses. 
Matrix/DNA: com as informações que temos baseadas na formula Matrix, se pudêssemos nos inteirar dessa sequencia de códigos na figura b e ver essas novas aquisições de polybasic cleveage, talvez descobríssemos algo importante.

Shareable link: https://rdcu.be/b29iY

Atualização em 11/03/20:

The conspiracy theories about the origins of the coronavirus, debunked

There’s a rumor the coronavirus started in a Chinese lab. And a scientific consensus it didn’t.

https://www.vox.com/2020/3/4/21156607/how-did-the-coronavirus-get-started-china-wuhan-lab

1 – Roll of evidences for this theory about coronavirus:

( Lista das evidencias para esta teoria sobre coronavirus)

Atualização em 29/02:

A Coreia do Sul, o segundo país mais afetado depois da China, registrou neste sábado 813 novos casos, o maior aumento em um dia, elevando o saldo total para 3.150 infecções, dos quais 16 morreram. Além disso, as autoridades de saúde do país anunciaram um primeiro caso de reinfecção, ou seja, uma mulher de 73 anos que já esteve doente, curada e voltou a testar positivo….

Matrix/DNA: Mais um indicio a favor da nossa teoria. Não seria a reinfecção produzida porque o código do vírus está inserido no DNA dela? Não acredito que o governo e a família deixaria que uma recém-curada retornasse a um foco de infecção. Apesar de que uma pessoa de 73 anos não tenha mais autonomia de escolhas e se a família é pobre, tem que mante-la na mesma casa, onde pode ter um infectador não identificado. Pois essa anciã não deve ter saído a caminhar na rua. É preciso muita atenção e mente aberta a todas as possibilidades de um exercito de pesquisadores-detectives acionados nessa investigação.

Atualização em 29/02: Alerta contra esta teoria

(Wikipedia): Coronavirus are enveloped viruses with a positive-sense single-stranded RNA genome 

Matrix/DNA: Observar que este vírus não tem DNA. Então, se ele fosse um vírus antigo inserido no DNA de ancestrais, como o RNA se tornou parte do DNA mamífero? Ver se isso é possível. Porem isso não anula a possibilidade de que – se inserido estiver – o DNA expresse o código.

Atualização em 29/02: DADOS CONTRA ESTA TEORIA:

( wIKIPEDIA) – The lipid bilayer envelope of these viruses is relatively sensitive to desiccation, heat, and detergents, therefore these viruses are easier to sterilize than non-enveloped viruses, have limited survival outside host environments, and typically must transfer directly from host to host.

Matrix/DNA: Coronavírus são vírus envelopados com membrana, a qual é fraca, de desfaz rápido no ar. Isto diminui a hipótese do agente químico poluidor no ar ( resta ver nos alimentos). Isto explica porque as autoridades estão dando importância a desinfetação do ar com sprays e separando humanos entre si.

Atualização em 29/02:

https://www.nbcboston.com/news/coronavirus/oregon-coronavirus-case-unkown-origin-us/2083629/

Oregon’s first coronavirus case emerged on Friday, and the infected person worked at an elementary school in the Portland area, which will be temporarily closed, authorities said.

“The case was not a person under monitoring or a person under investigation. The individual had neither a history of travel to a country where the virus was circulating, nor is believed to have had a close contact with another confirmed case — the two most common sources of exposure,” the Oregon Health Authority said in a statement.

Matrix/DNA: At Portland area, is there any kind of industries like some of Wuhan? Is there the chemical element, the PM2.5 in the air? Or some new pollutent element?

Atualização em 27/02/20:

First coronavirus case of unknown origin confirmed in US. What does that mean?

https://www.usatoday.com/story/news/nation/2020/02/27/coronavirus-update-cdc-test-covid-community-spread-case/4889999002/

The U.S. has confirmed 60 patients, but this one is alarming because no exposure chain has been found. The Centers for Disease Control and Prevention says it remains possible that the female patient at UC Davis Medical Center was somehow exposed to a returned traveler who was infected in China. But investigators have been unable to find that connection. The alternative is “community spread,” meaning the source of infection is unknown, CDC said.

Obs: minha teoria sugere que o código do DNA do vírus pode estar encriptado como vírus antigo inserido no DNA que resultou na linhagem humana, assim como outros DNAs de outras especies, e que algum agente elemento químico poluidor fazer o DNA humano se expressar espontaneamente gerando o vírus dentro do corpo humano. Um paciente que surge sem fonte conhecida de infecção pode ser evidencia para minha teoria.

Atualização em 26/02:

O vírus apareceu na Itália através de um homem empresario que tem fabricas na China, na região de Wuhan. Ele chegou recentemente de uma viagem a Wuhan. Mas ao contrario das minhas observações em outros infectados fora da China, este italiano teve seu quadro agravado rapidamente. Desde que minha teoria esta sugerindo como agente estimulador e/ou nutriente do vírus deve ser um elemento químico novo poluidor, esta sugestão se tornaria mais forte se o empresario tem fabrica igual na região de Lombardia, pois o mesmo elemento poluidor de Wuhan estaria na Lombardia, provocando a mesma reação rápida do vírus. O tipo de poluição de sua fabrica, ou seus produtos, deveriam ser investigados

Atualização em 26/02/20:

A corrida para encontrar animal que foi origem do surto de coronavírus https://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/a-corrida-para-encontrar-animal-que-foi-origem-do-surto-de-coronavírus/ar-BB10qaHM?ocid=spartanntp

“Segundo a professora Kate Jones, da University College London (UCL), no Reino Unido, há evidências de que os morcegos se adaptaram à alta demanda de energia de seus voos e aprimoraram sua capacidade de reparar danos em seu DNA.” – Matrix/DNA: como tambem há a possibilidade de que essa maior intensidade de energia num organismo pode fazer se expressar códigos no DNA correspondentes a virus antigos, ressuscitando-os. Assim, morcegos seriam fonte de origem de virus.

“Agora, a segunda parte do quebra-cabeça é estabelecer a identidade do animal misterioso que incubou o vírus em seu corpo e acabou possivelmente em um mercado na cidade de Wuhan, na China, epicentro do surto.” Matrix/DNA: Esta parece a teoria mais provável, sendo superior a minha teoria. Porem, a minha hipotese de que algum elemento químico poluidor novo facilite e acelere a propagação no ar, permanece forte.

“Mas será que o vírus do morcego e o vírus do pangolim podem ter se modificado geneticamente antes de se espalhar para os seres humanos? É aqui que os especialistas são cautelosos.” – Matrix/DNA: Essa é uma grande questão. Se o pangolim é hospedeiro de um virus como SARS, porque razão seu corpo provocaria a mutação genetica em SARS para ser COVID19?

Atualização com evidencias em 10/02/20 :

In Hong Kong: There are now 42 confirmed cases in Hong Kong, according to The Center for Health Protection. Hong Kong officials have announced they are conducting a partial evacuation of residents from an apartment block following possibility that the coronavirus may have been transmitted via the building piping system.

Matrix/DNA: Minha teoria se baseia na hipótese de um elemento químico poluidor novo ter feito expressar trechos do DNA humano que contenha o código para virus. A noticia acima seria um indicio: o elemento sendo distribuído pelo sistema de água ou esgoto. O que fariam as autoridades se dessem atenção a minha teoria? Já deviam ter procurado em Wuhan uma companhia ou laboratorio expelindo algum elemento poluidor novo. Agora deveriam comparar Wuhan e Honk Kong se tem alguma companhia ou laboratorio montado recente nas duas cidades ou produzindo algum produto novo com um poluidor.

Atualização com evidencias em 14/02/20:

10/02/ – Trump first raised his theory about coronavirus and warmer weather in a tweet last week. Afterward, infectious disease experts told CNN that it’s too early to say whether warmer temperatures would weaken the virus.

Matrix/DNA: Até o Presidente formula teorias sobre esse virus, e uma teoria muito simples: o frio esta fazendo a contaminação e a chegada do calor vai eliminar o virus. Mas como ele é o Presidente, a teoria foi publicada por toda a mídia, enquanto a minha que é unica…

Atualização de 27/02

Coronavirus: asymptomatic Wuhan woman shows why outbreak ‘will be hard to stop’

https://www.theguardian.com/world/2020/feb/22/coronavirus-asymptomatic-wuhan-woman-shows-why-outbreak-will-be-hard-to-stop

Case study of 20-year-old who infected relatives despite not showing signs of illness – and testing negative – stokes global pandemic fears

Uma humana expressando e espalhando o virus no ar (infectada, diz o jargão) não apresenta nenhum sintoma da doença, aparenta estar em boa saude. E quando exposta aos testes, as vezes da negativo, outras, positivo. O que isto significa?

Matrix/DNA: bem, mais uma forte sugestão para nossa teoria. Ela expressava ou foi infectada pelo vírus em Wuhan. Mas logo ela sai a viajar, vai a 650 km longe numa cidade do interior e os vírus ficam como que adormecidos. Porque? Porque as mesmas pessoas infectadas que ficaram em Wuhan ficaram e se mantiveram doentes, alguns indo até a morte? O ar da cidade do interior ( um local rural) não é o mesmo ar de Wuhan ( um local industrial). Resta saber se quando o teste deu positivo, o realizaram nela na cidade do interior ou depois que ela voltou a Wuhan e ficaram sabendo que ela tinha infectado pessoas. Seria quase uma prova definitiva que nossa teoria sobre o agente qui mico poluidor esteja correta. Mas não, ficam serias perguntas: porque então os infectados da cidade rural ficaram doentes?

Key questions now, Schaffner said, are how often does this kind of transmission occur and when during the asymptomatic period does a person test positive for the virus.

“What we see is a very different phase of this outbreak depending where you look,” said WHO’s Dr Sylvie Briand. “We see different patterns of transmission in different places.”

“Scientists have been asking if you can have this infection and not be ill? The answer is apparently, yes,” he said.

Atualização para pesquisar, em 29/02:

Israel’s state-funded Migal Galilee Research Institute said it had identified similarities between COVID-19 and Infectious Bronchitis Virus, which affects poultry, that could allow it to develop a vaccine to battle the deadly outbreak. It said it was working to quickly adapt its IBV vaccine for use against COVID-19.

https://www.timesofisrael.com/israeli-firm-says-it-developed-kit-to-diagnose-coronavirus/?fbclid=IwAR03JKJb5rSHQj3G9usvN1YMJTdYxy9vJcVraAIy9DO9KOvmve5w__Ejk7A

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

  • Post atualizado em 14/02, postado no Facebook:
  • Eu sou o único humano sugerindo uma causa inédita, diferente de todas as que os outros pensaram, para a origem do coronavírus a vários dias atras. Como não tenho os meios para ir na China testar essa teoria, e não tenho como comunica-la ao mundo, publiquei-a no meu website no dia 6 de fevereiro e fico agora observando o desenrolar dos acontecimentos.
  • Mas das noticias estão vindo informações previstas antes na teoria. E vou registrando no website estas evidencias. Primeiro foi a noticia de que surgiram três infectados em Hong Kong num edifico que não tinham sido infectados por outros humanos e as autoridades suspeitam que o vírus veio pelos tubos de canalização, não sei se da água ou do esgoto. Suspeitei que não foi o vírus vindo pelos tubos mas sim o elemento químico que ativa o vírus no DNA humano.
  • Hoje vem uma noticia evidente demais: foi constatado um aumento na poluição do ar na China e neste um elemento químico, o PM2.5, o qual sabe-se ser MALIGNO AOS PULMÕES HUMANOS !Justo os pulmões, onde estão se alojando os vírus… Em que consistiu minha teoria? Primeiro notei que havia infectados em vários países mas só na China morriam, e enquanto os infectados da China não eram curados, em outros países eram. Porque?
  • Minha intuição foi que havia apenas na China um elemento químico alimentando os vírus quando absorvido por humanos, o que fazia os vírus se reproduzirem rapidamente, matando. Segundo, até agora não se descobriu a fonte transmissora do vírus e isso me fez lembrar de um detalhe: o DNA humano tem vários trechos que são copias exatas de antigos vírus. Dai surge a terrível hipótese de que o corpo humano pode “criar”, ou gerar, por si só, alguns vírus! Um RNA pode fazer este trecho do DNA se expressar, isto produz uma proteína, a qual tem em si o Código do RNA e quando a proteína se solta no meio citoplasmático ela se divide indo sua parte proteica formar uma membrana e o RNA se recompõe no interior e isso é um… Vírus! Ate agora ainda não foi provado cientificamente que isso acontece, mas cientistas estão buscando porque suspeitam que isso acontece. Porque esta tão demorado descobrir a fonte do vírus? Talvez porque estão apenas buscando fontes externas, quando ela pode estar interna ao corpo.
  • Mas o que acionaria um evento raro para materializar um RNA raro? Um novo elemento químico adentrando o corpo humano, ou o próprio corpo produzindo-o. Como a resistência maior da infecção e as mortes estarem limitadas a um local, deduzi que a fonte deve ser externa. Então seria um novo elemento poluidor absorvido por animais, humanos, do ar, dos vegetais, do mar, etc., mas só existente na China e em grande quantidade na região mais afetada. Então conclui que pode-se realizar alguns testes, pesquisas, tanto no DNA dos infectados quanto no ar e nos alimentos buscando um elemento químico especifico.
    Noticia-evidencia:
    Beijing’s air quality index (AQI) was pegged at 222 on Thursday afternoon, 22 points above the threshold for very unhealthy pollution, according to data from the Ministry of Ecology and Environment. Readings showed that it was largely made up of harmful microscopic particulates known as PM2.5, which are most damaging to human lungs..
  • https://www.scmp.com/economy/china-economy/article/3050527/chinas-capital-shrouded-air-pollution-despite-reduced?
  • Ninguém sabe onde essa tragedia ira´ parar. Acho que a Humanidade toda deveria dar um breque na corrida pelo dinheiro e investir o que for possível nesta guerra. Investir em testar todas as teorias possíveis. Se no futuro eu ver milhares ou milhões de mortos e tudo terminar porque descobriram justamente o que minha teoria sugeriu, e pensar nas mortes e torturas de infectados que teriam sido evitados, vou, como já tem ocorrido varias vezes, me contorcer de indignação solitariamente devido a negligencia humana…

Questão postada em AskBiologist em 14/02:

https://askabiologist.asu.edu/node/92/done?sid=3167&token=1f5157d5a334e2ea800f78c11941ffe2

Hi. I read somewhere that human DNA has codes for ancient virus and it would be possible the human body to create virus. My question is… “how is this research just now?”. There is any proof?
In the news about the coronavirus epidemic there are several facts suggesting that a new air or water pollution at Whang region is acting upon human DNA and creating the virus. What do you think about? ( aguardar resposta em 72 horas)

xxxxxxx

Inicio do Artigo:

Preciso com urgência de contacto com autoridades envolvidas no caso do coronavírus na China e outros países. Se você sabe ter acesso a essas autoridades, por favor, faça este artigo chega ao conhecimento deles. Trata-se de uma sugestão preventiva que pode interromper o alastramento da infecção e salvar a vida dos infectados.

Os dados que tenho agora revelam 30.000 infectados na China e vários infectados em outros países. E 500 mortos na China mas nenhum morto nos outros países. Me perguntando essa questão surgiu uma teoria que sugere uma providencia imediata para eliminar o virus.

A teoria foi baseada em uma informação da mídia cientifica a qual não pude ainda confirmar. Li em algum lugar num artigo ou scientific paper que o DNA do corpo humano possui alguns trechos de genes que coincidem com códigos inteiros do RNA de certos virus. Então a fonte sugere ou disse ter confirmado que se expressado este trecho do DNA para constituir uma proteína, esta proteína pode sofrer uma mutação de função no meio celular, construindo a membrana proteica e o código de RNA que se torna um virus real. E nisto pode estar a pista do porque apenas na região de Wuhan os infectados estão morrendo, alem de explicar porque nos outros países a propagação esta sendo mais lenta.

Atualizado: Depois de escrever o artigo tive a ideia de pesquisar no Google e tem uma longa lista de códigos virais no DNA-humano. E um texto chamou atenção, no link: https://www.iflscience.com/health-and-medicine/ancient-viruses-are-hiding-within-your-dna/ – 19 Pieces Of Non-Human DNA Found In Human Genome: ” One of these new found was not a mere fragment of a viral genome, but the entire genome itself. This makes it a “provirus,” and is only the second known to exist within humans. Although it has yet to be proven, this provirus could potentially replicate and behave like a working virus”

Wuhan tem um alta concentração de habitantes num local industrial poluído. Alguma atividade industrial estaria produzindo um elemento químico que estaria sendo absorvido por humanos seja através do ar, da água, ou dos alimentos. Este produto químico estaria provocando a mutação na proteína derivando-se no virus. Isto significaria que o elemento químico entrou na constituição do virus e assim como vacas precisam de vegetais como alimento porque vegetais entraram na constituição de seus corpos, o coronavírus sendo alimentado por este elemento químico se reproduz intensamente e rápido. A reprodução rápida é a diferença que ou causa a morte ou mantem o paciente apenas doente. A quantidade deste elemento químico sendo absorvido pela população determina também o quociente de propagação. Então nos outros países os pacientes não estão morrendo e a propagação está lenta ou se desfazendo é porque os humanos não estão absorvendo o elemento químico e assim não estão completando o ciclo de feed-back entre o virus e o elemento químico.

Questões que me surgiram por enquanto:

¹) Esta não é uma boa teoria porque todos os pacientes que morreram estavam em hospitais, e estes hospitais devem estar descontaminados desse elemento químico.

R) Creio que nos hospitais em Wuhan os pacientes respiram o mesmo ar da cidade, e continuam a consumir os mesmos alimentos da cidade.

2) Se a teoria estiver correta, haveria alguma providencia possível para interromper o processo?

R) Os infectados pararem imediatamente de respirar o ar, tomar a água, e de consumir os alimentos produzidos na região, ao mesmo tempo que uma urgente e ampla analise destes produtos buscando um elemento químico novo, e ao mesmo tempo buscar nas novas industrias na cidade que possam estar produzindo um elemento poluidor novo. Testar a reação reprodutiva do virus na presença deste e outros elementos poluidores.

3) A teoria está errada porque pelas informações, as primeiras pessoas infectadas o foram num ambiente local, um mercado publico, sugerindo um único local com presença do virus…”

R) Primeiro, será difícil a possibilidade de que os 30.000 infectados locais, mais os infectados que estão no exterior, teriam como únicos infectadores iniciais os três do mercado. O virus deve estar em outros locais da cidade. Segundo, neste mercado se cozinha e se fritam alimentos. A fritura produz gases dispersos no ar e pode separar os diferentes gazes, o que facilitaria a absorção do elemento poluidor por humanos ao redor. Terceiro, o alimento fritado pode ter sido um peixe que esteve na água perto da industria poluidora. Portanto, este argumento não invalida a teoria.

… por favor, insira novas questões no comentário…

English translation:

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Coronavírus and deaths in China: Cause: Feed-back of an industrial chemical element between viruses and human food

Louis Charles Morelli – New York – 06/02/20 – 00:33am

I urgently need to contact the authorities involved in the coronavirus case in China and other countries. If you know how to access these authorities, please make this article known to them. This is a preventive suggestion that can stop the spread of the infection and save the lives of those infected.

The data I have now reveals 30.000 infected in China and several infected in other countries. And 500 dead in China but no one dead in other countries. Asking myself this question, a theory emerged that suggests an immediate action to eliminate the virus.

The theory was based on information from the scientific media which I have not yet been able to confirm. I read somewhere in an article or scientific paper that the DNA of the human body has some stretches of genes that match entire RNA codes of certain viruses. So the source suggests or said to have confirmed that if this stretch of DNA is expressed to make a protein, this protein can undergo a function mutation in the cell medium, building the protein membrane and the RNA code that becomes a real virus. And this may be a clue as to why only in the Wuhan region the infected are dying, in addition to explaining why in other countries the spread is being slower.

Wuhan has a high concentration of inhabitants in a polluted industrial location. Some industrial activity would be producing a chemical element that would be absorbed by humans either through air, water, or food. This chemical would be causing the mutation in the protein, resulting in the virus. This would mean that the chemical element entered the constitution of the virus and just as cows need vegetables as food because vegetables entered the constitution of their bodies, the coronavirus being fed by this chemical element reproduces intensely and quickly. Rapid reproduction is the difference that either causes death or keeps the patient just sick. The amount of this chemical element being absorbed by the population also determines the propagation quotient. So in other countries, patients are not dying and the spread is slow or fading is because humans are not absorbing the chemical element and so they are not completing the feed-back cycle between the virus and the chemical element.

Questions that have come up for me so far:

¹) This is not a good theory because all the patients who died were in hospitals, and these hospitals must be decontaminated from this chemical element.
A) I believe that in hospitals in Wuhan, patients breathe the same air as the city, and continue to consume the same food as in the city.

2) If the theory is correct, would there be any possible steps to interrupt the process?
R) Those infected immediately stop breathing air, drink water, and consume the food produced in the region, at the same time as an urgent and wide analysis of these products looking for a new chemical element, and at the same time looking for new industries in the city that could be producing a new polluting chemical element. Doing experiments of this virus reproduction facing polluter elements.

3) The theory is wrong because, according to the information, the first infected people were infected in a local environment, a public market, suggesting a single location with the presence of the virus …

R) First, it will be difficult the possibility the 30,000 infected locally, plus those infected abroad, would have the only three initial infections on the market. The virus must be in other places in the city. Second, food is cooked and fried in this market. Frying produces gases dispersed in the air and can separate the different gases, which would facilitate the absorption of the polluting element by humans around. Third, the fried food may have been a fish that was in the water near the polluting industry. Therefore, this argument does not invalidate the theory.

4) https://www.youtube.com/watch?v=RdGjm_94ho4&fbclid=IwAR3wKlkcXPnIaPak_nx8Us1UmyB_VVbWH8a_fXtru1tAV2VfpI5qNJQSlZI


NPC #465949
11 horas atrás (editado)

If you implying I think China is innocent you’re mistaken. This was definitely made by them, most likely created in the biohazard facility located outside Wuhan. Probably for a bio weapon, who knows. But I don’t believe they released it on there own people as explained above

R) É possível que o elemento químico poluidor tenha sido produzido por laboratórios procurando venenos agrícolas, gazes letais, etc? Não sei o que pensar disso…

5) … please insert new questions in the comment …

xxxxx

Canais para os quais foram enviados uma copia e questões:

Para UOL-Noticias

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2020/02/29/nivel-de-alerta-mundial-maximo-e-aumento-exponencial-de-casos-de-coronavirus-na-coreia-do-sul.htm

E….

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2020/02/29/eua-tem-terceiro-caso-de-coronavirus-de-origem-desconhecida.htm

ORIGEM DESCONHECIDA?… Nestes casos muito sérios, enquanto não se conhece as causas, todas as teorias devem serem consideradas. Eu pensei numa a 30 dias atras, que ninguém pensou ou publicou, e vejo cada dia mais indícios de que esta teoria tem alguma substancia. O DNA humano tem muitos trechos com códigos iguais e completos de antigos vírus que se inseriram em nossa genética. Um elemento novo químico poluidor poderia expressar um código e no citoplasma ele pode se tornar uma proteína que na sua moldagem (folding) se desmembra em RNA e proteína membranosa, ou seja, o VÍRUS VIVO! Tenho sugerido uma investigação do ar nos locais de profusão do vírus, a busca de algum novo elemento químico poluidor – e em Wuhan, previamente ao aparecimento do vírus tinha sido detectado no ar o PM2.5. Sei tratar-se de uma teoria remota, porem, tudo deve ser investigado. Veja mais da teoria e levantamento diário dos indícios no meu website.

Para: WHO – https://www.who.int/features/qa/submit/form/en/

Online Q&A

You have completed the form.
Thank you very much for your participation.

xxxxx

Facebook da WHO

https://www.facebook.com/WHO

Foi enviado mensagem e aguarda aprovação para ser publicada

xxxxx

https://twitter.com/WHO

Publicado meu replying no link:

https://twitter.com/WHO/status/1225129068103983104

xxxxxx

Coágulos misteriosos são a nova complicação letal da covid-19…

– Veja mais em

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2020/04/27/coagulos-misteriosos-sao-a-nova-complicacao-letal-da-covid-19.htm?cmpid

Meus comentarios postados no artigo:

Louis Charles Morelli – 28/04/20

Estamos apanhando devido a base do conhecimento ter se resumido ao metodo reducionista, desprezando totalmente o metodo sistemico. Esta cascata de efeitos em todos os órgãos revelam que o vírus descontrola a entidade do sistema, seu mecanismo de equilibrio e auto-defesa, sobre a qual nossa Ciência tem estado paralisada a quase um século. Não vamos curar ninguém sabendo tudo a nível molecular e celular, como aliás tem acontecido com doenças tradicionais como câncer, diabetes, Alzheimer, etc., de aspecto sistemico, que vão continuar torturando e matando humanos enquanto esta arrogância de curtos horizontes mentais continuar dominando. A visão sobre sistemas naturais teve em “O Tao da Física” e Margulis/Lovelock um bom começo, culminou com Bertalanffy com sua Teoria geral dos Sistemas, mas como não sabiam que existe uma fórmula natural universal para todos os sistemas, a coisa morreu aí e se desviou para a cibernética limitada à computação.

Louis Charles Morelli – 28/04/20

Quem conhece a fórmula natural universal na base de todos os sistemas naturais (desconhecida pela Ciência e academia oficial), entende que vírus são “pedaços” do código sistêmico produzidos na natureza como pequenos pacotes separados de informação. E pela sua propriedade de reprodução o conhecedor entende que vírus representa aqui a Função Sistêmica F5, aquela que reproduz ou auto-recicla os sistemas fechados por inteiro. Como humanos são sistemas abertos, tendo já programados o mecanismo da morte final, ocorre um conflito com desvantagem para o sistema aberto, pois existimos dentro de um sistema astronomico fechado que criou nosso codigo genetico. Neste, F5 se encarna na base uracila, que só tem no RNA do vírus e não no DNA. Aqui poderia estar a chave para uma droga vencedora, mas o meio academico insiste no metodo reducionista e sou o unico que tentou ressuscitar o metodo sistemico, encontrando essa formula. Somos vencidos devido uma ideologia

Comments are closed.