Porque os outros entendem errado o que digo? Como consertar isso…

December 12th, 2019

Nunca ninguém entendeu uma virgula quando tentei explicar algum aspecto deste mundo pela perspectiva da visão do mundo da Matrix/DNA Theory. Então resolvi me acocorar sobre este problema para elucida-lo. Alem da conhecida resistência das crenças instaladas ao que se lhes opõe, encontrei o seguinte:

ENTRE O QUE VOCÊ PENSA, O QUE QUER DIZER, O QUE DIZ, O QUE A OUTRA PESSOA OUVE E COMO ELA INTERPRETA: SÃO CINCO CHANCES PARA UM MAL-ENTENDIDO.

SEMPRE QUE PUDER, TESTE SE A OUTRA PESSOA ENTENDEU SUAS PALAVRAS IGUAL A COMO VOCÊ AS ENTENDEU… E O MESMO VALE PARA QUEM OUVE.

A humanidade sofre prejudicada por esse conjunto de defeitos nas comunicações entre os humanos. Então temos mais um problema para consertar. E como vamos eliminar este problema? Minha teoria:

Acho que a Ciência com seu MRI (mapeamento cerebral) vai resolver isso e explico porque: Seu pensamento é um fluxo químico-energético que percorre varias regiões do cérebro e termina como um tipo único, especifico, de circuito elétrico, armazenado na memória. Então você resolve externalizar este pensamento na memória através do som de palavras. Da memoria sai o circuito que vai para a região da linguagem. Chega aqui como um design, um projeto de construção e os neurônios tentarão construir o edifício sônico com os recursos de palavras que tem. Onde faltam palavras para se encaixarem, vão as falhas. Então o agora mapa de som vai para as cordas vocais, lingua, maxilares, mas entre o que o maestro quer e o que os músicos com recursos limitados produzem, ocorre outra diferença.

Então o que você diz bate em outro cérebro cujas configurações neuroniais modeladas por diferente genética e experiencias de vida vai distorcer o circuito ainda mais. No outro cérebro este circuito é analisado sob a diferente perspectiva que remodela o circuito, resultando na interpretação final do ouvinte. Por isso todos os grandes lideres realmente bem intencionados descobriram horrorizados que seus seguidores foram motivados por outro interesse que não o do mestre… O MRI vai rastrejar esse circuito fluxo do pensamento em todas estas etapas e detectar as mudanças…

Célula: Ciclo Vital criado pela Formula Universal

December 11th, 2019

A evolução desde o sistema galáctico para os sistemas biológicos vivos teria que provocar uma drástica mutação nos processos internos do sistema devido aos ambientes e substancias de origens serem muito diferentes. Na comparação ente um sistema galáctico – pelo meu modelo teórico – e a primeira célula viva vemos que o significado geral dos sistemas foi mantido, a dinâmica do ciclo vital que veio com ondas de luz de alguma maneira se impôs. Temos que estudar como um sistema regido pela mecânica astronômica se torna um sistema pelo método biológico de organização da matéria. Não podemos esquecer que entre a mecânica astronômica e a organização biológica teve um elo, que foi a química orgânica. A mutação ocorreu nas formações químicas das moléculas orgânicas primitivas, aqui temos que desvendar como foi essa mutação. E a separação de um todo em pacotes de informações para depois serem juntados estes pacotes reproduzindo o todo permite muitas variações, em ambientes inéditos.

O circuito sistêmico sempre tem o mesmo desenho do ciclo vital, pois é o ciclo que vital que se torna um sistema.

Esta figura quando vista sob a perspectiva da visão de mundo pela Matrix/DNA lembra imediatamente a formula universal do sistema natural universal. Então vamos trazer a formula para cá:

Formula do Sistema Natural Universal

Na figura da célula notamos que o ciclo começa no topo de cima com a célula filha, então temos que inverter o sentido da figura da formula pondo F1 no lugar da célula filha, F2 onde a célula cresce, etc. Quando na Interfase, a célula começa ps preparativos para a bifurcação do circuito que acontecerá em F4 e para isso ela duplica o DNA que é o carregador da informação para um segundo fluxo do circuito de desprender. Ela está fazendo isso entre F2 e F3, por isso ela é dirigida pela formula a crescer ainda mais. Na Profase vemos o processo sexual hermafrodita se solidificar. A cromatina se condensa em cromossomos que é uma forma necessária para constituir os genomas sexuais e o desaparecimento do nucléolo tem que acontecer: até aqui, em F3, se impos a face feminina do processo, com a criação da célula filha pela femea em F1, mas em F4, que é a face masculina, a feminina sai e cede o lugar ao masculino.

Na prometafase se insere a F5 com seu ramo lateral e interno. Se na galaxia isto acontecia com os cometas retornando no espaço na direçâo onde vai se formar novamente F1, e na reprodução das seccões do DNA entra para isso a uracila, na célula são fabricados os centromeros e em lugar da linha do fluxo de F5 surgem os microtubulos. O que importa na formula é dividir o sistema ao meio, em face esquerda e direita, para que depois cada uma construa sua outra metade. A engenhosidade da formula aqui é extraordinaria, considerando-se que sua unica experiencia anterior era o mecanismo muito mais simples astronomico, mas nem por isso vamos personalizar a formula com inteligencia própria: creio que tudo ocorreu pelo forte impulso do fluxo avançar e obedecendo a formula que determinava a bifurcação. tudo deve ter ocorrido por processos naturais, como quando as águas das montanhas vão forçando a abertura de caminhos na sua descida. Mas ainda não tenho dados para decidir o que foi que realmente realizou o evento que resultou na extraordinária experimentação e confecção de extraordinary novos elementos.

Na fase Mitótica a membrana desaparece e isso não é surpresa pois já vimos acontecer isso nesta mesma posição nas galaxias: quando a femea está desativada, a poeira do horizonte de eventos, ou quasar, desaparece também. Na Metáfase fica uma questão. Qual o mecanismo e porque os cromossomas que estavam dispersos na cromatina se alinham em sequencia? Se logo a seguir eles se separam novamente em cromátides que vão para os dois lados da célula? A pesquisar…

Por fim F5 se torna Myosin II e completa a separação. Daqui a célula velha vai para sua morte, determinada por F6 e F7.

Portanto não foi a matéria simples e burra da superfície deste planetinha que inventou pela primeira vez no Universo esse método de tão extraordinária engenharia, e sim as partículas de luz que se infiltraram com o liquido nessa matéria e simplesmente caminharam como vem caminhando desde o Big Bang quando a onda de luz original caminhou no espaço sideral e se propagando no tempo ao ir montando seus órgãos anatômicos internos – ou suas faixas diferenciadas – na mesma sequencia do ciclo vital. E depois estavam infiltradas nesta estrela Sol de onde vieram recompostas como luz para dirigir os átomos terrestres a se subordinarem ao modelo de sistema que elas constituem.

Mas nem tudo ficou tão fácil de ser compreendido com a fórmula da Matrix/DNA. O ciclo dos centríolos, ou centrômeros, e a própria presença dos centríolos, continua muito complexo, inexplicável. Parece que outra coisa alem da formula estava fazendo as coisas nas origens da célula. Mas ao mesmo tempo os centríolos servem como um alerta e um alento: a formula ainda tem muitos segredos encriptados nela. Um desses segredos que não tenho informações vindas da Ciência é que a formula tem sua camada mais invisível, que é seu campo magnético. As imagens geradas pelo centríolo lembra os fusos do campo magnético do planeta, os seus polos magnéticos, etc. Vejamos a figura abaixo:

File:Centrosome Cycle.svg

Se existe uma camada subliminar da formula de consistência eletromagnética, atrelada a sua substancia de luz, e há já muita evidencia de que de fato existe, os polos norte e sul representam F1 e F4. Mas quem é quem? Qual o polo feminino e o masculino?

Suspeito que a compreensão de como as forças naturais construíram este processo dos centrômeros vai ser encontrada quando desenvolver-mos mais a epigenética. Este não é um processo genético, localizado nos elementos e partindo dos elementos, parece mais um efeito da identidade dos sistemas. Pois os passos na evolução deste ciclo dos centrômeros vão ocorrendo em paralelo aos passos na evolução dos cromossomas no núcleo celular e depois os dois elementos se conectam complementarmente. de onde veio a ideia de dotar um corpo, como o centríolo, de tentáculos, e depois dirigir estes tentáculos exatamente para cada secção dos cromossomas quando alinhados no eixo celular, e ainda mais… dotar os tentáculos de “mãos” moleculares para agarrarem e puxarem uma das hastes do DNA!!!. Isto parece a harmonia de uma orquestra tocando uma sinfonia, e toda orquestra tem que ter um maestro. Neste caso a identidade do sistema, por isso, aposto que a epigenética vai elucidar este mistério.

Mensagem de alento da Matrix/DNA para pessoas com depressão

December 10th, 2019

We are 8 billion people, but you are different from the others 7,99 billions in a specific detail, so, there is something beneficial to human kind that only you can do it, because only you was born with the information for doing it. It is possible that the world will not help you for doing it, then, it will not be your fault. But, if you do not do it by your choice… I don´t know if you will have trouble after death because nobody knows if there is life after death, but one thing is sure: the next generations, and maybe the whole humanity, will be hand caped.

We are 8 billions half-conscious genes building the fetus of whole conscious being. As a gene, you are the unique being in the world that has a specific information for a specific detail for that fetus. We discovered it when found that our DNA is merely a biological shape of a kind of universal matrix that is coming evolving since the Big Bang. It means that in this Universe is occurring a natural genetic process of reproduction of the unknown thing that triggered the Big Bang. We have located the first shape of this matrix encrypted into the electromagnetic spectrum of natural light waves. Since the last top of evolution here is consciousness and we have a bit of it, it means we will be into the thing to be reproduced. We, the 7,99 billion people after you are asking: please, do your job, we don´t want to born as hand caped…

Informer E Netcraft: medidores de rank na Internet sobre este website

December 10th, 2019

https://website.informer.com/theuniversalmatrix.com#tab_stats

 WWW.THEUNIVERSALMATRIX.COM 
Visit www.theuniversalmatrix.com

General Info – The Universal Matrix – Website about The Universal Matrix of the Systems and Natural Cycles. Website sobre A Matriz Universal dos Sistemas e Ciclos Naturais Keywords: science, Universal, universo, modus tollens, matriz, matrix, mitocondria, ciencia, austriak, vladimir poponinJul 16, 2019

Daily visitors: 534Daily pageviews: 1 068Alexa Rank: 1762817

Created:2008-01-09
Expires:2024-01-09
Owner:Luiz Carlos Morello
Hosting company:HostDime.com, Inc.
Registrar:PDR LTD. D/B/A PUBLICDOMAINREGISTRY.COM
IPs:107.161.189.66
DNS:ns07.hmnoc.net
ns07.hostmach.com.br
ns08.hmnoc.net
ns08.hostmach.com.br
Email:See owner’s emails

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

NETCRAFT

https://toolbar.netcraft.com/site_report?url=https://theuniversalmatrix.com

Lookup another URL: https://theuniversalmatrix.com

Background

This site does not support the SSL version 3 protocol. ( verificar isso em ….)

Site titleThe Universal MatrixDate first seenMarch 2008
Site rankPrimary languageEnglish
DescriptionWebsite about The Universal Matrix of the Systems and Natural Cycles. Website sobre A Matriz Universal dos Sistemas e Ciclos Naturais
Keywordsuniversal, universo, matrix, matriz, science, ciencia, austriak
Netcraft Risk Rating [FAQ]1/10

Network

Sitehttps://theuniversalmatrix.comNetblock OwnerHostDime.com, Inc.
Domaintheuniversalmatrix.comNameserverns07.hmnoc.net
IP address107.161.189.66 (VirusTotal)DNS adminwhm@hostmach.com.br
IPv6 addressNot PresentReverse DNSlogan.hmnoc.net
Domain registrarPublicDomainRegistry.comNameserver organisationwhois.mijninternetoplossing.nl
OrganisationR. Piaui 235, ap. 604, Londrina, 86010-420, BRHosting companyHostDime.com
Top Level DomainCommercial entities (.com)DNS Security Extensionsunknown
Hosting country US
IP delegationIPv4 address (107.161.189.66)IP rangeCountryNameDescription0.0.0.0-255.255.255.255N/AIANA-BLKThe whole IPv4 address space ⮡ 107.0.0.0-107.255.255.255 United StatesNET107American Registry for Internet Numbers  ⮡ 107.161.176.0-107.161.191.255 United StatesDIMENOCHostDime.com, Inc.   ⮡ 107.161.189.66 United StatesDIMENOCHostDime.com, Inc.

SSL/TLS

SSLv3/POODLEThis site does not support the SSL version 3 protocol.More information about SSL version 3 and the POODLE vulnerability.
HeartbleedThe site did not offer the Heartbeat TLS extension prior to the Heartbleed disclosure, and so was not exploitable.This test does not exploit the Heartbleed vulnerability but uses information from conventional HTTPS requests. More information about Heartbleed detection.
AssuranceDomain validation
OrganisationNot PresentCommon nametheuniversalmatrix.com
StateNot PresentCountryNot Present
Organisational unitNot PresentSubject Alternative Namecpanel.theuniversalmatrix.com, mail.theuniversalmatrix.com, theuniversalmatrix.com, webdisk.theuniversalmatrix.com, webmail.theuniversalmatrix.com, www.theuniversalmatrix.com
Validity periodFrom Oct 25 2019 to Jan 23 2020 (2 months, 4 weeks, 1 day)Matches hostnameYes
ServerApachePublic key algorithmrsaEncryption
Protocol versionTLSv1.2Public key length2048
Certificate checkokSignature algorithmsha256WithRSAEncryption
Serial number0x03f006959582b9102e7cd0ed57595eb781ebCipherECDHE-RSA-AES128-GCM-SHA256
Version number0x02Perfect Forward SecrecyYes
Next Protocol NegotiationNot PresentSupported TLS ExtensionsRFC4366 server name, RFC5746 renegotiation info, RFC4492EC point formats, RFC5077 session ticket, RFC4366 status request
Issuing organisationLet’s EncryptIssuer common nameLet’s Encrypt Authority X3
Issuer unitNot PresentIssuer locationNot Present
Issuer countryUSIssuer stateNot Present
Certificate Revocation ListsNot PresentCertificate HashjNWap6yskjRGMpqkhUq881APqo0
Public Key Hash96615c317ef6021bad75027cdf00a839484b2932fc31f8eda2816b0a50389e3c
OCSP servershttp://ocsp.int-x3.letsencrypt.org – 100% uptime in the past 24 hours  
OCSP stapling responseCertificate valid
OCSP data generatedDec 9 14:00:00 2019 GMTOCSP data expiresDec 16 14:00:00 2019 GMT
Certificate transparencySigned Certificate Timestamps (SCTs)SourceLogTimestampSignature VerificationCertificateDigiCert Yeti 2020
8JWkWfIA0YJAEC0vk4iOrUv+HUfjmeHQNKawqKqOsnM=2019-10-25 14:32:48SuccessCertificateGoogle Xenon 2020
B7dcG+V9aP/xsMYdIxXHuuZXfFeUt2ruvGE6GmnTohw=2019-10-25 14:32:48Success

Como a consciência se expressa no nosso ego-animal

December 7th, 2019

Assim como existe uma troca de DNA entre a mãe e o feto, através da placenta, o feto de consciência que estamos gestando insufla porções de consciência na psique humana através do cérebro.

Lendo um cientista me deparo com esta frase: “Mothers are also chimaeras, thanks to the exchange of cells with a fetus through the placenta”. Já tenho visto isso em outras leituras, algo como que o DNA do feto entra no sangue que retorna ao corpo da mãe e incorpora alguma coisa no DNA da mãe. Nunca busquei confirmar isso porque não tinha prestado atenção na valiosa pista embutida nessa idéia. A formula da Matrix/DNA tem sugerido que a nossa consciência existe como dentro de uma pequena bolha holográfica ligada ao cérebro por um cordão umbilical e pensando que a maioria dos nossos comportamentos são produzidos pelo ego animal com pouca dose de consciência tenho me perguntado como deve ser o relacionamento dessa bolha com o ego ou psique. esta dica da mãe e feto pode ser o mecanismo. Mas a bolha teria que ter o cordão ligado a psique que seria o conjunto das sinapses que constituem os pensamentos e não ligada ao cérebro. terei que googlar a busca dessa informação entre mãe e feto para ampliar essa ideia.

Para quem não sabe, a formula está sugerindo que somos 8 bilhões de genes semi-conscientes construindo uma característica de um embrião universal de auto-consciência cósmica. Veja bem: apenas uma das características de um embrião, não o embrião inteiro. As outras características estão sendo construídas por nossos irmãos genes semi-conscientes extraterrestres espalhados por todo este Universo.

Nós temos que nos auto-exorcizar dos instintos animalescos herdados na carne dos animais ancestrais para dar mais espaço para a consciência entrar e assumir nosso ser, senão continuaremos nessas condições de vida absurda e barbara devido tanto animalismo presente ainda na especie humana e corremos o risco de a especie humana ser extinta provocando um aborto prematura de uma característica inacabada do embrião universal, por isso penso que está na hora de haver uma intervenção de irmãos extraterrestres que estejam bem mais evoluídos. Já tenho praticado varias modalidades inéditas que ninguém mais está experimentando de meditação, sendo uma delas a tentativa de conduzir os fluxos de pensamentos com mais força para atravessarem o corpo caloso e alcançarem o hemisfério direito para assim conseguir o pensamento sistêmico e a leitura ou conexão com a luz natural universal que contem a formula da Matrix/DNA. Agora vou procurar mais métodos baseado nessa nova idéia: como fazer a consciência ter mais participação ou mais poder sobre o ego?

Método para comparar duas sequencias de nucleotídeos

December 6th, 2019

Global alignment of two sequences – Needleman-Wunsch Algorithm

https://vlab.amrita.edu/?sub=3&brch=274&sim=1431&cnt=1

Para a Matrix/DNA Theory, conhecer e poder analisar sequencias de nucleotídeos no DNA e RNA é muito importante, principalmente se na comparação entre suas sequencias de dois indivíduos se saber que houve uma mutação. Isto porque essa teoria tem uma interpretação sobre nucleotídeos bastante diferente da interpretação acadêmica e talvez nossa abordagem seja mais eficiente. Nestes quadros se mostra um exemplo do método que aplicam para estudarem estas sequencias.

The alignment between the two sequences is shown in Figure 4, the gaps are represented with ‘-‘. If a match is there between the two nucleotide there is a symbol ‘|’ and the mismatch is represented with a dot ‘.’ – Figure 4: Screenshot explains the Alignment of the two sequences

A Matrix/DNA transfere o mistério daqui para o antes do Universo mas para as dimensões ao lado também

December 6th, 2019

A formiga nada sabe do nosso mundo humano, mas ela convive conosco. Então porque não pode acontecer que mesmo nada sabendo do mundo da sétima faixa, ou sétima dimensão, não estejamos no mesmo lugar convivendo com as formas e seres daquela dimensão?

A fórmula que está em mim veio dos meus pais que veio dos avos que veio dos macacos, das amebas, da galaxia, do átomo e … do desconhecido sistema natural que plantou seu genoma antes ou no ato do Big Bang. Podem alegar que o que eu fiz foi igual à Teoria da Panspermia, que transfere a origem da vida para outro astro mas não explica como ela surgiu naquele astro. Mas isto aqui é muito diferente da Panspermia.

E como surgiu o ser natural que expeliu o genoma? Enfim, a minha teoria parece necessitar de uma causa inicial supernatural e talvez magica, ocorrendo antes do Big Bang. Porem, a minha teoria da luz sugere que talvez não. Para explicar isso preciso antes fazer a analogia da formiga.

A formiga não tem a menor noção da existência dos humanos, do ambiente que foi modelado pelos humanos, apesar dela viver juntos conosco no mesmo mundo. Quando ela está subindo na parede, ela pode sentir que está subindo uma montanha, não tem a menor noção que está na casa de humanos. Quando um humano se aproxima da formiga, seus sensores devem informar o que nossos sensores informam quando estamos perto de uma montanha e vem vindo uma rocha ou avalancha de pedras rolando. Sentimos o chão vibrar, como a formiga deve sentir vibração no piso devido aos nossos passos. Vemos um enorme bólido da avalancha e assim a formiga deve visualizar um corpo humano, como uma enorme pedra, sem maiores complexidades. Ela não tem cérebro e sistema nervoso para ser capaz de processar as informações do que é um animal gigantesco centenas ou milhares de vezes o tamanho dela e o qual provavelmente ela nunca vê, apenas capta alguns sinais elétricos ou luminosos. Me parece que você pode chegar na frente dela, aproximar sua mão dela, e ela não se move, ela não esta te vendo. Apenas se toca-la ela se move e sai correndo.

Pois bem. Nos humanos vemos a luz. Mas a luz tem varias formas diferentes acopladas numa só onda. Cada forma tem uma cor quando reflete num prisma ou passa na atmosfera formando o arco-iris. Mas estas cores que vemos não são cores da onda de luz, são cores de apenas uma das formas da luz. A forma que vemos damos o nome de luz visível. As outras seis formas não captamos, nada vemos, mesmo que no espectro geral ela apareça dividida em cores também ( veja a imagem do espectro eletromagnético abaixo). A luz visível esta bem no meio da onda de luz, pois se são sete formas, a luz visível é a quarta forma, deixando três formas de um lado e as outras três do outro lado.

Sugere a Matrix/DNA que uma onda de luz original trouxe a este nosso universo material a formula que cria sistemas naturais e nestes incluindo nos, humanos. E que as sete formas da onda são exatamente as sete formas diferentes de um corpo humano, produzidas pelo ciclo vital. Isto significa que estamos a faixa da onda que vemos, a luz visível, corresponde no humano a sua forma de adulto jovem, recém vindo da juventude.

Cada forma da luz tem um tipo de vibração, uma sequencia, um comprimento de onda, tudo especifico a ela, os quais são diferentes de todas as outras seis faixas de onda. Então a primeira faixa corresponde aos primórdios da onda, da vida, do universo, do ser humano, etc. É a faixa do baby recém nascido, chamada de raios gama, onde sua energia e vibração esta em maior intensidade. A segunda fase corresponde a criança, ou todas as formas infantis dos outros elementos. As três faixas acima da nossa são do adulto amadurecido e vai até os fragmentos do cadaver que corresponde aos fragmentos da luz em fótons.

A formiga nada sabe do nosso mundo humano, mas ela convive conosco. Então porque não pode acontecer que mesmo nada sabendo do mundo da sétima faixa, ou sétima dimensão, não estejamos no mesmo lugar convivendo com as formas e seres daquela dimensão? Não temos sensores para captar o que esta construído acima do mesmo piso que vivemos, não temos cérebro suficiente para processar as elevadas informações, mas vivemos no mesmo mundo, dentro dele. Não existe separação entre nos e eles entre natural e super-natural, pois tudo é natural, como entre nos e a formiga tudo é natural. Tente imaginar que a diferença entre a parte do mundo captada por nós não é apenas temporal e sim, espacial, ou seja, não é o caso de antes ou depois do Universo, como se aquele antes e depois estivessem fora do universo. Talvez, na diferença espacial, devíamos olhar apara os lados, pois talvez, aqui bem próximo a nós, ou no mesmo local que estamos, estão as fronteiras entre a quarta e quinta dimensões, a sexta está logo ali, vizinha à nossa direita, etc. Sei que é difícil processar mentalmente isso, mas a analogia da formiga pode ajudar a iniciar a sentir o x da coisa.

Agora vamos supor que os seres da sexta, da sétima faixa, também se reproduzem. As formigas se reproduzem, quase como nos. Vamos supor ainda que as formigas são nossas ancestrais, estão no tronco da arvore da evolução em que estamos. E que de alguma forma quando estamos sendo formados na embriogênese, em algum momento os genes tem que construir as estruturas básicas da formiga que permanecem em nós, o que significaria que naquele estagio tenhamos quase a mesma forma da formiga. Se isso também acontece com os seres da sétima faixa da onda de luz, em algum momento da embriogênese deles seus genes estão construindo as estruturas básicas do corpo humano, e naquele momento eles tem a forma quase humana.

Mas sendo de sétima geração tudo neles será astronomico para nós, inclusive suas escalas de tempo e espaço. De maneira que se nossa embriogênese demora 9 meses, a deles pode demorar 20 bilhões de anos.

A formula da Matrix/DNA sugere que neste universo esta ocorrendo um mero processo de reprodução genética. Tudo o que aconteceu nestes 14 bilhões de anos foi a mesma sequencia e historia do que acontece nos sete ou oito meses da nossa embriogênese. Portanto, isto indica que a especie humana aqui e agora é a forma do feto – talvez já do embrião – de um ser filho de alguém da sétima dimensão. Como a formula sugere que seres da sétima dimensão possuem o corpo como sistema natural porem cuja substancia é luz, e alem da luz tem a super-consciência cósmica, isto indica que somos o feto de uma super-consciência. De fato, observando nosso primitivo estagio consciente, parece que somos isto mesmo.

Então, mesmo que transferimos a origem do sistema natural universal – que inclui os seres vivos – para antes do Big Bang, não estamos saindo do mundo natural, não estamos sugerindo a existência de um, criador super-natural. Ou os humanos seriam supernaturais para as formigas? Claro que não…

Observe a ínfima faixa ente UV e Infrared: é apenas isso que vemos e captamos do nosso mundo… mas está certo, os fetos nada captam do mundo externo alem do seu universo-bolsa. Se captamos esta faixa toda é graças ao fato que não somos um feto biológico qualquer, somos o feto de uma super-consciência, e assim já podemos captar algo fora dos universos-bolsas, tais como estrelas, galaxias, etc.

Lista dos péssimos e errados designers na Natureza

December 5th, 2019

Lista feita por um anônimo:

The process of evolution by natural selection is estimated to have an IQ of about 1. It works by trial and error, mostly error. It takes hundreds of thousands of years because it is so stupid. In contrast, Yahweh is alleged to have an IQ of ∞. For some reason, he is allegedly extremely partial to humans over all other species. Evolution works by spawning variants almost identical to the parents and natural selection wipes out all but the best of them. It takes about 200 million years to notice any appreciable cumulative difference in the current generation. This means that the humans who were living at the dawn of agriculture 10,000 ago were for all practical purposes identical to us. Many creationists erroneously imagine evolution is the morphing of a single individual into a new species that takes place over a few seconds. The animal kingdom exhibits so much bungling in their design, it can’t be the work of a competent designer, much less a divine one. Which designer more likely joined the windpipe of a human to his esophagus so that if he is inattentive for even a second he can choke to death? Which designer more likely gave much better eyes and lungs to birds than to humans? Humans have the optic nerve attached to the wrong side of the retina causing a blind spot. Which designer more likely gave man a spine more suited for a quadruped, meaning he would be vulnerable to back pain? Which designer more likely gave women birth canals far too small for extruding babies (or babies with heads too big). Other animals don’t have that problem. Which designer more likely gave humans teeth that are prone to cavities and that wear out part way through life? Which designer more likely made the laryngeal nerve in a giraffe do a 4.57 metres (15 ft) needless detour? Which designer more likely added useless organs like vestigial legs on snakes, appendixes in humans, vestigial pelvises in whales, dew claws on dogs, chestnuts on horses (vestigial toes)? Which designer more likely gave the crocodile belly armour, but not the human? Which designer more likely gave humans bodies that craved foods, chemicals and drugs that were harmful to them? Which designer more likely gave humans bodies that craved a sedentary existence when they needed exercise to survive? Which designer more likely gave koalas backward-facing pouches tending to dump the young out on the ground? Which designer would pack the genome with vestigial genes from ancestor species? Creationists insist there is no such thing as ancestor species. They claim Yahweh created each species from scratch. Any similarity between species (e.g. the various types of rat) is as illusion. Which designer more likely put an additional chameleon-style visual system in a human which does not provide conscious vision, along with the usual conscious one? Evolution can explain why it is there. Intelligent Design cannot. Creationists have a problem. If they ascribe all this incompetence to Yahweh, he will be seriously insulted.

A desilusão e a barbara moral das religiões biblicas

December 4th, 2019

‎”Se houver um Deus, Ele terá que implorar meu perdão.”

Uma frase que foi esculpida nas paredes de uma cela de campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial por um prisioneiro judeu.

” Pai, o Pai, porque me abandonastes?

Segundo a Biblia, ultima frase de Jesus Cristo morrendo torturado na cruz.

Minha madrasta foi uma autentica serva do Deus sugerido pela Biblia que ela leu e releu e sabia cada paragrafo de cor. Doava muito alem do dizimo para a igreja e seus bazares beneficentes e passava mais tempo ajudando na igreja que em casa. Quando adoeceu aos 75 anos com Alzheimer, nunca mais apareceu ninguem da igreja para ajuda-la e ficou mais de des anos vegetando num sofrimento horrível com essa doenca que paralisa todo o corpo. Qual seria a frase dela para o Deus da Biblia quando morreu?

Eu nunca vou aceitar nenhum tipo de intermediário entre eu e Deus. Nem humano, nem extraterrestre, nem espíritos, nem antigos judeus humanos. Claro que os tres exemplos acima mostram que o relacionamento entre Deus e humanos é totalmente diferente do relacionamento entre humanos e o Deus descrito na Biblia. E não consigo entender como os seguidores da Biblia em pleno século XX não entendem isso.

O custo desse erro infantil, fatal, o alto preço a pagar, é o individuo fazer coisas na vida sem inteligencia firmada na realidade porque fez as coisas na vida firmadas numa crença, num Deus errado, coisas que acarretam estas consequências no final da vida.

Se voce analisar corretamente, perceberas que nos tres exemplos acima os tres individuos fizeram as coisas que resultaram naturalmente, fisicamente, nas trágicas consequências. Fizeram o que a Biblia mandou e se f…

Procure voce o tipo de Deus que sua intuição sugerir e fique com Ele, apenas você e mais ninguem. E não queira prega-lo a outros que pelas suas intuições diferentes pensarão num tipo de Deus em alguma coisa diferente do seu, e talvez os deuses dos outros estejam mais perto da verdade que o nosso.

Os defensores deste livro escrito por bárbaros alegam que se nao fosse a biblia nao haveria como civilizar uma especie que nasce com os instintos barbaros da besta fera. Dizem que se existe moral nesta civilizacao é porque ela veio de Deus – mas do tipo de Deus bárbaro, vingativo, cruel, imaginado por eles, o qual nada mais é que uma auto-projecao do barbarismo selvagem que estava encriptado na mente dos autores. Abaixo esta uma lista feita por um anonimo das morais sugeridas na Biblia:

Your Morality Came From God?? What you really mean is your morality came from the bible. You are presuming god wrote the bible despite all evidence to the contrary. Biblical morality is so insane and so out of date, even the most fanatical Christians ignore it, while giving it lip service. e.g. beat your wife and kids. dash out the brains of babes of neighbouring tribes. do not use antibiotics. force women to marry their rapists. keep slaves. kill anyone who eats leftovers on the third day. kill adulterous women. kill all Ameleks or any of dozens of other ethnicities. kill all Sunday shoppers. kill all brides without hymens. kill all gays, not just refuse to make them cakes. kill all prostitutes. kill all unwed mothers. kill all witches. kill anyone of a different religion and all their non-Christian friends. kill anyone who cuts his hair or beard. Elsewhere it condemns you for not trimming your beard. Elsewhere it demands rounded and square shapes. You can’t win. kill anyone who eats a shrimp, lobster, owl, rabbit, rare roast, snail, hare, clam, shrimp, oyster, camel, pork, swan, owl, eagle, osprey, bat, dog, locust, beetle or dozens of other animals. kill anyone who grows more than one species of plant in a field. kill anyone who owns a painting. kill anyone who rakes leaves on Sunday. kill anyone who says the word god. kill anyone who wears more than one type of fibre in his clothing. kill anyone with a statue in their yard. kill anyone with a tattoo. kill females who speak in public. kill sassy teens. obey rules involving ritual uncleanliness of menstruation. you must sacrifice animals. you must sacrifice your first born to Yahweh on an altar. you must use separate cookware and dishes for milk and meat. you must love your enemies. you must sell all you have and give the proceeds to the poor. Take no thought for the morrow. Become a homeless person. you must abandon your family. being horny is equivalent to adultery, but only for heterosexual males. This encourages real adultery on the grounds of being hanged as a sheep as a lamb. The purpose of this law is to keep males perpetually guilty and hence easy to manipulate. This is just the fantasy of a paedophile priest, who inspired Islam’s 72 virgins. It is ok to beat your slaves so long as they do not die immediately. JWs claim the bible commands no blood transfusions, even if it means death. There is no such commandment. Transfusions were not invented until 1818. There are commandments about eating blood, but JWs ignore the other dietary commandments. That’s not morality. That is obsessive-compulsive disorder. None of those commandments makes any sense except avoiding shellfish in a world without refrigeration, but there is no need to kill anyone. But you don’t behave like a barbarian even though you ignore the bible. So you must have some other primary source of morality namely what your culture considers acceptable behaviour and what your legal system says is acceptable. You can’t be serious proposing biblical morality to be enforced with law. You need to read the bible cover to cover before making such a preposterous claim.

Pondo o Sistema Universal dentro do seu corpo, o seu interesse em conhecer os detalhes do seu corpo te conduzem a intuir os detalhes do sistema universal e assim, reducionisticamente, você é levado a conhecer o TODO!

December 3rd, 2019

Abaixo tem uma extensa copia da introdução ao relato de uma investigação cientifica sobre um detalhe do corpo: o mecanismo que faz o diafragma inspirar o ar. Focando uma minuscula parte da medula óssea, os cientistas vão relatando o que constatam e que já foi constatado antes por outros cientistas em varias investigações. Como se trata de um documento cientifico, os autores são obrigados a citar cada documento publicado antes sobre os detalhes, confirmando o que estão observando. Apenas depois disso eles vão mencionar o que descobriram alem do que já se sabe.

O que precisa notar aqui é como um minimo pedacinho, talvez microscópico, e apenas da medula óssea, já revelou tantos mecanismos e processos feitos pela Natureza. E nessa experiencia em particular, os cientistas foram descobrir que existe mais um mistério – “Como faz, o que bombeia o inicio da inspiração quando o bombeador normal num corpo saudável foi injuriado e parou de funcionar?! Alguma coisa que não estava funcionando entrou em funcionamento e continuou o bombeamento. Assim foram suspeitar que existe uma invisível ou desconhecida network alem da network normal. Isto vai desencadear uma nova onda de pesquisas encima daquele detalhezinho. E algo mais profundo, ainda nem sequer imaginado, existente na Natureza, será descoberto!

Permita-me agora analisar isto sob a perspectiva da minha cosmovisão construída quando pensei ter descoberto a formula universal de todos os sistemas naturais na selva amazônica. Tudo o que eu disser daqui para a frente, lembre-se, é dedução da minha teoria consultando aquela formula.

” O corpo humano está montado como um sistema, à imagem e semelhança, na sua estrutura ultima, de todos os outros sistemas existentes no Universo. Na verdade todos os outros sistemas nada mais são que copias evolutivas derivadas de um sistema universal que se iniciou nas origens do Universo, talvez com o Big Bang. Assim, sistemas atômicos, astronômicos, como o sistema-corpo de bactérias, são todos nossos ancestrais na nossa linhagem evolucionaria. A formula universal surgiu neste mundo com todas as informações existentes dentro deste Universo. Então tudo o que a Natureza faz é uso e ativação daquelas informações. Para entender isto lembre-se que quando nasce um complexo corpo humano, tudo o que ali está veio de informações contidas no genoma inicial de seus pais. A formula universal é um genoma, vinda do alem deste Universo.

Parece-me ser uma meta suprema desta Natureza Universal conduzir o sistema universal que está crescendo, evoluindo, dentro deste Universo, a aprender e conhecer por completo o que é, como é, como funciona, a formula deste genoma extra-universal. Nestes tempos e aqui na Terra, uma copia deste sistema universal é a especie humana, então ela está sendo conduzida nesta aprendizagem.

Mas a espécie humana é uma forma do sistema universal quase microscópica, limitada a uma ínfima parte do espaço sideral, então como sua inteligencia pode ser conduzida a se desenvolver, sem acesso as informações que estão muito distantes? Simples: todas as informações do Universo estão na formula que esta dentro do corpo humano, expressadas nos mínimos detalhes das carnes, dos ossos, das substancias. Estes detalhes no corpo humano causam mal-estar na inteligencia humana quando estão funcionando mal, com dores, paralisias, disfunções, etc. Então essa inteligencia tem que entrar fundo nestes detalhes buscando conhece-los para ver se os consertam quando estão errados. E assim vamos aprendendo informações em nós mesmos que servem, muitas vezes inconscientemente e por intuições inexplicáveis, para ao mesmo tempo ir-mos montando modelos de galaxias, átomos, coisas distantes de nós nas dimensões do Universo, nos aproximando cada vez mais do conhecimento mais correto do que é este mundo, mesmo estando limitados neste pequenino ponto no espaço-tempo!

Por exemplo, a suspeita dos cientistas nessa investigação de que existe uma network inibida, apenas em estado latente, que eles nunca conseguiram detectar, alem da normal network de músculos e nervos e neurônios que eles detectam, está conduzindo os humanos a uma descoberta fantastica, uma das coisas mais importante neste Universo. Trata-se de que este nosso mundo é feito como os computadores, possui um hardware – o mundo material que captamos – e um software – o mundo dos fótons que são partículas de luz constituindo os circuitos da formula Matrix, dentro de todos os sistemas. Não posso explicar aqui, mas a formula esta sugerindo que estes fótons interconectados com nossa matéria estão no estado de anti- fótons, com energia negativa e talvez opacos, escuros, pois seriam os fragmentos de uma onda de luz original que se fragmenta em fótons e estes tem a tendencia a retornarem pelos caminhos que vieram, reconstruindo a onda de luz original e quando chegam próximo á fonte se tornam novamente fótons positivos ( Como analogia, o genoma dos pais caem num oceano amniotic o e os genes começam a trabalhar para reconstruir o corpo dos pais, nossa conhecida reproduce genética sexual). Por serem quase fantasmagóricos não captamos os fótons e muito menos as networks que formam pois os fios de conexões são mais abstratos que as sinapses. Creio que é esta network que está escondida naquela região da medula espinhal e que os cientistas estão pressentindo, que apenas entrou em ação para salvar uma vida que não poderia viver sem inspirar ar. Quando os cientistas pensam com extrema curiosidade nesta network latente eles estão, sem o saberem, sendo conduzidos a descobrirem o que existe nas mais complexas dimensões deste universo, dentro de átomos, galaxias, etc.

Com isso descobri uma maior utilidade do reducionismo, este método cientifico que eu vinha, sem razão, combatendo porque acho que ele está impedindo o florescimento de um método ainda mais importante, o sistêmico.”

Copiei o pequeno trecho da introdução do paper cientifico apenas para ilustrar como temos que nos reduzir ao tamanho e dimensões de detalhes microscópicos para ir aprendendo o que a Natureza faz e é capaz, pois o que ela faz nas dimensões microscópicas aqui é o que ela aplica nas dimensões macroscópicas universais.

A Latent Propriospinal Network Can Restore Diaphragm Function after High Cervical Spinal Cord Injury: Cell Reports

https://www.cell.com/cell-reports/fulltext/S2211-1247(17)31381-5

Introduction

(Apenas uma observação: para você entender o texto mudei as cores de parágrafos. O texto dos autores esta em negro. Mas a cada citação de outros trabalhos que fazem, interrompi o texto para mostrar os outros trabalhos mencionados nestas citações, assim se tem uma ideia do grande grupo de cientistas e experiencias laboratoriais envolvidos no assunto. Quando retorna o texto dos autores, observe no inicio do paragrafo existe um parêntesis em aberto)

) Inspiration—the act of drawing air into the lungs—is executed primarily by the diaphragm, which contracts ∼20,000 times per day and 108 times over the average human lifespan. The diaphragm is solely innervated by phrenic motor neurons (PMNs), which are anatomically positioned at spinal cord levels C3-5/6. Thus, injury to the cervical spinal cord severely compromises diaphragm function.Excitatory circuits of the pre-Bötzinger complex (preBötC), located in the ventrolateral medulla, generate inspiration and relay inspiratory drive to PMNs via a medullary premotor nucleus termed the rostral ventral respiratory group (rVRG; Smith et al., 1991

  • Smith J.C.
  • Ellenberger H.H.
  • Ballanyi K.
  • Richter D.W.
  • Feldman J.L.

Pre-Bötzinger complex: a brainstem region that may generate respiratory rhythm in mammals.Science.1991; 254: 726-729

). Neurons of the rVRG maintain bulbospinal projections that synapse directly with PMNs (Davies et al., 1985

  • Davies J.G.
  • Kirkwood P.A.
  • Sears T.A.

The detection of monosynaptic connexions from inspiratory bulbospinal neurones to inspiratory motoneurones in the cat.J. Physiol.1985; 368: 33-

Crossref PubMed

Scopus (84)

Google Scholar

, Dobbins and Feldman, 1994

  • Dobbins E.G.
  • Feldman J.L.

Brainstem network controlling descending drive to phrenic motoneurons in rat.J. Comp. Neurol.1994; 347: 64-86

Crossref

PubMed

Scopus (362)

google Scholar

, Duffin and van Alphen, 1995

  • Duffin J.
  • van Alphen J.

Bilateral connections from ventral group inspiratory neurons to phrenic motoneurons in the rat determined by cross-correlation.Brain Res.1995; 694: 55-60

, Ellenberger and Feldman, 1988

  • Ellenberger H.H.
  • Feldman J.L.

Monosynaptic transmission of respiratory drive to phrenic motoneurons from brainstem bulbospinal neurons in rats.J. Comp. Neurol.1988; 269: 47-57

, Ellenberger et al., 1990

  • Ellenberger H.H.
  • Feldman J.L.
  • Goshgarian H.G.

Ventral respiratory group projections to phrenic motoneurons: electron microscopic evidence for monosynaptic connections.J. Comp. Neurol.1990; 302: 707-714

); therefore, it is well established that rhythmic PMN bursts arise from circuits rostral to the spinomedullary junction. Evidence that rVRG axons make direct synaptic contact with PMNs comes from studies examining cross-correlation between rVRG units and phrenic nerve activity, which exhibit 1- to 2-ms latencies typical of monosynaptic connections (Davies et al., 1985

  • Davies J.G.
  • Kirkwood P.A.
  • Sears T.A.

The detection of monosynaptic connexions from inspiratory bulbospinal neurones to inspiratory motoneurones in the cat.J. Physiol.1985; 368: 33-62

, Duffin and van Alphen, 1995

  • Bilateral connections from ventral group inspiratory neurons to phrenic motoneurons in the rat determined by cross-correlation.Brain Res.1995; 694: 55-60

). Additional evidence comes from anatomical studies demonstrating close apposition of rVRG axons, identified by anterograde labeling, with the dendritic arbors of retrogradely labeled PMNs (Ellenberger and Feldman, 1988

  • Ellenberger H.H.
  • Feldman J.L.

Monosynaptic transmission of respiratory drive to phrenic motoneurons from brainstem bulbospinal neurons in rats.J. Comp. Neurol.1988; 269: 47-57

, Lane et al., 2008

  • Lane M.A.
  • White T.E.
  • Coutts M.A.
  • Jones A.L.
  • Sandhu M.S.
  • Bloom D.C.
  • Bolser D.C.
  • Yates B.J.
  • Fuller D.D.
  • Reier P.J.

Cervical prephrenic interneurons in the normal and lesioned spinal cord of the adult rat.J. Comp. Neurol.2008; 511: 692-709

). Also, synapses between rVRG axon terminals and PMNs have been identified at the ultrastructural level (Ellenberger et al., 1990

  • Ellenberger H.H.
  • Feldman J.L.
  • Goshgarian H.G.

Ventral respiratory group projections to phrenic motoneurons: electron microscopic evidence for monosynaptic connections.J. Comp. Neurol.1990; 302: 707-714

).The simplest model, which is widely accepted, is that PMN bursts are always directly evoked by rVRG input. Nonetheless, there are also data indicating that, in the absence of supraspinal (rVRG) input, PMN activity can be initiated centrally by various pharmacological manipulations (Coglianese et al., 1977

  • Coglianese C.J.
  • Peiss C.N.
  • Wurster R.D.

Rhythmic phrenic nerve activity and respiratory activity in spinal dogs.Respir. Physiol.1977; 29: 247-254

, Ghali and Marchenko, 2016

  • Ghali M.G.Z.
  • Marchenko V.

Patterns of phrenic nerve discharge after complete high cervical spinal cord injury in the decerebrate rat.J. Neurotrauma.2016; 33: 1115-1127

, Reinoso et al., 1996

  • Reinoso M.A.
  • Sieck G.C.
  • Hubmayr R.D.

Respiratory muscle coordination in acute spinal dogs.Respir. Physiol.1996; 104: 29-37

, Viala et al., 1979

  • Viala D.
  • Vidal C.
  • Freton E.

Coordinated rhythmic bursting in respiratory and locomotor muscle nerves in the spinal rabbit.Neurosci. Lett.1979; 11: 155-159

, Zimmer and Goshgarian, 2007

  • Zimmer M.B.
  • Goshgarian H.G.

GABA, not glycine, mediates inhibition of latent respiratory motor pathways after spinal cord injury.Exp. Neurol.2007; 203: 493-501

) or by electrical stimulation (Huang et al., 2016

  • Huang R.
  • Baca S.M.
  • Worrell J.W.
  • Liu X.
  • Seo Y.
  • Leiter J.C.
  • Lu D.C.

Modulation of respiratory output by cervical epidural stimulation in the anesthetized mouse.J. Appl. Physiol.2016; 121: 1272-1281

, Kowalski et al., 2013

  • Kowalski K.E.
  • Hsieh Y.H.
  • Dick T.E.
  • DiMarco A.F.

Diaphragm activation via high frequency spinal cord stimulation in a rodent model of spinal cord injury.Exp. Neurol.2013; 247: 689-693

). Although it has been suggested that this activity might be generated by a spinal analog of the preBötC (Ghali and Marchenko, 2016

  • Ghali M.G.Z.
  • Marchenko V.

Patterns of phrenic nerve discharge after complete high cervical spinal cord injury in the decerebrate rat.J. Neurotrauma.2016; 33: 1115-1127

), the origin of this activity has always been elusive. Indeed, it is largely unclear whether this PMN activity is caused by pharmacologic/electrical action on PMNs themselves or whether these manipulations engage propriospinal neurons, which are also known to synapse with PMNs (Dobbins and Feldman, 1994

  • Dobbins E.G.
  • Feldman J.L.

Brainstem network controlling descending drive to phrenic motoneurons in rat.J. Comp. Neurol.1994; 347: 64-86

, Lane et al., 2008

  • Lane M.A.
  • White T.E.
  • Coutts M.A.
  • Jones A.L.
  • Sandhu M.S.
  • Bloom D.C.
  • Bolser D.C.
  • Yates B.J.
  • Fuller D.D.
  • Reier P.J.

Cervical prephrenic interneurons in the normal and lesioned spinal cord of the adult rat.J. Comp. Neurol.2008; 511: 692-709

, Lipski et al., 1993

  • Lipski J.
  • Duffin J.
  • Kruszewska B.
  • Zhang X.

Upper cervical inspiratory neurons in the rat: an electrophysiological and morphological study.Exp. Brain Res.1993; 95: 477-487

, Lois et al., 2009

  • Lois J.H.
  • Rice C.D.
  • Yates B.J.

Neural circuits controlling diaphragm function in the cat revealed by transneuronal tracing.J. Appl. Physiol.2009; 106: 138-152

). Importantly, there is no existing evidence that, when isolated from the medulla, propriospinal neurons can generate spontaneous PMN burst activity.If there is a population of propriospinal neurons that can generate PMN bursts, then it is important to determine whether these interneurons simply relay inspiratory drive from the preBötC (e.g., preBötC → rVRG → interneuronal burst population → PMNs) or whether these neurons act as part of some other independent system—and what relevance this system might have. In this study, we establish an ex vivo model of spinal cord injury (SCI) and combine this model with pharmacologic and optogenetic perturbations to investigate whether propriospinal circuits are capable of evoking PMN bursts. We identify a recurrent excitatory network that is both sufficient and necessary for PMN bursting in the absence of the medulla and show that activity generated by this network is dissociable from bona fide inspiration. Furthermore, we demonstrate that this network can be used to promote diaphragm function after SCI in adult mice and rats.