Posts Tagged ‘Brasil’

Quem é você agora, como um acionista-sócio com mais 200 milhões de uma empresa chamada Brasil? Qual seria sua postura mais inteligente perante essa pandemia de vírus, de crise econômica, e de radicais cercando o Planalto? Talvez o ajude a se decidir fazendo o sacrifício breve de ler o longo texto abaixo:

Monday, June 22nd, 2020

O que você faria se tivesse uma empresa em que os dirigentes e chefes de secção estivessem divididos em dois sindicatos, um querendo derrubar o outro para ficar com o dinheiro total das mensalidades sindicais? Como sua empresa é muito grande e você pouco comparece para fiscalizar e administrar, estes sindicatos tem o poder de promover seus correlegionários aos cargos mais bem remunerados dentro da empresa. Mas desde sua casa no sitio onde moras recebes noticias preocupantes da empresa, os dois grupos estão em uma guerra que está ameaçando a subsistência da empresa toda. Os lucros caíram tanto que como acionista responsável, ao invés de receber mensalmente os dividendos, você está tendo que desembolsar dinheiro para pagar despesas e dividas da empresa. Então você arruma a mala e vai lá, na sede da empresa, observar o que está havendo. Antes de entrar na orta te deparas com uma balburdia de manifestações na entrada, como mostra esse vídeo. Mas, raios, você houve os dois grupos bradando em lutando por uma mesma palavra: DEMOCRACIA. O que significa esta palavra? No seu dicionario é: governo da empresa pertence aos acionistas e será exercido pelos acionistas. Mas você já repetiu varias vezes que tem sua vida sossegada e não quer trabalhar dirigindo nada, e os manifestantes sabem disso. Então significa que os dois grupos querem exercer o poder da direção no lugar dos acionistas. Se estes manifestantes dos dois lados dissessem a realidade de seus objetivos, seria: ” O poder nos pertence e nós vamos exerce-lo”.. Aí você deveria reagir: ” Isso não. Jamais! Eu e a maioria dos sócios somos os donos aqui e não vamos dar a empresa para ninguém”. E suponha que num chamado telefônico os outros acionistas fossem a Brasilia para juntarem-se a ti. Vocês chamariam o corpo de segurança e mandariam enxotar os manifestantes, se sentariam na cadeira do comando e inciariam a discussão de como resolver isto. Mas para sua surpresa, o corpo de segurança apareceria cercando a sede, arrombando o prédio e de armas em punho ordenando que vocês se retirem para suas casas. Um motim dos subordinados? Apareceu agora um terceiro grupo? Que desrespeitam a constituição dizendo que o poder sempre será dos acionistas? Mas quem começou, como se formou este terceiro grupo dentro do corpo de segurança? Existe uma maneira de saber. Na empresa, desde quando estavam iniciando sua construção, foram instaladas câmeras secretas, que nem um dos três grupos sabiam, e os monitores destas câmeras estavam num local que os acionistas sabiam. Então vocês correm para lá assistir os videos, pois eles registraram cada dia, cada detalhe de cada área da empresa, eles são o testemunho da Historia da Empresa. Mas quando ligam o monitor, uma surpresa inexplicável acontece: os personagens que aparecem na Historia não são humanos! Nem mesmos os acionistas que trabalharam na construção! São animais, como lobos, raposas, hienas, e a maioria são coelhos, ovelhas! Os cavalos, ovelhas, antas, são quem trabalham no pesado, cercados pelos lobos e hienas armados com proeminentes caninos. Pelos movimentos e obras dos trabalhadores, os acionistas vão descobrindo que eram os mesmos contados por seus avôs, sobre o que fizeram na construção da empresa, e então descobrem que os cavalos e ovelhas representam a eles, os acionistas. Daí descobrem que os lobos e hienas representam os dois sindicatos… que para sua surpresa, já existiam desde antes da construção. Pelos 500 anos da empresa, sempre se revezaram no poder, ora os lobos, ora as hienas. Mas todas as vezes que os lobos ou hienas tomavam decisões importantes, saía antes pelos portões da empresa um grupo deles, e subiam uma colina vizinha. Quando retornavam já vinham com a decisão pronta e atuavam. Toda a atenção de vocês se voltaram para a colina. O que haveria lá? Quem tinha o real poder e dominava toda a empresa, inclusive lobos e hienas?! Por sorte alguém lembrou que numa arvore distante dos portões, no alto da colina, havia sido instalada uma câmera por um acionista muito desconfiado, cujo nome era Abreu, e todos os chamavam de “Só acredito vendo!”. Mas o monitor desta câmera estava na casa antiga do Abreu, agora ali residindo sua quarta ou quinta geração. Vocês correm para lá pouco esperançados de que vão encontrar ainda o monitor, mas por sorte, no sótão da casa esta o monitor e ainda mantendo os filmes da câmera. Quando o assistem, veem o alto da colina e lá, quem reside? Tigres, anacondas, até remanescentes dos antigos dinossauros! Sim, claro, agora tudo se explicava. Vocês nunca foram acionistas donos da empresa, apenas donos do trabalho real efetuado na construção e agora do trabalho mantenedor feito pelos seus herdeiros destas gerações. Os lobos e hienas nunca exerceram o poder de fato, e não podiam, pois se dessem motivos, os tigres desceriam arrasando a todos. E vocês identificam na pele dos tigres, o grupo do corpo de segurança, o terceiro grupo, também existindo meio oculto na colina. Faltava então saber quem era o chefe dos tigres, quem era o primeiro no poder. A câmera nunca o mostrou, mas notaram que sempre antes das importantes decisões, também um grupo de tigres saiam da colina pelo outro lado, embarcavam numa caravela e se lançavam ao mar, na direção da… Europa. Logo os acionistas destacam um grupo para comprarem os bilhetes e viajarem na caravela que ainda continua lá fazendo o mesmo percurso.”Vendo onde a caravela desembarca vamos chegar aos pés do grande poderoso oculto”, vocês pensam. E quando o grupo retorna, mais uma surpresa. Não existe um grande poderoso, mas vários deles, são quase 5.000. Todos vivem no ponto final da caravela, um condomínio numa ilha luxuosa com suntuosos palácios. E pasmem: os moradores não são humanos. São animais: leões, anacondas e até alguns antigos remanescentes de dinossauros. Por isso todos os três grupos não tomam o verdadeiro poder para sempre, pois como lobos e hienas se defenderiam de leões e anacondas?”

Esta a Historia Real dessa Empresa Brasil, que antes da DEMOCRACIA, era uma grande fazenda dividida em 13 lotes menores, as capitanias hereditárias.

Mas então os acionistas estão para sempre perdidos? Como recuperar, ou finalmente assumir o que de fato nunca foi deles, mas que tem o direito soberano de serem os donos pois fizeram todo o trabalho duro da construção e manutenção? Adiantaria combaterem os tentáculos dos leões aqui no território, eliminando ou catequizando lobos e hienas, convencendo-os de que também são como escravos explorados, e que ao invés de se digladiarem, devem se juntarem aos acionistas para libertar a empresa dos leões? Certamente que se isso fizerem os leões vão descer da colina com todo furor, e poderão se defender cavalos, ovelhas, lobos e hienas, dos leões?

Bem… a resposta depende de cada um. Quando jovem. despertado na intensa leitura dos grandes filósofos e dos livros que vinham da Europa, tomei uma decisão antes de me tornar sexualmente maturo: ” Jamais vou me reproduzir, pois não vou fornecer carne fresca para alimentar o sistema como escravos, iludidos com falsas liberdades escondidas em nomes abstratos como “democracia, capitalismo, família cristã, etc.”. E se um dia os meus sócios desta empresa concordarem, faremos o que os estados Unidos fez na sua libertação contra o reino Unido: boicote econômico. daqui não sai mais uma agulha e nenhum centavo para os leões. Os bancos deles que continuam aqui? Coitados, com o boicote e sem clientes teriam que fechar suas agencias onde se instalariam o banco nacional dos acionistas… Sei que vão descer com tudo e talvez consigam enganar o terceiro grupo, prometendo-lhes maiores soldos e exercerem o poder, porque eles, os leões, souberam programar este grupo de maneira que suas infiltrações iriam cortando e derrubando as cabeças necessárias. Sei disso, mas ainda assim iria confiar na minha força. Se perdesse, morreria gritando o meu supremo lema: Independência ou Morte!. Fui fiel a essa promessa até hoje, vou morrendo já velho sem filhos e me lembrando que passei a vida convidando os próximos a iniciar o boicote, sem sucesso, no entanto. Mas… por enquanto, cada acionista tem uma cabeça, diferentes respostas, a maioria nem sequer se preocupa em formular uma resposta, pois acreditam que virá dos céus o Juízo Final que os libertarão… E sabe que nos meus últimos momentos chego ‘á conclusão que a maioria, com esta sabedoria popular, estão realmente com a razão? Pois consegui contactar inteligencias alienígenas superiores suplicando por uma ajuda para salvar meu povo e a resposta deles? ” É nos proibidos, pelo supremo comandante da Confederação Galáctica, interferir na evolução de qualquer especie. Ovelhas e cavalos jamais deixarão de se-lo e jamais quererão ultrapassar as cercas se lhes pusermos num terreno paradisíaco, com sombras de arvores grandes, água límpida e fresca corrente, e a melhor gramínea. Somente o continuo estado de insatisfação os levarão a se aproximarem cada vez mais do momento da transcendência da espécie, para então iniciarem sua aventura no espaço cósmico. Não vamos combater os leões, pois estes são os obreiros necessários como agentes causadores da insatisfação.Mas não se preocupa e tenha paciência. As coisas se resolvem na escala do tempo astronomico e não na escala do curto tempo dos humanos. A Terra nunca verá essa Nova Ordem definitiva sob as patas dos leões que tanto temes, pois está escrito na evolução natural que ela logo, se transformará do planeta da expiação para o planeta da Terra Reformadora. Tu o verás!” Mas então perguntei: ” E o que motivará lobos e hienas a deixarem de se-lo para abraçarem a fraternidade, o único caminho para a evolução?” Resposta: ” Estes não podem serem reformados em planetas ajardinados reformadores. Eles precisam continuarem nas selvas, mas mutados em ovelhas e cavalos, e para isso existem outros planetas mais primitivos, para onde serão exilados.”
Acordei deste sonho quando tocou o despertador, mas… consigo passar meus dias como feliz porque mantenho este sonho na mente como se de fato fui numa nave e conversei com os E.T. s .

Minha (inútil) opinião de como vai acabar essa crise do vírus no Brasil, baseado na minha cosmovisão da Matrix/DNA

Tuesday, May 26th, 2020

São três cenários principais hoje:

1) Os mortos aos montes e hospitais cheios, povo com medo – efeitos do vírus;

2) A tragédia econômica devorando as posses da classe média e diminuindo a capacidade aquisitiva da classe pobre dos bens essenciais para sobrevivência;

3) A guerra fria entre as duas facções mafiosas da classe média que competem pelo poder econômico através dos cargos políticos.

O que me deixa tiritando de raiva é ver a tamanha burrice de quando os instintos animalescos falam mais alto que a razão.

Obviamente, a pandemia por si só tende a piorar a situação econômica das três classes sociais, mas a classe do 1%, o verdadeiro governo oculto, certamente já está com seus planos para recuperar rápido suas perdas, seus bancos, latifúndios e recursos minerais vão ser vendidos muito caros, doe a quem doer. Portanto ignoremos essa classe dessa análise.Mas a classe pobre também já tem seu desfecho previsto.

Os 30 ou 50 milhões de evangélicos vão levar um banho de água fria na sua “fé” fantasiosa alimentada pelo pensamento infantil magico ao invés do pensamento natural racionalista, quando se virem muito mais pobres ainda, o que vai contrariar o que seus pastores lhes prometeram e eles acreditaram: que “o poder de Deus aprova a riqueza material e vai doa-la aos fiéis”. Estes pobres acreditaram nisso por uma conveniência intima safada que é produzida pelos carateres extremamente egoístas. Eles afugentam de si a lei natural realista de que sempre que houver um rico, tem que ter mil pobres espoliados de seus direitos à terra, do valor de seu trabalho, etc. Pois se existe o poder de Deus, este nunca salvou o homem da condenação de comer seu pão pelo suor do seu rosto, nunca nenhum quilo de feijão ou uma camiseta caíram do céu de graça. Se alguém consome um produto e não produziu com as próprias mãos outro produto para dar em troca, é porque o roubou de quem o produziu. Claro, isso é óbvio, e toda vez que me contestaram eu pedi algum exemplo real para no fim perceber que essa pessoa não entende da realidade econômica, pois o exemplo que apresentaram e´ totalmente imaginário. Estes evangélicos nunca entenderam Jesus Cristo por isso nunca nenhum obedeceu o que Cristo mandou os Cristãos fazerem: imitem meu comportamento, meu estilo de vida. Por isso ele foi carpinteiro, produzindo casas com suas mãos, sem empregados O individuo evangélico é evangélico porque não acredita em Jesus Cristo e quer ser rico, ou seja, espoliador das terras dos pobres e escravagista.

Mas não existe um evangélico sequer fazendo o que Cristo pediu para fazer-mos. Eu nunca vi. Apenas vi um agnóstico fazendo isso: eu mesmo. Quando tive algum dinheiro sobrando, num gueto miserável ao redor da mina de Serra Pelada, porque ali tive um restaurante, com o lucro eu construí escola gratuita, construí uma feira/moradia para 40 mulheres mães solteiras e viúvas cheias de filhos, entrei na prefeitura para sustentar com meus dinheiro a coleta de lixo, distribuição de energia elétrica, água e muitas coisas mais, vivendo na maior pobreza e saindo de lá sem um tostão, para ser chamado de burro pelos amigos e parentes. Não tenho a força de caráter para imitar e obedecer Cristo, não aprovo varias coisas que Cristo fez, mas as vezes a minha causa existencial bate exatamente com alguns itens da causa praticada por ele.

Alem de saírem mais pobres dessa crise, o povo vai, como sempre, se deixar conduzir pela facção mafiosa que ganhar os cargos políticos, para ser bucha de canhão na vanguarda da guerra de fato contra a outra facção. Se não chegar a uma guerra de fato, vão ser conduzidos aos currais eleitorais. Mas porque digo que está havendo muita burrice no cenário da disputa politica, a qual, no fim sempre visa o money? Porque estes predadores nunca pararam para perceber como a Natureza real funciona e por isso nada aprenderam ainda. As duas máfias estão querendo se enforcarem!

Uma das Leis Naturais sobejamente comprovada pela História Natural Universal, a que chamo de ” Principio Universal da Solidariedade na Espécie para a Transcendência”, funciona assim: Tôda vez que começou nas origens uma nova espécie ou nova forma de sistema natural, primeiro surgiram dois grupos separados, de igual forma mas caráteres opostos. Um exemplo vulgar é o sistema atômico, começando pelo próton positivo e o elétron negativo. Outro exemplo é o que chamam de ideologias de “esquerda ou direita” neste ensaio de formação de um sistema/nação digna do nome que acontece ainda no Brasil. Pois bem: inicialmente estes opostos se repelem mutuamente, entram em choques, conflitos, e com isso criam o caos à sua volta. Está errado dizer que no principio era o caos, pois no principio de tudo sempre foram a emergência de dois opostos, pois para haver caos, é preciso antes existirem os elementos que perfazem o caos. Caos não seria criação divina ou da Natureza, e sim criação das criaturas.

Ao tornarem o meio-ambiente em caos, os dois opostos enfraquecem, esfalecem, são obrigados a acalmarem-se em seu furor combativo e daí na história resultou em duas alternativas: ou as duas facções desapareceram ou entenderam sua burrice e se sujeitaram a fazerem acordos estratégicos mútuos, ao menos parando os ataques. Este esfriamento possibilitou aproximações, diálogos e chegou a casamentos, fusões, e dessas fusões, as seguintes gerações vieram mutadas, como o nêutron contendo a massa do próton e a energia do elétron em si, para essa energia se tornar a partícula píon que se torna a cola nuclear que finalmente materializa um sistema.

O sistema atômico foi um salto transcendente em relação às partículas de antes. Os comportamentos das duas facções conflitantes no meio desse caos ( por um vírus buscado e produzido por humanos ao agredir elementos de Gaia , a natureza viva terrestre, como se fossem vírus) jamais vai resultar num ponto de mutação rumo à transcendência, ou seja, a emergência de uma nação real com uma psicosfera mais evoluída. Não sou eu que desejo ou digo isso, é a realidade da História Universal. Vocês não sabem, mas foi a vitória na guerra dos buracos negros contra seus opostos pulsares que efetivou o domínio dos buracos negros no sistema galáctico que condenou as galaxias a saírem fora do tronco da arvore da evolução, e estas que existem ou são fosseis ou condenadas á extinção, nunca evoluíram para outra forma mais complexa.

O Universo teria ficado patinando eternamente na forma de uma mera nebulosa de meios/átomos gasosos se ou o próton ou o elétron tivesse ganhado a guerra impedindo a emergência do nêutron. A humanidade vai ser descartada da evolução se ou o comunismo selvagem ou se este capitalismo selvagem ganhar totalmente a disputa e se tornar eternamente dominante. Não seria hora de forma alguma para estar acontecendo essa guerra politica entre duas facções no Brasil. O caos se pronunciou, ele está começando ameaçadoramente, é prenuncio de tempestade, os generais de cada lado deve recolher seus batalhões ás casernas. Mas não, as duas facções estão tão enlouquecidas nas suas ambições que parece quererem se auto-suicidarem!

Então me viro para todo lado procurando se haveria alguma solução para interromper estas bestas desembestadas. Esperar uma solução vinda do 1%, nem pensar, estes já tiraram os seus da reta e se a coisa piorar aqui eles tem suas fortunas e mansões lá fora. A unica esperança seria o verdadeiro e maior poder dos países se despertar: a união indestrutível do povo pobre, mas acompanhada da inteligencia natural. Sempre que ela emergiu, nunca veio acompanhada da inteligencia, por isso, sempre foi usada por uma das facções de lobos. Mas não vejo esperança nisso agora no Brasil, pois o sonho do Principio da Solidariedade jamais emergirá do consciente coletivo doutrinado a exacerbar o egoismo que produz esta aberração de que o certo é puxar o saco de Deus porque Deus pode tornar um pobre em rico escravagista de outros pobres.Eu como agnóstico exclamo, “Meus deuses extraterrestres com auto-consciência mais evoluída que a nossa, pelo amor á Fonte Criadora, venha fazer algo antes que seja tarde demais pelos meus irmãos em especie e sangue, tão amados! Por favor!”

Ciência e Tecnologia no Brasil: projetos do novo Ministro

Thursday, October 10th, 2019

xxxxx

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2019/10/09/interna_politica,795858/marcos-pontes-prefiro-trabalhar-a-ficar-cacarejando.shtml

Em entrevista, o ministro de Ciência e Tecnologia detalha a reformulação de toda a pasta a fim de colocar o país na rota da inteligência artificial, e aponta outros detalhes para os próximos anos de governo

– Metas:

 – colocar o país na rota da inteligência artificial,

 – promover o uso da Base de Alcântara, para funcionar em 2021,

 – expandir a cobertura de internet a todas as regiões do Brasil,

– incrementar os centros de inovação,

 – concluir o acelerador de partículas, (Projeto Sirius)

 – criar um instituto de pesquisas oceanográficas, algo que o Brasil ainda não tem.

 – fazer este ano, o Congresso aprovar o acordo de salvaguardas tecnológicas,

 –  definir um modelo de negócios com o empresariado nacional e internacional e comunidades locais,

–  Assim que sair a política de materiais avançados, vamos lançar o primeiro laboratório de grafeno, nióbio e terras raras.

 – incentivar os jovens para as carreiras de ciência e tecnologia, que é uma coisa de que eu gosto muito

 –  Fizemos algumas mudanças no ministério este ano, de forma que ele não fique só nas políticas públicas e nas regulações, mas que também apoie a chegar a um produto final. Há uma grande quantidade de conhecimento acumulado nas teses de mestrado, doutorado e pós-doutorado, mas que, no final, termina num protótipo que fica num canto do laboratório cheio de poeira. A gente precisa pegar esse conhecimento e transformar em novos produtos, novas empresas e novos empregos. 

– Ainda não somos um país inovador. Existe um índice de inovação que é calculado sob a análise de 78 indicadores, ou mais, e o Brasil está em 66º lugar. Em termos de produção de conhecimento, nós estamos entre 12º e 14º. Ou seja, a gente está muito bem em publicações e muito mal, no meu ponto de vista, em inovações. O ideal para um país como o nosso era estar entre os 20 primeiros.