Posts Tagged ‘evidence’

In an orange swirl, astronomers say humanity has its first look at the birth of a planet, as a prediction of Matrix/DNA Theory 30 years ago…

Wednesday, May 20th, 2020
The disc around the young AB Aurigae star, where the European Southern Observatory's Very Large Telescope has spotted signs of planet birth. Close to the center, in the inner region of the disc, is the "twist" (in very bright yellow) that scientists believe marks the spot where a planet is forming.

https://www.nbcnews.com/science/space/orange-swirl-astronomers-say-humanity-has-its-first-look-birth-n1211291?cid=eml_nbn_20200520

Obs.: Esta foto pode ser útil para a Matrix/DNA Theory, na pesquisa de como se tornou o segundo processo na formação das galaxias recentes.

Astronomers said the dramatic scene could help scientists better understand how planets come to exist around stars.

A candidate protoplanet located inside a spiral arm has already been claimed in an earlier study based on the same ALMA data.

Scientific paper:

Possible evidence of ongoing planet formation in AB Aurigae

A showcase of the SPHERE/ALMA synergy

A. Boccaletti1, E. Di Folco2, E. Pantin3, A. Dutrey2, S. Guilloteau2, Y. W. Tang4, V. Piétu5, E. Habart6, J. Milli8, T. L. Beck7 and A.-L. Maire9+

Received: 23 March 2020 Accepted: 29 April 2020

https://www.aanda.org/articles/aa/abs/2020/05/aa38008-20/aa38008-20.html

Estes dois desenhos foram feitos a 30 anos atras:

Matrix/DNA as Universal Configuration For All Natural Systems
Matrix/DNA as Universal Configuration For All Natural Systems
Formation and Vital Cycle of Astronomic Bodies

Em outros artigos aqui explicamos o processo calculado que resultou neste modelo. Este modelo teorico resultou quando calculávamos como seria o elo evolucionario entre a Evolução Cosmologica e a Evolução Biologica, ou mais exatamente, como esta galáxia (que foi o ultimo mais complexo da Evolução Cosmologica) produziu o primeiro elemento da Evolução Biologica ( que foi o primeiro sistema celular). Anatomia comparada entre os tipos e funções das sete organelas celulares foram comparadas com os tipos e funções dos sete tipos de astros conhecidos. para nossa surpresa, os sete astros se alinhavam numa sequencia perfeita explicando a origem e desenvolvimento de cada um e ao mesmo tempo sugerindo que todos eram formas de um unico astro inicial ao qual se aplicava o processo do ciclo vital. E em seguida descobrimos que justamente este desenho é idêntico a uma secção ou unidade fundamental de informação do DNA ( dois nucleotideos laterais com seis moléculas e mais a uracila, performando tambem sete partes de um sistema. Assim se explicava como e de onde veio o processo do ciclo vital nos sistemas biologicos. Mas não se vê de fora este sistema na galáxia, da mesma forma que não se vê de fora o DNA dentro de uma célula. Apesar de ser um modelo logico de acordo com as leis naturais conhecidas, quando procurávamos como prova-lo percebemos que este modelo existiu no espaço sideral na formação das primeiras galaxias, assim como a molécula do DNA existiu fora do sistema celular antes de formar este. E assim como a formação de uma celula obedeceu a dois processos diferentes ( o primeiro, a formação da primeira célula, por simbiose, e o segundo, quando a célula aprendeu a se replicar) assim tambem foi na formação das galaxias.)

Então no nisso modelo, os planetas são sim formados a partir de um vortex de poeira galáctica mais energia trazida por cometa, mas o vortex primeiro produz uma especie de semente de todos os astros, e esta semente tem agregada a si as poeiras congeladas do evento de horizonte que mais tarde vão formar rochas, continentes e oceanos, apenas então se caracterizando a forma de planeta. Portanto, pelo nosso modelo, enquanto o astro esta ainda dentro do circular horizonte de eventos, é um proto-planeta em formação, apenas quando é ejetado e cai na orbita de uma estrela ou no espaço sideral se torna um planeta maduro. Por isso os astrônomos viram em fotos anteriores proto-planetas dentro do vortex. É possivel que a foto acima seja da formação de planetas na segunda ou terceira geração de galaxias.

Enfim, a formula universal Matrix/DNA para todos os sistemas naturais conhecidos localiza, quando no plano astronomico, os planetas na função F3, como se vê abaixo:

The Matrix/DNA