Posts Tagged ‘evolução’

O clitóris e a anatomia do pênis partilham a mesma origem embriológica e cosmológica

Friday, March 19th, 2021

O clitóris e a anatomia do pênis partilham a mesma origem embriológica.

Pense fora e além da doutrina educadora que doutrina você.

A pergunta racional ao ver isso é: Como e de onde a Natureza tirou a ideia para fazer isso, essa fantástica engenharia?

O procedimento correto é buscar a resposta onde? Ora, claro, na Natureza, e no tempo passado anterior de quando ela criou isso. Como Ela não é magica, os ingredientes e os processos, mecanismos, para criar isso tem que estarem presentes nela mesma no momento e estado do mundo daquela época.

Como estavam estes dois órgãos na primeira célula, hermafrodita? Pelo que sei ninguém buscou porque a doutrina impede raciocinar com a lógica natural, então está aí sua oportunidade de pesquisar como cientista ou apenas filosofo pensador.

Em seguida, quais eram as substâncias, as forças naturais e as arquiteturas naturais existentes a 4 bilhões de anos que já tinham em si todas as informações para criar isso? Tinha um planeta dentro de um sistema solar dentro de uma galáxia. Onde estavam os protótipos do pênis e do clitóris? Ninguém perguntou isso, você terá muito trabalho a fazer.

Eu tentei fazer tudo isso e cheguei a surpresas estonteantes. Primeiro, você vai notar que os modelos teóricos astronômicos, as teorias das origens e funções dos astros, etc., ensinadas nas escolas estão todas erradas porque estes modelos não poderiam ter produzido os sistemas biológicos, aka, a vida. É como o modelo geocêntrico nas escolas medievais estava todo errado. A evolução começou com a origem do Universo e não na Terra. Tudo que existe de fenômeno natural veio sendo desenvolvido passo a passo desde o Big Bang.

Resumindo, meus resultados indicaram como protótipos do pênis e do clitóris era um mesmo fenômeno natural (no meu website tem artigos explicando os pormenores): gigantescos vulcões em planetas velhos chamados de pulsares emitindo magmas que continham as informações do astro que se tornavam cometas e depois os espermatozoides. O órgão feminino veio do vórtice nuclear que se forma em toda nebulosa estelar e que gera as sementes dos novos astros, tudo igual nossa embriogênese. E daí por diante, ao se ver a luz clara do mundo com os olhos puramente naturais e a razão pura construída pela Natureza, muda sua mente totalmente. As Ciências Humanas ainda está aí toda para ser corrigida e desenvolvida. Você se habilita?

A malicia nas perguntas de radicais ateus, deístas e ideologistas

Tuesday, January 12th, 2021

Como tenho levado a Matrix/DNA Theory para divulgação apresentando-a nos debates e fóruns, preciso estar atento em protege-la dos venenos à espreita. Como por exemplo:

A imagem pode conter: texto que diz "HIDING ASSERTIONS IN RHETORICAL QUESTIONS Quite often the questions asked in posts are not questions, rather they are assertions that hide and protect themselves in the form of a question so that the assertion becomes immune to critical assessment. The way the question is asked reveals the author's position about the topic and the question itself strengthens it by the way it is composed. Such a question is often asked naively, but even then a reader can assume that the author of the question really wants to argue, not discuss, any alternatives to the predetermined rhetorical question."

Este texto foi inteligentemente apresentado como critica a uma estratégia de “engula a isca”, ou “click bait” , em inglês, ocultada numa pergunta de um radical defensor da teoria darwiniana: Can evolution itself evolve?if not why not?

Suspeito que o autor procura manter alta produção de posts no seu canal e fique maquinando assuntos para os posts. Então ele não está, em primeiro lugar, pedindo ajuda para obter conhecimento pelo conhecimento, e sim, em busca de retornos materiais. Mas creio que isto se justifica e é benéfico porque realmente a questão estimula a expansão da consciência dos leitores. O problema está no “sequitur”: If not why not?

Quem não está radicalizado numa ideia, perguntaria: Se sim, ou se não, por favor, explique”. Mas aí ele estaria focalizando como peixes-leitores apenas aqueles que aceitam a evolução, porem, seria um debate curto e cansativo, porque todo evolucionista automaticamente aplica a sua teoria da evolução sobre o hipotético processo natural de evolução. Haveria alguns poucos apontando algumas evidencias para provar este ponto que todos conhecem. Mas quando ele desafia com o “se não…”, ele está incitando os peixes leitores que não aceitam a microevolução, lançando a isca. E qualquer resposta destes, seria mais uma chance do autor reiniciar a longa verborreia dos argumentos prós teoria da evolução darwiniana. Aumentaria sua receita e ele não teria se disposto a debate mas sim a arguir, afirmar sua posição, como sempre.

Nos debates envolvendo a Teoria da Matrix/DNA temos que estar atentos a estas manobras.

LUCA e a Teoria da Evolução

Saturday, May 2nd, 2020

A question posted in Yahoo Answers and my answer below:

Evidence to disprove evolution?

https://answers.yahoo.com/question/index?qid=20200501172459AAQn9Rd

First define evolution. 

1. A change in allele frequencies in a population over time (aka micro evolution)

I don’t think there is any dis agreement that this happens and I doubt there is evidence to disprove it.

2. The theory that all life on Earth is descended from a Last Universal Common Ancestor (LUCA). 

Observations are inconsistent with this hypothesis which in scientific terms disproves the hypothesis.

My answer:

TheUniversalMatrix's avatar
TheUniversalMatrix ( 02/05/20)

LUCA was not biological, neither organic, and never lived at Earth, although Earths belongs to it ( The Universal Matrix/DNA Theory). That is why Science can not  find it. Due a defect in human brain ( separated into two halves), he sees separation everywhere. So he separated Universal Evolution into two blocks ( Cosmological and Biological evolutions) without any link between the two blocks. There is no such separation and the link is LUCA.