Posts Tagged ‘proteínas’

Proteínas e Enzimas na Formula da Matrix/DNA

Friday, January 1st, 2021

Enzimas são cópias do movimento da esfera, o movimento entre as proteínas que são as marcações estanques de território ( nova descoberta da Matrix/DNA)

The cell’s functions depend on enzymes. Enzymes are proteins that carry out chemical reactions in the cell. They help to synthesize metabolic products, make copies of the DNA molecules, convert energy for the cell’s activities, change DNA epigenetically and break down certain molecules.

( https://phys.org/news/2020-12-dna-functions.html )

Entenda-se. As proteínas são pedaços do circuito esférico da formula Matrix/DNA. Poderia-se dividir o circuito em n pedaços, e a vida dividiu em cerca de 30.000 pedaços, as 30.000 conhecidas proteínas. Como o circuito funciona como o processo do ciclo vital, cada ponto do circuito representa uma forma e idade do corpo num dado momento. Mas eu nunca tinha pensado no óbvio: se reconstruir o circuito pondo as certas proteínas nos pontos certos, a dinâmica ou movimento do ciclo vital não vai funcionar. Será uma arquitetura estática, sem vida. É preciso inserir uma espécie de corrente elétrica que fica ligando os pontos de proteína, um efeito de cascata corrente, então a arquitetura se torna viva. E de fato existe na vida esta corrente elétrica fazendo esta função: são as enzimas. Carregadas eletricamente. Outro ponto interessante do artigo é relacionar enzimas com epigenética. Sim, a atuação do circuito esférico, que contem todas as informações do sistema, sobre uma parte do sistema, é epigenética, atuação vinda de fora da parte. Isto vai abrir e demandar nova área de pesquisa aqui. Mais informações no artigo da Phys.org :

… the Münster researchers engineered one enzyme in the cascade, making it possible to switch DNA functions on and off by means of light. With the aid of protein design, it was possible to expand the substrate spectrum of enzymes—in this case, methionine adenosyltransferases (MATs). In their work, the researchers examined two MATs. The modifications carried out offer a starting point for developing other MATs with an expanded substrate spectrum. “Combining these MATs with other enzymes has potential for future cellular applications. This is an important step for implementing in-situ generated, non-natural substances for other enzymes in epigenetic studies,” says Andrea Rentmeister.

Matrix/DNA: Temos que estudar o que é methionine adenosyltransferases (MATs)

E aqui detemo-nos apreensivos érante esta figura, pois parece-nos que um sudpreendente e super-omportante segredo está revelado nela:

S-adenosylmethionine synthetase enzyme - Wikipedia
S-adenosylmethionine synthetase enzyme ISTO É O EIXO DE UM CARRO GIRANDO AS DUAS RODAS! TAL COMO TEORIZADO PARA ENZIMAS NA MATRIX/DNA !

ISTO É O EIXO DE UM CARRO GIRANDO AS DUAS RODAS! OU AINDA: SÃO AS RODAS DE UM TREM CORRENDO EMBAIXO DE VAGÕES PARADOS. TAL COMO TEORIZADO PARA ENZIMAS NA MATRIX/DNA ! As proteínas são o motor e a carcaça, montados em cima da enzima, que é o eixo com as rodas! Assim corre o fluxo do circuito esférico da formula Matrix/DNA na sua representação biológica!

Vamos esmiuçar isto melhor. trazendo a formula da Matrix/DNA para cá:

The Matrix/DNA formula as closed system

E agora as proteínas e enzimas na formula da Matrix/DNA:

Proteínas e Enzimas na Formula da Matrix/DNA

xxxxxxxxxxxx

E como foi feita a enzima pela formula da Matrix/DNA:

Meu comentário postado e publicado na pagina da PHYS.org:

Morelli – (01/01/21) . Sorry, this is not a scientific suggestion, but it could be of great value for next experiments/research. My method, comparative anatomy between living and non-living systems is suggesting an unknown meaning for proteins and enzymes which is approved by this research. S-adenosylmethionine synthetase enzyme works as the axis and whells and proteins works as the motor of a vehicle. Look to that enzime molecule and see how it is a central axis with two lateral rods. I am suggersting a universal formula for systems which is the template of cell systems, proteins performs the function of each momentum of the spheric circuit, but they are static parts, so, the need of someting that brings dynamics to the parts, it is the enzyme. At my website , my last article has more information, which are free.

E meu comentário postado no Facebook:

https://www.facebook.com/TheMatrixDNA

Grande Descoberta nas primeiras horas do Ano Novo!

Estava lendo um artigo cientifico. Aplicando luz em enzimas, os cientistas conseguiram movê-las dentro da célula, na direção de proteínas e do DNA. Estas palavras juntas – luz, proteínas, enzimas – me fez acender uma lampadazinha dentro do meu cocuruto. Imediatamente me lembrei da formula da Matrix/DNA – que os cientistas na pesquisa não conhecem.

Pela formula já descobri porque e como a Natureza criou as proteínas. Elas representam cada ponto do circuito esférico da formula, pelo qual flui o dinamismo do ciclo vital. Mas eu nunca tinha pensado num detalhe: as proteínas seriam pontos estáticos, então a célula teria que ser também estática, sem os movimentos internos propiciados pelas proteínas. Isto funciona nos sistemas astronômicos que são quase fechados mas não poderia ser nos sistemas vivos, que são abertos.

Por outro lado eu sempre tive um problema com as enzimas. São um tipo inferior de proteínas, fazem funções diferentes das proteínas, mas minha questão era: de onde, na formula, veio as enzimas? O experimento cientifico foi um choque, de repente ele respondeu estas questões! corri na formula, fiz novos desenhos situando proteínas e percebi que as enzimas fazem o papel de ponte móvel entre proteínas. ou seja, elas são o agente móvel, dinâmico, que passando e unindo proteínas as tornam rolando no circuito. E de onde geram a energia para se moverem? Ora, eu já disse que a formula da Matrix surgiu na forma de luz, ela se implanta na matéria na forma de fótons de luz, os quais criam uma network reproduzindo exatamente a mesma formula, e assim tudo se torna vivo, funcional! Pronto assim o sistema celular está aberto para ser um sistema vivo!

E então fui pesquisar as moléculas citadas pelos cientistas e quando bati o olho nelas… bingo! .. De cara vejo a formula ali, embutida naquela molécula! . E gerando movimentos. Como o eixo do carro roda na horizontal mas tendo duas rodas em vertical nas suas pontas, faz o carro mover-se.

Parece mais um trem, sendo as enzimas o chassis e as rodas movendo o comboio, e os vagões são as proteínas… O vórtice giratório da formula torna-se o eixo giratório na molécula de enzima, e ela tem rodas, por isso ela percorre o circuito, levando informações de uma proteína para outra e para o DNA!

Isto pode ser inspiração para um monte de novas pesquisas e experiências cientificas que pode levar a novas medicinas para cura de doenças, etc. Mas claro, isto só vai acontecer quando alguém descobrir a formula da Matrix/DNA. Eu já a descobri 30 anos atrás, mas eu sou invisível, não tenho nenhum vínculo com os fazedores de ciências, então não conto… Mas não me preocupo com isso, ao contrario, encho uma taça de vinho e saio lá fora erguendo-a para o céu justamente nos primeiros minutos do ano novo agradecendo o Universo por esse belo presente de inicio de ano!

A clivagem mutada do COVID-19 e a estrategia da vacina

Sunday, March 22nd, 2020

Veja o link para vídeo abaixo e o comentário que postei no Facebook:

Entenda porque quando chegar a vacina contra o coronavirus não vai ser perigosa. Essa vacina não será, como as demais, baseada em substancias contendo o vírus morto ou enfraquecido para o corpo criar anticorpos e eliminar vírus externos. A vacina sera desenhada geneticamente com um código para orientar o corpo a produzir uma anti-proteína capaz de atacar a proteína do vírus que causa a infecção. Esse novo vírus veio com uma mutação numa proteína que se adere facilmente a um receptor na membrana externa da célula humana, permitindo ao vírus invadir a célula pelo processo da clivagem. Como nosso corpo nunca viu essa nova proteína, ele não sabe como e não pode se defender. Mas pode-se produzir artificialmente em laboratorio o código oposto que elimina a proteína do vírus, e através da vacina esse código se insere no N das células obrigando-as a produzir essa anti-proteína virótica. Vamos pensar numa analogia: nosso exercito é atacado por terroristas usando drones teleguiados. A alternativa mais sensata seria imediatamente produzir-mos drones de defesa. Pois estes drones seriam a nova proteína mutada do COVID-19, e a nossa vacina conteria os anti-drones na forma de código genético para uma anti-proteína. Não sabemos se a nova vacina vai produzir efeitos colaterais ( nos testes não aconteceram ainda) mas precisamos entender que daqui para a frente um novo e mortal vírus surgiu no ar, e creio ser mais sensato apostar na vacina. E que Deus e a sabedoria cientifica humana ilumine nossos cientistas, pois nossa Humanidade vai precisar… E essa é mais uma oportunidade para se entender como funciona a evolução por seleção natural. Os vírus ancestrais desse COVID-2, como o SARS e o MERS, que já causaram seus estragos nas pandemias anteriores, estavam sendo dizimados pelas drogas fabricadas contra eles. Então os corpos desses vírus conheceram es tas drogas e trataram de desenvolver alguma defesa contra elas. E conseguiram – com uma nova proteína. Então os novos virus com essa proteína sobreviveram às drogas e se reproduziram em quantidade. Á seleção natural descartou os vírus fracos e selecionou essa nova espécie. Foi uma evolução para os vírus, ao mesmo tempo que uma involução para os humanos. A próxima evolução para os humanos serem selecionados pode vir com o corpo humano produzindo essa nova proteína contida na vacina. Aqueles que ficam dando ouvido a coisas como “não adianta lutar contra o que Deus determinou”, como se um Deus estivesse por traz da mortandade e tortura de humanos- ou que “evolução é uma mentira”, ou ainda que “vacinas causam mais mal que bem”, podem ver amanhã seus filhos chorando o fracasso de seus pais.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=94&v=LWWnmlzJZS0&feature=emb_logo