Posts Tagged ‘sistemas naturais’

Como detectar e lidar com seu dom

Wednesday, January 6th, 2021

Inspirado no artigo:

“Honre o dom”

Por Eliza Lucinda – Colunista da ExtraClasse.org.br

https://www.extraclasse.org.br/opiniao/colunistas/2003/10/honre-o-dom/

Meu comentário postado no artigo:

Você gostou de uma ideia da sua mãe, acreditou e tentou obedece-la; sua mãe ouviu essa ideia do avô, ou de algum mestre de yoga, gostou, acreditou e tentou seguir. O conceito de dom, a sua definição é isso: nada que tem existência real possível de ser captada pelos nossos sensores. Mas tem pessoas apresentando um comportamento não lógico e racional, como Mozart compondo sinfonias aos nove anos, Einstein sentindo a substancia da luz, etc. Qual a força material que atuou no DNA dos pais de Mozart e Einstein produzindo essas mutações na genética hereditária?

Ninguém viu essa força, só podemos elaborar teorias, e precisamos delas porque temos de lidar com algo que realmente está acontecendo e influenciando a vida da humanidade. Chegar primeiro que o Big Brother com sua aristocracia buscando o gene que imprime no povo o dom de ser escravo automático e dócil.

Eu tenho minha teoria e minha pesquisa. A causa dos dons se revela na formula universal dos sistemas naturais. Como descobridor da formula, o único que a conhece e entende, para explicar qualquer detalhe revelada por ela eu teria que contar a História Universal revelada por ela desde o Big Bang até aqui. Impossível sem um longo curso, mas então, tem como resumir numa frase algo que dê para se ter uma ideia do que é e como surgem os dons humanos? Vamos tentar.

O corpo humano é um sistema natural desenvolvido pela vida que foi produzida por um sistema natural. O processo progride tornando uma quantidade de indivíduos de mesma espécie de sistema natural em partes, peças, de um novo sistema mais complexo. Os genes tem isso no momento da fecundação, que vai construir órgãos com específicos dons, separados para executarem especificas funções. Então o sistema ( astronomico) que produziu a vida aqui e desenvolveu o humano no simples processo de se auto-reproduzir aqui, tem detalhes que serão impressos automaticamente em indivíduos humanos, para executarem certas funções necessárias do sistema. Dito isto, resta ao humano que adquiriu consciência própria, decidir se o dom determinado pelo sistema vai ser vantajoso ou não em sua vida, para o bem ou mal da humanidade, do meio-ambiente, etc.

Por exemplo, a maioria dos dons da maioria dos humanos são perniciosos aos humanos porque o sistema que produziu a vida aqui funciona como uma maquina semi-biológica que não tem consciência e ela tem a tendência de se reproduzir aqui, de onde surgiria o Admirável Mundo Novo administrado pelo Big Brother, uma morte total á liberdade de consciência e evolução do humano. Mas tem dons necessários e bons porque nosso corpo e nosso meio-ambiente precisa funcionar em estado de ordem como o que existe no sistema criador, uma máquina quase perfeita. O dom de ser predador-jogador de cassino do investidor de Wall Street influencia negativamente a vida dos operários das fabricas e toda economia global conduzindo a humanidade a reproduzir o sistema criador. O dom de pensar fora da caixa e lutar por causas indesejadas por grupos leva ao martírio, esse sistema criador tenta expurga-lo, mas esse dom ao nível da mentalização veio de outro sistema anterior, além do astronomico, e mais complexo, porque vemos que dele vem chegando essa substancia da consciência. Por isso gosto mais de muitos fracassados e menos de muitos sucessos aclamados pelo publico alienado da verdadeira e cósmica História. Porque tenho de gostar de mim mesmo, um pensador fora da caixa, um perdedor por opção que está sendo espezinhado de toda cruel maneira pelo sistema dentro da máquina inconsciente.

Os mestres antigos de cérebro ainda virgem captavam estes detalhes vindo do sistema superior, como a existência dos dons, mas aquele sistema não ensina biologia, ou sobre a existência da formula natural universal produtora de sistemas materiais, etc., por que isso exige um cérebro com hardware de mais avançada tecnologia. Por isso mistificavam estas intuições genuínas, elaboraram de coisas como os dons as fabulas atraentes que cativou sua mãe. Orai (praticai) e vigiai a respeito de seu dom, ele pode ser seu ticket para instalar o paraíso de seu corpo físico e ego que será o inferno para nossas próximas gerações… ou pode ser o ticket para a salvação de ti como consciência, livre para conquistar o Cosmos e se aproximar do sistema que será melhor para sua existência com consciência.

E qual a frase que resumiria toda essa cosmovisão na definicão desse fenomeno real que denominamos “dom”? É simples:”Nos somos 8 bilhões de irmãos-genes-semiconscientes que junto com mais zilhões de outros irmãos genes espalhados neste Universo estamos construindo este feto de autoconsciência cósmica. Como gene, cada humano é uma informação única, especifica, indispensável, indestrutível e uma missão intransferível, por isso temos que ajudar todos a serem livres e terem as condições materiais para cumprirem suas missões, senão ou esse feto será descartado num aborto prematuro e transferido para outra espécie, ou nasceremos todos em um, no Dia do Big Birth, como um baby aleijado E acho que nossos pais não vão permitir isso.”

O seu dom é sua informação genética universal. Mas os genes não tem a menor consciência de que estão produzindo algo, não sabem para que existem e trabalham. Pratique e pergunte sobre seu dom através de profunda e sagrada meditação, pode ser que do sistema criador consciente obtenhas a intuição correta. Eu não consegui porque meu pequenino cérebro ainda não tem o avanço tecnológico dos mestres místicos. Então, sugiro que simplesmente mire-se no exemplo do trabalho e sentido de existência dos genes para tomar suas decisões.