Archive for the ‘Computação’ Category

Códigos de Computador Encriptados nas Leis da Física do Mundo Real!

domingo, dezembro 4th, 2016

xxxx

Uma intrigante descoberta! James Gates e estudantes descobriram que as equações matemáticas que acertaram na descrição do mundo real ( Maxwell,Freyman, supersimetry, string theory, etc.), podem ser transformadas em figuras geométricas, as quais ele chama de adincras. Porem, a seguir ele descobre que estas figuras representam códigos binarios de computacao! Em outras palavras, ele descobriu a presença de códigos nas leis que descreve a Fisica do mundo. Isto levou-o imediatamente a se lembrar da hipótese de que vivemos num universo feito por códigos computacionais, como no filme Matrix. Mas para mim, com a Teoria da Matrix/DNA, ele esta apenas confirmando a minha teoria, apesar de que falta a ele perceber que os codigos sao genética, a qual e’ uma especie de computacao. Como sugere minha teoria, a genetica esta por tras das leis de Fisica por que a genética e’ um processo que também constrói o esqueleto de humanos e do universo.

Registro aqui o paper em PDF, para voltar depois e traduzi-lo. E iniciar uma pesquisa sobre o Dr. James Gates e a sua equipe produzindo esta teoria.

“Try to detect the presence of codes in the laws that describe physics.”

Symbols of Power

Theoretical Physicist, James Gates

https://www.onbeing.org/sites/onbeing.org/files/gates-symbolsofpower.pdf

Physicsworld.com – Volume 23, N. 6, June, 2016

Physicists have long sought to describe the universe in terms of equations. Now, James Gates explains how research on a class of geometric symbols known as adinkras could lead to fresh insights into the theory of supersymmetry – and perhaps even the very nature of reality.

xxxx

Pesquisa:

Inicia googlando: Symbols of Power

Neural Networks: A Onda do Momento

quinta-feira, dezembro 1st, 2016

xxxxx

Para chegarmos ao Brave New World, Star Trek, Inteligencia Artificial, Computador Quântico, etc., o ponto chave ‘e descobrir como funciona o cérebro humano e reproduzi-lo tecnologicamente. Por isto estão investindo pesado nas pesquisas e experimentos sobre neural networks. No ultimo mês, pelo menos duas noticias importantes anunciaram avanços importantes, as quais tem link e análise abaixo. Do meu cantinho na selva amazônica estou rindo matreiramente com meus botoes ao ver as cabeçadas dos pesquisadores causadas devido a uma visão errada deste mundo. Pois olho na formula da Matrix/DNA que a selva me ensinou e vejo as coisas claras como o céu estrelado da Amazônia. Enquanto um pensamento do cérebro avança em forma de onda percorrendo as partes/glândulas localizadas igual a formula, eles carregam consigo ao mesmo tempo a memoria e o processador de dados. Isto porque o pensamento e’ algo vivo, ele veio da vida, e portanto obedece o ciclo vital, tudo igual ao modo como avança o fluxo dentro do circuito esférico da formula. Um pensamento nasce, cresce, amadurece e morre. E assim como seu corpo na forma de criança carregou consigo a memoria do baby, e depois o adulto carregou consigo a memoria do jovem, o pensamento avança carregando consigo a memoria e processador dos dados. Tudo funciona em paralelo, instantaneamente. Enquanto isso nossos computadores tem a memoria separada do processador, e ao invés de onda, a energia segue na forma de linha, indo e voltando em ziguezague entre processador e memoria. Ao invés de um processo em paralelo, o computador funciona sequencialmente, linearmente. Então surgem os dois maiores problemas que fazem os computadores serem muito inferiores ao cérebro: o grande requerimento de um potencial de energia que o hardware não suporta e a lentidão em processos de escolha e aprendizagem, como requer a Inteligencia Artificial. Mas levei dois baita sustos na selva, me deram uma fisgada. Uns engraçadinhos de universidades cutucaram os pontos chaves do segredo. Uns, abandonaram os chips, transistores e experimentaram os fótons, a luz. Para quem tem me acompanhado no estou dizendo da relacao da formula com a luz, vai logo entender o que estou dizendo. O que vai acontecer e’ que mais uma vez o homem vai conseguir uma tecnologia da qual não entende bulhufas o que esta acontecendo, enquanto eu na selva entendo o que esta acontecendo mas nada posso fazer de tecnologia. Outros, de repente tiveram uma luz acesa no cérebro e ligaram a maneira como funciona uma neural network com a maneira como funciona a natureza do Universo. Exatamente o método principal que me levou a descobrir a formula. Eles estão longe ainda, pois essa maneira como funciona a natureza universal para eles, e’ baseada na Física e a Matemática, quando na verdade, essa natureza universal recebe um banho de biologia, reveste-se com uma roupagem de vida e ai a complexidade se expande de maneira que eles não imaginam. Mas eu da selva estou torcendo com todas minhas figas para que eles descubram rápido estas coisas, senão, a humanidade esta ferrada.

Vamos agora partir para o negocio serio e destrinchar estas noticias.

xxxx

 

Neural Networks e o Elo com a Natureza Universal

Capitulo iniciado e inspirado pelo artigo:

The Extraordinary Link Between Deep Neural Networks and the Nature of the Universe

https://www.technologyreview.com/s/602344/the-extraordinary-link-between-deep-neural-networks-and-the-nature-of-the-universe/

Nobody understands why deep neural networks are so good at solving complex problems. Now physicists say the secret is buried in the laws of physics.

In the last couple of years, deep learning techniques have transformed the world of artificial intelligence. One by one, the abilities and techniques that humans once imagined were uniquely our own have begun to fall to the onslaught of ever more powerful machines. Deep neural networks are now better than humans at tasks such as face recognition and object recognition. They’ve mastered the ancient game of Go and thrashed the best human players.

But there is a problem. There is no mathematical reason why networks arranged in layers should be so good at these challenges. Mathematicians are flummoxed. Despite the huge success of deep neural networks, nobody is quite sure how they achieve their success.

Now Lin and Tegmark say they’ve worked out why. The answer is that the universe is governed by a tiny subset of all possible functions. In other words, when the laws of physics are written down mathematically, they can all be described by functions that have a remarkable set of simple properties.

So deep neural networks don’t have to approximate any possible mathematical function, only a tiny subset of them. ( continuar a ler)

Matrix/DNA: E isto poderia ser mais uma evidencia para a teoria do universo tunelado para produzir o que produziu – a vida.

xxxx

What is a Neural Network – Ep. 2 (Deep Learning SIMPLIFIED)

https://www.youtube.com/watch?v=P2HPcj8lRJE

xxxxx

New Brain-Like Chip Uses Light to Go Blazingly Fast (Traduzir este artigo para memorizar)

http://singularityhub.com/2016/11/29/new-brain-like-chip-uses-light-to-go-blazingly-fast/#.WD8aJ_Z7UyE.facebook

New Brain-Like Chip Uses Light to Go Blazingly Fast

 

BY  ON NOV 29, 2016

Aprendizagem profunda esta tendo um serio momento justo agora no mundo da Inteligencia Artificial (AI)

And for good reason. Loosely based on the brain’s computing architecture, artificial neural networks have vastly outperformed their predecessors in a variety of tasks that had previously stumped our silicon-minded comrades.

E por uma boa razão. Pobremente baseada na arquitetura de computação do cérebro, neural artificial networks tem vastamente ultrapassado seus predecessores numa variedade de tarefas que tinham…

(continuar traducao)

Processamentos em serie e paralelo: como isto veio das galaxias pela Matrix/DNA

segunda-feira, novembro 30th, 2015

xxxx

Extraido do meu comentario sobre ” My Stroke Indight”:

Why the left hemisphere is serial processing and the right is parallel processing and why consciousness lays on the right? The working system is composed by a spherical circuit where flows the flux (or stream) of informations about the system and it irradiates light. Observing the running of the point of light we see the system arising by series, while observing this flux at right speed we see the point of light as a continuous line of light representing the whole system at the same time, which is the parallel processing. The whole circuit emits the ” the identity of the system”, This identity is the ruler, the consciousness of the system. Everything as Dr. Jill had interpreted her experience.

Portanto, percebi mais este detalhe auferido da formula da Matrix e devo ampliar este conhecimento, fazer completa pesquisa.

Pesquisa:

Google Search:

Wikipedia: https://en.wikipedia.org/wiki/Serial_memory_processing

Serial memory processing is the act of attending to and processing one item at a time. This is usually contrasted against parallel memory processing, which is the act of attending to and processing all items simultaneously. (cont.)

Parallel computing is a type of computation in which many calculations are carried out simultaneously,[1] operating on the principle that large problems can often be divided into smaller ones, which are then solved at the same time. There are several different forms of parallel computing: bit-levelinstruction-leveldata, and task parallelism. (cont.)

Modelo de programação paralela ( ver isto e comparar com modelo da formula da matrix)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

modelo de programação paralela é um conjunto de tecnologias de software para expressar algoritmos paralelos e criar aplicações compatíveis com sistemas que suportam a computação paralela. Isso inclui as áreas de aplicações, linguagens de programaçãocompiladoresbiblioteca (computação), sistemas de comunicação e I/O paralelo. Devido a dificuldades da atual paralelização automática, pessoas tem que escolher um modelo de programação paralela apropriado ou uma forma de mistura deles para desenvolver suas aplicações sobre uma plataforma paralela.

Modelos de programação paralela são implementados de diversas maneiras: como bibliotecas invocadas de linguagens de programação seqüencial, extensão de linguagens, ou novos modelos de execução. Eles também são categorizados a grosso modo em 2 tipos de sistemas: Memória compartilhada e troca de mensagens, apesar das linhas entre eles estarem embaçadas hoje em dia.

Um Modelo de programação é geralmente julgado por sua clareza e simplicidade, fatores os quais são conflitantes. O último objetivo é aumentar a produtividade da programação

 

Rod Swenson Ensaio Sobre O Livro de Daniel Dennet – Darwin’s Dangerous Idea

terça-feira, julho 7th, 2015

xxxx

Este livro ou ensaio me interessou porque fala de um Dennet que esta defendendo uma teoria de que tudo no Universo se resume a algoritmos…. e a formula da Matrix/DNA pode ser representada como um algoritmo.  Registro para voltar e ler.

http://philosophyofscience.net/dennett/dennett3.html

Daniel Dennett’s book, Darwin’s Dangerous Idea – Essay Review by Rod Swenson

Rod Swenson
Center for the Ecological Study of Perception and Action
University of Connecticut

xxxxxxx

Dennet disse que a grande ideia de Darwin nao foi a ideia da evolucao, mas a ideia da evolucao pela selecao natural. A qual ele define como a a melhor ideaia que algum humano ja teve. Entao, seguindo a discussao do ” se-entao” logica da natural selecao,, Dennet modifica isto para dizer que o que Darwin na realidade descobriu foi um algoritmo , e a ideia de que toos os frutos da evolucao podem ser explicados como os produtos de um processo algoritmo. E esta seria a ideia perigosa de Darwin.

 

Dennett, 1995b) states elsewhere that “Darwin’s great idea [was] not the idea of evolution, but the idea of evolution by natural selection,” which he calls “the single best idea anyone has ever had” (p. 2 1). Then, following a discussion of the if-then logic of natural selection (see later), Dennett modifies this to say that what Darwin really discovered was an algorithm, and that “the idea that all the fruits of evolution can be explained as the product of an algorithmic process, is Darwin’s dangerous idea”

 

Tecnologia e a Matrix/DNA: Novo Computador Dentro de uma Gota de Agua

quinta-feira, junho 11th, 2015

xxxx

Observando a formula para sistemas naturais que descobri no Amazonas e prestando atencao como os fluxos de informacao e energia correm dentro dos canais de comunicacao entre as partes do sistema, e agora sabendo desta noticia, vendo como paticulas artificialmente magnetizadas correm dentro dos canais do labirinto de um processador de computador… me da’  uma revolta imensa porque nao disponho do laboratorio e recursos tenicos que estes engenheiros possuem… porem, quase como sempre fizeram, estao produzindo coisas sem saberem seu real significado, sem conheceram suas causas profundas, e portanto, sem saberem os proximos passos corretos a seguir… a nao ser aqueles ditados pelos patroes que apenas visam o lucro e nao o bem dos humanos e o progresso da Ciencia. Registro o artigo com link abaixo e a seguir meu comentario postado naquele artigo:

Engineers create a computer with a water droplet processor

https://plus.google.com/u/0/+CbsanjeevBalan/posts/REHjVm66jHP?cfem=1

So, we are mimicking organism based water as a mechanical system. The great advantage of this technique could be doing what no organic machine can do: developing its own solutions as an opened system. Of course, living brains are slowly than computer when repeating predetermined tasks. If these researchers go to my website for knowing the universal formula for natural closed and opened systems, they will get better results. They have the lab’s resources and I have only the formula, so, I can’t do anything. 
But, I still think that instead artificially magnetized particles, should be better using natural sun’s light/photons, because they know and are trained to perform tasks of opened living systems.

Curiosa historia sobre a Humanidade e suas maquinas fantasticas

domingo, maio 31st, 2015

xxxx

( obs.: desculpem as muitas falhas gramaticais por causa da pressa e estar usando um teclado que so fala ingles)

Esta foto me e’ preciosa como doces recordacoes. Alem disso ela esta relacionada a “evoluladocao”, pois trata-se de como se desenvolveu a tentativa humana de copiar o cerebro numa forma de maquina, a qual foi uma das maiores ideias de todos os tempos, haja visto como ela revolucionou nossas vidas para melhor.

 

Apple-1

Trata-se de um computador do modelo Apple I que foi o primeiro computador feito pela companhia quando ainda era uma garagem em Cupertino, na California. Esta maquina foi construida manualmente pelo co-fundador Steve Wozniak em 1976, ou seja, a 40 anos atras, e ele conseguiu vender apenas 200 maquinas destas, por isso hoje em leiloes ela alcanca pelos colecionadores ate’ U$ 650.000 ( 2 milhoes de reais!).

Imagine seu computador de hoje desse jeito, de madeira, e ate’ para liga-lo precisava de uma chave como quem da’ partida num carro! Podem meter o pau quanto quiserem na Humanidade, mas eu ainda a admiro e muito, pois os humanos conseguem se unirem para trabalhar e buscar sempre descobrir novas maneiras de melhorar as coisas existentes, o que nenhuma outra especie viva conhecida faz. Entao uma avalancha de novas tecnologias para cada detalhe avanca dentro da Humanidade, e nesse caso dos computadores, em 40 anos melhoramos em muito todos os detalhes com que Steve lutava para construir uma maquina, e ainda tornamos o produto tao barato que hoje os pobres conseguem possui-lo. Bendita Humanidade! Enquanto os religiosos continuam a ofende-la mencionando seus pecados e ameacando-a com a clava dos deuses, enquanto os materialistas continuam ofendendo-a buscando cada vez mais seus primordios animalizados, eu como filosofo naturalista continuo cantando seus feitos extraordinarios e continuo amando-a como quando isolado na selva e morrendo a mingua descobri a importancia da civilizacao humana que eu sabia existir alem da selva, pois somente outro ser humano e nada mais naquele mundo me daria a mao para me levantar. Estas pessoas que criticam a Humanidade so sabe dar valor as coisas que tem por perto depois que as perdem…

Por exemplo, estes homens que dizem que todas as mulheres nao prestam, eu gostaria de leva-los a um lugar como onde estive, num garimpo no meio da selva onde tinha 60.000 homens e nenhuma mulher. E depois de 2 ou 4 anos la’, quando um homem conseguia pegar uma boa quantidade de ouro, a primeira coisa que fazia era sair correndo ate’ a vila proxima e chegando num cabare’ cair como um baby desmamado e choramingando nos bracos de uma mulher… O mesmo gostaria de fazer com as mulheres que dizem que os homens nao prestam… Dizem isso da boca para fora sem pensar direito no que dizem.

Thanks, humanos, thanks, Steve, por terem dourado minha existencia com estas maravilhosas maquinas que captam as nuvens ocultas da Internet e permitem que minha mente ainda na forma embrionaria e isolada dentro de uma cabeca-ovo ultrapasse as paredes duras osseas do meu cranio e consiga se comunicar com outras mentes-irmas tambem presas dentro de cabecas-ovo espalhadas ate’ nos mais longinquos rincoes da Asia, ou acobertadas pelas copas das arvores da Floresta Negra na Alemanha…

O curioso e’  que uma mulher desconhecida chegou com varias caixas numa companhia de reciclagem de eletronicos para doa-las dizendo que tinha limpado a garagem porque seu marido morreu recentemente, e ela nao quis nem dar o nome para receber abatimento no imposto de renda. Quando a companhia foi abrir as caixas o empregado chamou o patrao que quase caiu de costas ao ver a maquina. Ele a vendeu por U$ 200.000 e agora esta anunciando que tem um cheque de U$ 100.000 aguardando a mulher para recebe-lo… O resto da historia pode ser visto no link:

Recycling center looking for woman who left rare $200,000 Apple I computer

http://mashable.com/2015/05/31/apple-i-computer-recycling-center/

 

The Apple I was the first computer ever made by the Cupertino-based company. Each one was hand-built by Apple cofounder Steve Wozniak in 1976. The company only sold around 200 of the machines, and collectors say only a handful are still in existence.

 

A Fórmula da Matriz/DNA como Algoritmo Para Todos os Sistemas Abertos e Fechados

terça-feira, maio 26th, 2015

xxxx

A fórmula da Matriz/DNA como algoritmo de um sistema fechado ( existente somente nas escalas atomicas e astronomicas):

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

F1) Existem ingredientes crus no espaco, na forma de massa e energia, e rodopiando devido rotacao do espaco?

Se sim, forme-se o rodamoinho e misture ingredients crus cozinhando-os ate que bolhas sejam ejetadas para o espaco externo. As bolhas serao o nucleo de um novo corpo astronomico;

Se nao, nao se forme o rodamoinho.

2) Uma bolha agrega mais ingredientes crus e congelados do espaco?

Se sim, continue se dirigindo para dentro do espaco sidereal, agora sob o nome de semente estelar ou planeta;

Se nao, desfaca-se como bolha.

3) O planeta passa perto de uma estrela?

Se sim, caia na sua orbita;

Se nao, continue vagando no espaco ate se desfazer.

4) O nucleo e’ alcancado pela energia da estrela?

Se sim, inicie reacoes nucleares se alimentando das camadas externas de ingredients, ou seja, das camadas geologicas;

Se nao, torne-se uma lua.

5) A reacao nuclear evolue comendo as camadas ate a superficie?

Se sim, a pressao forma os vulcoes que ejetam cometas que caem na espiral galatica rumo ao nucleo;

Se nao, congele-se como uma lua.

6) A reacao nuclear atingiu a ultima camada superficial?

Se sim, colapse-se como uma estrela supernova;

Se nao, congele-se como lua.

7) Esgotaram-se as particulas de energia dentro dos atomos das camadas de nutrientes?

Se sim, desfacao o resto em massa ingrediente para formar novo rodamoinho;

Se nao, torne-se um planeta gigante morto de gas inerte.

A fórmula da Matriz/DNA para sistemas abertos:

1) Repita todos os passos ate F5

2) Queres se eternizar nesta forma de corpo?

Se sim, vas internamente para o nucleo;

Se nao, vas externamente para se relacionar com o exterior desconhecido.

Traducao para o Ingles:

The Matrix/DNA formula as a closed system algorithm (exists only at atomic and astronomical scales):
F1) Are there are raw ingredients in space, in the form of mass and energy, and swirling due rotation of space?
If so, form a whirlpool mixing raw ingredients and cooking them until bubbles are ejected to the external space. The bubbles will be the core of a new astronomical body;
If not, don’t form the whirlpool.
2) The bubble adds more raw and frozen ingredients in the space?
If yes, continue heading into the sidereal space, now under the names of “star-seed” inside a “planet”;
If not, be undone as a bubble.
3) The planet passes close to a star?
If yes, get in their orbits;
If not, continue wandering in space to unravel.
4) The nucleus is reached by the star’s energy?
If yes, start nuclear reactions feeding on the outer layers of ingredients, i.e. the geological layers. Go to F6;
If not, become a moon.
5) Is the nuclear reaction evolving and eating the layers to the surface?
If yes, the pressure form the volcanos ejecting comets (carrying on active nuclear reactions for to activate the whirlpool) and  falling internally on the galactic’s spiral towards the core. Go to F1;
If not, freeze like a moon.
6) The nuclear reaction reached the final surface layer?
If yes, self-collapsing becoming a star supernova;
If not, freeze like moon.
7) Were sold out the energy particles within the atoms of the nutrients’ layers?
If yes, self-dissolves into fragmented in ingredient mass to form new whirlpool, and self recycles yours body.
If not, become a giant dead planet of inert gas.

The Matrix/DNA formula for open systems:

1) Being yourself an electromagnetic structure, or atomic, or astronomic, or biological, repeat all steps to F5;

2) Do you want to perpetuate this form of body/life’s cycle/closed system?
If Yes, go internally to the nucleus and repeat his eternal cycle;
If not, go externally to relate to the outer unknown.
Note: for example, if you’re a man, and married, drive all your F5 for a single and same woman, reproducing only a unique type of DNA. If you’re a man, and celibate, drive your F5 to the largest quantity of different women, producing diverse kinds of DNA. Other example: drive yours behaviors to be an extreme nationalist or to be opened to globalization. Or other: as a bird in Galapagos, keep yourself in Galapagos eternally or immigrates to the next island for to be found by Darwin as mutated and naturally selected.

Singularity: O Império Galactico Inserindo Sua Religião Final na Terra: Artificial Intelligence

terça-feira, dezembro 9th, 2014

Este artigo tem muitas informações e os nomes dos novos profetas para iniciar estudar o tema:

xxxxx

Enthusiasts and Skeptics Debate Artificial Intelligence

http://www.vanityfair.com/culture/2014/11/artificial-intelligence-singularity-theory

E o meu comentario postado no artigo ( saiu com errado username?):

( My comments-post in VanityFair):

austriak7 – Dec, 09,2014 

Kurt, I can’t understand how works yours brain, modelled by the reductionist method. This whole terrestrial biosphere ( included humans) was produced by a machine, described by Newtonian Mechanics – this solar system. And further by the most perfect machine, the perpetuum motor, which is the building block of this galactic system, as you can see at the Matrix/DNA Theory model. So, the immediate goal of Nature here at Earth’s surface is reproducing itself, doing a machine and not human beings. When human parents want to reproduce, are their final goal getting genes or a human baby? That’s it: we, humans, are merely the genes being used by making the Nature’s offspring, which are “machines”. The pathway through chaos and biological systems are temporary techniques for getting the final ordered and mechanic architecture. Asking what will create these humans but forgetting what has created humans, in the cosmological context, is bad reductionism.

But, the galactic machine is a deviation of Universe’s goal. Our creators, the galaxies, are a discarded species like were the dinosaurs, because they became closed systems. You can see at Matrix/DNA models for light waves emitted at the Big Bang, that human DNA is a mutation going back to the right universal way, then, humans are accessible to ex-machine consciousness, machines are not. For sure we will build here the Admirable New World of Huxley under the rules of the Big Queen, as did bees and aunts, our machines will have artificial identity, but, our knowledge about who is who, which are our ancestors deepest in the Cosmos, will be enough for us keeping our mind free and escaping for our great cosmic adventure.

Stephen Hawking diz que Inteligencia Artificial é a nova ameaça à Humanidade, e a Matrix/DNA Explica Porque

sexta-feira, dezembro 5th, 2014

xxx

Stephen Hawking warns artificial intelligence could end mankind

http://www.bbc.com/news/technology-30290540

Sure, Artificial Intelligence May End Our World, But That Is Not the Main Problem

http://www.wired.com/2014/12/armageddon-is-not-the-ai-problem/

HAL 2001

Stanley Kubrick’s film 2001 and its murderous computer HAL encapsulate many people’s fears of how AI could pose a threat to human life ( BBC News)

 

Meu comentario publicado na Wired: 

Avatar 

Stephen Hawking told that based on a critic that I made about him. The computer ( the electromechanic brain) which he is totally dependable for living, communicating and even thinking, has surpassed and dominated his biological brain, the result is his theoretical construction of black holes theories, multiverses, so on.

What’s intelligence? It is the identity of any system, The abstract thing that emerges as a new phenomena due the sum of informations of all parts plus the informations generated among the parts by fuzzy logics. It is the abstract “mind” in relation to human bodies. And what system created the terrestrial biosphere which produced human beings? A machine. The solar system. is is comparable to a watch, Newton saw it. But, the solar machine was created by another bigger and more complex machine which is the building block of galactic systems. If you see its model made by Matrix/DNA Theory, it is the most possible perfect machine, really a kind of perpetuum motor. So, we are transforming biosphere into a machine system, which will be the body, preparing the terrain for the emergency of the identity of this system , which is artificial intelligence, linked to electro-mechanic brain. Humans will be merely pieces performing a machine function.

We have discovered that the fundamental unit of information of the DNA – a lateral pair of nucleotides — is exactly the reproduction of the building block, the fundamental unit of information, of astronomical systems. So, our creator is inside us, registered at our genetics, and as a code inside the environment that is surrounding us.  There are no doors for us escaping. It is pure inherited genetics from our ancestors, we are merely tools in a cosmological reproduction process.

But,… still, there is hope, an opportunity for us. The very fact that we have discovered the face of our enemy, is a promise that we can trace an strategy against him.  And we humans gained something that our creator machine does not have: consciousness. Because the bits-informations for consciousness are free in the air, but, coming from a system far bigger and beyond the galaxies, from the deepest universe. Matrix/DNA Theory has a good explanatory suggestion about the source of these informations, which is another natural system. My hope is that more people get knowledge and understand what is this “matrix” and it will be enough for our salvation.

xxxx

Avatar

I can’t understand why people did not perceive that what happens between Hawking and his computer is the first and most perfect singularity! Let’s see if I am wrong:

1) 40 years ago, Hawking in good health, with his brains’ sensors capturing informations from Nature, he inserted these informations into a computer linked to external mechanic sensors that were extensions of Hawking sensors – like telescopes, electronic microscopes, measurers of temperature, density, etc. – and sent this computer inside a satellite for capturing data from places not reached by Hawkings sensors.

2) The electronic brain came back with those informations and gave it to Hawkins, who was still good health. With that informations hawking improved the computer and sensors and re-programed into sending it for more distances, while here the electronic brain was invading the microscope world for informations.

3) Again, Hawkins reprogrammed the computer now with informations totally got by the electronic brain. Hawking began falling sick.

4) Finally, the Hawking’s sensors were totally replaced by computer’s sensors and Hawking’s brain attached to the computer, totally electronic brain dependable. There was a process of feed back between Hawking’s brain and the electronic brain in a way that the computer began to drive the process.

For Hawking’s brain and sensors, totally out of the game, the unique occupation now is excess of Mathematic’s that leads to Metaphysics, as he is theorizing about multiverses and about never seen ghosts black holes in the sky, at galactic nuclei where there is merely a spiral vortex, as suggested by Matrix/DNA’s cosmic model made by a half-monkey in Amazon jungle because the monkey still have intact his natural original brain and sensors.

Hawking was the advice, unfortunately he got the disease and made the sacrifice for advising us. Now the individualist process occurred with Hawling is being projected at the level of the whole collective specie. The academic Standard Model beginning with a mechanistic big bang like the first motor began with the first engineering explosion and the whole interpretation of cosmological evolution is not the history of a Universe that creates life, but the faithful and complete history of the machine till the electronic brain… because it is being built by this brain through computer simulations, etc. Wake up, my friends… The Universal History by Matrix/DNA uses only proved data but is very different: here life is everywhere and all time.

Avatar

Here’s a thought. OK, the machines have Super Intelligence and Have made Singularity. They will want to do away with us because they don’t have emotions and they feel like we are unnecessary to them.

Well, If they don’t have Empathy, start now and program them to Have Emotions. Program Empathy into them. Program into them a STRONG MORAL core. They will have the abilities to know Right from Wrong much better than us. They could literally be SAINTS. They don’t have our weaknesses. I plan to get a Pepper robot. It has emotions as well as many other robots that are made in 2014-2016.

I believe that the threat of them coming after us will be remotely minor. I believe that Smart robots will be our friends and enhance the world.

As far as them taking over our jobs, it will be just like when the computer revolution happened in 1975. They will do away with some of our jobs. But, they will create many jobs for us at the same time. So there will be a Shift. But over all, they will help us and enhance us.

Humans are starting to have more robotics enhancements and robots are starting to have more human qualities. At some point they will Merge. When that happens, we have to be careful of the robot with the HUMAN brain. The Human brain is a weakness. This will be more of a threat.

Avatar

Strong moral code? That’s should be a good idea, but, only if we starts now, before too later. In the process of feed-back between biological brain and mechanical brain, the mechanical will surpass the biological because it has more potent sensors. Its “existential purpose” will be: 1) getting the eternal thermodynamic equilibrium as perfect closed system; 2) Self-recyclation due natural degeneration by entropy; Its own moral code will be in this direction.

Can you see others existential purposes? If not, any machine with AI will do what ours ancestors astronomical systems did: looking for an interstellar point with null gravity, building its body with impenetrable armored and standing there eternally. So, we will lose them? At least, we will lose the first generation, and will learn how to programme the next generation for not doing the same.

This is another possible destiny that I saw nobody thinking it. The big difference between humans and all others animals and any intelligent machine is that we feels the needs to continuing being opened systems. We are product from a biosphere as opened system that was produced by the state of chaos produced by entropy attacking our closed galactic astronomical system – which has as building block, the most complete and perfect machine. Our genetics has the final bias to reproduce the celestial creator, so, we should have the tendency to become a closed system.

But, by an unknown yet cause, we suffered a severe mutation and our brain are developing a fetus of a new kind of system that our ancestor did not have: the mind, or consciousness, or the set of thoughts… It is a fetus because our mind have no eyes yet for seeing its own body, it does not know what substance is made off. And is this new system that needs us as opened system, because it needs develops to embryo, to adult, etc. But, the emergence of AI could mechanizes our brain and this fetus would be a prisoner or be aborted dead.

Ok, this is my thoughts just now and based upon the Matrix/DNA Theory’s world view. Did I everything wrong here? Any comments?

 

Urgente para Livro da Matrix/DNA: Expor idéias com figuras a cada frase ou paragrafo

sexta-feira, setembro 26th, 2014

O cérebro está na era do império do sentido da visão. O nosso complexo sensorial tem 5 ou 6 sensores para percepção do mundo externo ( tato, olfato,paladar, audição, cheiro) mas dentre estes quem mais está se sobressaindo neste estágio evolutivo é a visão. Estamos na cultura do apogeu da imagem. Então, os predadores capitalistas perceberam isto ladinamente e rápido e aplicaram em todos os meios que sejam relacionados com imagens para obter mais de suas vitimas.  Mas em metas que visam o bem comum tambem deve ser explorado este fenõmeno, senão, as metas tornam-se menos eficientes. Uma destas é a educação escolar. Ela se torna incomoda e torturante para o aluno se baseada na palavra escrita e oral. É preciso usar o mais possivel a imagem. Se tiver mais imagem que texto e palestra, tanto melhor será o aproveitamento da aula.

Mas esta dominancia das ondas de luz que transmitem as imagens sobre as outras ondas que emanam dos fenomenos naturais ( som, aroma, etc)  e que são das poucas percebidas pelo cérebro humano, parece ser tambem a forma preferida pela Natureza para revelar-se ao conhecimento humano. Como evidencia disso é o fato de que o humano chega ao seu momento de maior complexidade evolutiva com o sensor da visão dominado os outros sensores. isto indica que a natureza o dirigiu a isso e para fazer isso ela aplicou como mais intensa propriedade para se revelar, as formas que ela produz.

Pois uma das caracteristicas mais marcantes ao homem que estuda os objetos naturais em sua história de origens e evolução é justamente as formas dos objetos. Quando começou-se a perceber que a matéria é formada de unidades fundamentais ainda invisiveis, a que deram o nome de átomo,  mas que passsavam a informação de que estas microscópicas unidades se constituiam de coisas girando em órbita de outras coisas logo se correu a montar um modelo teórico do atomo baseado na forma de outro fenomeno observavel, o sistema estelar,  onde coisas tambem giram em torno de outras coisas. A forma do sistema solar foi projetada como forma do átomo nos primeiros modelos. Ligamos dinossauros a crocodilos na mesma espécie dos répteis mais devido a formas semelhantes, antes que a Ciência evoluisse e revelasse que existem outras caracteristicas, como a afinidade do DNA, melhores para classificar as espécies de acordo com a evolução.  Não colocamos dinossauros na mesma linagem evolutiva dos crodilos devido ao cheiro ou som emitidos por estes animais. A medicina começou pelo método da anatomia comparada, a qual é baseada quase que exclusivamente na forma.

Porque a Natureza parece insistir em revelar primeiro as formas de seus objetos, ao cérebro humano? Ou porque o cérebro natural se desenvolveu expressando mais a sua capacidade de perceber formas, e para isso equipou com maior complexidade o sensor da visão?

Na matematica, mais exatamente no estudo das formas geométricas,  se descobriu o fenomeno dos fractais. Na definicão da Wikipedia se lê que um fractal é um objeto geométrico que pode ser dividido em partes, cada uma das quais semelhante ao objeto original. Diz-se que os fractais têm infinitos detalhes, são geralmente autossimilares e independem de escala, tamanho.  Em muitos casos um fractal pode ser gerado por um padrão repetido, tipicamente um processo recorrente ou iterativo. Porem, o conhecimento humano dirigiu a existencia dos fractais na Natureza para o compartimento dos fenomenos mecanicos, os quais pertencem à disciplina da Física, e devido a isso, limitou seu estudo aos fractais que possam ser abordados pelo computador. Ignorou-se de forma incompreensivel e mesmo absurda, que a natureza revela que um seu fractal está no centro como essencia dos fenomenos vitais, área que pertence à Biologia, como unidade fundamental da vida, que é o DNA. O DNA pode ser visto como um objeto geométrico e que pode ser dividido em partes – um par lateral de nucleotideos – cada uma das quais é e semelhante na forma ao DNA. Separar uma escada em degraus ver-se à que cada degrau é uma pequenca escada. O DNA tem infinitos detalhes, os quais são expressados na forma de caracteristicas do ser vivo que ele produz, caracteristicas que são autosimilares ( nariz de crocodilo não é muito diferente de nariz de tigre, os dois tem a forma meio-conica e os dois tem dois buracos), e elas independem do tamanho do ser vivo. É gerado por um padrão repetitivo ( seus blocos fundamentais é sempre os nucleotideos, e numa escala mais evoluida, é sempre os genes: dizemos que as forças que geram narizes e orelhas possuem o  mesmo nome de genes devido estas forças nos parecerem iguais, devido possuirem um denominador comum). Eu não sei e não entendo porque deixaram passar o elefante mas filtraram e impediram a passagem da agulha, pois émuito mais dificl provar que a ponta de um continente tem a mesma forma do continente inteiro que provar que a ponta do DNA tem a mesma forma do DNA inteiro. Na verdade, este desvio absurdo na inteligencia humana, o qual tem se verificado na maioria das interpretações cientificas sobre fenomenos  naturais ( seus objetos e seus eventos), deve-se ao fato da Fisica ter se guindada a posição de dominante dentre todas as disciplinas cientificas, e porque o cérebro se desenvolveu nesta direção, será outra matéria de pesquisa.

O edifico universal construído pela natureza, o qual denominamos Universo, é composto de fractais, porem, ao contrario do fractal inanimado sugerido pela Física, o fractal natural é um fenômeno vivo. Ele não pode ser medido com certeza, e portanto não pode ser reconhecido pela Física como fenômeno físico natural, pelo mesmo motivo que as partículas não puderam serem medidas por Heisenberg. Ele está no centro de todos os sistemas e sub-sistemas construídos pela natureza universal, como estrutura interna, porem ele não é um bloco comum no sentido de percepção física, porque ele também está sujeito ao processo da evolução, portanto ele se transforma em relação ao tempo e espaço. Mesmo assim ele é o padrão fundamental dentro de todos os sistemas e sub-sistemas. Não pode ser percebido fisicamente porque ele é uma fórmula abstrata, ou seja, imperceptível aos nossos sentidos físicos. Ele, fractal natural universal funciona como os pensamentos, que são fenômenos abstratos porem aplicam uma força à matéria, podem atuar e mover a matéria, quando nós movemos por exemplo, um dedo, sob o comando de um pensamento, ou do conjunto de pensamentos, denominado “mente”.  O fractal universal é uma fórmula fixa que se materializa expressando uma forma padrão, porem a qual é plastica e versátil, pode ser deformada, variada, pelo meio-ambiente em que se encontrar em dado momento da História.

A Natureza quer revelar-se ao conhecimento humano na sua mais profunda nudez intima, no âmago de seu ser, no seu significado existencial, mas a maneira mais eficiente dela fazer isso não é expressando dominantemente o seu som, o seu cheiro, o seu sabor, e sim, a sua forma primordial. Pois foi a atenção que prestamos nas infinitas formas das arquiteturas produzidas pela natureza, sejam nos níveis micro ou macro, seja no passado ou no presente, seja expandida ou contraída no espaço, que captamos a sua alma, a sua essência universal que veio herdada do algo que existiu antes do Big Bang, a formula de seu ser, a qual denominamos Matrix/DNA.

Se a Natureza escolheu este método de ilustrar com formas os seus objetos e eventos-mensagens-de si-mesma, se ela aplicou este método para nos transmitir o conhecimento real do mundo real, porque não iriamos aplicar este mesmo método na educação escolar? A Humanidade passou dois mil anos com mestres transmitindo a cultura, o conhecimento, principalmente através das palavras, nas formas oral e escrita, torturando seres que foram feitos para adquirir este conhecimento através do método das imagens que transmitem as formas. Sentimos pesar por todos os estudantes de outrora, enquanto vamos atuar agora com energia para os nossos herdeiros do futuro cantem o sucesso ao invés de ficarem repetindo o choro do passado pelo fracasso do método dos adultos e mestres do passado.

O building block de um sistema astronomico é exatamente similar à face humana. Ou seja, podemos desenhar este building block numa folha de papel com linhas tracejadas em vermelho, e em cima deste desenho desenhar uma face humana com linha continua em preto, que teremos as partes do sistema astronomico na mesma posição das partes da face humana. Diremos que a face humana que viria a ser produzida dez bilhões de anos depois que foi produzido o building block astronomico, foi planejada nas estrelas e há dez bilhões de anos atras. Mas qualquer individuo que teve a sua personalidade formada pela visão de mundo transmitida pela escola vai achar esta comparação um absurdo, alem de refutar o modelo do building block galáctico, acenando com o modelo ensinado pela escola, que é diferente. O modelo ensinado pela escola não tem como ser desenhado como template, cenário de fundo, da face humana, As partes não tem as mesmas funções, nem as mesmas formas, nem as mesmas posições.  Se a visão de mundo que pensa ver a face humana nas estrelas fosse a visão dominante no ambiente escolar, o método de educação seria mais através da ilustração, com imagens e formas, que através de textos e oratória. E a teoria da evolução poderia ser ensinada com um professor que não emitisse uma palavra nem escrevesse uma palavra, apenas desenhando formas no quadro negro, numa sucessão lógica em que a forma de cada meio-ambiente produzisse uma derivação na forma do sistema natural sendo desenvolvido pela evolução. O problema é que os reacionários da cultura acadêmica escolar não fundamentam a evolução e interações entre fenômenos naturais ( objetos e eventos) numa unica linha lógica racional, como consegue fazer a visão de mundo da face desenhada nas estrelas.

Quem ou o que produziu a face humana? Onde, dentro de que, surgiu a face humana? Para estas duas perguntas só existe uma mesma e unica resposta lógica, racional: foi a Milk Way – esta galaxia chamada Via Láctea. Não?! Me mostre como uma entidade supernatural veio aqui fazer magica desviando o curso de causas e efeitos naturais, inserindo detalhes de fora da galaxia, para finalmente existir a face humana. Ou me mostre todas as forças naturais e todos os elementos naturais que compõem esta galaxia, de repente mudando suas intensidades, direções, substancias, devido a galaxia ser chacoalhada por alguma força externa, de maneira que um acaso tenha produzido a face humana. Enquanto os dois representantes destas duas culturas que tem dividido as interpretações do mundo real não trazem sobre a mesa, as suas provas, eu ficarei mudo e sem escrever uma palavra, desenhando no quadro negro uma sucessão de imagens como os slides de um filme, que transmitirá numa unica linha lógica e racional, como o “DNA” da galaxia no modelo de face humana termina justamente na figuras de uma face humana. É possível ensinar a História Universal de 13,7 bilhões de anos através de um filme mudo, como seria possível ensinar a historia da vida de Hitler apenas revelando todos seus momentos, desde que nasceu, num filme mudo. Todos os que de alguma maneira estudaram a vida de Hitler só o puderam fazer através de livros e narrativas de testemunhas ainda vivas, mas com certeza nenhum conheceu de fato a Hitler em todos seus pormenores: se alguém tivesse estudado sua vida assistindo um filme mudo de toda sua existência, teria um conhecimento mais verdadeiro. Assim é o estudo da natureza e cada detalhe dela, como por exemplo, o estudo das causas primeiras, das origens e do desenvolvimento do objeto que chegou hoje em dia á forma de face humana.  

Eu montei a minha versão da História Natural Universal fixando como ponto de partida a célula primordial, o primeiro ser vivo realmente completo que surgiu e saiu a ase arrastar ou nadar na superfície deste planeta. Claro, eu jamais poderia fixar a célula real, portanto, fixei o desenho dela. A partir daí segui duas direções contrarias entre si: uma calculando o futuro desta célula ( alguns poucos bilhões de anos)  e outra calculando o passado desta célula ( mais de 10 bilhões de anos). Mas o fiz aplicando apenas dois elementos: pensamentos e derivações das formas do desenho. Fiz isso porque acreditei que esta História foi um único fluxo de causas e efeitos produzindo as causas dos novos efeitos portanto foi apenas um objeto que rolou nesta historia toda adquirindo as deformações e ampliações de suas formas. O objeto é o próprio fluxo de causas e efeitos. Causas e efeitos são noções metafisicas inventadas pelo homem para tentar descrever o desenrolar de um bólido no tempo e espaço. São metafisicas porque neste fluir do bólido não existe nenhuma separação de momentos, portanto não tem como definir se num dado momento esta acontecendo uma causa ou um efeito. Na realidade, causa e efeito não existem. É quando nos apoiamos nestas invenções imaginarias que abrimos espaços para entrar a mistica. Pois não existem separações, não existem vácuos no fluir do bólido da Natureza sob evolução, e vácuos imaginários necessitam de supernaturais imaginários como elos entre dois momentos deste fluir que foram imaginariamente por nós separados. Acredito nisso porque foi só isso que vi no mundo desde o dia que nasci.  Mas até então eu tinha uma forma de raciocinar diferente das pessoas que me rodeavam. Por exemplo, num belo dia todos falavam num acidente, e apontavam causas e efeitos: a causa foi um motorista embriagado dirigindo um carro que bateu na pilastra do viaduto, o efeito foi o carro destruído, o motorista machucado. Eu pensava no evento por um outro angulo. Via o planeta movendo-se numa certa velocidade, levando consigo na mesma velocidade todos os objetos fixos nele, como a pilastra do viaduto, que assim movia-se numa direção; e mais distante um pouco da pilastra via três elementos, três forças, que eram uma porção de álcool dentro de um corpo humano que estava dentro de um carro movendo-se todos os três superpostos em paralelo numa mesma direção. Devido direções exatamente contrarias a força do planeta mais a pilastra encontrou-se com a forças dos três elementos e como o planta é mais forte, a pilastra parou o movimento dos três elementos e passou arrasta-los a sua frente. Nisso e para isso a força mais forte mudou a forma dos elementos mais fracos, que passaram desde então a existir com diferentes formas pela ação da força mais forte do ambiente. Qual então foi a causa? Claro que o agente da causa teria que ser a força dominante, e essa era o planeta com sua pilastra e não o motorista mais carro e mais álcool. Este erro de perspectiva tem sido um dos motivos de elabora-mos modelos teóricos errados, inclusive sobre o significado da vida. Não houve acidente, não houve causa e efeito, houve um momento normal no fluxo do bólido sob evolução. Assim teria ocorrido no evento em que a galaxia, como força mais forte e tendo outros propósitos, outra direção, que todas as especies que antecederam a humana, modelou a face final resultante da evolução destas especies. para quem não esta habituado a exercitar este tipo de visão, realmente a coisa fica ininteligível, mas acho que sempre nos devemos colocar fora e acima do fenômeno para arrancar daí o seu verdadeiro significado existencial.               

A nova cosmovisão da Matrix/DNA vai ser difícil de ser aceita e assimilada pelas pessoas com o cérebro desfigurado pela cultura. Apesar dela ser a mais lógica em relação à lógica aplicada pela Natureza, ela é incomoda e estranha, porque o humano foi educado por uma linha ilógica em relação à realidade. Esta ilogicidade começa quando a cultura separa a evolução e história cosmológica da evolução biológica, obrigando à errada conclusão de que os sistemas biológicos surgiram por acidente ou acaso, ou então, pela mágica de algum ser supernatural. E a Matrix/DNA foi a primeira a ligar estes dois blocos da História Natural Universal num só processo continuo, sugerindo os modelos dos elos evolutivos que serviram de ponte entre as duas margens.

Portanto vai ser difícil inicialmente propagar a novidade desta cosmovisão. E da maneira como o cérebro está configurado, mais o atual estilo de vida rápido e consumista, a informação na forma de imagem é a mais penetrante, a que ainda pode conseguir que o humano se aproxime da questão metafisica existencial arrumando um minuto para a sua curiosidade. Textos escritos, não funcionam.

Mas a Matrix/DNA é uma fonte rica de intuições para imagens. Um building block de sistema galáctico pode ser desenhado e torcido para parecer uma face humana, ou a mão humana, etc. Basta ver essa riqueza no meu avatar:

Human and Earth Life Cycle by MatrixDNA

Human and Earth Life Cycle by MatrixDNA

 

Portanto tenho que investir tempo na aprendizagem e recursos, equipamentos para desenhos. para isso o artigo com link abaixo pode ter boas informações e tem bons links :

How to change this classroom habit we’ve gotten wrong for years

http://ditchthattextbook.com/2014/09/18/how-to-change-this-classroom-habit-weve-gotten-wrong-for-years/

Procurar este livro na Amazon:

The Sketchnote Handbook: the illustrated guide to visual note taking

http://www.amazon.com/The-Sketchnote-Handbook-illustrated-visual/dp/0321857895