Archive for abril 6th, 2009

Um Motor na Celula Explica o Motor Rotacional das Galaxias?

segunda-feira, abril 6th, 2009

(artigo melhorado e postado na data 28 de julho de 2010, mantido ainda para acompanhar reação do Google imagens: ele vai por a imagem deste post no topo da lista devido sua antiguidade ou vai por a imagem do post novo?) 

ORIGENS   … do Complexo Mitocondrial Sintetizador de ATP.

Se o povo quer teimar que existe diferencas entre Vida  e inanimados e se baseassem numa afirmacao assim: ” Vida e’ a capacidade de construir motores”, eu ficaria ate’ mais conformado. Conhecer por exemplo o complexo motor sintetizador de energia quimica que existe dentro da mitocondria na celula vital e assistir um filme com ele funcionando (veja-o em http://vcell.ndsu.nodak.edu/animations/atpgradient/index.htm ) nos deixa boquiabertos! E’ um verdadeiro motor, um micro-motor, construido dentro da celula! Como? Por quem? De onde a materia burra da Terra tirou essa ideia? Pois olhamos para todo o Universo e todo passado antes da celula e nao vemos nada existente ali parecido com motor, mesmo que fosse um prototipo de motor.

( Raios, esta figura nao era para se colar aqui, ela deveria se fixar depois das duas figuras seguintes, mas nao consigo trabalhar este blog, inserir figuras, como se ja nao bastasse a pessima apresentacao dos desenhos pois nao sou desenhista, nao sou graphic designer, fiz isso no “paint”, imagine!, e nao sei inserir imagens direito… assim o texto fica fora de ordem, meio sem sentido e nao sei se um leitor poderia entender a mensagem toda. Alguem ai’ poderia me ajudar?)

lucas-nucleous-to-motor-atp-synthase.JPGmo

Mas parece que a Teoria da Matriz faturou mais esta. Nos seus modelos da anatomia de LUCA – The Last Universal Common Ancestral – vemos um motor, e agora descubro, igualzinho o motor da celula! Desde que LUCA e’ um ser astronomico e existente muito antes da “Vida” aparecer na Terra, respondemos a pergunta acima: ” A materia burra da Terra – como nao poderia deixar de ser – nao inventou coisa alguma, e a Natureza tambem nao tirou essa ideia de algum lugar, simplesmente aconteceu uma normal e natural reproducao genetica que vemos aqui como uma auto-organizacao do sistema da Matriz Universal, na qual a Funcao  1 simplesmente fez seu rotineiro trabalho.” Pois a forma e a funcionalidade do motor celular e’ a mesma forma e funcionalidade de um dos motores do buiding block astronomico. Vamos ver isto…

Obderve na figura acima, como a estrutura existente no corpo de LUCA, desenhada na figura azul abaixo como funcao 1, vai se transformando no processo de reproducao ate’ chegar na estrutura existente dentro de uma celula humana!

  E’ incrivel a capacidade de previsao desta teoria. Juro que a 20 ou 30 anos atras nada sabia do motor na celula, apenas sabia que na mitocondria era produzida energia ATP para a celula.  Vim a ver este motor pela primeira vez a 3 dias atras, na Internet, e naquela epoca e no meio da selva eu nem sonhava que existiria Internet. Mas a 20 anos atras, riscando papeis sobre joelhos na selva, sem sabe-lo, eu fiz o projeto, o desenho grafico do motor celular, porem, meu motor estava no ceu…. Naquela epoca quando terminei o desenho de LUCA, e observando a figura, me perguntei: “Sistemas astronomicos giram e essa coisa ai deve girar tambem. Mas como? Qual a forca que a sustem girando se ela nao perde energia porque recicla-a e seu isolamento no espaco implica que ela nao recebe energia de fonte externa?” Veja o desenho: 

    matriz.jpg

Eu sabia que o sistema astronomico tinha que ser espiralado, e nao redondo como esta’ no desenho ( nunca tentei faze-lo espiralado como e’ na realidade porque nao sei como desenha-lo e manter clara a ideia do circuito). Tambem ainda tenho comigo os rascunhos de um mecanismo que faz o circuito mover-se, baseado em dois cones iguais onde a forca centriguga de um se torna a forca centripeta do outro e assim se bombeia mutuamente.  Porem, obervando o movimento dos cometas logo “senti” que entrava uma forma de energia no bico do vortice, ou seja, no buraco negro. Podia ser ela? Sim: emitidos pelo Pulsar, os cometas caem na linha magnetica espiral que os conduzem direto ao nucleo. E quando chegam ali, no bico do vortice, e adentram o buraco negro, eles vem com aa forca de movimento em queda espiralado. Ao entrarem ali caem em meio `a massa rarefeita misturada com gazes, e como veem com aquele movimento, e’ possivel que eles  imprimam esse movimento na massa, fazendo-a girar espiraladamente, pois no meio dela o cometa sobe a uma boa altura. Ora o bombardeio constante por cometas mantem todo o sistema girando e com a rotacao ele bombeia a energia de volta ao Pulsar,  completando o moto continuo.

Mas agora observe a figura abaixo (onde protons fazem a funcao de cometas):    

atp_synthase2-png.jpg

  Bem, tenho de parar agora, voltarei aqui para completar, mas acho que nao sera’ nacessario, para um bom enetendedor meia palavra bas…  Porem, reflita profundamente nas duas figuras, veja como aquele amontoado de poeira do quasar ou horizonte de eventos veio parar na celula acima do eixo rotacional. Veja no filme a caso da diferenca de gradientes, e veja no desenho de Luca como a nevoa acima do buraco negro tem maior gradiente que o fundo dele… Nao e’ fantastico? )