Archive for março 10th, 2013

Do Video “Inner Life Of a Cell”: Pesquisa Pela Matrix/DNA

domingo, março 10th, 2013

http://www.youtube.com/watch?v=yKW4F0Nu-UY&NR=1&feature=fvwp

Inner Life Of A Cell – Full Version.mkv

1) A existência do sistema imunológico é um mistério

Leucócitos – são células brancas do sangue com a função de imunização, devorando corpos estranhos. São criadas pelas células hematopoiéticas e aqui me recordo de um grande enigma para resolver: Como os sistemas biológicos criaram o fenômeno da autodefesa, ou imunização ! De onde a matéria burra da Terra tirou essa ideia!  O que havia antes das origens dos sistemas biológicos que executavam tal função! Nos átomos, nas galáxias…

Bem…LUCA era um sistema fechado em si mesmo, não permitia nada de fora entrar. Mas acho que essa propriedade era obtida colateralmente, sem uma forca ou mecanismo dirigido diretamente para isso. A autodefesa era uma consequência da velocidade de giro do circuito externo, o qual criava uma espécie de casca compacta, impedindo a entrada de elementos externos. Se nossos planetas girassem a mesma elevada velocidade, o Sol seria defendido. Mas nos sistemas biológicos esse mecanismo, essa forca com essa função, é especifica, dirigida, autônoma. Tem uma possibilidade, mas que é demasiado grandiosa, e se verdadeira, revelaria que falta muito ainda para entendermos da Natureza e LUCA. A possibilidade de que a autodefesa seja criada por uma psicologia sistêmica, que remonta aos sistemas astronômicos, atômicos e vai ter suas origens na Luz! Seria mais um indicio de que a “alma” surgiu aqui a bordo da Luz, dormiu nos sistemas não biológicos e começa a acordar nos biológicos. Mas se isto for a resposta, significa que essa alma não estava inerte nos ancestrais. Por enquanto não vejo outra explicação para a existência desse mecanismo aqui. Por enquanto, o primeiro elemento onde esse fenômeno se manifestou são as hematopoiéticas… devemos continuar a busca antes delas…

Epa!… A lampadinha das grandes descobertas parece que acendeu outra vez dentro do meu cocuruto! Estou vendo mentalmente as imagens rápidas de onde estavam em LUCA os mecanismos e como eles geraram a medula óssea, os ossos, e as células do sangue… o próprio sangue! Foi tudo copiado da região do circuito, inclusive o “cabo” que contem o circuito corrente, numa espécie de campo eletromagnético.

2) Descoberta pela Matrix/DNA das origens da Medula Óssea (Tutano), Ossos e Sangue!

Qualquer corpo externo a um sistema solar que tivesse seus planetas em alta velocidade giratória precisaria muita potencia para sequer atingir um planeta. Pois todo planeta tem uma cobertura de repulsão (basta ver como o campo magnético da Terra segura as radiações solares) e se em alta velocidade essa forca de repulsão deve aumentar. Pois esse envoltório rígido, árduo de ser penetrado se tornou ossos, nos sistemas biológicos. Em LUCA não era apenas planetas que carregavam esta cobertura repulsiva e sim todas as seis formas de astros. E seu circuito era relativamente as suas proporções, veloz, frenético, pois LUCA existia em constante estado orgástico, o que denuncia a fricção rápida.

O circuito de LUCA nunca era alcançado por invasores externos. Mas o circuito era composto dualmente: no seu aspecto “espaço”, representado pelos corpos dos astros, e no seu aspecto “tempo” pelas setas intermediarias entre duas formas. Pois os corpos se tornaram as células hematopoiéticas da medula, e as setas s tornaram as células do sangue, ou o próprio liquido do sangue. E as células da medula óssea não são também atingidas por invasores externos, pois estes teriam que penetrar os ossos, que são os representantes do que fora outrora o campo, ou cabo, magnético. Sensacional! Isto merece um artigo a parte, e a partir daqui vamos entender melhor como tratar ossos, medulas e sangue e entender as causas de suas doenças. Por exemplo, os componentes do sangue são renovados continuamente e a medula óssea é quem se encarrega desta renovação. Porque! Porque ela veio de um ancestral que auto-reciclava todos seus componentes…

Wikipédia: Medula Ossea 

A medula óssea, também conhecida como tutano, é um tecido gelatinoso que preenche a cavidade interna de vários ossos e fabrica os elementos figurados do sangue periférico como: hemácias, leucócitos e plaquetas.

A medula óssea é, um órgão hematopoiético. Ela é constituída pelas linhagens que originam os três elementos citados acima, de células que tomam parte na fabricação do osso (osteoblastos e osteoclastos), de células e fibras que compõem uma malha para sustentar todas as células referidas (fibras e células reticulares). É onde estão as células progenitoras das células sanguíneas. Ali também têm origem as alterações que vão ser responsáveis por inúmeras doenças. No homem adulto sadio produz cerca de 2,5 bilhões de eritrócitos, 2,5 bilhões de plaquetas e 1,0 bilhão de granulócitos por kg de peso corporal.[1]

A medula óssea é constituída por um tecido esponjoso mole localizado no interior dos ossos longos. É nela que o organismo produz praticamente todas as células do sangue: glóbulos vermelhos (Eritrócitos), glóbulos brancos (Leucócitos) e plaquetas (Trombócitos). Estes componentes do sangue são renovados continuamente e a medula óssea é quem se encarrega desta renovação. Trata-se portanto de um tecido de grande atividade evidenciada pelo grande número de multiplicações celulares.

xxxx

Estou fugindo do tema deste artigo que era o vídeo, mas isso é assim mesmo, por se tratar de sistemas a Matrix/DNA começa por pesquisar um especifico fenômeno e acaba sempre tendo que dar a volta no Universo inteiro. Mas depois devo separar os tópicos em vários artigos.

Ainda falta explicar de onde e como a matéria burra da Terra obteve a ideia para o sistema de autodefesa dos organismos! Acho que não: o mecanismo existia dentro de uma função, ele apenas adquiriu vida própria e na forma de guerreiro, predador.

xxxx