Archive for julho, 2015

A Ciencia e Tecnologia estao a serviço da força negra da Matrix. Artigo no New York Times Confirma Isso

quinta-feira, julho 23rd, 2015

xxxx

Recente pesquisa feita pela SBCP no Brasil revelou que o povo brasileiro acredita nas boas intenções da Ciência e da tecnologia e que elas produzem o bem para a Humanidade. Esta conclusão entra em conflito com o recente artigo no New York Times de que a tecnologia produzida até agora tem visado aumentar a riqueza de uma minoria de humanos e não a melhoria da Humanidade. Quem estará com a razão? Quando comparo os macacos e os nativos da selva se levantando ao nascer do sol, olhando para o dia e se espreguiçando, perguntando-se o que fara de seu dia, se vai se aventurar para o sul, para o norte, na terra ou na agua, com os bilhões de humanos civilizados se levantando sob o alarme do relógio, e já começando a correr todos com um destino determinado, que é  o trabalho em algum recinto fechado sem ver a luz do sol até o entardecer, sem opção nenhuma de escolha do que vai fazer de seu dia… acho que o New York Times esta certo. Não sei como viviam os camponeses chineses quase sem tecnologia e ciência alguma, mas eu não suportaria a vida do chinês de hoje quando os vejo nas fabricas de produção, com celular no bolso capaz de os conectarem a Internet.

Acho que não resta sombra de duvidas que a Ciência e tecnologia não apenas tem o poder de trazer a melhoria para a vida humana como elas são inquestionavelmente necessárias para que a Humanidade sobreviva por mais tempo. Mas também não resta duvida que as Ciências e tecnologias podem estarem nas mãos do bem ou do mal, em relação a Humanidade. Aqui esta o problema. E enquanto a Humanidade continuar a imitar o instinto herdado do seu passado animal quando as regras na selva ou no mar determinava a divisão dos bichos em relação ao poder em três classes sociais, e quem dominava as ferramentas do poder era a classe dos grandes predadores parasitas (consideradas como sendo o mal para a maioria dos bichos-presas), as ciências e tecnologias como ferramentas de poder continuarão nas mãos do mal para mim e os da minha classe social.

Uma ciência de uma espécie inteligente pode se desenvolver em duas ou mais direções diferentes. E’  a intenção intima, pessoal, dos que praticam a ciência que determina o que será, que tipo será, essa Ciência. Porque essa intenção vai inicialmente dirigir os olhos e a atenção do praticante de Ciência a ver nos objetos e no mundo ao redor apenas aquele aspecto dos objetos e do mundo que lhe seja conveniente. A partir dai estes detalhes convenientes do mundo vão retroalimentar a ciência na direção de continuar a ver apenas estes aspectos nos outros objetos. A Natureza pode ter 11 dimensões como esta sugerindo a teoria, mas assim nunca vamos passar apenas das três ou quatro dimensões que percebemos hoje. E isso não apenas em relação a evolução de espécies inteligentes, pois esse roteiro já vem desde os ancestrais irracionais. Animais muito primitivos e pequenos como os insetos possuíam os princípios de uma antena que captam detalhes do campo magnético dos corpos e do planeta, o que fornece um conhecimento mais holístico, mais sistêmico, e que pode ser a entrada numa quinta dimensão dos fenômenos naturais. Porem as necessidades da vida pratica, como a busca desesperada e obcecada por alimento e o medo/defesa dos predadores fizeram os herdeiros dos insetos cada vez menos atenciosos a detalhes do conhecimento holístico em favor da praticidade imediata na vida, desenvolvendo mais os sensores do paladar, do cheiro, da audição, que o sensor da antena a qual se atrofiou até o ponto de hoje ser uma pequena glândula escondida no centro do cérebro humano.  Parece que a Natureza queria que os seres vivos se desenvolvessem numa direção diferente quando os dotou de antenas, aos morcegos de radares, mas estes selecionaram outro tipo de conhecimento a que prestar atenção e assim desenvolveram suas habilidades apenas para as coisas referentes a esse conhecimento.

A busca do conhecimento pratico das coisas materiais da Natureza foi acirrada com o Iluminismo revoltado contra as fraquezas humanas perante as tragédias da natureza, como as enchentes e as pestes dizimadoras, que sempre haviam sido deixadas na responsabilidade de deuses que nunca cuidaram destas coisas com responsabilidade. O método cientifico implantado com planejamento metódico cuidadoso por filósofos como Sir Francis Bacon iniciou coletando e reunindo tudo o que se sabia de fato sobre quaisquer fenômenos e eventos naturais, para que dessa coletânea se tivesse uma melhor visão de como aumentar esse conhecimento.  Mas até aqui nota-se que a intenção intima dos pais fundadores do moderno método cientifico ocidental ao menos parecia ser a busca da melhoria de vida para humanos. Os filósofos nunca fizeram parte da classe social dos grandes predadores por isso não pensaram na ciência como poder para aumentar o seu poder em relação a outros humanos. Mas os leões que ficam se espreguiçando nas sombras da colina enquanto aguardam que lá embaixo no vale de relva verde as presas trabalhem de sol a sol transformando grama em suculenta carne, logo perceberam que os médios predadores estavam produzindo novas forças que conferem poder e trataram de se apoderarem dessa produção também. A partir dai, eles passaram a dirigir os caminhos que a ciência devia seguir, ou seja, de buscar e produzir mais forças de poder para eles, não para médios e presas, as quais era de seu interesse que permanecessem sempre fracas. Isto tudo hoje é a simples descrição do mundo humano moderno apenas travestido com mais elegância usando termos mais sofisticados, como lucro capitalista, regras do mercado, etc.

Quando desenvolvemos uma ciência oculta longe da vigilância dos grandes predadores como foi o caso da nova visão do mundo denominada Matrix/DNA, imediatamente se nota que os objetos e o mundo ao nosso redor tem escondido das nossas ciências coisas importantíssimas que estão afetando nossas vidas ou que poderiam facilmente serem descobertas e aplicadas para o bem dos humanos em geral. Por exemplo a formula da Matrix/DNA sugere como instalar um sistema produtivo dos itens que consumimos sem que tocássemos numa agulha em todo o processo desde a extração da matéria-prima até a chegada nos nossos micro-ondas e dai aos pratos nas nossas mesas, o que livraria a humanidade do trabalho escravo involuntário na produção grosseira e de rotina. Mas numa maquina produtiva totalmente desplanejada para funcionar de maneira que um dente torto de uma roda da engrenagem se encaixe perfeitamente na falta de dente da outra roda da mesma engrenagem, se nesta maquina colocarmos um parafuso perfeito, milimetricamente cronometrado, a maquina vai se estrebuchar toda ate expulsar esse parafuso para fora dela. Desta maneira, tudo o que se tem descoberto ou pensado de real ciência e tecnologia que vise o bem comum da humanidade em geral tem sido expulso, ocultado, como o nosso parafuso perfeito. Enquanto se financia a busca na natureza de mais conhecimento sobre mais mecanismos e processos naturais  que tem efeito negativo para a humanidade mas que se encaixa muito bem na maquina toda deformada e anti-humanidade.

Mas porque a humanidade segue por este caminho desumano? Bem primeiro porque já vimos, são as mazelas herdadas das nossas origens como filhos do caos que somos. Mas com o advento da auto-consciencia esta maldita herança já devia ter sido superada. Se não o foi é porque existe alguma outra força oculta atuando aqui. Esta força uma vez mais é revelada pela Matrix/DNA. Essa força vem de um nosso ancestral ainda mais poderoso que todos os bichos da selva, todos os grandes predadores de outrora e de agora, os quais foram também por ela produzidos. Essa forca vem do sistema natural que criou esta biosfera sem nenhuma intenção particular, o fez meramente obedecendo a natureza. Essa força que tem dirigido todos os elementos componentes dessa biosfera  a se tornarem no final uma reprodução da fonte sessa força. A qual é o sistema astronômico descrito pela mecânica newtoniana que nos envolve por todos os lados, modela o nosso ambiente e esta encriptado dentro da nossa genética, no nosso DNA. Não importa que aqui  o ambiente seja muito diferente do ambiente onde ela foi gestada, que os materiais sejam diferentes daqueles que ela foi feita… o que importa é  reproduzir a entidade, o significado de existência da maquina que nos criou e dirige nossa evolução, ou seja, o que importa é que no final a biosfera toda na superfície da Terra seja igual e funcione como uma maquina perfeita, mas estupida. Como se importasse que os filhos de Adão e Eva reproduzissem aqui aquele estupido e selvagem paraíso de onde caíram seus pais. E juntando a profecia de Aldous Huxley no seu Admirável Mundo Novo mais a profecia de Orwell no seu Grande Irmão, já temos previamente a descrição desta maquina futura, onde a espécie humana sera apenas mais uma de suas peças estupidificadas. Para isso é preciso dirigir a evolução cientifica e tecnológica no sentido da reprodução da maquina e não no sentido da autonomia, da soberania e liberdade e do bem estar da humanidade. Assim entendemos porque um ser dotado de autoconsciência se dirige a um destino contra ele mesmo.  A autoconsciência não esta sendo permitida a funcionar nesta maquina como não funcionaria o parafuso perfeito. Mantem-se assim o animalismo estupido porque a meta final é reproduzir a maquina estupida dentro do ventre de outra maquina estupida.

Mas se a autoconsciência tiver tempo de adquirir a consciência da existência do seu verdadeiro inimigo celeste, ainda existe uma forte esperança de um melhor destino para a Humanidade. E’ nessa luta que estou envolvido e nessa luta trato de buscar tudo o que seja evidencia para tentar convencer os irmãos e irmãs de espécie que essa inimiga existe e que seu objetivo esta em pleno andamento entre nos. O artigo do New York Times serve como mais uma evidencia por isso vai traduzido a seguir.

Silicon Valley is About Business, Not Change

http://www.nytimes.com/roomfordebate/2015/07/22/is-silicon-valley-saving-the-world-or-just-making-money/silicon-valley-is-about-business-not-change

by  Susie Cagle

Muitos dos recentes grandes sucessos de Silicon Valley não são realmente inovações tecnológicas, e sim mais ferramentas lucrativas para corporaçoes e seus grandes capitalistas. Será uma companhia uma ” tech company” se ela usa apps para smartphones para distribuir, aceitar pagamentos e organizar a logística de distribuição para seu próprio serviço de distribuição de seus produtos?

Inovação tecnológica indubitavelmente tem o potencial para melhorar a vida de pessoas nos USA e além dele, mas a indústria nos USA tem crescido de maneira a ofuscar, e mesmo evitar, verdadeiras inovações equitáveis, como lucro igualitário para todos, em favor do tradicional modelo do lucro capitalista.

A grande rede de interaçcao chmada de Internet era suposta permitir uma maior proporção de acesso do povo a riqueza global e abundancia, mas na realidade ela tem feito muito mais para concentrar o poder e a riqueza global nas mãos de uma minoria. Enquanto a tecnologia tem providenciado a infraestrutura para acionar e suportar novos diálogos entre indivíduos, ela não tem realmente mudado nada sobre como as redes são construídas e por quem são possuídas.

Por exemplo, nos temos as ferramentas e habilidades para interromper os monopólios de taxis  ao permitir motoristas da coletividade se conectarem diretamente com seus clientes – mas so invés, nos temos a Uber e a Lift, companhias que se tornaram multibilhoes dólares que nem oferecem benefícios para os motoristas, nem realmente dao a eles a real oportunidade para gerir seu próprio independente negocio.

Da mesma forma, nos temos as ferramentas e habilidades para construir plataformas de redes sociais sob domínio das coletividades – mas ao invés, nos temos Twitter e Facebook, os quais vigiam e comandam o que usuários podem ver de outros usuários e coletam informações pessoais para incrementar as suas vendas de anúncios.

Nos temos as ferramentas e habilidades para construir convenientes, amplamente acessíveis plataformas sem motivos para centralizar os lucros – mas nos não temos uma economia planejada para fazer isso. Por todas as supostas quebras de rançocas barreiras, a indústria tecnológica não tem desafiado muito a velha economia global. Pois, afinal, foi aquela velha economia do lucro para o grande capital que fertilizou o mundo da nova tecnologia, e ampliou o abismo entre aqueles que dirigem para a Uber e usam o Facebook e aqules que constroem e possuem a Uber e o Facebook.

Para as redes alcançarem seu verdadeiro potencial, elas necessitam ser desconectadas do sistema financeiro que mantem Silicon Valley em ebulição. Construir uma nova plataforma e’ ainda incrivelmente um intensivo recurso, mas o capital de risco requerido para financiar estes projetos e’ investido com a meta de fazer mais dinheiro, e não espalhar inovação para o bem comum.

As ferramentas tecnológicas possuem um tremendo potencial para contribuir para a sociedade, mas se todo esse poder permanece contido, concentrado, dentro de poucas corporações, aquelas mudanças sociais e econômicas, mesmo quando positivas, estarão primariamente a serviço de lucros privados para uns poucos. E com isto, dificilmente serão realmente tecnologias inovadoras para o lucro social.

xxxxxx

A seguir, meu comentario postado no NYT em resposta a um post de uma leitora:

Linda

TX Yesterday ( 7/26/2015)

Of course Silicon Valley is about business. Businesses are the fuels of economic activities in capitalist society, hence that of U.S. What does the author mean by the ‘society’? Elderly? Average income groups? Women? The author should clarify whom she thinks the tech companies should provide benefit for, IF the companies ‘should’ benefit those besides who are working hard every day to create something that is needed and wanted by the market. While I believe businesses can choose to have multiple of roles, its fundamental reason of existence is to generate profit for its shareholders.

Louis Charles Morelli

New York, NY – 7/27/2015 ( In reply to Linda)

 Everything wrong, Linda. I was born in the streets, only chance for working as slave doing the worst jobs and I am going to die as homeless, so, I know and felt in the skin the other side of the coin that you think you know but you don’t because you never felt it. Is it the fundamental reason of existence of Silicon Valley to generate profit for shareholders? If so, be sure, Nature will destroy the shareholders and this wild capitalist system because it is the natural law. It happened to dinosaurs and is happening with lions, eagles, wales, etc.

My ancestors once time were in the places and the Senate of the Roman Empire. Their behavior lead their future generations to the end of a black hole. You with this paradigm and hence, this behavior is going same way and I don’t understand how you can be happy knowing the final future of yours next generations. I think that you will not agree and is do not want to dispute yours victorious knowledge with someone that must have no knowledge at all. But if you want to continuing this discussion, fell free, you will listening to things that you never imagined before.

Isto foi o postado para caber nos limites das 1500 palavras, mas o post correto era para continuar assim…..

Any species that specializes in a way of living, accommodate as closed system in itself, close their doors to natural evolution, the brain’s evolution and grow only mechanistically, in size and fat. Then, Nature discard it. Silicon Valley is leading you to the Brave New World under the rules of a natural closed system which is performed by a Big Mother, or the Big Queen, like any insect society did it.

Shareholders have profits based on slaves doing cheap work, like me and the Chinese’s, etc. You believe that technology will lead to an end the fact that people are born without house, family, and some parasitic income provided by wild capitalism. Everybody will have family and the slaves will be replaced by machines, so, you justify yours current paradigm. But, have a big problem here.

Our Science and technology is not following the final target of natural evolution. They are funded in search of profit for those at the social power, limited by the mechanistic process. Meanwhile, we saw that Nature evolution went from the Physic`s mechanistically under structure in shape of atoms and astronomical system, but it did not accommodate here. This underground structure is merely like the skeleton of our bodies. Then nature continued by biological processes creating he soft meant and not stopping here, Nature went through neurological processes, which generated emotions, sentiments, self-conscience. Silicon Valley is not trespassing the mechanistic physical structure, it is not creating biology robots, computers and machines. Their software is a dead end because it is not made of those seven variables that we see in the DNA software for living things, which surpass the mechanistic fashion. As said Tesla, the present is yours, but the future is mine.

Na controversia mundial sobre a UBER, mais um exemplo do egoismo humano e nosso papel como burros sob cabrestos

quarta-feira, julho 22nd, 2015

xxxxxxxx

Porque a Uber deve ser apoiada

Todo mundo conhece o velho proverbio do ” é melhor dar a rede e ensinar a pescar do que dar o peixe”. O peixe neste caso é a licença concedida pelo povo, ou seja, eu e você, nós, a certas pessoas para trabalharem como motoristas aprovados para transportarem-nos mediante um pagamento. Nós ensinamos através dos cursos para carteira de motoristas e para taxistas. Nós damos a rede quando um fundo publico financia estes nossos empregados para adquirirem carros novos sem impostos e concedemos a licença para estes carros operarem no transporte publico. Porem, se esta era a ideia inicial, nos roubaram estas licenças na calada da noite enquanto dormíamos. Foram os leões carniceiros que ficam preguiçosamente espraiando nas sombras no alto da colina, enquanto esperam que as ovelhas no pasto trabalhem feito burras transformando grama em carne (ou neste caso, transformando nossos recursos em licenças) para descerem no momento que suas volúpias aumentam e fazerem a colheita.

Mas os especuladores agiotas como abutres tinham que fuçar as muitas falhas na legislação do sistema econômico capitalista, inserir seu capital predador e egoísta, para aumentar o preço no relacionamento passageiro/motorista e abocanhar esse dinheiro aumentado. E depois que conseguiram penetrar o sistema, cumulando predatórios lucros, aproveitaram a outra falha do sistema que é a de poderem colocar seus empregados nas eleições publicas financiadas com seu dinheiro para desempenharem o papel de políticos e aprovarem leis que os mantenham protegidos como monopólio e assim aumentem seus lucros. Entao estes predadores que nunca querem trabalhar de fato e muito o menos o seriam como empregados motoristas nossos, conseguiram por algum meio ilícito comprar os carros e fazer deles os nossos empregados. O resultado é que somos roubados em nosso suado dinheiro e limitados no uso desse serviço pelo seu alto preço. Isto porque os financiados empregados a serem funcionários publicos como politicos destes predadores tiveram que obedecer seus patrões e no cargo passaram a dar o peixe para eles – ou seja, a licença gratuita para carros – e os predadores na posse desse bem que tem valor monetário porque e’ limitado,  elevaram seus lucros ao venderem amoralmente uma coisa que nos lhes damos de graça, a preços absurdos muitas vezes maiores que o preço de uma residência! Ora, o que damos de graça jamais poderia ser comercializado ou transferido a outros sem nossa autorização! Esse valor fictício destas licenças é ilegal, onde esta a policia e porque não esta pondo estes ladroes na cadeia… senão a explicação de que também perdemos a policia como nossos empregados defensores. E tudo isso debaixo dos nossos narizes, na calada da noite enquanto dormíamos. E agora não podemos mais dar diretamente a rede e nem ensinar a pescar a pessoas que teriam de nos atender com gentileza porque são nossos empregados.

Um exemplo de provas do que estou dizendo é um artigo de hoje no New York Times ( http://www.nytimes.com/2015/07/18/opinion/limiting-uber-wont-end-congestion.html ) revelando que o prefeito da cidade foi financiado em sua campanha com dinheiro dos donos de companhias de taxi e agora, para obedecer seus verdadeiros patrões que não são os moradores da cidade, traz a tona argumentos desonestos para impedir a atuação de uma nova modalidade de transporte publico representado pela companhia Uber, que esta ameaçando o lucro e existência dos predadores confortavelmente instalados no sistema.

E então agora surge uma novidade: novos expertos predadores descobriram uma nova maneira de se inserirem nas falhas do sistema e faturarem ainda mais que os existentes predadores com suas tramas da idade da pedra. Inventaram um software de computador que conecta por telefone celular o passageiro necessitado de transporte diretamente a um desempregado candidato a ser tempo inteiro ou meio-período motorista, cujo  atravessador no meio entre ele e os passageiros suga um lucro menor, diminuindo os prejuízos para ele e os passageiros. Esta companhia, de nome Uber, dona deste software surgiu a 5 anos, rapidamente se espalhou por mais de 300 metrópoles em 50 países e vale hoje 120 bilhões de reais!

Na minha opinião estas aberrações permitidas pelas brechas no sistema capitalista acontecem porque o povo é egoísta a ponto de desvia-los da formação de suas sociedades publicas, e mentalmente preguiçoso a ponto de se deixar ser roubado pelos abutres de plantão. Bastaria terem um canal de televisão publica com acesso livre aos telespectadores do sofá na participação nos debates por telefone dedicando uma noite por semana aos assuntos da comunidade com um recurso de aplicação das decisões no poder publico, mantendo os políticos como seus empregados, e esse câncer predatório das brechas legais mas imorais no sistema seria banido para sempre. A ideia deste software teria surgido límpida e clara na mente de qualquer bem intencionado participante do debate e seria instalado por nos, sem cobrarmos lucros que no final saíram dos nossos próprios bolsos – e digo isso honestamente porque eu mesmo tive ideia semelhante quando trabalhei para um sistema quase igual, uma companhia de auto-cab em New York, e cheguei inclusive a convidar outros motoristas pra montarmos uma cooperativa baseada neste sistema, mas os outros motoristas são normais egoístas seres humanos e nem sequer responderam a minha sugestão. Transformar uma espécie em socialmente altruísta quando ela ainda mantem fortes os resquícios das regras selvagens dos animais egoístas no mato, é por enquanto uma sonhada utopia, temos que nos conformar em tentar por remendos novos nos buracos da roupa velha.

Desde que a presença de companhias como a Uber e novas concorrentes que estão surgindo como a Lift, apesar de ainda serem um mal porem que nos prejudica menos do que o mal que esta instalado, o certo a fazer agora é impor medidas legais a esta nova modalidade de transporte, como obrigando os motoristas a fazerem os cursos profissionais para obterem a licença de motorista, apresentarem os carros no setor publico para obterem gratuitamente a licença profissional do veiculo, obrigar a companhia a ter um pacote de seguro igual aos praticados pelos taxis na segurança dos motoristas e passageiros, obrigar a companhia a assumir alguns encargos dos direitos trabalhistas dos motoristas como seguro saúde, etc., pois o lucro estratosférico desta companhia mostrou que podem arcar com estas despesas.  O problema agora é achar na sociedade principalmente brasileira, dentre os 200 milhões de habitantes, alguma pessoa não egoísta que decida ser altruísta e investir algo de seu tempo e esforço para que estas urgentes tarefas sejam aplicadas de fato. Procura-los dentre os políticos e demais funcionários públicos seria pura perda de tempo pois estamos farto de ver que não tiveram educação cívica e não evoluíram mentalmente para exercerem os cargos que ocupam. Os homens e mulheres comuns imediatamente reagiriam tirando o corpo fora da responsabilidade dizendo que não vão se investir nisso porque isso é obrigação dos políticos, os quais são empregados daqueles que tudo vão fazer para que tais medidas não sejam aplicadas. Sei que o trabalhador real braçal e responsável por famílias tem realmente pouco tempo a doar, mas o resto…. Os jovens desocupados vão preferir matar o tempo na ociosidade, os aposentados que deveriam dar o exemplo e se preocuparem com o tipo de mundo que estão deixando de herança para nossas futuras gerações vão preferir continuar jogando dama nos bancos das praças publicas e falarem da vida alheia do Lula, as donas de casa vão odiar a ideia de se desconectar do entretenimento novelesco da Globo para esforçarem o cérebro se inteirando dos problemas além de seus quintais no canal publico, etc. E todos vão ficar mais pobres porque parte de seu dinheiro vai continuar saindo de seus bolsos para encherem mais os bolsos dos abutres deste capitalismo selvagem.

Eu acho que ninguém engana a Deus com rezas e padres-nossos sem atender as obras que Deus espera que façamos para nossos irmãos que são Seus filhos, e como não quero continuar irritando-O com minha hipocrisia marota que só engana a mim mesmo, vou correndo fazer a minha parte. Me ofereço a lutar no máximo possível para que estas medidas sejam aplicadas. Mas como nada posso fazer sozinho além dessa oferta, o segundo passo racional aqui é convidar pessoas a se subscreverem no movimento mesmo que seja com o mero peso de sua assinatura, a qual, somada a muitas outras confere um peso de poder politico, que obrigara os políticos empregados das aves de rapina ao menos a nos ouvirem e saberem que estão sendo vigiados e exigidos a que apliquem a legislação. O leitor pode participar comunicando ao meu e-mail – austriak727@hotmail.com – ou postando nos comentários abaixo do artigo no meu website – http://theuniversalmatrix.com

E no inicio, ondas de luz do Big Bang penetraram a substancia do espaço imprimindo a formula vital da Matrix/DNA

quarta-feira, julho 22nd, 2015

xxxx

Músico usa a Ciência para Ajudar a ver o Som…

https://www.youtube.com/watch?v=Q3oItpVa9fs

Uma série de experiências de visualização de som formam a base do vídeo da música para um novo single pelo músico Nigel Stanford. Em teoria, sabemos como é que as ondas sonoras seriam visualmente se pudéssemos vê-las, mas não é todos os dias que podemos testemunhar com os nossos próprios olhos sobre os efeitos que produzem no mundo. Existem realmente um número de experiências científicas que podem ser utilizadas para produzir um efeito visual prático em resposta ao som. Seis delas foram usadas ​​por Nigel Stanford, músico da Nova Zelândia, que, junto com o director Shahir Daud, juntou-as para formar o vídeo da música “Cymatics“, o single do seu álbum recém-lançado “Solar Echoes“. O vídeo de “Cymatics” – nomeado para o estudo do som visível – representa cada faixa de áudio com uma visualização diferente. E, em vez de criar as visualizações como uma resposta para a pista, foram essas visualizações que formaram a base para a composição da faixa musical. O teclado secundário usa um Prato Chladni, uma placa de metal fina que vibra quando as ondas sonoras correm sobre ele, causando looping, padrões ondulantes que adoptam formas na areia polvilhada sobre a superfície. Stanford experimentou com o teclado, e escolheu as quatro notas que ele pensou que produziram os melhores padrões, mantendo-os o tempo suficiente para os padrões se formarem – um motivo melódico lento. A faixa base usa um prato fino de água colocada num altifalante. O som cresce através do altifalante e faz com que a água ondule adopte diversas formas. Duas frequências diferentes produziram padrões interessantes, e o líquido utilizado foi vodka congelado, que tinha viscosidade suficiente para produzir ondas eficazes. O tambor utiliza uma mangueira ligada a um subwoofer. Embora pareça que a água está a torcer-se numa onda senoidal de pé, isto é realmente uma ilusão. A frequência da onda deve ser a mesma que a taxa de quadros da câmara, a fim de produzir o efeito visual direito quando filmado. Por esta razão, Stanford ficou-se pelos 25 Hz. O teclado principal utilizou ferro fluido – material magnético, microscópico suspenso num fluido transportador. Este foi colocado num prato raso e longo, contendo ímãs ativados pelas teclas. O órgão usa um “Rubens’ tube“- um tubo perfurado com furos ao longo de um lado.Gás inflamável é alimentado para dentro deste tubo a uma taxa controlada – tal como um bico de Bunsen – e os furos são iluminados, o que produz uma linha de chamas. Quando a frequência de áudio é constante e lançada para dentro do tubo, ele cria uma onda vertical, empurrando o gás em padrões. Stanford escolheu três tons diferentes para produzir três ondas diferentes. Finalmente, as faixas todas juntas no clímax do vídeo são representadas usando uma Bobina de Tesla – com Stanford e o seu duplo vestidos em malhas ternos de Faraday, que capta a eletricidade em redor do exterior protegendo a pessoa dentro do fato. “Em 1999, eu assisti a um documentário sobre sinestesia – uma doença que afeta as funções visuais e áudio do cérebro. As pessoas com tal distúrbio ouvem um som quando vêm cores brilhantes, ou vêm uma cor quando ouvem vários sons. Eu não tenho esta patologia (acho eu), mas sempre senti que as frequências graves são o vermelho, e as frequências agudas são brancas”, escreveu Stanford. “Isto fez-me pensar que seria interessante fazer um vídeo de música, onde cada vez que um som é reproduzido, é possível visualizar um elemento visual correspondente. Muitos anos depois, eu vi alguns vídeos sobre “Cymatics” – a ciência de visualizar frequências de áudio – E a ideia para o vídeo nasceu”

Descoberta de planeta igual Jupiter em outro sistema indica a existencia de sistema solar 2.0

quinta-feira, julho 16th, 2015

xxxx

Pegasi

Outro gêmeo de Jupiter em volta de outra estrela. Source: ESO/M. Kornmesser/Nick Risinger Source: Supplied

Nota: Quando dizem “2.0”, eu penso que significa que o sistema solar é uma duplicata do nosso sistema solar e bem próximo da exatidão, por isso o zero depois do ponto. Se fosse um pouco mais diferente seria 2.1 ou 2.2, etc. Se estou errado, por favor, me corrijam. mas o artigo é mais uma afirmação de que os correntes modelos astronômicos de formações de sistemas estelares e galácticos estão muito incipientes ainda e atesta minha briga solitária de que estes modelos tem que tem participação de bioquímicos e biólogos, pois na minha macaquica opinião de semi-macaco recém saído da selva amazônica, as propriedades vitais que mais tarde foram reveladas nos sistemas biológicos que surgiram dentro do único sistema solar que conhecemos com mais detalhes tem que terem estado presente de alguma maneira nos sistemas astronômicos, pois foram estes que produziram os sistemas biológicos. Estas propriedades vitais biológicas tem que terem sido representadas por suas congeneres menos evoluídas, seus princípios básicos naturais, nos processos de formação dos sistemas astronômicos, pois não posso acreditar que a matéria estupida de um planetinha perdido na imensidão sideral tenha inventado do nada coisas tao complexas que nunca teriam existido no Universo. E depois dizem que a logica do macaco e’ inconsistente. Para mim e meus macaquicos raciocínios, inconsistentes são as logicas que os acadêmicos estão aplicando nos seus modelos astronômicos. O meu modelo teórico e’ diferente e do modelo deles porque eu considerei o final produto destes sistemas – que foi a vida biológica – para calcular o modelo, e eles estão se esquecendo disso por isso sua teoria prossegue sendo obrigada a sugerir que a vida caiu do céu de graça, ou seja, seria produto do acaso. E nesta luta não posso deixar passar estes artigos sem chamar atenção para este problema postando a versão que emerge da Matrix/DNA Theory na seção de comentários.

Qual a utilidade pratica que estou visando ao destacar e trazer estes assuntos astronômicos para cá… Acontece que o departamento de astrobiologia da NASA e da agencia europeia ESA estão gastando bilhões na busca de vida la fora e um exercito de astronômicos profissionais e amadores espalhado pelo mundo estão ávidos na busca destes novos mundos possivelmente habitáveis. na minha opinião, enquanto não conhecerem a formula e os modelos da Matrix/DNA Theory estarão desperdiçando tempo e dinheiro ( o que significa que estão desperdiçando os produtos do trabalho árduo e sofrido de milhões de seres humanos), pois esta teoria sugere muitas novidades que não estão sendo aplicadas para se realizar esta busca.

Discovery of ‘twin Jupiter’ points to Solar System 2.0

http://www.news.com.au/technology/science/discovery-of-twin-jupiter-points-to-solar-system-20/story-fnjwlcze-1227444156515

Meu comentario enviado e aguardando moderaçao:

Louis C. Morelli

Thu, 16, July, 2015

The article says: ” If life was to evolve in these challenging conditions, it would need to be very different to our own.”

That’s the problem of theoretical models made by Physics and Math alone. Why don’t you think in the opposite way, like: “If this theoretical challenging conditions are not suitable for life, the real conditions would need to be very different to our theoretical models”…

The unique stellar system we know is suitable for life when is 5 billion years old, which, rationally suggests that the normal and most part of other solar systems are also suitable for life when is 5 billion years old.

The problem of astronomical models made only by Physics is that they forget the final result of a solar system: it creates life in within. Would be better saying: the evolution of solar systems is tunneled to be a biological system. Our system afirms this conclusion. So,…

The formation of first biological system must be a little bit more complex than the formation of solar and galactic systems, but, must be considered when calculating formation of their astronomical ancestors. Only Matrix/DNA Theory’s astronomical model is based in this logical consistence.

Origens da Vida: Miller/Urey Experiment

quinta-feira, julho 16th, 2015

xxxx

Iniciado pelo debate no link:

Miller and Urey Experiment: What has changed?

http://www.evcforum.net/dm.php?control=msg&t=5978

Message 1 of 85 (303401) 04-12-2006 12:04 AM by Ardent Enthusiast

Hi all, Listen, I’m new to EvC, so be easy on me, alright? In my AP Bio class, we went through the origin of life on earth, how lightening struck chemicals on primordial earth, and how amino acids were formed and these became the first proteins and nucleic acids which eventually became the first Prokaryotic cell, etc. This theory was based on the Miller/Urey experiment, which took place in 1953. My question is, why hasn’t any new data been gathered on this topic, and if it has, why is it still being taught at the high school/college level?

Luz e Origem da Vida: Mais Importante Informaçoes

quarta-feira, julho 15th, 2015

Informaçoes obtidas num post do CeV Forum:

http://www.evcforum.net/dm.php?control=msg&t=5978

EvC Forum  Science Forums  Education and Creation/Evolution  Miller and Urey Experiment: What has changed?

Message 12 of 85 (674198)
09-27-2012 2:21 AM

There has to be energy to form these amino acids. Hence the lightning. No new data has been released because no new successful experiment has been conducted. (It’s not the fault of the scientists, they tried hard)

Here’s what I don’t like about the Miller-Urey experiment. It does not use the whole spectra of the UV range. It uses a specific wavelength to produce the amino acids and left out all the rest. (Which would have been harmful to the amino acids. Part of the reason why UV light is used to kill bacteria in hospitals.).

It also had traps to remove the product before it is destroyed by radiation. Not something found in the natural world. (The ocean would not have protected the amino acids in a natural enviroment. UV light can penetrate several meters)

Also, presumed conditions of primordial earth would have driven the amino acids toward lonely isolation. Hence any formation of proteins would have been subverted. There is also a strong tendency for peptide bonds to break down in water.

In addition to this, there is something known as the “chirality problem”. With rare exceptions, all bio-molecules of amino acids are left-handed, and those of sugars are right-handed.

Racemates are mixtures artificially created that have a 50:50 ratio of right and left-handed.

Edited by Adminnemooseus, 27-Sep-2012 2:56 AM: Blank lines

xxxx

Pesquisa:

Sunlight

Wikipedia – Sunlight is a portion of the electromagnetic radiation given off by the Sun, in particular infrared, visible, and ultraviolet light. On Earth, sunlight is filtered through Earth’s atmosphere, and is obvious as daylight when the Sun is above the horizon. When the direct solar radiation is not blocked by clouds, it is experienced as sunshine, a combination of bright light andradiant heat. When it is blocked by the clouds or reflects off other objects, it is experienced as diffused light. The World Meteorological Organization uses the term “sunshine duration” to mean the cumulative time during which an area receives direct irradiance from the Sun of at least 120 watts per square meter.

The ultraviolet radiation in sunlight has both positive and negative health effects, as it is both a principal source of vitamin D3 and a mutagen.

Continuar a ler….

Material extraido de:

http://www.physicalgeography.net/fundamentals/7f.html

http://www.physicalgeography.net/fundamentals/images/cascade.GIF

Figure 7f-1: The process of atmospheric scattering (espalhamento) causes rays of sunlight to be redirected to a new direction after hitting a particle in the atmosphere. In this illustration, we see how three particles send light rays off into three different directions. Scattering does not change the striking light ray’s wavelength or intensity. (http://www.physicalgeography.net/fundamentals/images/scattering.jpg

Importante para ver como fotons entram nas particulas dos atomos terrestres e passam a atuar aplicando seu poder de radiaçao desde a particula.

Figure 7f-2: Atmospheric absorption. In this process, sunlight is absorbed by an atmospheric particle, transferred into heat energy, and then converted into longwave radiation emissions that come from the particle – http://www.physicalgeography.net/fundamentals/images/absorption.jpg

 

 

Rod Swenson Ensaio Sobre O Livro de Daniel Dennet – Darwin’s Dangerous Idea

terça-feira, julho 7th, 2015

xxxx

Este livro ou ensaio me interessou porque fala de um Dennet que esta defendendo uma teoria de que tudo no Universo se resume a algoritmos…. e a formula da Matrix/DNA pode ser representada como um algoritmo.  Registro para voltar e ler.

http://philosophyofscience.net/dennett/dennett3.html

Daniel Dennett’s book, Darwin’s Dangerous Idea – Essay Review by Rod Swenson

Rod Swenson
Center for the Ecological Study of Perception and Action
University of Connecticut

xxxxxxx

Dennet disse que a grande ideia de Darwin nao foi a ideia da evolucao, mas a ideia da evolucao pela selecao natural. A qual ele define como a a melhor ideaia que algum humano ja teve. Entao, seguindo a discussao do ” se-entao” logica da natural selecao,, Dennet modifica isto para dizer que o que Darwin na realidade descobriu foi um algoritmo , e a ideia de que toos os frutos da evolucao podem ser explicados como os produtos de um processo algoritmo. E esta seria a ideia perigosa de Darwin.

 

Dennett, 1995b) states elsewhere that “Darwin’s great idea [was] not the idea of evolution, but the idea of evolution by natural selection,” which he calls “the single best idea anyone has ever had” (p. 2 1). Then, following a discussion of the if-then logic of natural selection (see later), Dennett modifies this to say that what Darwin really discovered was an algorithm, and that “the idea that all the fruits of evolution can be explained as the product of an algorithmic process, is Darwin’s dangerous idea”

 

Epistemologia: Desde que Entrei Na Guerra sobre “Conhecimento Real”, Tem-se que Decorar e Criticar Isto

segunda-feira, julho 6th, 2015

xxxxx

https://pt.wikipedia.org/wiki/Epistemologia

O conhecimento como um conjunto de crenças verdadeiras e justificadas.

Epistemologia (do grego ἐπιστήμη [episteme]: conhecimento científico, ciência; λόγος [logos]: discurso, estudo de) ( entao a raiz grega da palavra é ” estudo do conhecimento cientifico”)  o ramo da filosofia que trata da natureza, etapas e limites do conhecimento humano, especialmente nas relações que se estabelecem entre o sujeito e o objeto do conhecimento. Nesse sentido, pode ser também chamada teoria do conhecimento ou gnosiologia. Em sentido mais restrito, refere-se às condições sob as quais se pode produzir o conhecimento científico e dos modos para alcançá-lo, avaliando a consistência lógica de teorias. Nesse caso, identifica-se com a filosofia da ciência.

Relaciona-se também com a metafísica. A sua problemática compreende a questão da possibilidade do conhecimento – nomeadamente, se é possível ao ser humano alcançar o conhecimento total e genuíno-, dos limites do conhecimento (haveria realmente uma distinção entre o mundo cognoscível e o mundo incognoscível?) e da origem do conhecimento (por quais faculdades atingimos o conhecimento? Haverá conhecimento certo e seguro em alguma concepção a priori?).

( Ler o resto na Wikipedia)

Ver também;  

O comportamento de ovelhas dos 95%…vem de dentro ou de fora delas, ou ambos…

sábado, julho 4th, 2015

xxxx

Genial esta obra de arte, e muito alimento para pensar. Justamente me sinto assim quando estou no meio de trabalhadores, eu sou o único que esta ali apenas temporariamente, porque vou sair dessa, porque eu olho e busco horizontes muito amplos do que isso aqui. Mas o quadro levanta uma suspeita de fato: não haverá mais alguem ali pensando o mesmo que eu… ou ate mesmo todos…

Saber isto seria crucial para identificar as raízes deste comportamento de ovelhas dos 95% da população mundial.  O qual e um comportamento totalmente ilógico, estupido, não da para entender como alguém sente prazer em se ferir a si próprio. Esta certo que ele surgiu dentre nossos ancestrais irracionais porque ali os relegados a função de ovelhas não tinham escolham, não havia como escaparem. O leão existe e não tem como o carneiro enfrenta-lo. O leão invade o território dos carneiros, se apropria de bens dos carneiros, ate os mata, e pronto. Mesmo se os carneiros se tornassem racionais, se uniriam buscando da força da união alguma maneira de exterminar leões,  instalassem armadilhas em volta de seu território, etc.,  e esforçassem a mente buscando alguma possibilidade, aquilo iria demorar milhões de anos.

Mas quando chegamos nos humanos, esta herança instintiva de ovelha não tem mais fundamento racional para existir. Principalmente porque, se dentre as ovelhas o maior empecilho para criarem sua auto-defesa e ataque, foi suas mãos em forma de casco, que impede qualquer movimento inteligente,  os humanos não tiveram mais este problema. Se vem um humano mais forte, com instinto predador, invade o território do mais fraco, se apropria dos sus bens e ameaça: ” Ou trabalharas como escravo para mim ou te matarei” … a resposta racional seria: ” Morrer eu vou mesmo, de qualquer jeito, e a vida apenas vale a pena ser vivida se os momentos agradáveis superem os desagradáveis. Como escravo já tenho certeza absoluta que aguentar a vida ate a morte sera uma tortura. Então evitar tortura significa lucro. Podes matar agora mesmo, escravo jamais!”  Mas os 95% de humanos hoje respondem da maneira irracional.

Registro e mantenho este topio aqui porque isso merece a busca de uma solução.

xxxx

Como poderíamos saber – num trem do metro – qual a verdade, ou seja, tem apenas um pensando assim, tem mais que um, ou, todos estão pensando assim… Então, antes de prosseguir com qualquer suposições e antes de qualquer conclusões teria que ser feito o teste: entrar no vagão, interpelar cada pessoa com um questionário… Com perguntas tipo: 1) No momento que te tirei dos seus pensamentos, em que estavas pensando…a) algum assunto do trabalho: b) sobre alguma pessoa ou varias no trem; c)….

( a continuar)

 

Barba: Qual sua função e porque mante-la

sábado, julho 4th, 2015

xxxx

Em 2012, foi descoberto que barbas em homens bloqueiam 90-95% dos raios ultravioletas (UV), retardando assim o processo de envelhecimento e reduzindo o risco de câncer de pele [20]. Além disso, os pêlos faciais bloqueiam o pólen e poeira, reduzindo os sintomas de alergias sazonais e retém a umidade e protege contra o vento, mantendo o homem com um aspecto mais jovem. Além do mais, o ato de se barbear é geralmente a causa de pêlos encravados e infecções bacterianas que levam à acne [21, 22].

[21] Quarles FN, Brody H, Johnson BA, Badreshia S, Vause SE, Brauner G, Breadon JY, Swinehart J, Callendar V. Pseudofolliculitis barbae. Dermatol Ther. 2007; 20(3):133-136.

[22] Ribera M, Fernández-Chico N, Casals M. Pseudofolliculitis barbae. Actas Dermosifiliogr. 2010; 101(9):749-57.