Archive for outubro 24th, 2015

Auto-consciencia: Buscando o gene da mente entre os genes do corpo

sábado, outubro 24th, 2015

O metodo da Matrix/DNA – de projetar a realidade visivel como um holograma e superpor esse holograma sobre as realidades distantes invisiveis do micro e macrocosmos para entende-los – pode nos levar a um novo entendimento sobre a mente, os pensamentos, a auto-consciencia, que sao realidades invisiveis a nos. Entao abrimos mais este capitulo para tentar fazer isso agora.

Os genes que estao formando um embriao sao copias dos genes dos pais. No final, o corpo formado pelos novos genes e’ uma copia dos corpos dos pais. Mas e a mente do novo corpo, sera uma copia da mente dos pais?

Parece que nao, pois a memoria dos pais nao e’ a mesma memoria no baby, a memoria nao e’ reproduzida, copiada. Pode-se perguntar coisas de 20 anos atras que os pais respondem buscando em suas memorias, mas o baby nao.

Uma explicacao seria a de que a memoria nao seria algo tangivel, estatico, com uma existencia igual a existence do corpo. Ela seria pulsante,  ressuscitando no momento que e’ requerida,  na forma que se encontrava no ultimo requerimento. E a forma do ultimo requerimento seria produto do estado do cerebro naquele momento. Trocou o cerebro original dos pais pelo cerebro-copia do filho, trocou os registros. Para conbtinuar com esta hipotese sera’ bom reapitular o que aontece com computadores e suas memorias – como a memoria de um novo aparelho funciona em relacao a memoria dos velhos aparelhos.

Influenciado pelas ultimas teorias lidas sobre a mente ( no artigo anterior, como o cerebro holografico), tenho a impressao que a mente seria como uma esfera holografica que funciona como um espelho das sinapses no cerebro apenas, nao refletindo a estrutura material do cerebro. Cada novo cerebro produz seu holograma e isto explicaria porque a mente do filho tem memoria diferente dos pais e processa essa memoria de forma diferente, o que resulta em uma nova personalidade.

Os genes-copia formando um novo corpo nada sabem, ou melhor, nao possuem informacao para formar um novo corpo. Eles possuem informacao para formar uma nova celula. Cada gene produz um tipo especifico de celula. O DNA esta programado para expressar cada gene em cada diferente momento, e cada celula nova produzida e’ instalada na superficie da morula. Quando a nova celula surge no seu local ela esta conectada as celulas vizinhas da superficie onde se assentou. No final, dssas conexoes de todas as celulas surge um Sistema, ao qual damos o nome de corpo, ou organismo. Portanto, o novo corpo nao e’ produto dos corpos originais dos pais, penas acontece como resultado fatal de uma organizacao de celulas. Isto explicaria porque a nova mente nao e’ produto igual a mente dos pais.

Outra forma de ver o problema. Apelando para a quantica. O que faz os pensamentos sao os movimentos de fotons dentro dos eletrons dentro dos atomos dentro dos neuronios. Cada foton teria seu anti-foton separado em outro local, porem todos os anti-fotons estao juntos e conectados entre si. Os anti-fotons seriam holograficos, ou seja, uma especie de universo paralelo do qual nao podemos ver nem tocar. Qualquer movimento dos fotons do cerebro produz um movimento dos antifotons no holograma. Mas tem que haver uma diferenca entre o material visivel e o holograma, pois os fotons do material visivel nao poderiam serem capazes de processor as realidades que estao separadas do seu conjunto fisico, do corpo que formam, enquanto os antifotons podem faze-lo. Por exemplo, o Sistema solar esta separado do meu corpo fisico, mas a noticia lida nos jornais de qu um meteorite esta vindo na direcao da Terra esta fazendo minha mente rever o Sistema solar e esta processando os movimentos dos planetas e no seu meio a trajetoria do meteorito. Os fotons dentro dos neuronios nao creio que possam fazer tal processamento. Ou podem?

Uma teoria sugere que a mente seja uma bolha hologradica pequena imersa numa imensa bolha cosmica de mesma substancia e natureza. O conjunto das mentes dos 8 bilhoes de humanos seria como a espuma que se forma sobre as aguas do oceano, formadas pelas ondas e seus movimentos. O fato e’ que nessa busca desesperada de conhecimento do que seria nossos pensamentos, tem-se imaginado um mundo de hipoteses diferentes, mas todas estas hipoteses sao extensoes dos fatos da pequena realidade cognitiva humana, e talvez a solucao esteja numa realidade alem do poder de percepcao e conhecimento dos sensores do cerebro humano. Mas temos que continuar a esforcar estes sensors a se desenvolverem para captar mais profundamente as dimensoes amplas da realidade, e um metodo de esforca-los e’ criar hipoteses e tentar testa-las na pratica.

Eu vou por um caminho que ninguem mais esta’  tentando, sugerido pela Matrix/DNA, o qual se baseia em colocar lado a lado os dois corpos de um casal e um corpo do baby, analizando todos os elos e conexoes entre as duas figuras. No lugar ds cabecas dos tres tem um desenho feito com linhas tracejadas que seria o seguinte: nas cabecas dos dois corpos do  casal desenha-se uma esfera tracejada e na cabeca do baby outra esfera. Entao os resultados auferidos das conexoes entre os corpos fisicos sao projetados como resultado das conexoes entre as duas esferas holograficas. E’ o metodo aplicado para gerar a inteira Teoria da Matrix/DNA, ou seja, a identificacao de um fato existente, real, aqui e agora, a fixacao deste fato como parametro, e as caracteristicas deste parametro projetadas num ponto das dimensoes invisiveis macro e microscopicas, ponto este onde existem semelhancas de efeitos com a realidade aqui presente. Desta maneira, a cosmovisao da Matrix/DNA ‘e um holograma projetado do mundo real, do mediocosmo que e’ captado pelos meus sensores.

Ao lado das duas figuras, vem uma terceira. Um grupo de humanos representando a humanidade onde cada cabeca tem um bolha holografica e todas as bolhas estao dentro de um anel circular em volta do planeta – que seria o inconsciente coletivo da Terra –  lembrando o anel de Saturno. E ai me lembro da existente e debatida teoria da conspiracao que estao apresentando no forum da nova ordem mundial, dizendo que uma elite de iluminatis estao fazendo cultos a Saturno. E me vem agora `a mente, a hipotese de que Saturno seria um planeta velho que outrora hospedou vida inteligente, formou essa esfera inconsciente, mas as transformacoes normais dos planetas chegou a um ponto onde a vida era ali insuportavel e os corpos emigraram para ca, mas a mente original, ficou la, assim como a mente de um baby tem a sua copia original em outro ponto distante, nos corpos dos pais. Ou, em outras palavras, como fazemos quando construimos uma nova maquina de computador, mas inserimos nela o software que estava  e ainda continua na velha maquina. Raios! O culto dos iluminatti seria o mesmo culto, a mesma adoracao, que eu presto aos meus pais e demais antepassados. Mas o inconsciente coletivo deve ser invisivel, entao como o de Saturno esta sendo visivel?

Por ora, deixo esta pesquisa com uma pergunta no ar, que me vem a mente ao observer as figuras sobre a mesa:

” Existem um gene para nariz humano, que construiu todos os narizes existentes e antepassados. Existiria um gene para a mente humana, que teria construido todas as mentes existentes e as dos antepassados? Ou nao existe um gene para mentes, e mentes seria um fenomeno que emerge de cada novo Sistema como sua identidade propria? Ou nao existe mente humana, apenas o cerebro e as suas producoes sinapticas? Raios, raios, e mais raios! Tenho que resolver isto. Tenho que vasculhar o macro e o microcosmos procurando por este fenomeno ao qual se denomina  “Eu”. Mas porque vou procurar no macro e no micro se eu estou aqui, no medio?! E’ porque nao consigo pegar nem ver eu… essa coisa de pensamento que parece estar dentro da minha cabeca.

Construindo o Website e Divulgando a Matrix/DNA

sábado, outubro 24th, 2015

Este topico e’ apenas para me lembrar mais tarde quando tiver tempo de procurar o projeto da Sala Cosmica e do Universo num Aquario para envia-lo ao novo site que acabo de descobrir:

Catarse e CatarseFlex:

https://www.catarse.me/flex#participe-do-debate

Auto-Consciencia + Cerebro: Duas Novas Teorias

sábado, outubro 24th, 2015

Este texto surgiu num assunto debatendo paranormalidade e esta teoria tenta sugerir um novo mecanismo que explica as ocorrencias:
http://www.skepticforum.com/viewtopic.php?f=7&t=23868

Dr. Diane Powell a challenge for Randi? The Skeptics Society Forum

 

 

MechanismA simplistic model of what be going on has to do with the right/left brain and their connection to a non-local mind that is part of the holographic universe.This idea has been proposed by many people such as Dr. Edgar Mitchell, the sixth man to walk on the moon. He pointed out that as soon as science develops a generalized theory of information, non-locality, the Zero-Point Energy field and the Quantum Hologram that we will begin to develop an accurate understanding of consciousness.

“I theorize that there is a spectrum of consciousness available to human beings,” said Mitchell. “At one end is material consciousness. At the other end is what we call ‘field’ consciousness, where a person is at one with the universe, perceiving the universe.”

The revelation of this new world view of consciousness began in 1935 with the Einstein, Podolsky, and Rosen experiment challenging an idea that had arisen out of the mathematical calculation of the time that there was a non-local quantum-interconnectedness to the universe. The idea was that entangled photons at a distance appeared to be conscious of the other and any action placed on one would be instantly balanced by the other independent of time and space.

Mathematical proof of this non-local interconnectedness was provided by physicist John Steward Bell in 1964 and experimental proof was provided in a number of experiments around the world in the early 1980s. It became a fact that our space time reality is non-local.

xxxx

The holonomic brain theory

The holonomic brain theory, originated by psychologist Karl Pribram and initially developed in collaboration with physicist David Bohm, is a model for human cognition that posits cognitive function as being guided by a matrix of neurological wave interference patterns situated temporally between holographic Gestalt perception and discrete, affective, quantum vectors derived from reward anticipation potentials.

Ver ampla discussao e muitos links em:

http://www.skepticforum.com/viewtopic.php?f=7&t=21339

Ver tambem mais este topico:

Quantum mind

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Quantum_mind