Archive for setembro 29th, 2018

Grandes cientistas de ontem eram filósofos também: Comunicadores da Ciência de Hoje são contra a Filosofia

sábado, setembro 29th, 2018

xxxx

https://www.facebook.com/jswilkins/posts/10155664860895796?__tn__=-R

e debatido no Pharyngula:

https://freethoughtblogs.com/pharyngula/2018/09/29/that-wilkins-guy-loves-to-rub-it-in/#comments

Harvard University, essencialmente e’ Liberal

sábado, setembro 29th, 2018

xxxxx

https://features.thecrimson.com/2018/freshman-survey/lifestyle/

Liberais – 64 %

Conservadores – 12 %

Agnósticos batem religiosos e ateus na Harvard University

sábado, setembro 29th, 2018

xxxxx

https://features.thecrimson.com/2018/freshman-survey/lifestyle/

Agnosticos – 22,3%

Catholics –  20,0 %

Atheists – 16,0%

Razao Humana Atual: Ate onde ela e’ racional?

sábado, setembro 29th, 2018

xxxx

https://www.huffpostbrasil.com/2018/03/18/o-seu-cerebro-nao-e-tao-racional-quanto-parece-a-influencia-dos-vieses-cognitivos_a_23386054/

O seu cérebro não é tão racional quanto parece: A influência dos vieses cognitivos

Fabiano Moulin, especialista em neurologia da cognição, comenta sobre as evoluções – e trapaças – do nosso cérebro.

” É difícil aceitar, mas talvez o seu cérebro não seja tão racional assim quanto você pensa. Há, pelo menos, 200 vieses cognitivos que influenciam quem somos, o que decidimos e por que reagimos de certas maneiras. “O nosso cérebro não busca a perfeição, ele busca a suficiência. E para isso, temos os vieses, que são espécies de atalhos criados pelo cérebro para otimizar e facilitar os nossos processos”,

Matrix/DNA: Por exemplo, se os cerebros humanos buscassem a perfeição moral, não haveria essa divisao entre ricos e pobres, patroes e empregados, as terras seriam inicialmente divididas em partes iguais. Mas a perfeição lembra que para ela se estabelecer como sistema social, todo humano tem que produzir o que vai consumir, pois nada cai do ceu, e para escapar desse trabalho forcado os humanos mais fortes criam atalhos pavimentados com argumentos não fundamentados em fatos. Entao o cerebro humano não busca apenas a suficiência, mas tambem a melhor acomodação e o maior prazer.

xxxx

3 tipos de viés para você entender a sua mente

Viés da conformidade: Esse viés nos leva ao “pensamento de manada”. Mesmo que a decisão do grupo seja diferente da minha, eu tendo a acompanhá-lo.

Viés da confirmação: É a nossa tendência de buscar informações ou interpretá-las de uma forma que confirme nossas concepções ou crenças pré-existentes.

Viés de ancoramento: A nossa tendência é sempre a de confiar em nossas primeiras impressões, daí os estereótipos e preconceitos

xxxx

Luz

sábado, setembro 29th, 2018

xxxx

https://www.huffpostbrasil.com/2018/03/18/o-seu-cerebro-nao-e-tao-racional-quanto-parece-a-influencia-dos-vieses-cognitivos_a_23386054/

O seu cérebro não é tão racional quanto parece: A influência dos vieses cognitivos

Fabiano Moulin, especialista em neurologia da cognição, comenta sobre as evoluções – e trapaças – do nosso cérebro

Cerebro e a Luz

Cerebro e a Luz

” O nosso comportamento, a nossa construção de realidade tem que ser suficiente para que permita a nossa sobrevivência – alimentação, socialização etc. Exatamente para facilitar isso, ou seja, para otimizar os processos, é que existem atalhos e curto circuitos que o cérebro cria. São os vieses.”

xxxx

” A percepção que eu tenho do mundo é construída. Você está sentada na sua cadeira e está observando o mundo. Mas na verdade você não está vendo “o mundo”. O seu cérebro está transformando uma determinada frequência de ondas eletromagnéticas, que é o quanto a gente consegue enxergar, em um código neural e, a partir disso, é que ele constrói essa realidade. Se você pegar um outro animal que enxerga uma outra frequência de onda, o cérebro dele vai processar outro mundo diferente.”

xxxx

Já é possível criar novos sentidos. Um pesquisador desenvolveu um sensor de tato, mas que vibra de acordo com a fala das pessoas. Ele colocou esse sensor em pessoas surdas. A partir da vibração cutânea, as pessoas começaram a compreender as mensagens que as pessoas estavam querendo dizer verbalmente. O olho, o ouvido, o nariz e a boca são apenas algumas das maneiras que o cérebro tem para interagir com o ambiente e construir uma realidade. A gente não pode esquecer que isso é uma construção.

xxxx

Eletricidade: Historia Cientifica Fantástica, em Vídeo

sábado, setembro 29th, 2018

xxxx

https://www.youtube.com/watch?v=Gtp51eZkwoI

Shock and Awe: The Story of Electricity — Jim Al-Khalili BBC Horizon