A Falacia Cultural da Sustentabilidade, pelo Professor Felício e pela Matrix/DNA

xxxx

Prof. Dr. RICARDO AUGUSTO FELÍCIO: “Rebatendo a Ideologia da SUSTENTABILIDADE e da ECONOMIA VERDE.”

https://www.youtube.com/watch?v=UFoGZpcBeg8

xxxx

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – 11/24/2016

Grande, louvável e oportuna função humanista estas exercendo, professor. Grato simplesmente pela sua existência aqui e agora. Não que eu concorde com vários detalhes da sua visão do mundo, nem com as algumas de suas soluções sugeridas para estes detalhes, mas sim por se manter como uma rara antena da especie acordada como auto-critica.

Faltou a ti iniciar a palestra expondo a raiz primeira causacional que motiva esta cultura a escolher seus caminhos. Faltou expor e lembrar – embasado na Ciência – a causa da existência da mentalidade por traz desta cultura, a raiz que leva o humano impessoal a entender todo o resto dos detalhes que apresentas. Esta causa e’ a raiz psicológica dos humanos, desenvolvida a partir dos nossos criadores, os nossos ancestrais animais, sendo a psicologia humana a atual forma dos instintos animais, os quais criaram todos os sistemas sociais produzidos ate hoje, seja o feudalismo, o capitalismo, o comunismo, etc.

A pequena maioria de humanos que compreende o grupo dos aristocratas, burocratas, dos países mais desenvolvidos, criam e geram o sistema social baseado nas origens do seu psicológico, por isso, este sistema global imita exatamente as regras das selvas geradas pelas especies de animais. Se na selva temos os grandes predadores, os médios predadores, e as presas, nos sistemas sociais humanos ( todos eles) temos a classe alta ( destes aristocratas globais), a classe media e a classe dos pobres. Então, da mesma forma que os leões ficam preguiçosamente a sombra de arvores espraiando no alto da colina e observando la’ embaixo as ovelhas trabalhando de sol a sol transformando grama em carne suculenta para eles descerem e fazerem a colheita, assim os aristocratas humanos ficam em reuniões sob ar condicionado tramando como manter o povo trabalhando de maneira que lhe ofereça uma colheita mais lucrativa.

A culpa deste absurdo existencial não e’ dos grandes predadores apenas, e sim das três classes, por manterem e resistirem ao exorcismo destes instintos de seus cérebros e buscarem uma nova forma psicológica transcendente, digna de humanos e não para animais. O que estas fazendo e’ chamar a atenção para esta cultura gerada e alimentada nos 10 ou 15 mil anos da cultura transmitida por aqueles leões da colina que podem pensa-la e tramar suas artimanhas para manter seu status quo. Estas a mostrar como ela e’ falsa, como ela interpreta o mundo real de manira totalmente desvirtuada para atender seus interesses de grande predador.

O que estas a fazer e’ uma tentativa de des-construção cultural. O problema e’ que os predadores não querem mudar e vão combate-lo na sua ferocidade mandibular, enquanto as ovelhas humanas também nem sequer vão ouvi-lo porque a sua raiz psicológica vem de uma historia onde as ovelhas não podem se defenderem de leões e esta raiz foi mantida astuciosamente nestas formas de manipulação mental principalmente com a invenção das religiões, pois na condição de humanos, se as ovelhas quisessem, poderiam enfrentar e expulsar os grandes e médios predadores. Começando pelos boicotes em todo tipo de relacionamentos e trocas econômicas. Existe uma outra iniciativa em busca desta desconstrução cultural que esta a publicar diariamente as falacias da cultura e reinterpretando os fenômenos e eventos do mundo real, no website ” A Matriz Universal dos Sistemas Naturais”. Seria bom dares uma olhada ali.

Outro “cientista” neomarxista….não houve um…. um climatologista respeitável em todo mundo que escrevesse uma linha sobre a “ciência” do Prof. Felício….
Louis Charles MorelliLouis Charles Morelli1 second ago

Não adianta tentar desviar-nos a atenção do tema real usando palavras abstratas que nada significam em nosso dicionario, como ” neomarxista”, capitalista, comunista, etc. Isto são criacoes verborreicas desta cultura predatória milenar e sobre nos não produz mais qualquer efeito. Atenha-se a criticar os fatos reais apontados no video trazendo seus fatos reais. Você demonstra aqui sua tendencia animalescamente instintiva a predador e reage de acordo ignorando que o palestrante mencionou no inicio que ele apresentaria o tema sob a ótica contraria a sua, do ponto de vista dos pobres-presas. Deves ser mais um coxinha, mas aqui ‘e area dos intelectos buscando o exorcismo dos instintos animais de nossos cérebros, portanto aqui não cabem intelectos tendendo a serem nem coxinhas nem mortadelas. Boa, Fagner, continue vigilante e ativo.
Colocar qualquer questionamento com embasamento filosófico como Marxista é ignorância ou inocência demais. Não existe a ciência de fulano ou de ciclano, a ciência é fundamentada através de metodologia, e questionar faz parte, o ceticismo do professor é válido e é saudável no âmbito acadêmico. Refutando o seu argumento só no ano de 2008, cerca de 650 cientistas retiraram o seus respectivos nomes do relatório do IPCC (painel que faz as previsões climáticas.)

Tags: ,