Explicação da Nossa Existencia e do Mundo: Repentina Solução Pensada Agora

Não pode existir uma consciência cósmica que tenha conhecimento da existência do nosso mundo biológico aqui. O argumento para isso é lembrado pela cena do meu avô preparando a faca para matar o porco, o porco amarrado e gritando quando vê a faca se aproximando dele… a morte terrível…

Mas isto – o horror existente no mundo biológico que nenhuma consciência poderosa admitiria existir e ter que assistir – não é suficiente para se provar que não existe uma consciência cósmica presente em todos os lugares.

Pois,… talvez seja o mundo biológico que não exista de fato. Ele pode ser uma criação apenas da mente humana, uma especie de Matrix.  Um mundo ilusório, criado por nosso estado ancestral devido a algum erro cometido contra as ordens das coisas.

Pode ser que este planeta seja como todos os outros que vimos suas superfícies até agora: neste planeta, na realidade, não existe vida. Pela perspectiva da consciência cósmica, o que está acontecendo na superfície do planeta, são átomos do planeta se movendo sozinhos, constituindo tijolos, arranha-céus, estradas, aviões de ferro voando nos ares… e só. Tudo o que é vivo aqui, desde plantas, animais e nosso próprio corpo, são nossas criações mentais temporárias, que a consciência cósmica não vê, pois não existem.

Aliás, já existem muitas filosofias e pessoas que levantaram esta hipótese, a de que vivemos num mundo de ilusões criados unicamente pela nossa mente. E se considerar-mos os modelos da teoria da Matrix/DNA sobre sistemas astronômicos que existiam momentos antes das origens da vida aqui, e como e porque a vida foi criada assim como é, as coisas batem e fazem sentido.

Mas então o que seríamos nós – enquanto seres auto-conscientes – existindo assim, separados e diferente da consciência cósmica? Um outro quadro que fiz aqui tempos atrás explicaria isso. nesse quadro, a consciência seria como um oceano de substancia cósmica ( luz), e eu, ou minha auto-consciência, seria como uma bolha que emerge na superfície deste oceano, devido suas ondas, flutuações. E o inconsciente coletivo que é a camada de pensamento sobre a superfície da Terra que é ainda o conjunto de todas estas bolhas formadas por todos os humanos, seria como a espuma que resulta do acumula e agregação destas bolhas.  Quando um corpo humano morre, a bolha explode, voltando a ser o oceano cósmico.

Isto me explicaria satisfatoriamente a existência de tudo, aqui e agora. nenhuma outra explicação conheço que preenche todos os requisitos do meu racionalismo.

Será?! Será que é isto mesmo?! Assunto a refletir, pesquisar.

Tags: , ,