Posts Tagged ‘Alabama’

Em Tuscaloosa a Origem Do Universo Com Vórtices Pipocando no Espaço Foi Recapitulada Hoje

sexta-feira, abril 29th, 2011

De repente cêrca de 200 tornados emergiram do nada em vários pontos nos espaços das pradarias do Alabama, desaparecendo como surgiram, do nada, deixando um rastro de destruição.

Há 13,7 bilhões de anos atrás num espaço escuro preenchido pela dark matter vórtices quânticos pipocavam do nada, existiam por 17 bilionésimos de segundos e desapareciam, não sem antes se entrechocarem espalhando atabalhoadamente seus restos… Porque os genes que produzem exatamente êste tipo de evento, que se expressaram a 13 bilhões de anos atrás, resolveram se expressarem novamente aqui e agora? Na fórmula da Matriz/DNA os genes se tornam as sete funções sistêmicas universais, e quando uma delas se expressa mais que as outras, produzindo ruído e perturbações, isto é determinado pela conjuntura do sistema. Precisamos agora entender como o sub-sistema Terra está compôsto segundo a fórmula, assim poderemos identificar causas e prever melhor estas ocorrências. 

No princípio era o caos. Caos também é o que vemos agora como resultado dos rápidos tornados de vida breve que devastaram regiões e apagaram  Tuscaloosa do mapa. A História Natural se faz por ciclos cujo roteiro é um mesmo padrão que se repete, a mensagem final é a mesma, seja em meio a répteis gigantescos do Cambriano ou entre arranha-céus na Terra do Século XXI: desfazer o velho conservado para o obrigar a se refazer melhor. Os eventos também são multiplicações de um fractal-padrão, no caso, fractal do tempo.

Os vórtices quânticos vinham como fragmentos ou genes do sistema antes dêste Universo, e como as evidências hoje indicam, para galgar mais um grau evolucionário. A Natureza às vêzes é cega e passa por cima de quem está em seu caminho, no caso, nossos mais de duzentos irmãos humanos que pereceram nesta tragédia. A mensagem é clara: aprendam a construir suas moradias e cidades sabendo de antemão que existem tornados.    

Mas a inteligência humana é uma emergência única nesta História e ela não está aqui para permitir que a Natureza continue seu método de Evolução através de cirurgias dolorosas contra sêres humanos. Se por um lado a Natureza ainda é muito forte para nós, a engenharia das cidades e nossas habitações estão sob nosso domínio e por aqui vamos nós.

Claro está que o modêlo das nossas habitações e cidades estão errados, foram construídos sem um planejamento a nível de inteligência cósmica, aliás, se houve algum planejamento o foi pelas corporações capitalistas cujo fim era o lucro, e não o servir ao ser humano. Observo o estilo de vida hoje dos humanos nas cidades e acho isso tudo um absurdo! Porem, em vários pontos do planeta elevam-se estas espécies de inteligência cada qual propondo modêlos mais sofisticados, basta ver através de uma pesquisa na Internet. Por nosso lado, baseado nas sugestões da Matriz/DNA, desenhamos um modêlo de cidade na qual gostaríamos de viver. Pena que o desenho não é feito por quem sabe fazê-lo para computador e assim não o postei ainda. Muito resumidamente existiriam cidades para pouca população com a área urbana no formato do estádio do Maracanã, circundado pela área rural e das industrias. O “estádio” teria três níveis sendo que no nível do solo seriam as residências tôdas na forma de apartamentos triangulares e no espaço central seria os jardins, parques, clubes sociais, etc. No segundo nível as cooperativas com produtos de consumo mais as repartições de serviços publicos, enquanto o terceiro nível seria o metrô. Nada de carros na area urbana. De qualquer ponto que estiver basta subir num elevador até o terceiro, entrar no trem e descer na porta do elevador que desce no ponto que desejamos. Claro a descrição seria muito extensa para caber aqui.

Mas agora com estas tragédias de tsunamis e tornados percebo que faltou considera-los no meu planejamento. Como impedir que ataquem a cidade? Acho que nossa tecnologia (ou a mudança da tecnologia por uma baseada no sistema perfeito automatizado da fórmula da Matriz/DNA) poderá evitá-los… nada poderá resistir ao gênio e poder humanos. No entanto existem muitos amigos da Humanidade, cabeças sérias e pensantes, buscando as mudanças ideais, e a seguir cito apenas alguns dêles:  

Uma cidade do Canadá, Tamworth, indo contra tudo e contra todos,  criou sua própria moeda ! (veja mais em: http://economicsforeverybody.blogspot.com/

Um exemplar da unidade monetária de Tamworth

Não seria uma idéia para o debate? Eu penso que cada cidade devia ter apenas três bancos: o Banco do País (os acionistas é a total população), o Banco do Estado (acionistas são a população do Estado), e o Banco da Cidade (os donos são os cidadãos). Banco privado, instituições financeiras, nem pensar! Dinheiro não é matéria-prima como recurso natural, logo, dinheiro não pode dar lucro privado, não pode gerar dinheiro. A sociedade que isto permite é uma sociedade doentía.

No site http://web.mac.com/len15/CurrentSea/The_Current_Sea_Exchange.html

conhecemos a idéia inusitada de que uma crise economica pode ser uma benção. Êle aponta 20 razões como argumentos. E numa intuição muito feliz nos brinda com a imagem abaixo:

Aberrações da Humanidade no Falso Equilibrio Entre a Minoria Gorda e a Maioria Esquelética

 O resultado da Evolução sugere que o corpo humano foi feito para carregar a evolução da auto-consciência. Mas êste objetivo se depara com o obstáculo da tendência da matéria a se acomodar no equilibrio termodinâmico. Ora, existem casos em que a mente sucumbe aos atrativos da matéria, e assim pessoas ricas entorpecem sua evolução intelectual para se dedicar ao consumismo. O corpo cresce em massa e a mente definha. A constante busca da evolução mental consiste na busca de mais e mais conhecimentos sôbre os fenômenos do mundo natural – mesmo porque é entendendo a obra que se entende a mente do artista criador – e no trabalho prático para elevar a Humanidade como um tôdo, física e intelectualmente. Dificilmente tal pessoa iria engordar, pois seu pouco consumo seria dipendido na febril atividade. Mas muitas pessoas das áreas mais ricas nada fazem nêste sentido, sucumbem à gula e luxuria e ostrascismo, o sedentarismo, e engordam. O sistema cresce em quantidade, mas não em qualidade.

Porém em tôdo lugar a Natureza apresenta um equilibrio entre massa e energia. Se num prato da balança sobe os 10% da população exageradamente rica e gôrda, para equilibrar a balança a Natureza determina que no outro prato tenha que existir os 90% de pobres e esqueléticos. mas tambem a natureza criou o Principio da Solidariedade, aquêle que obrigou as particulas a se associarem e transcenderem para átomos, os átomos a se associarem para transcenderem a  astros, os astros a se associarem para transcenderem a galaxias, os macacos a se associarem nas cavernas formando familias para transcenderem a seres racionais. Portanto, a trnascendencia da espécie humana se dará quando o Princípio da Solidariedade se instalar e em cada prato da balança existirá exatamente 50% dos seus individuos, pois serão todos iguais. Um inteligente planejamento das moradias do futuro tem que considerar êstes detalhes.

No site: http://www.metanexus.net/ , vemos uma profusão de idéias e pessoas realmente amigas da Humanidade a planejar com responsabilidade:

          Na mesa a Humanidade é o paciente a ser cuidado

So site: http://www.tamera.org/index.php?id=1&L=2 , vemos que até em Portugal existem os amigos da Humanidade se movendo e buscando novos caminhos com projetos fabulosos, como por exemplo o SunPulse Electric e o SunPulse Water: bombeiam água e fornecem energia – 1,5 kW de saída eléctrica – dando assim uma resposta a questões essenciais sobre o fornecimento energético: disponibilizam energia de uma forma descentralizada, não esgotam recursos naturais e podem ser produzidas sob condições básicas fora das grandes indústrias. A seguir vemos no site: http://www.thevenusproject.com/ 

O Projeto Vênus com audaciosos modêlos para cidades futuristas e espetaculares mudanças sociais:

Enfim, êste tema deve fazer parte dos assuntos nas reuniões entre pessoas que são místicas como os que acreditam que são os eleitos, especiais, e que com êles nada acontece, até o dia que acontecer, pois a Natureza se move, está sob evolução, ou se revolta e se defende, e passa por cima de quem se acomodou em seus caminhos.
The Venus Project